Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMENDO A VIZINHA SAFADA

Olá meu nome é Andre (ficticio) sou casado, tenho 28 anos 1,75 m 77 kg bem distribuidos. moro no interior de São Paulo (Jundiaí) ha cerca de 3 anos. moro em uma rua calma e cheia de velha fofoqueiras doidas para cuidar da vida alheia. Não tenho muito contato com a vizinhança pois não dou muita intimidade. Na rua onde moro tem uma vizinha chamada Luciana( ficticio) que tem um corpinho de tirar o folego. Certo dia estava lavando a garagem - costumo fazer isso sempre de bermuda sem camisa - e brincando com meu filho jogando agua nele, ele saiu correndo para rua espirrei a agua com a mangueira. Aí o bicho pegou pois, sem querer acertei Luciana que ghegava com o filho . Ela olhou com cara de raiva e foi logo despejando um monte de desaforos. Pedi desculpas e disse que foi sem querer. Ela disse que estava nervosa com outras coisas e também me pediu desculpa. Entrou em sua casa que, é em frente a minha.

Continuei lavando a garagem e vi quando ele chegou ao seu quarto que fica na parte de cima da casa com a janela de frente com meu portão. Feichou a cortina e tirou a blusinha molhada ficando sá de sutien, Não pude deixar de olhar e ela também pecebeu meu interesse. Minha mulher me chamou e tive que entar. Não deixei de pensar naquela safadinha andando pelo quarto sá de langerie.

No dia seguinte estava saindo para o trabalho e, Luciana estava no portão com a filha esperando a perua escolar. Notei que ela focou me olhando de maneira safada mordendo os labios cumprimente-a e fui para o ponto esperar o onibus. Para meu azar tinha dixado o crachá em casa e, tive que voltar para busca-lo. No caminho encontrei Luciana. Ela sorriu e disse que adoraria que o marido dela brincasse com seu filhos com sempre faço com o meu. sorri e disse que tinha muito gosto em brincar com meu filho pois me sinto um muleque que cresceu mas não deichou de ser brincalhão. Ela disse que me convidaria para brincar qualquer dia na casa dela de papai e mamãe. Meu pau ficou duro na hora e disse que papi e mamãe era coisa de marido brocha comigo, era papai e empregada. Ela passou a ligua entre os labio e sorriu dizendo: - quero sá ver!!!!.

Aessa altura meu pau latejava dentro da minha calça porém, ela foi embora e eu fui trabalhar. Passei o dia inteiro pensando naquela safada.

No sabado a tarde minha mulher foi para casa da minha sogra. Fiquei em casa descansando e resolvi dar uma lavada na garagem. Luciana estava sentada na sacada de seu quarto com o corno. comprimenti-os e o corno mal respondeu por inveja de meu porte fisico. Ele deve ter uns 35 mas parece que tem 60 é careca barrigudo todo desleichado no entanto, a conta bancaria deve ser recheada tenso em vista a garagem com uma hylux e um fusion.

Luciana ficou de olho em mim e o otário entrou deixando-a sozinha. lavei a garagem e aproveitei para jogar água na mulecada que estava na rua. Todos estavam com calor e ficaram pedindo mais. Entre eles estam o filho e a filha de Luciana. Ela sorria ao me ver brincando com as crianças.

Alguns minutos depois ouvi uma discrção na casa e o cornão saiu de carro com a cara feia. Luciana apareceu na janela e deixou cair um papel. Disfarçadamente recolhi o papel que dizia: Sacolão em frente a padaria 30 min.

Entrei tomei um banho liguei para minha mulher diendo que ocorrera um pepino na empresa e precisavam de mim para resolver. disse que não tinha hora para voltar.

Na hora marcada estava no local e vi a hylux parar e abrir a porta. Luciana estava com uma cara de má e disse - hoje aquele filho da puta me paga. Saiu com o carro dizendo que seria miha empregadinha e queria ver se eu era bom com a mangueira. Fomos a um motel na saída da cidade pegamos uma suite com hidro. chegando na garagem ela se debruçou sobre miha cocha colocou meu pau para fora sorriu e disse: - Hoje vc vai ser todo meu. começou um boquete muito gostoso lambia minha bolas chupava meu cacete como um bezerro mamando na vaca. Saimos do carro coloquei-a encima do capo levantei seu vestidinho preto fui passando a mão nas pernas dela que eram muto linda e gostosa passei a lingua do tornoselo até virilha e quando ia tirar sua calcinha preta de rendas ela disse que ainda não era o momento Subimos para o quarto ela pediu que esperasse e, foi ao banheiro com uma bolça na mão.

Fui até o frigobar e tomei um pouco se agua alguns minutos depois ela saiu do banheiro toda produzida numa fantasia de empregada domestica ela sorriu e disse que era especialmeite para mim.

colocou uma musiquinha e começou a dançar bem senssual. sentei-me na cama e ela veio em miha direção colocou a pena na cama. Comecei a passar a mão na sua cocha enquanto ela pedia para eu fode-la com o corno não tinha feito até hoje, joguei-a na cama tirei lentamente sua liga,sua sainha e a blusinha trantarente que mostravam um belo par de seios. Alisei sua xoxota que estava moladinha passei a lingua em sua barriguinha sarada até cegar em seus peitos duros e de bicos rosados. mamei muito e ela gemia e tremia de tesão.

logo ela me puxou para a cama abriu novamente minha calça e chupou meu pau pedindo que gozasse em sua boca pedido esse, que foi atendido com um banho de porra na sua cara ela sorriu e disse que o corna achava nojento gozar na cara de uma vadiazinha como ela.

Nao dei muito tempo para ela ficar falando. Deitei-a na cam a comecei chupar sua xana enquanto ela se torcia de tesão pedindo: Isso, isso me chupa gostoso me chupa. continuamos e em pouco tempo pude sentir o mel daquela xoxotinha rosada na minha boca. Ela deu um gemido longo e disse que nunca tinha gozado tão gostoso.

Coloquei-a de quatro derecionei meu pau na bucetinha dela e comecei a fode-la. Ela rebolava e pedia para come-la com força.Bombava muito forte sá para sentir os gemidos dela implorando por minha rola. levantei, levei-a para parede, ela no meucolo com as pernas cruzadas nas minhas consta subindo e descendo na minha vara. coloquei-a devolta na cama com as pernas em meus ombros e fodia aquela gostosa com tanta vontade que gozei dentro daquela buceta maravilhosa. Tirei meu pau para fora e ela logo começõu a suga-lo novamente ficamos um tempo sá nos chupando num 69 gostoso. ela tinha um boca maravilhosa e macia, fazia um boquete sem igual. Eu por outro lado arrancava gemidinhos dela ao passar a lingua em seu grelinho, lambi seu cuzinho e percebi quando ela deu uma apertadinha nele e disse :aí não.Aí não nunca fui fodida no cu, tenho medo!!!

É lágico que não ia deixar passar aquela oportunidade. Se nunca deu vai dar hoje. Ela pedia:- isso não, não tenho coragem de dar meu cu seu pau e grade vai me machcar. Disse que não se preocupasse tomaria cuidado mas que não siria dali com o cu intacto eu ia fode-lo de qualquer jeito. coloquei-a de quetro novamente passei um lubrficante muito bom (minha saliva). coloquei a pica na entrada de seu cuzinho e fui penetrando devagar.Ela mordia o travisseiro e gemia : Aaaaaíiii tá doeeendo, vai devagar por favor. Continuei devagarinho até que a cabeça entrou, Ela urrava de tesão e pasoou a pedir para que fodesse muito aquele rabinho apertadinho. bombei com gosto aquele cusinho rosado e apertado ela rebolava e pedia para que fodesse mais.

Sentei-me na cama, mandei que sentasse em meu pau de frente para mim. Encaixei-me novamente naquele cu apertado enquanto mamava seus peitos gostoso. Logo veio o gozo e, ela se jogou na cama dizendo que tinha acabado com ela.

namoramos mais um poco gozamos um na boca do outro e voltamos para casa. nossa rotina voltou ao normal mas de vez em quando ela usa uma desculpa para treparmos novamente.



Se você mulher casada leu e se identificou com Luciana entre em contato para termos otimas gozadas.

[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos amadores dividi minha esposa com meu patrão do sítio que moramoscontos-meu cuzinho contraindo no teu paupresenciei minha esposa me traindocontos eroticos com enteadacontos incesto buceta rapadinha cheia de tezaocontos tirar leite eróticoscontos de zoofilia coloquei meu cachorro pra comer meu marido e ele gostoucontos meu vizinho taradocontos eroticos putinha pagando a conta do paiminha cunhada tinha coriosidade sobre o meu pau se enprecionoucontos novinha dando pra doisconto historia com lesbicawww contos eroticos carinha de anjocontos minha mulher vendo meu tiocontos saia sem calcinha escada engoli porraboceta. vibrado grande. alagadaboqueteira gaucha contomulher chama homem pra chupar sua b***** dela já foi gozar e alguns amigos queridosas.gostosas.cimasturbando.duas.vesesContos eroticos detesto camisinha gosto de sentir o calor da rola dentro gozando dentro traicaocontos eroticos os pedreiros negao comeu minha mulhercom fotosconto erotico de enfermeiro aplicsndo injecaocontos com fotos esposas com a buceta cheia de porra de negrosconto erotico travesti namorando vizinhoconto minha mae rabuda e eu meu pai eu agora eu sou mulher do meu ex primo viuvo conto eroticomeu pai e meu irmao me comeram contos eroticosmenino malcriado contos eroticofui violentada por um travesti que deixou minha buceta toda meladacontos provocandobuceta chupar elaeleConto meti 29cm.de pau no cu da mamaecontos eroticos dono de mercearia comendo a casadaContos eroticos comido por um caobranquinha magrinha de cabelos caracolado danadinhaconto esposa tiocontos ela gozou no meu dedo no metrôpoi ve a folha fundedo com o primo dentro de casaminha mulier sentou no pinto grosoconto eroticoconto de incesto iniciando os filhos a arte do.incestoContos eroticos novinha virgem sendo arrebentada pela mulecadascoroa me fudeuSobrinhas do prazer contosnovinha viuva sem ver um pau por varios dias se assusta ao ver o do sobrinhorelatos eroticos minha esposa baixinha e seu tio dotadoMaurinho com pênis grande transando com mulhercontos eróticos de vibradorcontos baixinha casada morenaContos fudendo a coroa gravida casadacontos esposa do clienteporno chegou em casa e pegou a cunhada pelada de olhos vendados e comeu elacontoseroticos sogra e genro na agua da praiavvidos de muler co casoro. fudemocontos meu marido descobriu quando cheguei arrombadaminha cunhadinha virgemcontos eroticos sou coroa viuva e dei minha buceta pra um muleque roludoselma melando a pica de cocorcontos eroticos exibindo minha esposa no banhovideos contos despedida solteira punheta chupadachantageada e humilhada pela empregada negracontos eroticos mulher casada bi sonia e suas amigasa minha prima rabuda me deu seu cu conto eróticoscontos eróticos de bebados e drogados gaysver contis eroticos de incesto passando oleo na maeContos eroticos irma mas velhacontos eroticos paty fudendocontos eu e.mamae metemos fortecontos eroticos- paguei minha filha pra cheirar sua calcinhao negao me comeucontos gay infanciaProfessora ruiva com um bunda tapa na bunda do aluno vode o aluno gostosoConto erotico muito forte contos-você vai devagar no meu cuzinhov¨ªdeo porno pai enfia o dedo na bucetinha?dando pro genro. contos eróticosHomem moreno claro de pigode coroa pornoamigo sex diplomata contocontos eroticos mamem fudendo com filho na fazendacontos eróticos Bruninha puta do Lucascunhadinha dando o cu apoiando na mesacache:TjHC3uy6Jc0J:idlestates.ru/conto_5450_comi-xota-e-cu-da-maninha-e-o-cu-do-irmaozinho.html contos eroticos vestido coladoa minha esposa foi a praia de fio dental e o punheteiro vez a festa. contos eróticoscavalonas de casa disse apertadacontos eroticos chorando com o pau enterrado no cu arrancando bostatranzando com o cavalo enquamto meu pai se masturbasamba porno zool conto de incestoTio come sobrinha a força contos eroyicosConto o pausudo quase me rasgou quando meteu tudo.comi o cuzinho do vizinho novinho contos heroicoscondos erodicos perdendo virgindadeadoro ser estuprada contoscontos eroticosproibidocomo fazer gozar uma baixinhacontos eroticos fui bem fodida feito puta e chingada feito uma vadia pelo meu tioComtos perdendo cabaco meninasamigo hetero conto