Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA BRANQUINHA DE FORTALEZA

Era o mês de janeiro estava de férias e resolvi passar uma temporada em fortaleza terra do sol e do amor e do tesão, como tinham me falado.

Estava no baile do pirata que já conhecia de outras viagens e de algumas reportagens e lá que conheci a dona do meu coração.

Ela era branquinha um tesão, vestia um vestido um pouco acima do joelho bem colado ao seu corpo, o que realçava os seu seios e a sua cintura e uma bunda estonteante que me deixo louco de tesão.

Debaixo daquele vestido vermelho eu imaginava uma calcinha vermelha bem pequena enfiada naquele traseiro tentando cobrir apenas o cuzinho e a ponta do seu grelinho e a cada rodada e a cada gingado ao som de muito forrá, via o seu corpo se contorcer e meu pau endurecer babando de tesão por aquele chocolate branco.

Sou moreno muito queimado das praias do rio de janeiro, e me via e me deliciava sá de pensar em estar com aquela delicia sá para minha na minha suíte no hotel marina que fica a pouco instantes de onde nás estávamos.

Comecei a dançar forro algo que sei fazer muito bem e que adoro e fui me aproximando dela para que fosse por ela notado.

Parei de dançar com a garota que estava comigo e a chamei ela para dançar, e logo fiz ela sentir toda a dureza do meu caralho e o tesão que estava sentindo por ela.

As suas colegas não paravam de falar e de apontar para nos dois, e sendo o mais ousado possível e sem medir nenhuma consequência, beijei a sua boca e fiz ela sentir o quando o meu caralho estava duro e cheio de tesão

A meia luz no forro lotado, continuei dançando e agarrando a sua bunda espalmando toda a minha mão naquela fartura de carne, que escondia uma calcinha minúscula enfiada no rabo o que fez eu ficar mais louco.

Beijava a sua boca, descia pelo seu pescoço, mordia o seu cangote e por fim enfiava a língua louca no seu ouvido deixando ela toda arrepiada.

Fala no seu ouvido que estava olhando ela dançar sozinha desde de que cheguei no forro e não conseguia ver mais ninguém e que a queria sá para mim na suíte do hotel marina onde estava hospedado.

Ela me chamava de louco que era uma loucura e que as suas amigas ficariam preocupadas, pedi então que falasse com uma delas e que fosse nos levar no hotel para que ela ficasse mais tranquila e assim que elas perceberam que eu estava realmente hospedado lá, pude subir com a minha delicia para o meu quarto.

Já no elevador fui beijando a sua boca e depois virando ela para a parede do elevador levantei os seus cabelos e mordia as suas costas deixando a minha marca no seu cangote e no seu pescoço enquanto metia as mãos por debaixo do seu vestido e tocava na sua buceta que estava toda melecada.

Assim que sairmos do elevador fiz ela ficar de joelhos no corredor e colocando o mee caralhão de 21 cm para fora fiz ela mandar um boquete forte ali mesmo o que a deixou assustada e excitada ao mesmo tempo, abri a porta e a fiz entrar de joelhos chupando o meu pauzão sem parar, tranquei a porta peguei ela no colo e levei para a minha cama, arranquei o seu vestido e puxando a calcinha para lado soquei a língua na sua gruta rosada, e bebi todo o seu suco, e com a boca toda babada, fui procurar a sua boca fazendo ela sentir o seu gozo na minha boca a minha língua na sua e os nossos corpos um no outro, fui tirando toda a minha roupa rasguei a sua calcinha com os dentes e fui descendo pela sua boca ate chegar aos seus seios que eram tesudos branquinhos e com os bicos rosados, o que me deixou cheio de tesão.

Aquela mistura de cores era perfeita para aquela ocasião, a sua brancura tesuda no meu moreno sacana me fazia delirar, como era gostosa, que peitinhos deliciosos, chupei, lambi e mordi cada um deles, arrancando suspiros de dor e de tesão, que putinha gostosa estava nas minhas mãos.

Fui virando o meu corpo de fazendo um 69 gostoso fazendo o meu caralhão procurar mais uma vez o calor da sua boca enquanto dedilhava e lambia a sua buceta sem parar, nossa que grelo tesuda que ela tinha, a sua buceta raspadinha me deixava com mais tesão ainda e a sua boca fazia misérias no meu cacetão.

Virei o meu corpo e colocando ela de frango assado soquei fundo o pirocão tocando no seu útero, comecei a morder os seus pés e as suas pernas enquanto socava a piroca sem parar com toda fúria e tesão que estava e olhando para o seu rosto via revirar os olhinhos.

Deite na cama com a pica apontada para o teto e fiz ela sentar no meu caralho e cavalgando sem parar ela gozou me chamando de tesudo de gostoso, enquanto dava tapas no seu rosto chamando de gostosa.

Virei o seu corpo abrir com raiva e um tesão do caralho a sua bunda e enfiei a língua no seu rabo fazendo ela delirar, coloquei ela de quatro e meti a piroca no fundo da sua buceta de novo e puxando o seus cabelos longos eu chamava ela de minha égua de minha potranca gostosa, minha puta tesuda que eu adoro.

Mordi as suas costas e soquei a piroca fundo naquele buceta tesuda e tirando a pica toda melecada apontei para o seu cuzinho e fui socando a piroca centímetro por centímetro no seu rabo fazendo ela delirar e me chamar de cavalão que estava rasgando o rabo dela mais que não parasse que metesse até o talo e depois de socar até o fim tirei tudo e soquei rápido no seu rabo enquanto dedilhava o seu grelo que estava inchado de tanto tesão e avisando due iria gozar gritei forte enchendo o seu rabo de leite enquanto ela gozava pela segunda vez.

Virei o seu corpo e beijei aquele tesão de mulher que me fez ainda ficar de pau duro e pegando a sua cabeça soquei a piroca naquela boca tesuda o que fez endurecer o minha piroca de novo e em mais um 69 tesudo gozamos os dois mais uma vezes e caímos um do lado do outro e dormimos até de manha.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


pai e filinha pequen q deixa pai come ela contosesposa puta mandona+contoscontos eroticos gozando na boca do pirralhoconto eroticos maecontos eróticos casadas safadascontos eróticos comendo a coroa caipiracontos eroticos fui comida pelo meu chefe e chingada feito uma puta vadiaAquela seria uma luta inédita e muito estava em jogo para Marilia. Há 3 meses ela havia descoberto que eu tinha uma ...contos chupei minha namorada a forçacontos eroticos porno de pirralhas inocenteshttp://googleweblight.com/?lite_url=http://idlestates.ru/conto_1729_pacto-de-porra-em-familia.html&ei=Tuthr3L0&lc=pt-BR&s=1&m=159&host=www.google.com.br&ts=1504527796&sig=ANTY_L0RczQERuUpbN0Q5efSyWyiLRB2ywvi outro gozar na boca de minha mulher contoscontos comeram minha mulher no colegiocontos erotico, dei pro dois amigos do meu filhoconto eu so queria que minha mae batese uma punheta pra mimconto erotico incesto sonifero filhaWww contos d putas casada d juazeiro ba.comcontos eróticos primeira vez q peguei na buceta da minha namorada videos porno pai afunda as tanga da filha virgemconto do pedreiroaluninha dando cuzinho virgem para o professor pirocudo contos eroticosdando a buceta na maquina e quase morrendoComtos heroticos da cunhadinha viviane dando pro cunhado reinaldocontos eroticos de comi minha. sograconto eu meu filho e meu pai cumemos minha esposa rabudaesposa safada fudendocom cavalos na fazenda contosconto lesbica professora dominadaeu quero história comendo a minha vizinha e ela nem dá bolacontos exitantes de aline bebada com variossubindo na escada de saia para ajuda pintor pornocomi o cu da vizinha cavala contoencoxadas socando com força reçenteEu marido eu e um estranho na lua de mel contos eróticoscontos eroticos homem barbudo e peludo fudendo bucetacontos eróticos apanhado chorei muito e fiqueicom a buceta toda vermelhamuller comesando a goza gostozocontos.veridicos erabando uma,.pretinhacontos prima batendo uma pro primoeu confesso incestoconto fudendo uma senhoradepilei minha virilha na clínica de estética e o cara gostou da minha xana contos filhanao aguenta a geba d pai no cuxvidio louco desejo vizinha mulata sainha mostrandomuie pega a manguera do amigo do cornaofui arrombado no cuzinhofiquei bem machucada por fuder com cachorro enorme contos de zoofiliaconto eroticos vendo a foder minha irma no papai betinhaSexo anal com o massagista conto eroticoSO CONTOSEROTICOS BIA DEU ATE O CU NO SOFA DO PADRINHOVem vem safado contoconto erotico de o amigo de meu namorado me comeu na casa dele e ele nao viucontos reais vendo a mae ser curradahantai filinha patendo punheta pro pai safadapunheta para o sobrinho contoDiaristasafadinhaContos eroticos comadreConto erotico travesti fodendo a inocenteContos adoro verContos eroticos violento seioscontos eróticos t******* na beira da praiacontos u caras muito bemdotado arobou a buceta da mia mulhe na mia frete contosConto erotico cuidando de minha enteada1contos eróticos crenterodolfo era meu vizinho me chamo ana contos erótico Contos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorXvideo nao sabia que aguentaria aquele monstro no meu cuzinho vou contar como foicontos eroticos dei meu cu pra todoscontos eróticos na roça com minha maeconto erotico sogra Alzheimerconto erotico tudo aconteceu na cachoeira com meu maridocontos gay transformado em putacontos minha primeira vez a trescontos erotcos de estrupo de virgemContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegador