Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ESTRUPADA NA FERNÃO DIAS

Tudo aconteceu quando fui passar o natal em um sitio em Minas Gerais, o pessoal com quem eu ia foi na frente e fiquei para acompanhar uma amiga que por sinal não pode ir, o que me obrigou a ir sozinha. Pois bem, peguei meu carro e parti pra Minas, no caminho em plena Fernão Dias me carro quebrou, parei no que podemos chamar de acostamento e passei a tentar ligar para que alguem que estava no sítio pudesse vir me socorrer, mas por discuido meu, meu celular não conseguiu fazer nunhuma ligação pois estava com a bateria no fim de sua carga, daí fiquei ali parada no acostamento da rodovia, um um local cercado de mato e na escuridão. Fui colocar o triangulo na parte traseira do carro para sinalizar a fim de evitar algum acidente foi quando percebi que um furgao parou na minha frente e voltou de ré, quando o furgão parou desceram dois rapazes muito simpaticos que se ofereceram para tentar arrumar meu carro, como tenho um Palio eles tentaram consertar sem sucesso, pedi a eles um celular para que pudesse fazer uma ligação um dos rapazes me chamou para buscar o celular no furgão quando ele entrou pela porta do passageiro, ao invés dele me emprestar o celular ele sacou um revolver e encostou em minha barriga e disse:

-Não reage !, nem grita se não você fica por aqui mesmo, facilita as coisas pra gente que logo logo você está em casa.

Na hora eu gelei, pensei que o outro rapaz estaria fazendo a limpa no meu carro, ao passo que o rapaz que me abordava me disse:

-Entra no salão agora!, pode ficar tranquila que não somos ladrões, somos trabalhadores queremos outra coisa.

No que entrei na parte de trás do furgão notei que tinha algumas caixas pequenas e um colchão no assoalho do furgão, sá então eu percebí o que eles queriam, sexo !

Na ocasião eu estava com uma calça jeans branca bem coladinha que salientava bem a marca de minha tanguinha que estava usando por baixo, usava também uma blusinha com decote generoso semi transparente rosinha e sem sutiã. Talvez isso tivesse deixado eles loucos, pois bem, entrei no furgão com o rapaz ele fechou a porta e me agarrou e me disse que eu era muito bonita e muito gostosa também e que nos iamos nos divertir muito, passei então a relaxar até porque o rapaz era bem bonitinho logo estavamos nos beijando feito loucos, sua mão era muito rápida e percorria todo meu corpo me beijava e apertava meu bumbum, chupava meu pescoço, eu também entrei no clima e passei a malhar aquele rapaz, logo de cara peguei no seu pinto que estava quase rasgando a calça, ele me mandou abaixar e chupar ele, como uma cadelinha fiz o que meu dono mandava, abri o botão, desci o ziper e abaixei a calça junto com sua cueca e me deparei um cacete grande não muito grosso mas grande e cheio de veias, não pensei duas vezes a abocanhei seu cacete, chupava e lambia como uma louca aquele cacete enorme que mal cabia na minha boca ele urrava de tesão me chamava de puta, cadela, vaca, piranha e etc

Ao passo que estocava aquele cacetão em minha boquinha, eu muitas vezes engasgava pois seu cacete era grande sem avisar ele segurou minha cabeça e gouzou em minha boca, seus jatos eram tão intensos que quase vomitei em seu cacete, engasguei com tanta porra ele me soltou e o que pude engolir eu engoli o resto acabei cuspindo no assoalho do furgão, ele então passou a me bolinar novamente e logo seu cacete estava em ponto de brasa, ele tirou minha blusinha e passou a mamar em meu peitinhos, enquanto isso eu já estava me livrando da minha calça e tratando de ficar nua, queria mais do que depressa ser penetrada por aquele cacetão, fiquei de quatro pra ele empinando minha bundinha e logo pude receber aquele cacete em minha xaninha que nessa altura, estava babando de tesão, ele colocou bem devagar mas continuamente até o fim, isso me levou a loucura, passei a gemer de tesão, apás sentir todo seu cacete dentro de mim passei a rebolar enquanto ele me fodia com força, foi quando a porta do furgão se abriu e como tinha me esquecido, o outro rapaz apareceu e disse:

-Tambem quero partiipar dessa festinha !

ele ja foi tirando a camisa e descendo sua calça e esfregando seu cacete em minha cara: -Vamos sua puta chupa logo!

Enquanto estava sendo fodida de quatro, chupava o cacete do outro cara, que delicia!

O rapaz que me fodia tirou seu cacete pra fora e disse "vamos trocar" seu amigo me disse: "puta safada eu sá como o cú!!" - Então come que ela tem um cusão maravilhoso!

Pra que, não deu tempo de falar nada(o que não ia adiantar mesmo), o rapaz se posicionou atras de mim, enfiou um dedo no meu cuzinho o que fez ficar louca de tesão, e passou a massagear e logo tinha dois dedos lá dentro, foi quando ele tirou e forçou a penetração, QUE DELICIA! aquele cacete parecia que tinha sido feito sob-medida para minha bundinha adorei ser penetrada de quatro por aquele cara que dizia: "Que puta gostosa!, tá gostando sua safada, vagabunda". Aquilo confesso que me deixava ainda mais louca de tesão.

O primeiro rapaz que já tinha me fodido pediu ao seu amigo para os dois me foderem, ele se deitou, mandou que eu sentasse em seu cacete, e foi o que fiz, deixando minha xaninha escancarada para meu macho de cacete enorme me penetrasse e foi o que ele fez.

Ter um cacete enterrado em sua bunda e outro enorme te fodendo a xaninha é uma sensação maravilhosa, sensação essa que me fez gozar e gritar feito uma vaca explodi em um orgasmo fantastico, os dois safados ainda fizeram questão de gozarem em minha cara e em meus peitinhos.

Depois de tudo isso, eles se vestiram e ainda guincharam meu carro até um posto de gosolina mais proximo, com a condição de que eu nada falaria, e nem tinha porque fazer isso, pois não me roubaram nada e ainda me ajudaram, acho que recompensei eles muito bem pela ajuda você não acha ?

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eróticos - já ficava agarradinho na minha bunda - desde novinhocontos eroticos casal dpois da chuvacontos pai e mãe nudista fala com os filhos como e bom chupa uma rolafiquei com a buceta ardisa pela grossa rolacontos heroticos fransei com meu sogroa pica do meu filho é enorme dei gostoso ate o pai dele deu virou viadao corno contoVovô me chupou os seios enormes de leite contos eróticosconto gay dando na apostase um homem excita uma mulher e demora muito para penetra-la ela pode sentir uma dorzinhacontos-começo a rebolar no teu paucontos eroticos familia rentf****** irmã mora nos peitos das gostosasarrombou minha bunda contoscontos eroticos de amigas na florestaconto menino eu era fudido pelos meninos negrosconto guarda roupa da lingerieminha tia atendeu a porta sem calcinha contos eroticoscontos eróticos fui Penha a força por doiscontos porno comi ela bebadaconto cavalo metendo tudo no travestiCasada narra conto dando o cucontos eroticos padrecontos rapidinha com casadaxvideos suspreendendo o filhoconto: conheci um caralhoconto: conheci um caralhocontos eroticos de incesto inversão com mãe e filhinhoconto erotico o pedreirocasadas safadas me deu a calcinha usadas contos eroticoscontos bebendo porracontos eroticos minha mulher me mandou pra farramae ficadoida comdo ve pau do filho e bate pueta nelecontos minha prima defisiete me viu batedo umafogosá taradarecebe conto erotico de casais de mais de quarenta anos por emailcontos eroticos com lesbicas bofinhoscontos eróticos meu namorado deu o curso para não comerem minha bucetatcontosdesexopicantescontos eróticos minha tia min da banhocontos realizei o sonho do corno engravidei de outromeu filho mete o dedo no meu cu e eu gostoconto erotico cachorro lambe pauXvideos gostosas musculos nas coxas na cabine eroticaO coroa com ele em cima da sua lancha ele me fuder conto eroticocontos enrabada no meio da multidãocasa do conto rabao da mae e irma nao aguentei com baby dolContos zoofila comi mia professoraa minha mulher Ela foi arrombada pelo negão como chega eu sentir coisa diferente dentro delacontos dei pro mulequinho de ruaeu confesso so faltei esfregar a buceta nele e ele nao me comeucontos eroticos gozei no onibusconto historia com lesbicacontos eroticos dormindocontos filha foi pescar com pai e foi arrombada na barraca no escuroconto cutuquei pau na bundia delamulheres cavalas de quarenta de bucenta inxada e grelo inormecomendo meu cunhado gay conto part 1conto de encesto filho vetido de noivinhacontos de velhos mamando seios bicudosincentivanda pelo marido contos pornoxvideos gay mostrando a rola pra sala interiracontos eroticos bolas cheias de leiterola na professora contocontos eróticos de comendo a tia e ela entregando as filhas gostosascrente viciada em engolirComo fazer um cabacinho liberar(conto gay teen)historiaseroticasswingcontos novinha rabuda deu p paitio castiga sobrinha e trasa conelainfancia contos de encestocontos eroticosde incestos anal chorandona picaContos erótico de cdznha verídicoBoqueternocontos de encoxadas reais porto alegrewww.filha caçula da cu pro pai pauzudo