Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COM A AMIGUINHA DE INFANCIA...

Num belo dia no parque municipal de minha cidade, eu estava andando apressado, quando trombei com uma mulher

que me aparentava familiar. Daí lembrei que aquela era a Kelly, uma amiga minha de infancia, que morava na minha rua.

Naquela época tinhamos trocados alguns beijinhos. Ela era uma menina magrela, meio desengonçada, mais tinha se tornado

um mulherão com seios grandes e fartos, um bumbum médio, tinha uma bela aparencia, era lora e tinha olhos castanhos

claros. Então sentamos proximo ao parquinho das crianças e começamos a puxar um papo... descobri que ela tinha acabado

de terminar com o namorado dela que é o meu melhor amigo, e também percebi que ela ainda chorava na minha. Não pensei duas

vezes e a convidei para sair, e fiquei surpreso pois ela aceitou na hora. Saímos do parque e fomos direto para o

estacionamento no qual eu tinha deixado meu carro... assim que entramos no carro e fechamos as portas ela se aproximou de

min e me deu um beijo de tirar o folego! e confesso que nimguem numca tinha me beijado com tanta intensidade...

parecia até uma cachorra no sio de tanta vontade... beijo pra lá, beijo pra cá, e logo percebi que ela ja estava suspirando

forte... isso me deixou com um tezçao enorme, e logo deslizei a minha mão pra bucetinha dela que já estava molhadinha.

Paramos num motel e fiz questão de solicitar uma suíte presidencial... quando entramos no quarto havia uma cama d'água

perfeita para meter, e logo do lado no criado mudo uma camisinha e um pote de vasilina líquida... Ela me pediu para es

perar na cama que ela ja vinha... enquanto isso tirei minha roupa e deitei novamente na cama quando eu escutei ela me

perguntando se eu ja estava pronto e disse á ela que sim... e lá saiu ela do banheiro, com uma fantasia de policial muito

sexy, que contornava cada peçado de seu corpo. Quando ela veio pra cama, peguei seu cacetete e começei á provocala deixando

ela cada vez mais louca á cada segundo... ela arranca o cacetete da minha mão e joga lonje... e novamente me pede para

esperar até que ela votla com uma latinha de leite condensado e

começa a derrubar em cima de min e me lamber todo... me deixando louco de tesão... depois do banho de leite condensado,

e de ser seco por uma lingua deliciosa meu pau já tava mais duro como numca e ela começa a fazer um boquete divino...

com o tesão tomando conta de min eu a ergui com as mãos e a posicionei de quatro na minha frente... ela já

jemia antes deu começar á penetrala, então quando encostei a cabeça do meu pau na sua buceta ela ja disse que

ia gozar e assim foi... depois de uns 19 minutos de foda, 19 cm dentro dela ela goza de novo, e eu quase gozo

junto e ela vira na minha orelha e fala: me chama de cachorra vai... me come inteirinha... vai vai vai...

faiz de min sua putinha... nesse ponto meu termometro de tesão ja tinha explodido, e começei a foder nela

com toda a minha força... assim gozamos pela 2ª vez e ela pede pra eu fode-la de frente... fui encaixando devagarzinho

pra ela sentir cada centímetro do meu imenso pau, e fui no rítmo do vai-vem cada vez mais rápido, passando pra clássica

posição mamãe e papai. Depois de metermos muito, o suor já estava tomando conta da nossa pele e decidimos ir para á

banheira e assim foi, ficamos uns 19 min nos beijando até ela pedir para min sentar na borda da banheira pois ela estava

louca para me chupar... ela começou a fazer o movimento com a boca que me deuxava loco. Com esse boquete maravilhoso,

fiquei ainda mais estigado, e chupei sua xaninha por inteira... e ergui ela e a puis sentada na minha frente e ela

começou a socar uma punheta para min... e eu uma siririca para ela até gozarmos pela 3ª vez e irmos para a cama durmir

um pouco, por causa da exaustidão intensa... Acordei, e fechei a conta do motel. Levei até a sua casa, nos despedimos

com um longo beijo. A partir daí começamos a namorar, e cada dia era mais exitante do que o outro... por 2 longos anos,

até que um dia, quando eu chego em sua casa eu a vejo com o seu ex-namorado, o filho da puta do meu "melhor amigo"...

Até então esse foi o ultimo dia que nás nos vimos, e que tenho certeza que ela

e nem eu numca vamos esquecer o tesão que sentimos juntos !

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


meu padrasto viu minha buceta contos eroticoscontos de casadas rabudas que adoram uma piroca preta enterrada no rabodando no ônibus contoscontos eroticos marido bebeu e eu encoxei a mulherconto cine porno gay Recife"achei estranho" "deixei rolar" contos eróticossubindo na escada de saia para ajuda pintor pornocontos primeiro analcontos exitantes fudi amadrinha da minha primagostosinha bonitinha bundinha nova doze anos dando contos eroticoscontos.erot amigo de papaicontos eroticos sou casada sobrinho prediletoContos fui trai tomei so no cucontos eróticos incesto pai filhavestida de caipira sem calcinhaMULHER COMENDO O HOMEN COM MAO TODAomminha esposa asistindu filmi de sexominha mulher puts molecada contoscontoseróticos, chantageadaCunhada dormindo com a bundinha descobertaContos eroticos recem nascido (a)Contos eroticos submissa do amigo do paicontos eroticod minha esposa deeu para o vizinho pausudaConto erotico teen gay free mulatominha irma só de calcinhaa tão sonhada dupla penetração contohistoria erotica irmão dopa irmãcontos porno eu e meu amigo fudendo minha maeTodos adorao meu cuzinho contos eróticosliberei e minha mulher meteu com o dentista dela Contos eroticos meu papai safado me comeu no meu quartoContos de sexo sogro acima de 70 anos e noracontos eroticos na filacontos exitantes fudi amadrinha da minha primaconto erotico esposa estava nua pai chegoumãe e amigo contos eróticosContos meninas d doze anos perdendo o cabaço com papaI ddotadocontos eróticos trair namorado atrãochupei a pica do colega de escola eu gostei sou gaycontos eróticos zeladorConto erotico aos 60 anoa dei a buceta para o garotocontos eróticos por categoriasequestro e muitas lambidas no grelocontos.eroticos.so.taradinhas.de.seis.aninhoscontos eróticos troca de casalcontos eroticos minha sogra me deu uma canseiracontos erotico de estupromulher do meu amigo fudeno comigo na casa deleo fui comida peloamigo transexual contosamiga inseparavel chupa a bucete uma da outracontos - sobrinha tomando leiteesposa liberando para amigos no acampamento contover uma mulhervelha arreganhando a priquita com os dedosTia dando o cu para sobrinho garotinho contos eróticoscontos irma gozandoas travestir mais bonitas e gostoza en imaje que se movimentacontos eroticos comendo a velha horrosa dormindoContos esposinha santamulher dano a bucetanãoaguentamais mais o homem não prcontos gay jogador de basquete novinhohistória de contos eroticos novinha sentou no meu colo dentro do ônibus na viagemcontos eroticos dando o cu numa apostaconto mãezinha chupou minha b******** e gozei na boca delacontos eroticos buceta arrombadaticos em bunda de mulhwecontos eroticos esposa evangelicamulhe de calsiha coladinhoencoxol com jatos de porracontos de tiosContos historias xxx sexo história verdadeira que comeu a sobrinha virgem que não queria darConto eroticos zoofilia gays meu cao me traçou no meu quintacontos eroticos minha sogra me deu uma canseiracontos veridicos de japa com negao de pau gigante