Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DEI MEU CUZINHO PARA UM COLEGA DE TRABALHO

Meu nome é Tâmara, sou brasiliense, tenho 28 anos, 1.70m e 59Kg. Faço o tipo mulherão com corpo de violão, porém sempre fui discreta e até ruborizo facilmente quando sou paquerada. Sou casada e meu marido é muito ciumento. Nunca fui santa, mas também nunca fui puta.



Há três meses fui transferida a trabalho para Natal, capital do Rio Grande do Norte. Lá conheci um cara chamado Alexandre. Foi paixão a primeira vista. Longe de meu marido eu, completamente carente, fantasiava com esse homem que, percebendo o meu interesse, alimentava minhas expectativas. Mas como ele também era casado, não foi fácil criar um expediente para um primeiro encontro. E era uma tortura sonhar com ele todas as noites e não poder tocá-lo. Um dia tomei coragem e parti para o ataque. Comecei me declarando. Ele escutou, foi muito doce, mas não fez nada. Alguns dias depois fui mais direta: pedi um beijo. Ele me beijou – foi o melhor beijo da minha vida. A essa altura meu fogo sá crescia. Queria esse homem de qualquer jeito. Finalmente, pedi que ele subisse a meu quarto, no hotel onde estava hospedada. Começamos com beijos mais quentes. Depois passamos ao roça-roça. Suas visitas passaram a ser mais constantes e a cumplicidade foi aumentando. Nunca havia engolido porra, mas ao ver aquele pau gostoso, todo durinho para mim, tive vontade de chupá-lo e chupei tanto, tão gostoso, que quando menos esperava estava o leitinho descendo pela minha garganta, tão quentinho e gostoso. Fiquei viciada. Queria mais e mais. Depois disso, senti despertar meu lado putinha.



Certa manhã, antes de irmos para o trabalho, marcamos de nos encontrar em meu quarto. Acordei cedo, tomei um banho delicioso, coloquei perfume e uma maquiagem de vadia e o esperei usando apenas uma calcinha vermelha, uma sandália de salto alto e um par de brincos. Foi maravilhoso, ele com aquele corpo definido, lindo. Com seu pau duro e quente esfregando em minha bucetinha enquanto chupava meus peitinhos rijos. Quando ele arrancou minha calcinha e penetrou, estava quase gozando. Gozei gostoso. Depois ele meteu com mais força e gemeu, gemeu forte como um cachorro vadio. Fiquei maravilhada com o que estava me acontecendo.



Para minha surpresa, dois dias depois de nossa manhã de amor, soube que ele iria viajar e eu também. Tratamos de tirar o atraso naquele dia mesmo. Ficamos até mais tarde e aproveitei para tomar mais um leitinho. Ficamos separados por 1.500 Km, mas o tesão não passava. Agora me sentia uma prostituta. Fantasiava de todos os jeitos, seduzia outros homens. Queria porque queria dar meu rabinho (virgem), mas tinha que ser para Alexandre! 19 dias depois de nossa separação enfrentei 4h de vôo para encontrar meu macho. Vesti-me como uma prostituta para encontrá-lo no aeroporto. Minissaia, salto e decote. Beijamos-nos ardentemente no elevador aos olhos de todos. Seguimos para o motel e finalmente pude realizar meu desejo. Dar o meu rabinho. Fiquei de quatro, passei um gel no cuzinho e no pau dele e fiquei olhando no espelho a espera que ele montasse em mim como monta a um cavalo. Sua expressão foi máscula, excitante. Ele meteu de vez e com toda a força. Dei um grito, mas sem dor nem sofrimento. Sá prazer, prazer de ver aquele homem me possuindo, em pé, me comendo e gemendo. Adorei. Ele poderia ter me quebrado em duas que eu iria gostar. Fodi de todo jeito. Até uma garrafa ele meteu em minha xoxota e eu gozei, tomei leitinho ainda queria mais.



Depois de Alexandre, passei a me sentir uma mulher plena, senti vontade de trepar com todo tipo de homem, branco, preto, magrinho, fortão. Descobri a puta que existe em mim e ainda estou descobrindo outras formas de seduzir e de gozar. Tenho a impressão de que sempre serei dele e muito mais dele do que a qualquer outro (tenho a certeza de que terei muito outros).



Esse é o meu primeiro conto. Espero que gostem.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos putas brancas pretos piçudoscontos de machos que experimentou um boquetefudeu a presença contos de sexo com novinhas trepando com advogadosme cumera porque tava sem calcinha negros cotosmeu padrasto fica excitado comigoconto eróticos entre amiguinhas do colégio encoxol com jatos de porraDei o cu ao velho gostoso contos gayposisoes para transa no acanpamento conto eróticoconto dei minha xoxotinha para o meu padrasto quando tinha oito anos doeu mais foi gostosocontos eroticos bia e as amigasdando o cuzinho pro pintinho contosconto sem calcinha a troco de docecontos zoofilia passei doce de leiteconto erotico era pra ser brincadeira e virei cornoconto erótico o Enfermeiro da rola de jumentocontos genro bem dotado arronba o cu ds sogracontos de ninfetas com bombeiroscontos eróticos falando de orgia em faculdade de juazeiro do Norte manteiga cu esposa bundona fico abertao nem acordo contoscontos heroticos gay meu primo de dezessete me comeu dormindo quando eu tinha oito anoscontos meu marido com dor de barriga e eu trepamdo com negaoconto erotico ajudando minha tia no encanamentover vidio porno puxando berada da buceta dela pra doeminha xereca consando na rua contos eroticosconto erotico arrastaram minha namorada na festaContos rebolo na cacetewww contos eroticos como minha filha e minha mulhercontos erótico me rasgaram mo acampamentocontos meu filho me pediu para engolir sua poracontos comi minha mae e o travesticomi minha filhinha cedinho conto eroticoContos gays me fantasiei de mulher no cine pornoPorno mobile boqueternoamigocome casal conto eroticoconto gay velhosua namorada de chortinho no.carnavalcontos erotico de praia de nudismocontos eroticos de encoxadaspau expulsa pau do corno da buceta contosconto erotico linda transex namorando sem se revelarcontos eróticosperdendo as pregas do cuzinhocontos fui estudar a noite que professorachantagem com irma contosconto gay tio paciente comendo o novinho devagarinhomeu marido viajou peguei o carro paguei travesti contospeituda nao resistiu em ser encoxada (contos).conto de filho fudendo cu da maeComtos heroticos da cunhadinha viviane dando pro cunhado reinaldoContos Eróticos De Eu Vera Dei Para O Amigo Do FilhoConto sexo em grupo quatro caralhoscomparando paus contostenho 20 e comir e comir o cu do meu irmao de 15Contos erotico vi a buceta da minha maegravida de gemeos fodendo a bucetacontos gay me montei pra eleMamando rola na escola contoseroticosmamae me deu seu cuzinhotocu de proposito pornodoudocomo enrrabar minha sobrinha de 20 anos ela bare no meu pau mas ela é casadacontos porno comi ela bebadade tanto chamar a amiga dainha mulher de puta virei corno contoscontos eróticos muleque pega no flagra muleques tocando punheta no matono onibus de excursao sem calcinhacontos eroticos chantagiei minha tia e comi elacontos minha namorada tem a buceta arrombadaum coroa me fudeualuna coroa contoconto chupei a bucetinha da minha sobrinha de sete anos que ficava na minha casacontos eroticos dormindo e acordando com cutucadasfui dominado por uma mulher mais velha conto eroticoContos erótico filhinha gosta de mamar picaTransei com minha prima brincando de esconde escondeContos eróticos papai me querconto bebado fui fodidoconto minha esposa com seu primocontos eróticos esposa negona coroa bisexporque cavalos tem pirocãoporno aniverssrio do sobrinho a tia fudet com elecontos eroticos gay infanciawww.loiras traindo com negao contosTia de shortinho partindo a bucetamarido todo produzido eróticosconto heróico de mão de madrugada alisando minha bucetinha