Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O INICIO DE TUDO

Amigos, é meu primeiro conto, não sei se vai ser interessante mas a historia é verdadeira e se ficar boa depois eu envio outras aventuras da minha esposa Tania.

Há uns oito anos atras nás moravamos em Floripa e o casamento tava meio morno e minha mulher meio desinteressada por sexo. Chamei ela para uma conversa e ela foi sincera e me disse que ultimamente vinha olhando de forma diferente para outros homens e como era bonita vinha recebendo algumas cantadas mas que nunca tinha levado nada adiante.

Eu nunca fui de ficar pegando no pé dela e achei que era hora de largar ela de vez (porque o chifre era certo) ou de ficar com ela e aguentar o que viria pela frente.

Depois de considerar os anos em comum. tudo que construimos juntos, familia e todas aquelas coisas, tive uma outra conversa com ela e argumentei que não era justo ela ficar sexualmete infeliz e concordei com ideia dela ter um amante, mas que isso teria que ser feito com muito cuidado porque a escolha de uma pessoa errada poderia causar muitos problemas e se o caso se espalhasse iriamos ter muitos problemas pois tinhamos familia na ilha que é muito pequena e as noticias lá se espalham com muita facilidade. Ou seja eu ate aceitava a ideia de ser chifrado mas não suportava a ideia dos outros saberem.

Chegamos a conclusão de que o ideal seria escolhermos uma pessoa de nossa confiança. Eu tinha um colega de trabalho, alias colega não, amigão mesmo com quem minha mulher simpatizava muito. E por uma serie de fatores decidimos que ele seria o escolhido.

A ideia dela era armarmos uma situaçao para os dois ficarem sozinhos em algum lugar e o resto ela resolveria.

Fiquei um pouco grilado com isso, porque ele era um grande camarada e talvez se assustasse com a coisa e ai tudo poderia dar errado.

Resolvi, sem que ela soubesse, ter uma conversa com nosso amigo Carlos e expliquei tudo o que estava acontecendo e disse que eu ficaria muito feliz se ele fosse amante da minha mulher.

Combinamos uma ida a uma casa que possuiamos numa praia na ilha mesmo e convidamos Carlos para ir tambem. Seria num domingo de manhã e nos chegariamos na casa no sabado a noite para preparar tudo.

Não sabia muito bem como eu iria reagir aquela situação, mas desde a noite de sabado eu já estava ficando um pouco excitado com o fato da minhar mulher transar com outro. Fiquei com muito tesão e tentei trepar com ela mas ela argumentou que queria guardar todo seu tesao para seu novo macho e me mostrou a lingerie nova, vermalha tipo fio dental com meia e cinta liga que ela tinha comprado para a ocasião.

No domingo, logo que nosso amigo chegou inventei uma desculpa e me mandei. Eu estava com muito tesão mas imaginei que eles deveriam estar com muito mais e resolvi não incomodar. Eu tava louco de vontade de assistir a trepada mas sabia que não era a hora, porem decidi naquela hora, que no futuro seria um espectador privilegiado das trepadas dos dois. Fui para um local deserto na praia e bati uma punheta gostosa so imaginando minha mulher e meu melhor amigo transando.

Voltei na hora do almoço e encontrei os dois com uma expressao de felicidade no rosto e esclareci logo que eu estava muito feliz com o fato dos dois serem amantes e que quando eles tivessem mais a vontade eu gostaria de assistir a uma trepada deles. Minha mulher que sempre foi um pouco timida desconversou mas Carlos adorou a ideia.

A partir dai a coisa engrenou e os encontros na casa de praia e em outros lugares passaram a ser frequentes. Minha mulher voltou a malhar, a se produzir toda e a comprar lingeries provocentes os quais sempre me mostrava em primeira mão para me matar de tesao e de inveja.

Ressaltesse que nossa vida sexual melhorou muito depois disso, eu morrendo de tesão em comer aquela putinha que trepava com o meu amigo e ela, decerto, pensando no seu amante.

Tania nao aceitava a ideia de eu assistir as trepadas deles e eu tive que combinar com Carlos uma situação. Ele iria com ela para a casa na praia e eu seguiria os dois entraria em silencio para tentar assistir o que fosse possivel sem ela perceber nada. Entrei na casa e vi que o esperto tinha deixado a porta da suite entreaberta, me aproximei e vi tania fazendo um strep-tease para Carlos. A cama ficava de frente para a porta e ela estava de costas para mim e de frente para ele, ficou sá de com uma micro calcinha pretas e transparente e ficou oferecendo os peitinhos (muito lindos por sinal) para ele chupar. Eles começaram a se chupar e tive que me esconder por medo de ser descoberto e estragar tudo e tambem para bater uma porque o tesão era muito grande. Dei um tempo e quando voltei vi que Carlos tava fodendo ela de quatro com ela de frente para a parede ele me viu e fez sinal de positivo, sá que naquela posição eu não via a foda direito. Fiquei vendo o que era possivel e ouvindo ela gemer de prazer, Fiquei pelado e bati outra ali mesmo na porta do quarto. Pensei em entrar no quarto e participar daquela festa, mas consegui me controlar e fui embora deixando os dois na maior fodeção.

Quando ela chegou em casa mesmo estando meio cansada de tanto trepar eu não aguentei e fudi a valer aquela bocetinha que eu agora era um sácio minotario. Há muito tempo eu não sentia tanto tesão por ela como eu vinha sentindo desde que ela começou a namorar o Carlos.

Carlos era casado e a mulher dele era muito amiga nossa, nunca causou problemas em primeiro lugar porque nao era de ficar pegando no pe dele e tambem porque o proprio marido da amante dele dava a maior cobertura para suas escapadas.

Isso é sá o começo de tudo, para contar tudo que veio depois serão necessarios muito tempo e muitos contos.

Não tenho a menor ideia se esse conto agradou aos leitores por isso peço que deixem mensagens com as opinioes se gostaram eu continuo com as aventuras da minha esposa senão paro por aqui.

Um abraço a todos.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Cadê acabou comendo cunhado cadê aquela vezContos gays amante do tio velho desde de pequeno adoro vpu casar com elesexo com tiabateno um poentacontos eróticos comi minha filhacontos eróticos gays irmãosconto erotico tentei comer o cu delaCoroa gostosa louca por jeba contosmaravilha conto heteroconto erotico jogando game com o garotinhocontos minha filha enrroscada na minha picachantagiei minha filha casada conto eroticocontos porno ajudou marido comer sograContos eroticos tarado por seiosContos eroticos de fortaleza - peguei minha esposa me traindodormi bebado perdi as pregashistorias eróticas com coroa de 80 anosMenina Má tava dormindo sem calcinha eu penetrei meu pau na b***** delacontos eróticos comendo irmãwww.contos de estuprei a gordinhacontos meire me dominaContos eróticos teens tomando banho com meu irmãomais que irmaos contos eróticos virgenscontos er deixa que levomeu amigo me comeu em casa contos eroticos gaycontoseróticoscomsogroconto porno mulher putacache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html boqueteira gaucha contonovinha de 13com peitinhocontos eroticos:lavando meu peniscontos eróticos minha mãe no esconde escondecontoseroticosesposapraiatesao chefe quero elehome acordo de manha com uma bela chupada do pauboliche do bundão boladocontos eróticos morena com o carro quebrado ( gangbang.)um romance com minha maninha-contos:eroticoscontos eroticos comi toda a familiacontos eroticos menina com pedreirocontos de lesbicas coroasdepois do anus e da vagina tem outraentrada pro penis entrar?contos eroticos coroa forróxxx conto mais babado do incestovoyeur de esposa conto eroticocontos eróticos mamãe meteu uma cenoura em minha bucetinhaConto porno de incesto de padrecontos eroticos em audio de envangelicas que gostam de dar o cuContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorContos eróticos gostosa na praia com o maridocontoseroticos negaomeu irmão me come desde pequenawww.fotos piças de camioneiro  Marilia e Juliana estavam mais uma vez fr ente a frente para uma dolorosa batalha. Ambas traziam nos corpos as marcas feitas pela outra em combates violentos e sangrentos. Marilia vestia tão somente uma minúscula tanga branca fio dental. Juliana uma  contos eróticos nao deixavs eu chupar o anus delacontus orgia reforma casa loiracontos eróticos velhocontos - sobrinha tomando leitecontos eróticos sem querer engravidei minhas cunhadasmeu professor come caralho a xana contos eroticoscache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html Contos e roticos com gemeos i denticosConto erotico incesto crenteconos eróticos verdadeiro convenceu a mulher a a bundaContos-esporrei na comida da cegaa calcinha de minha mae contoscontos eróticos -vem mamar a rola do tio vem...Contos eroticos minha tia anda so de calcinhaconto erotico minha mim deixado de castigoconto gay daniel e murilo me.comeramas.gatas.mais.gostosas.cimasturbandipadrinho safado contos eroticos de incesto de desenhoMinha esposa deu a xoxota pra um mendingominha mulher me fez corno e viado ao mesmo tempo eu adoreimamei no peito até ficar vermelhoe produzir leite contosporno mulher no onibus deixando um homem te alisar por baixo da saia mesmo com o corno juntoContratei um travestir e ele comeu meu cucontos eroticos enfermeiracontos eroticos tia