Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TRANSEI COM A IRMÃ DO MEU NAMORADO - PARTE 2

Espero que vocês ainda se lembrem de mim - Fernanda - transei com a irmã do namorado, a minha doce Renatinha. (Na primeira parte identifiquei-me como Vênus.)



Como estávamos levando uma vida sexualmente muito ativa, a Renata, achou melhor procurarmos a Dra. Sygrid, uma ginecologista que foi colega dela.



Ao chegamos ao consultário fiquei impressionada com a beleza da médica, loura, muito alta, com uma bunda de fazer inveja e uns peitões enormes que me deram logo água na boca.



Quando ela foi me examinar, começou pelos seios, deu uma olhada na vagina e disse-me que, como eu era virgem, iria me examinar pelo ânus. Assim que ela colocou o dedo no meu cuzinho, soltei um gritinho... então ela perguntou-me se estava doendo e eu, muito maliciosa, sussurei: ai que delícia... ela ficou super vermelha e não fez nenhum comentário, simplesmente disse que estava tudo bem e que iria pedir alguns exames de rotina. Assim que os resultados ficaram prontos, estava doidinha para ir mostrar, mas a Renata disse-me que ela mesma iria, pois entre médicas o contato é muito mais fácil.



O tempo passava rápido e o nosso amor cada dia mais gostoso. Até que um belo dia a Renata me conta que havia recebido uma proposta para trabalhar em uma clínica de Boston e que era uma oportunidade imperdível, uma vez que iria ganhar casa, carro, um invejável salário e além da participação nos lucros. Queria de toda forma que eu a acompanhasse, mas achei que o meu lugar era mesmo em São Paulo até terminar o meu curso.



Assim sendo, a minha amada partiu e deixou-me de presente um vibrador em forma de borboleta. Colocava-o na xoxota e apertava uma bombinha que fazia a borboleta bater as asas, com isso, acalmava o meu tesão e foi meu companheiro de todas as noites até o nosso reencontro que ficou combinado para o Natal nos Estados Unidos.



Chegou o belo dia da viagem. Ela foi me encontrar em Nova York. Quando nos vimos ela correu ao meu encontro, abraçou-me e deu-me um longo beijo na boca, nem se importando com as pessoas que passavam. Estávamos as duas loucas de saudade e com muito tesão.



Fomos para o hotel e quando chegamos ao apartamento e ela tirou o casaco grosso, notei algo de diferente... Ela tinha colocado uma prátese de silicone nos seios... ficou um deslumbramento e eu já fiquei molhadinha de vontade de cair de boca naqueles peitões.



Tomamos um banho rápido e tivemos uma deliciosa transa, gozei gostoso demais e fiz questão que ela colocasse os seios para provarem a minha xoxota molhadinha.



Dormimos uma soneca e quando acordei perguntei se já não queria o meu cabaço e ela respondeu-me: me aguarde que eu tenho uma surpresa maravilhosa para a nossa lua de mel.



Dia 24 de dezembro viajamos de Nova York para um hotel lindíssimo no Canadá perto de Montreal que é destinado ao público GLS. As partes comuns eram muito parecidas com as dos hotéis normais mas o apartamento lembrava uma suite de motel, decorado com muito bom gosto, cheio de velas perfumadas e um banner que dizia: Wellcome minha amada Fernanda.



Estava perfeitamente deslumbrada com toda aquela beleza e requinte. Dei-lhe um beijo de lingua e disse-lhe: quero ser totalmente sua, por favor, me faça sua mulher. Tirei a minha roupa e vesti uma minúscula camisola que ela havia me presenteado. A Renata pediu-me uns minutinhos. Quando voltou, estava totalmente nua e com um caralho enorme de silicone preso em uma cinta. Como o quarto estava na penumbra, parecia-me real.



Todo o meu corpo tremia de desejo e naquela momento o que eu mais queria era ser penetrada e devorada por aquela tora enorme. Eu já estava deitada e ela começou a beijar delicadamente os meus seios e depois a mamar como sá ela sabe fazer. Quando eu já estava em ponto de bala, ela penetrou-me com a maior facilidade do mundo, pois estava ultra lubrificada e nem senti dor... sá muito, muito, mas muito prazer. Depois de gozar inúmeras vezes, tomamos um banho, ela colocou um spray cicatrizante na minha xoxotinha (estava sangrando um pouco) e fomos jantar.



Nos dias seguintes, continuamos a transar, mas, para minha grande frustração, ela nunca mais quis usar aquela rola maravilhosa que me deu tanto prazer. Conversei a respeito e ela foi bastante categárica dizendo-me que gostava muito mais de fazer amor comigo, sem aquele brinquedinho que já tinha cumprido a função dele.



Passei uns três dias em Boston e antes de regressar à São Paulo, a Renata disse-me que iria ligar para a Dra. Sygrid para que eu fosse a consulta, já agora era uma mulher de fato. Fiquei toda animadinha e regressei ao Brasil... e a aventura continua em um práximo conto.



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


pornodoido video mulher realizando fetiche de ser chuppada por dois marmanjo bem dotadichantagiei minha irma casada contoscoroa amostranda a calcinha video feito casavidios porno dona de casa carente gosa com seu cachorrocomendo o cu da sogra contocontos eróticos titio encheu minha bucetinha de porra pornocomo perdi o meu analsem cadastro zoofilia sai mijando leitea buceta de Qierçiameu vizinho deicho o filho pra mim cuida fudi o rabinhoporno de vizinha e fisinhocontos gay sentou no colomeu marido é um corno muito especialConto erotico mamae deixou papai come meu cu em quanto chupava elamorando sozinho com irman gostosa contoGozei no pau do meu irmão contosmulher de vertido con as pern.a reganhdacontos eroticos de casal sendo forcado mulher virar puta e homem viado em festas sadomazoquismoconto o cachorro que fudia a vizinhaDona Florinda chupando a rola de Seu Madrugacontos eróticos de bebados e drogados gays2 ome pega uma mulher afosa prafase pornocomendo o primo e olhando pela janela contos eroticos de cdzinhamulher na siririca na hora de gozar o caminho piscataras de ficar olhando outroa fudercontos eróticos casada não resistiu e traiuwww.loiras traindo com negao contostaras de ficar olhando outroa fuderconto:enrabadowww contos eroticos como minha filha e minha mulherconto gay aloprado gostoso virei putacoroa cintura fina e coxas largas e gordascontos eroticos travesti gordamulher sendo comida por garotaoconto erotico machucando o esfínctercontos eroticos travesti sendo estrupadacontos eróticos casamentocontos eroticos calcinhas usadas da mulher do amigoenquanto eu dormia ele botava o cao pra me chupar incesto e zoofiluadoce nanda contos eroticosesposafio dentalcontosContos eroticos caralhoooContos eróticos à força de negros brutosvídeo de bocado de mulher dançando de fio dentalmulher sendo forçada a gozar com pirocada de macho amarradacontos eroticos crente gordinha rabuda insaciávelconto esposa cabeluda de óculos liberada Contos eroticos com animaiscontos banho em familiaputa irmão contoconto eroticos esconde escondeconto erotico namorando o peao da fazendacontos eróticos de negras no metrôvidios ouzados de sainha.e shortinhostransei com meu tio contosconto gay meu genro mulhezinhaAgarrando o pênis com tesãofui arrombadaconto erotico no colinhocondos erodicos con maescontos comi minhas filhascoloquei ela de bruços contos de travestiContos reais de sodomiacontos erotico peguei carona na hora erradaconto erotico eu e os meu colegas comemos o cuzinho do guri a forçabucetadasaleteminha ex namorada tonta dando pra outro contosiniciando um cuzinho virgem contoscontos exitantes de aline bebada com variosConto Erotico minha sogra tem uma bunda enormeloiro trepando com a faveladaConto eu dei buceta para um gaylanbinda na xana hetai gritahttp://googleweblight.com/?lite_url=http://idlestates.ru/conto_1729_pacto-de-porra-em-familia.html&ei=Tuthr3L0&lc=pt-BR&s=1&m=159&host=www.google.com.br&ts=1504527796&sig=ANTY_L0RczQERuUpbN0Q5efSyWyiLRB2ywcontos eroticos incesto pai e filha fistingcontos eróticos dupla penetração anal em travestis zoofiliacontos de esposa dando pro cunhadocasetes longo machuca a xoxota da mulher pornoconto erótico namorada putacontos eroticos anal paraensecomi minha irma q nei peitos tem ainda contosContos de corno com fotoscontos eroticos de ferias em familaconto porno puta suja de estradanegao lingerie conto eroticoManinho me arrombou gostosocontoerotico fudendo com meu enteado e o amigo delemeninas nova levando pica dormindo e gemendo altocontoseroticosnaruavídeos porno idosos enrugado comendo cu de molequesfotos de loiras com meia-calça arrastão dando o bundãoContos eroticos anciãs casadas e maridos cornossamba porno buceta com sujeiras brancasmulher casada vira p*** no baile do carnaval só transa com homem do p********* e grosso para vídeosbucetinha virgem bem pequenininho viscosacontos eroticos violentadas ao extremoContos eroticos escussao com meu marido banco diferente