Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

NO MATO É MAIS GOSTOSO....

Eu estava na minha fase de adolescente,descobrindo as coisas boas da vida,quando comecei a namorar uma linda morena da minha vizinhança,uma menina na época lá com os seus quinze anos de idade,magrinha mais com um corpo bem definido e gostoso,de seios grandes,quadris largos,sorriso no rosto,muito bonita a morena,com os cabelos pretos e enrolados,uma graça de menina!!!todos da minha família aprovaram a Simone a sim vou chama-la,ela também fazia de tudo para se dar bem com os membros da minha casa,minha mãe,meu pai,minhas duas irmas e mais meus dois irmãos,já de tempos eu e a Simone davamos otímas trepadas,desde o início do nosso namoro,com o passar do tempo as nossas trepadas foram ficando cada vez mais quentes e criativas,pois como a minha neguinha assim também eu achamava a Simone,não negava fogo no meio das pernas,para náis dois bastava o nosso tesão,pois bastava alguns beijos e amassos bem dados e logo eu estava de pau duro feito uma rocha e a neguinha com a bucetinha toda meladinha,pois já nos conhecia para percebermos o ritmo das nossas respirações ofegantes,no decorrer dos nossos esfregas pelos muros da minha casa,como na época eu já trabalhava muitas devez deixei de ir para a escola a noite para fugir para casa da Simone,aproveitando a ausência de sua mãe,que trabalhava de aux.de enfermagem a noite,e de seus irmãos que viviam mais na rua do que em casa e pra casa da neguinha eu corria,la chegando nois pegavamos nos beijos e esfregação no sofá muitas vezes enquanto o seu irmão caçula dormia e logo a neguinha estava pagando um gostoso boquete,na minha rola sedenta pela bucetona que a neguinha tinha,não demorava muito e logo,a Simone ali mesmo no sofá daquela pequena sala,já devidamente vestida em uma das suas saias,colocando a sua calcinha de lado ou tirando a cheirosa,de imediato subia e descia gostoso com sua bucetona gulosa na minha pica sentido centimetro por centimentro de amor que eu tinha para lhe dar naquele instante tão gostoso,deixavar a neguinha louca de tesão nesses momentos,e logo também já começava a chupar seus peitos fartos e durinhos feitos perfeitamente na médida certa da minha boca,levando a Simone ao extâse total...como eu não resistia,logo a colocava deitada no sofá e chupava-lhe o bucetão,de grelo enorme de grande uma das bucetas mais lindas que já tive na vida,fazia nessas horas elogios e mais elogios para a neguinha,e logo enseguida tome-lhe rola e mais rola na buceta da nega,que ficava feliz com os nossos encontros,pegava a neguinha de jeito principalmente com ela de quatro na beira do sofá,metia nessa posição por horas,dando duas ou tres gozadas de responsa dentro da bucetona da Simone,que queria pegar nenem da minha pessoa,dizia para agente fazer o nosso bonequinho,de modo bem gostoso!!!com tudo isso de bom o tempo foi passando,até que um certo dia como a minha casa estava cheia de gente e a dela também...e eu morava perto de uma horta,cercada pelas torres da eletro-Paulo,eu e a neguinha começamos dar um gostoso malho,em minha casa depois de mais uma reconciliação apois mais uma das nossas inúmeras brigas e voltas...logo estavamos com o tesão a flôr da pele e como tinha muitas pessoas em minha casa,naquela tarde a Simone mim puxou lá para a tal horta,ou melhor torre da eletro-Paulo,e lá continuamos a nossas esfregação agora de forma mais ousada e gostosa,apesar de corrermos o risco e sermos pegou em flagrante por qualquer pessoa que por lá passe naquele momento,pois era caminho para algumas pessoas,esta tal torre mais logo a neguinha mim levou para um lugar mais seguro dar quela horta...e o bicho pegou...como nestas ocasiões de reconciliações a Simone sempre vinha com a disposição para Dar muito Amor,ela quase sempre vinha de saia curta,assim facilitava e muito os nossos finalmentes,mais uma vez não foi diferente naquela tarde ali na torre,muitos beijos e amassos e logo a neguinha estava abaixada ali no meio daquele matinho fazendo a maior chupeta caprichada na minha faminta rola,eu deixava nestes momentos a nega sugar o quanto ela quisesse o nectar da minha rola,e modiscar de vez enquando a cabeça do meu pau,e como a Simone mamava e bem a minha rola...sá não lhe gozava na boquinha por que eu segurava e muito a porra no cacete...quando ela estava cançanda de chupar a minha pica era a minha vez de li subir a saia baixa ou tirar a sua cheirosa calcinha encharcada,e lhe retribuir aquela gostosa chupada em sua buceta muitas vezes antes de lhe enfiar a minha gostosa rola...pois a nega não lhe gava muito para toda essa chupação que eu dava em sua bucetona,o que ela gostava e muito mesmo era da minha pica socada na sua buceta!!!então depois de dar aquele trato especial de língua na bucete da nega,ela de pé com as mãos na parede das casas do fundo da torre...e com a bunda devidamente arrebitada...e as pernas abertas me pedia que lhe fode-se de vez por todas e lhe curra-se naquele instante,o que eu fazia com todo o tesão e raiva ao mesmo tempo por causa das nossas brigas e separação...metia até as boas,minha rola dentra da bucetona da neguinha que para me enlouquece passava a rebola feito uma putinha o seu bundão contra as minhas fortes estocadas na sua buceta,vindo assim toda a sua bundona ao encontro da minha pica feroz...depos de alguns minutos neste vai-e-vem frenéticos de nossos corpos eu jorrava rios de porra dentro da buceta da neguinha,mantendo a minha pica ainda dura feito rocha...o que deixava a Simone feliz da vida,logo em seguida agente nos deitava ali no meio daquele mato ou barro e continuavamos metendo...hora ela por cima,cavalgando na minha rola feito uma louca desvairada de amor horas eu por cima metendo no tradicional papai-e-mamãe,e muitas vezes para eu gozar muitas vezes a minha doce neguinha ficava mesmo era de quatro com os joelhos sobre a minha camisa estendida ali no chão,e tome-lhe pica...na bucetona da minha neguinha fogosa,ousada e puta...minha putinha...pois a nega adorava a minha pica,ficando assim o verdadeiro Amor de pica que bate e fica!!!com jeito e carinho muitas vezes ali mesmo no meio daquele mato até o cuzinho da minha neguinha eu não deixava passar em branco,comia com gosto um cuzinho apertadinho,e descabaçado pela minha rola...pois o cabaço da sua buceta infelizmente não foi eu quem comir...mais o cabaço do rabicá da minha doce neguinha eu já tinha passado o meu nome...há muito tempo com bastante calma,juras de amor eterno e com aquela boa conversar ao pé do ouvido da mulher ou menina apaixonada...uma delícia de cuzinho...naquela tarde trepamos até o meu cacete e a buceta da Simone dizer chegar,a neguinha estava com o cuzinho ardido e a bucetona toda assada de tanta rola que eu puder socar com gosto e tesão nela,quando terminanos aquela trepada maravilhosa,tiver de ver a minha doce neguinha se esforçando para seca a sua boceta do resto de rio de porra que a minha rola tinha depositado dentro dela,com a sua cheirosa calcinha e não estava tão fácil assim não...levou um bom tempo para ela se rencompor e valtamos para sua casa com nois dois felizes da vida,e a Simone mais ainda,por está mais uma vez ao meu lado...juntos novamente depois do fim de mais uma briga boba...coisa de adolescentes mesmo...eu a levando para casa e chegando na sua casa com a maior cara de pau e felicidade do Mundo,em ter o prazer de satisfazer por completo aquela doce,meiga neguinha...mais uma vez a sua mãe nos dava outra comida de rabo e eu lá com a cara mais sinica da vida sá lembrando da boa e gostosa foda que eu tinha dado com a filha dela,que neste instante estava no banheiro tomando aquele gostoso banho e lavando a sua preciosa bucetona,encharcada por minha grossa e farta porra!!!e a mãe da nega lá falando...falando..falando e eu sá balançando a minha cabeça concordando com ela,de vez enquando eu dizia algo para Dona Maria...concordando com ela claro pois a buceta da sua filha para mim valia Ouro.Muitas vezes a Simone também ficava comigo ouvindo os sermões de sua mãe,com a sua buceta ali perdindo por um banho urgente...e com cheiro dos nossos corpos saciados de prazer,na maior cara-de-pau eu olhavar dentro dos olhos da minha sogra e pedia um tempo pra velha....e muitas vezes a Simone saia do banho e ia para minha casa das as boas novas para minha querida mãe,que não gostava tanto assim da minha neguinha,tinha digamos um certo ciúmes desse meu relacionamento explosivo!!!!!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


sem explicação safadinha contosconssegui um cabacinho pro meu cunha do tira contocontos eroticos de estrupamendobeijo de lingua quente pegada forte gemidãocontos eroticos tive que dar pro homem da funerariaconto punhetinha gostosaeu fiz meu vizinho me chupar todinha e gozei na boca dele pornodoidoaluna é encoxada pelo prodessor ed fisicacomendoagatinhada farmáciaconto maridoviadosexo com a namorada do meu filho anal e ela gritaprimeira vez difícil contos eróticosx vidio comtos eroticos eu minha mulher e mamãeconto erotico a certeza do destinocontos eroticos rabudas baixinha estrupadaCasa dos Contos Eróticos humilhando a sograf****** a b***** da vizinha gostosa de ladinhovidios porno dona de casa carente gosa com seu cachorrovídeos de sexo com mulher da b***** bem chorona e o cubo empinadinho bem durinhoconto eróticos com velhinhafrancisca metendo chifrecontos eroticos dando pro jumentogostosa banco da bike shortinhoconto erotico gay sobrinhowild thermas conto eroticoContos eroticos iniciando as meninasticos bem greludosconto erotico filha carente e amiga peituda safada juntas com paigarotinha bucetinha estufada contosboqueteira gaucha contoconto erotico colegiais sexo entre familiacontos eróticos de noraa travesti me meteu a pica fiquei apacjpnadoconto incesto calçinha de bichinhopeitinhu durinho pornoensinando as menina sente a f**** contos eróticoso amigo do meu marido comeu meu cu/contosananzinha cagona contos erotcoconto de esposa vendo seu marido na rola de outrocontos eroticos com a velha vizinha cabeludaconto erotico castrado na favelahttps://idlestates.ru/conto_29032_espiada-no-natal.htmlConto erotico meu filho adotivoconto erotico fui cagar e o cachorro me comeu nao resisti e dei pro cavalo tambem zoofiliacontos eroticos nifeta d loja rjcontos eroticos presidiocontos encoxando mulher do amigocontos eroticos menino arrombadoconto.erotico/ mastrubando os garotosve molge dano cu mexeno no pau gozano no paiconto eu so queria que minha mae batese uma punheta pra mimUni batendo p****** os malhadãocontos eróticos gays cu de bebado nao tem donoviadinho levando pirocada no cuzinho contos eroticosContos eróticos estreiando á xaninhacontos de coroa com novinhoMetendo na perereca da maninhaxxvideo de pica enorme socada no cu de ninfeta chorando gritandoo ai 5minContos eroticos gays sendo arrobados virgens contos de marido bem dotado querendo ver a mulher com duas picas no cu e bucetacontos incesto troca de filhasvideo para baixa de porno home com olho vexadocontos eroticos gay enrustidocontos de gay sendo humilhado pelos pauzudonegras abrino o cu pra meter nele gostosoela queria dar uma dançadinha no quartoconto sentei no pau do meu tio com dez anosporno contos casada comprando mandiocaconto eroticoo implora q douseduzindo o colega hétero parte 2a trois com minha cunhada samba porno zool conto de incestoContos eróticos papai me quermora Nana bem gostosa da bundona bem grandes eu dental bem deliciosa nécontos eróticos de lésbicas submissa a vizinha mandona regasado a xota vizinha istoriasvou ponha ela no coichoucontos er passando em casame comeramdormindo contoseróticoscontos eroticos deixei meu namorado meter na amiga delenovinha abrindo as pernas aparecendo a poupa da bumda e os beiços da bucetapornodoidonao