Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DEI NO WORKSHOP 2 O DVD

Fui a um treinamento em Curitiba, e tive momentos sexuais com um desconhecido (veja relato anterior). Voltei, contente e relaxado, tranquilo pois o cara era de outro estado, e ninguém, principalmente minha esposa ficaria sabendo.

Alguns dias apás minha volta, encontro em minha gaveta do escritário, um pequeno envelope escrito VEJA SOZINHO, com um DVD dentro.

Imediatamente, coloco no notebook, para ver o que era. Quase caio para trás. O sacana do italiano filmara toda a nossa sacanagem. Por isso que ele queria trepar no claro !!!

Fascinado, vi a mim mesmo chupando a pica dele...como eu gostava da coisa...Não sabia se ficava excitado ou se me borrava de medo ou de raiva. Quem colocou aquilo na gaveta? Não tinha selo de correio.

Mais dois dias se passaram, e recebi um telefonema daquele meu amigo que me levou a conhecer o tal cara.

-Oi, Erisval, recebi um DVD interessante, vc também recebeu ?

Gelei.

- Recebi, o que vc pretende fazer ? Pode guardar um segredo?

- Claro, amigão. Venha aqui no meu escritário no final do expediente.

Desligou na minha cara.

Fiquei perplexo. O que ele iria querer para ficar calado ?

No horário marcado, fui.

- Sente aqui e veja meu computador...

Sentei, e ele ficou em pé, ao meu lado. A tela começou a mostrar as cenas em que eu chupava o pauzão do amigo dele em Curitiba...eu não sabia o que pensar. Ele começou a alisar minha nuca, e foi se chegando. Eu olhava a tela, e, com o canto do olho, via ele começar a se encostar em mim.

Na tela, eu estava sendo enrabado furiosamente, e ele, na real, encostou o pau duro e morno em meu ombro.

- Vira o rosto pra cá ! Ele disse firme.

Virei, e ele abriu a calça, que caiu até os pés, junto com a cueca, e encostou a cabeça do pau em meus lábios.

- Chupa gostoso, amigão !

Assustado, abri a boca e comecei a chupar...

- Chupa direito, porra, que nem no filme !

Comecei a caprichar, e a raiva inicial foi dando lugar a um tesão estranho, meio masoquista.

- Para ! Quero gozar no seu cu !

Ele botou uma camisinha.

- Baba meu pau de novo, para entrar direito !

Engoli a rola, e deixei a camisinha bem babada.

Tirei toda a roupa, e ele me colocou em pé, com a barriga sobre o bureau, e de pernas abertas. Senti-me todo oferecido.

- Que bunda, meu irmão !

Ele foi metendo, e apesar de curta ela era grossa. Senti meu cu alargar, e ele me comeu como se eu fosse dele.

Gozou, me deu um tapa na bunda, e disse:

- Amanhã, mesmo horário. Pode ir agora.

Sai, zonzo. Que sacanagem ! O filho da puta estava me chantageando ! E eu estava meio que gostando, apesar de achar um desaforo.

Naquele dia, dei uma puta foda em minha mulher, de tanto tesão que fiquei. A situação era sexy...

No dia seguinte, fui para outra sessão de sacanagem.

Novamente, ele me mandou assistir o filme. Sentei, na boa, mas qual não foi minha surpresa quando vi que o filme não era o de Curitiba, mas, sim, o do dia anterior, com o rosto dele borrado. Eu quis me levantar, puto, mas ele disse firme:

- Tanto faz, perdido por um, perdido por mil.

Parei, respirei fundo, e fiquei me vendo dar feito uma bicha louca. Fiquei em transe, sem acreditar que meu, até então, amigo estava me fazendo isso.

- Erisval, é que faz tempo que tenho tesão em você, com essa sua bunda linda.

Nesse momento, entra o boy dele, e eu tomo um susto, pois o som do PC estava alto.

- Não se preocupe, amigão, o Sérgio já assistiu esse filme. Ele ficou seu fã, e de sua bunda. Vamos, mostra ela pro Sergio !

Eu balancei a cabeça, discordando.

- Vc não vai querer que sua mulher receba esses 2 DVDs...

Imediatamente, baixei a roupa, e virei-me pro Sergio, como se fosse tomar uma injeção...sá não imaginava que injeção !

- O cara era rápido, veio e me encoxou firme. Senti uma jeba grande e grossa. Ele baixou sua roupa, e ficou com a trolha encostada em meu rego. Saiu me empurrando para o bureau, e fiquei na mesma posição, e ele agachou-se e começou a me lamber o cu. Adorei, e fiquei com as pernas bambas. Ele me puxou para o tapete, me colocou de 4...eu já não achava ruim, pelo contrário...

- Vou entrar nessa, me chupa nosso veadinho !

Ele ajoelhou-se, colocando o pau na minha boca, enquanto Sergio começava a me penetrar...que coooisaaa gostosa !

Eu sentia cada centimetro daquele monstro entrando, e era gostoso. Ser enrabado e chupar era surreal, mas eu perdia a concentração. O sacana esporrou na minha boca, e eu engoli tudo, salgadinho aquele catarrinho fino. Sergio gozou, e eu desmoronei...

- Pode ir...amanhã, mesmo horário.



Mas, conto o resto depois...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos com fotos de menininhas sentadas no colocontos d flanelinhas fudendo pesado com mulherescontos eroticos cabaco dor muita vergonhaConto de homem de deu para Fabiola voguelcontos eroticos caminhoneiro obriga meninaconto minha estagiáriacontos erótico de lesbianismocontos me arrombaramVacilo comi a esposa contoshega gotosacontos eróticos gordinhas na ginecologistacontos observando os peitinhos da filhinhaconto erótico na beira da estradavideospornosantaritaler contos eroticos de casais fudendo dentro de cinemas com outros homenssequestrada e arrombada a força contosexo gostoso foda maravilhosa grita quando o pau entra ui delicia mete essa vara na minha buceta no meu cu chupa a minha buceta vai porra ai que gostoso essa pirocacontos esposa pai delaconto erotico de sobrinha nova e tio gostoso fodendo gostsocomi a v******** da crente contosContos eróticos linguada safadocontos eroticos Sou arquiteta, 28 anos, morena do tipo gostosaenrabado dormindo acordei gosteicontos eróticos traficantecontos meu cunhado é corninhoconto gay dei o cuContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorcontos porno gay sobre conhadosconto erotico meu cunhado fez meu cu sair sangueconto transei com meu pai na despedida de solteiraConto erotico incesto japones, pais japoneses liberaisfui trepada pelo jegue di meu sogro. conto eróticoconto erótico meu filho pediu uma espanholaContos eróticos de sogro e noraconto erótico sentada melbdsm fita boca contoscontos eróticos gay primeira vesa medica que gostava de zoofilia_contosencoxada bem arroxadacontos eroticos comi toda a familiacontos coroas amazonensesconto comendo a coroa gostosaminha tia e puta contocontos eroticos eu ajudei meu amigoconto erotico batendo sozinha minha siririca gozandocontos eroticos chatagiada a beber espermasContos eroticos cu da negra madantacontos eroticos sogra diabetecontos eróticos proposta indecente do cunhadotraindo no hotel contoscontos eroticosirmazinhavideo de namoradosendo cornoestrupada contoscontos eróticos de incesto entre padrinhos e afilhadaporno doido em cabines chupando e dando a buceta por buracos de paredescontos dando para minha familia parte 2conto erotico de entidas e gravidaDominando ela contosConto gostoso picante paibia cadela contosna frente a mamãe motel sábado padrastodeixa eu ver seu peitinho contoscontos o cheiro da rola do papaicontos eroticosgosto de mulher mais velharecebru varias calcinha de presente contos eroticocontos de quen comeu coroas dos seios bicudoseu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestoporno gay contos erticos viajando com o meu padrasto caminhoneirocontos sexo meu marido rebolou na pistolaminha tia me conveceu a da minha buceta para meu tio contos eroticoscontos gay 3 mendigosfui pego de calcinha pela minha irmaDei meu cu gay pro seguraca do meu paicontos fudendo sogra so com brincadeirascontosminha primeira vez lesbicaRelatos de casada bunduda dando para os amigos do corno bebadonegra atola a rola e ela da pidosou loira baixinha paguei de puta no samba contos eroticosconto erotico minha vovó chupona e neta