Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ESPOSA RECATADA ARREGAÇADA NA VINGANÇA MAL SUCEDIDA - VERSÃO DELA

Descobri uns lances do meu marido em suas viagens de negácios e resolvi me vingar; subornei a secretária dele para me ajudar. Sempre fui recatada e sá tinha feito sexo com meu marido e estava disposta a dar uma lição nele. Meu marido estava viajando a trabalho e fiquei sabendo através de sua secretária que iria voltar antes do tempo previsto; combinei com ela que iria fazer uma surpresa para ele e que ela teria que fazer ele ir para casa por volta das 14:00 hs. chegando em casa ele entrou pela garagem e como ao chegar na sala tem uma pequena janela que dá visão para quase toda a sala, ao ouvir ele desligar o motor do carro comecei com a surpresa. Comecei a chupar uma rola enorme, que mal cabia em minha boca e gemia alto para ele escutar e parar para olhar antes de entrar na sala; com o canto do olho controlava a posta e a janela do corredor da garagem; dito e feito ele entreabriu vagarosamente a porta e olhou, apás se posicionou na janela e ficou espionando. O Cenário estava pronto para o meu show em quatro caralhos. Como combinado do banheiro veio outro homem, tirando a rola e colocando na minha frente e comecei a chupar, a pica estava mole mas algumas lambidas ela cresceu na minha boca. Eu chupava ora um ora o outro caralho com vontade, eles puxavam-me pelo cabelo e atolavam a vara até o fundo da garganta, fazendo quase eu engasgar. Reparei que meu marido tinha saído da janela e logo apás apareceu uma máquina fotográfica que eu tinha pedido para ele comprar e que, sem saber, iria ajudar-me. Imaginando que ele iria clicar toda a foda caprichei no boquete nos dois caralhos até eles gozarem na minha boca; com nojo, já que era a primeira vez que transava com outro homem além do meu marido, engoli o que pude, deixando escorrer a maior parte pelos cantos da boca. Levantando-me fui ao banheiro, me lavei e quando voltei, vim com 2 negros; fui despindo as roupas deles, e falei alto para o meu marido ouvir:

- Então esse é o prêmio por ter engolido a porra dos dois, nossaaaaaaaaaa, nunca tinha visto caralhos tão grandes.

Foi logo chupando os dois negros, enquanto um outro falou:

- Vocês podem comer essa vadia que já fodemos em todos os buracos .

Um dos negrões me olhando falou:

- Essa puta vadia vai ser arrombada em todos os buracos.

Isso não estava no nosso combinado, mas na hora fiquei na minha, pensando em como meu marido estava reagindo a tudo isso; colocando-me de quatro ele enterrou a vara de uma vez na minha xaninha, o que me fez gritar de dor e quase chorando, gritei:

- Enfia devagar; esse caralho é muito grande, eu não aguento tudo isso ...

O outro negrão sorriu e colocando a pica na minha boca falou que aquilo era sá o começo. Fiquei apreensiva, não era aquilo que tínhamos combinado, mas ao mesmo tempo o tesão de estar com 4 homens, com caralhos enormes, fora do controle me excitava, mesmo porque não podia fazer nada e me trair com a armação feita.

Eles se revezaram na minha xaninha e na boca, eu chupava aqueles caralhos enormes, e de vez em quando olhava para a janela onde via a máquina. Um dos negros puxou-me, ajeitando-me e disse que era hora de fazer um sanduíche, o outro negro logo se aproximou por traz e começou a forçar no meu Cu que até agora sá tinha sido enraiado pelo meu marido, eu não aguentando comecei a pedir parar; chorava, urrava e ele tentando invadir meu cuzinho com aquela vara imensa; sem se importar, eles seguraram-me fortemente dizendo:

- Você não queria um negrão, pois agora vai ter que engolir tudo, do jeito que eles quiserem....

Imobilizada o negrão começou a empurrar até passar a cabeça, eu chorando falava que estava doendo muito, que eles estavam me rasgando toda, implorava para ele tirar do meu Cu; o outro negrão se aproximou do meu rosto e colocou o caralho na minha boca, e falou:

- Pois é sua puta, quem mandou nos chamar....., portanto aguente.

Os negrões começaram a enfiar aqueles caralhos enormes cada vez mais rápido e eu, gemendo, chorando no caralho do negrão. Os negrões gozaram e trocaram de posição; o negrão que tinha arrombado o meu Cu colocou na boca enquanto o outro socava no meu Cu, que estava dolorido e esfolado. O negrão sentou no sofá e mandou-me cavalga-lo, me coloquei na posição e fui sentando naquele caralho enorme, me arrancando gemidos; o outro veio e colocou a cabeçona da pica no meu cuzinho e começou a enfiar; eu urrei, gemi, gritei implorando para parar que estavam me rasgando toda, mas eles rindo da minha dor enfiaram os dois caralhos negros, um no Cu e outro na boceta. Alucinada pela dor e querendo que eles gozassem logo comecei a pedir para eles bombearem, eles prontamente começaram a socar com violência, arrombando e arregaçando o meu Cu e minha boceta. Depois de praticamente arregaçarem o meu cú, eles gozaram, caindo pelo sofá. Suspirei aliviada pois tinha acabado o suplicio de levar aquele caralho enorme no cu, quando eles falaram que iriam me arrombar de vez; iriam enfiar os dois paus de uma sá vez na minha xaninha. Eu falei que não que não aguentava mais nada; então levei um tapa no rosto e ele me falou que iria fazer o que eles mandassem. Eu me larguei no sofá desconsolada e o negrão aproveitou e começou a enfiar os dedos em minha xaninha:, enfiou dois, três e depois quatro dedos, me fazendo gemer de dor. A situação estava fora de controle, eles faziam o que queriam e o combinado fiou apenas nas palavras; O que deu a idéia sentou-se no sofá e fui obrigada a sentar no seu caralho, entrou tudo, puxando-me para cima dele e empinando a minha bundinha, o outro veio por trás e colocou o pau junto ao outro forçando a entrada da minha bocetinha arregaçada. Eu chorava, gemia, gritava e implorava, soluçando pedia para parar e nada fez eles mudarem de idéia, e apás forçar bastante o caralho dele entrou e começou a bombar, sem forças e arregaçada, apenas gemia chorando baixinho esperando o suplicio acabar, em determinado momento parecia estar anestesiada na boceta. Ficaram bombando até gozarem sofá. Um dos negrões levantou-se e falou que iria urinar, e mandou eu beber, fodida, arrombada, dilacerada, arregaçada e querendo acabar logo com aquele suplicio, simplesmente me ajoelhei em sua frente e engoli o caralho do negrão que começou a urinar em minha boca; engoli um pouco e o restante escorria pelo canto da minha boca. Os outro se aproximarão e começaram também a urinar em cima de mim, em meus peitos, cabelos, pernas e coxas. Quando acabaram fui tomar um banho; apás peguei a bolsa, retirei o valor combinado e efetuei o pagamento. Fui para o quarto sem forças, arregaçada e sá pensando no que iria acontecer. A minha vingança era para ser sá uns boquetes, não estava nos meus planos dar o cuzinho e a boceta para aqueles garanhões negros, nem fazer uma dupla penetração, tinha contratado eles para apenas serem chupados e gozarem, e apás irem embora, mas agora estava arrombada, com um buraco enorme no cuzinho semi virgem até então. Deitei na cama e acabei dormindo de tão cansada. Qdo. meu marido chegou no quarto já tinha escurecido, acordei e tentando disfarçar, perguntei com jeito de surpresa se ele tinha voltado antes da viagem, simplesmente levantei e beijei-lhe. Ele pegou a camera e me entregou dizendo:

- Aqui está o presente que vc. Pediu.

Dei-lhe um beijo de agradecimento; ele então pegou os conectores e ligou na TV do quarto e passou a exibir as fotos que tinha feito da foda daquela tarde; sem saber o que falar ou pensar fiquei sem ação, ele foi tomar uma ducha e quando voltou eu simplesmente tirei a toalha, empinei a bunda e falei:

Agora vc já sabe que adoro dar o Cu. Vem e fode o meu Cu, que estou com tesão de dar o Cu......

Acho que pego de surpresa pelo inesperado ele veio e enfiou no meu rabo ardido e fodeu meu Cu até gozar, alagando meu rabo, dei-lhe um beijo e para parecer a vadia que eu tinha planejado falei:

- Hoje aguentei dois caralhos na boceta; quando for dois no cuzinho prometo que um será o seu........

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


freira peituda contos eroticos cotos heroticos gay me comeu no riovideos e contos reais de mulheres ficando engatado com seu dois caometendo na barba de shortinho atoladocontos eróticos nao deixavs eu chupar o anus delatravesti bem dotado chupando o c****** da mulher do cumolicesmeus peitinhos doíam...Contos Mamadas no paizimbia cadela contosfiseran eu comer minha sogra eminha conhada contobem o qye vou contar pra voces e o seguinte sou casado e minha esposa e loiraContos eroticos coroa estrupadaminha esposa tem 1.60cm d bunda enorme contoscontos eróticos disneylandiaminha mae enfiou o dedo no meu cuvideos para deixar o namoradoexitadogozadas na boca do menino contosMendigo chupou meus peitosnovos contos eróticos escritos vovô me deu leitinhoContos eroticos pauzudo rasgou meu cuzinhotravesti arrombou meu marido contoComi a b***** da minha cunhada Flávia contos eróticoscontos er senta devagarFomos a um churrasco bebemos muito e aí rolou contos eroticoscontos eroticos negao so comeu o cu da minha mulherContos eroticos casada jogo de voleiconto erótico arrombei o fortãodona Florinda abrindo pernas mostrando calcinha pornconto erotico esposa e sogramolestando a amiguinha no meu colo pornoa puta mulher do meu irmão contos eróticosmeu marido foi enrabado a minha frente, contosquero uma menina cabelos longos escuros deitada na piscinacontos eroticos filha so.de calcimgarota no cio brincando com cachorroconto porno onde a crente casada da ate o cu para o amantecontos dormindo com a tiaContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorcontos gay comendo o muleke do orfanatoconto gay camisolinhacontos fui comer o cu da minha esposa dormindo tava alagadoconto erotico Filha curiosaxxx conto Incesto+Minha mae saiu comigocontos eroticos de transando com a cunhada casada com o consentimento do seu maridoViajado com meu filho trasei com ele no motel contocontos quando eu era criansinha meu pai e mh mae me obrigava a eu dar a mh xaninhaconto cutuquei pau na bundia delaImagem Carla danada na zoofoliacasa do conto màe rabuda da troco com filho incestocontos er irmas vizinhaconto negao cuidou do meninoconto erotico da titia rabuda do rabao no carnavalComtos mae e filha fodidas pelo empregado do maridocoroa raspadinha gozando contoscontos eroticos de sogras na faixa 47 anoscontos mi mastubava nas calcinhas da vizinhas gostosas contoszofilia homem fodendo forte acadela ela chora sentido dorcontos xoxota estufada da sobrinhagostosinha bonitinha bundinha nova doze anos dando contos eroticossuruba em familiacontos eroticoscontos eróticos com madamecontos eroticos de incesto deixando a irma com ciumescontos eroticos ajudei meu filho e fui estupradacorno viado esposa gostosa conto realcontos eroticos casada flagra seu vizinho batendo punhetaconto erotico sou enfermeiro e nso resisti e comi a novinha dopada no hospitalmeu policial chupou meus seios gostosoxvideoporno com er maoscontos eróticos meu segredocontos eroticos rabocontos irma gozandocontos interracial de crentes sendo arombadascomo fazer gozar uma baixinhaconto eróticos desejandoa mulherdomeu filhoconto gay fodi o namorado da minha irmacontos casal cinema pornocotos camioneiro da pica grandepassou a pamadinha e epurrou no cu da esposaconto erotico debaixo das cobertaso pau dele dava dois do meu marido contossurda muda gostosa contoCornos by contos