Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA CUNHADA, CADA VEZ MAIS GOSTOSA...

Olá a todos, este é meu segundo relato, na ocasião de meu primeiro conto, era noivo e relatei como minha cunhadinha Sandra, a mais nova de três irmãs, que tem 1,78, 24 anos, cabelo preto e realmente tem uma bunda maravilhosa, sendo que, agora apás um ano de academia está com um corpo que parece capa de revista, sem falar na marquinha de biquíni daqueles peitinhos lindos.

Era uma segunda feira à noite, estava no serviço, quando meu celular toca e ao olhar na bina vejo que é minha cunhadinha Sandra, ao atender, ela chorando vai me dizendo que brigou com o namorado, com o qual está morando. Começa a falar que não sabe pra onde ir e que esta com medo de ficar em seu apartamento, nesse instante já brilhou a idéia de tê-la em casa sá de shortinho e sem calcinha com a bucetinha toda rosadinha e depiladinha como costuma ficar. Toda frágil pela situação e, eu doido pra dar toda a atenção que merece, falei que poderia ficar em casa o tempo que fosse necessário e que sá chegaria lá pelas seis e meia da manhã, ela aceitou na hora e que iria direto pra lá, pois seu namorado não a deixou pegar nenhuma roupa e estava apenas com vestido que tinha ido na balada.

Ao chegar em casa, entro sem fazer barulho pois queria ver minha adorável cunhadinha dormindo e com a expectativa ver sua bundinha, agora ainda mais gostosa pela academia, vou direto pro quarto e percebo a porta entreaberta, ao olhar pela fresta da porta quase tenho um ataque do coração, a vejo com a mão em sua bucetinha, já com dois dedos bem enfiadinhos lá dentro, batendo uma deliciosa siririca com a maior carinha de putinha, usando um vestidinho que vai até a metade de sua coxa, daqueles tecidos bem fininhos e com um decote que deixavam seu peitinho todo empinadinho. Ela estava com tanto tesão, que nem percebeu eu ali de pau duro, pingando de tesão, com olhos fechados ela ficou se dedilhando com a bucetinha toda raspadinha, até começar a gemer mais alto, quando percebi que estava gozando pelos seus gemidos, que pareciam de uma cadelinha safada. Derrepente ela abre os olhos e me vê com a mão dentro da calça começando a bater uma punheta, começa a chorar com vergonha, tentando contar sobre a briga, comecei a beijá-la, não a deixando falar nada e fui descendo e beijando até sua bucetinha, que já estava toda molhadinha de tesão, nessa hora ela começou a gemer tão gostoso que quase gozei, falava que seu namoradinho não merecia aquela mulher gostosa que era ela, que era um corno, e pedia para fuder sua bucetinha bem gostoso, como sá eu sabia fazer, falei pra não ter pressa, e fui colocando meu pau em sua boquinha que de pronto começou a sugar como uma loca, nessa hora já não se importava mais se alguém fosse escutar, ela gritava implorava para comê-la, falava: “ enfia na minha buceta, me fode, vaiiii, vaiiii, me come, come essa bucetinha, enfia no meu cuzinho, arregaça ele todinho, é sá seu, vai, vaiii, por favor, vaaaaiiiii... me come, me fode...”, com ela gritando e gemendo, fazendo todo aquele escândalo de putinha de motel, não aguentei e soquei de uma vez, sem dá, ela gemeu como eu nunca tinha visto antes, comecei um vai e vem sem parar, até que ela comeu a se contorcer e gozou de novo, tirei meu pau ainda duro e melado pelo leitinho de sua xaninha, fiquei olhando sua bucetinha rosadinha dando espasmos e ainda se contorcendo de tesão, devia estar tendo vários orgasmos, quando derrepente ela ficou de costas, abraçando com uma mão o travesseiro e a outra enfiando na buceta, tentando parar de gozar, quando percebi que levemente inclinou sua linda bundinha, deixando a mostra seu cuzinho, que piscava bem gostoso. Meu pau parecia que ia arrebentar, não estava aguentando mais de dor, de tão duro, precisava gozar logo, então, enfiei de uma vez, sem ela perceber naquele cuzinho apertadinho, modelado pela marquinha do sol, meu pau entrou rasgando, ela estava sendo estuprada pelo prazer, gritou mais uma vez, e começou a chorar de dor e de prazer, já não sabia mais o que estava sentindo, implorando pra que eu gozasse logo, ela já não tinha mais reação sá sabia gozar, não demorou muito, com umas cinco bombadas naquele buraquinho apertadinho, falei que ia gozar e ela me pediu pra gozar na cara dela, foi o que fiz, espalhei todo meu leitinho quente em seu rosto, esfregando meu pau em seu rostinho, fazendo com que ela o limpasse todinho com sua boquinha linda, sugou até a ultima gota, que coisa maravilhosa. Deitou-se no colchão desfalecida de tanto gozar, com a bucetinha e o cuzinho todo arregaçado de tanto prazer que tinha sentido, fui tomar um banho e saber o que tinha acontecido entre ela e o namorado corninho.

Se vc gostou do meu primeiro relato: ”Minha cunhada adora dar o cú...” ou deste segundo relato, pode votar ou me mandar um e-mail, ainda estou tentando comer minha outra cunhadinha, em breve escrevo outra histária pra vcs...

e-mail: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos sogra coroaContos eróticas de esposas coroas de amigosconto eróticos sexo entre família gozando dentro da buceta engravida deledois gay fudendo violentamentw/entre sicontos Praia de nudismo.putinha desde novinha contos eroticoscontos gay gordinho calcinhapassinho de várias lésbicas se chupando uma volta sem pararminha cunhada me convenceu a ser cornocontos gays meu cuzinho me chamava de festaMinha mãe colocou silicone e ficou gostosa contoporno.pai.padado.jeu.nabuseta.dafilihagreludinha na praia contopapai adora chupar a minha buceta enquanto fode a nossa enpregadaContos eroticos nerd virgemminha tia e puta contoconto de comi o cuzinho do garoto dando aula particular em minha casa fazendo chorar na pica grandecontos eroticos zt i: blackmailcontos eroticos de enteada que transou aos cinco aninhos com padrastocontos com teen fodida aos onze anos por tres roludostendo orgasmo de havaianas contosmarido de marleni vendo ela transarconto erotico com crentedei pro tarado contoscontosheroticos travesti pirocudoscontos eroticos casadas canalhastia mastruba seu sobrinho mangacomi minha filha no carro contosobrinha teen durmindo de shortinho curto e tio taradao nao resisteconto real espiando no buraco casal sexo chacaraconto eroticos vendo a foder minha irma no papai betinhaprovador sobrinho contos eróticoscontos de putaria gay o garoto e o vigiaTitia deu pra mim e meu primo praticando sexo contos erticocontos de transando com o genro timidoporno traicao roludo conto pornocontos meu filho dotado me acoxocoroa louraca enxuta bocetao inchada inchadaquero cadastra meu email no canto erotico de casais com mais de quarenta anoscruzando coxasgostosacontos eroticos gays atiçei meu tiocoroas de buceta quadril e coxas enormes dando para cachorroVelho fazendeiro sendo enrabado contos gayscontos eroticoseu gostoo d ver meu marido comendo a empregadavídeo pornô mulher casada fica cheia de tesão com a venda em Jarinuconto mastubando a vizinha virgem dormindohantai filinha patendo punheta pro pai safadacontos eroticos de pivetescontopaugrandecontos bebi com meu tio e acabei transando com eleContos eroticos de mulheres sendo abolinadas no onibus lotadosConto de vadia de quatro no bar metendo com muitos machoscontos eroticos primeira vez no cuzinho da esposacontos encoxando o amigo casadocontos eróticos peguei minha mulher com outro na camaganhei carona mais tive que engolir porracontos exitantes de sexo na marrra delicioso historias reaiso subrinho do meu marido falo q queria comer uma buceta peludinhaEnrrabada contocasada pelada em lugares movimentados contosconto erotico a gorda pagabdo a apostacu de bebado não tem dono contos eróticos gayfodi a noite todinha filha virgem desenho hentaiporno baixar caralhogrossos contos eroticos fiz amor c minha mae na primeira vez que fui pra cama c elagostosa da propaganda da Tininhaminha esposa de shortinho na obra contocontos eroticos mulher casada bi sonia e suas amigasconto erotico sou vaca leiteira eu gostocontos porno filho do amigo secretorelato ocaseiro do sitio arrombou o cu da minha esposafui fudido no fliperama contos pornô contos eróticos chupei meu padrastonegras abrino o cu pra meter nele gostosoTravesti que dá de graça em bhgarotinha sentava no pauContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorcontos eroticos comi a biscatinhacontos erotico maes rabudas c a familia n festa.contos bundão arrebitado