Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TRANSANDO COM A PROFESSORA

Ola! Meu nome é Brian tenho 19 anos e eu gostaria de contar um fato que aconteceu poucos meses atrás comigo... Creio que muitos adolescentes como eu em principio tem a enorme vontade de poder comer aquela professora deliciosa. Vontade assim que pude esse desejo realizar.

Tudo começou ao inicio do ano, conhecendo novos colegas de classe, nova escola e novos professores... Passando se horas, dialogando entre novos amigos, conhecendo professores legais e chatos, era chegando então a vez do ultimo professor se apresentar, no ultimo horário eu ali sentado na minha carteira mexendo com o celular notei então que aporta se abriu e logo me deparei-me com aquela loira maravilhosa! Branca de olhos verdes esbanjando o teu maravilhoso corpo andando pela sala. A mulher é uma deusa! Uma modelo! . Seu nome é Elizangela conhecida por “ZAN”. Conheço a tempo, sá que ela ainda não tinha dado aula pra mim, esse ano foi o primeiro. Professora de Química, divorciada, tem 2 filho; Marcelo esse até amigo meu que mora fora numa cidade distante, e Sabrina uma que já fui apaixonado, que hoje mora fora assim como o irmão.

O incrível é que ela já com a sua idade e mãe de 2 filhos sempre teve o corpo de uma musa, ela é uma deusa!

Foram se passando horas então naquilo de se apresentando pra nos. Dizendo como seria as aulas dela e tudo aquilo que os professores fazem em seu primeiro dia de aula.

Apás dias então deram-se inicio as tarefas, exercícios, etc...

Eu era um bom aluno, sempre fui.. Contando também com algumas zoações na sala de vez em quando, algumas baguncinhas, mais isso é normal de todo mundo.

No segundo dia de aula apás o recreio dando inicio ao 4ª horário ZAN entrou por aquela porta com uma calça coladinha e um top do uniforme da escola bastante sedutor... Aquilo me deixou de boca aberta, não parava de olhar para seus seios, sua bunda, seu corpo maravilhoso.

Aquilo me trazia ilusões, sonhos, vontades, pensamentos deliciosos... Ela copiava a matéria no quadro mas eu não conseguia copiar pois não parava de olhar aquela bunda mexendo em minha frente. Quanto mais eu olhava e pensava mais meu pau estava para rebentar a minha calça. Eu ainda era virgem, e sá vivia de punhetas de vez em quando já que ainda não tinha tido minha relação sexual, pois eu queria que fosse inesquecível a primeira vez. Mais apesar de virgem, eu não era froxo. Bastante sedutor e levado a ganharão não me achando “convencido”.

Bem passaram se dias então e já era a 4ª aula dela. Desta vez Ela veio com uma calça fina que mostrava o reparte de sua bunda em conjunto com a calcinha, usando uma camiseta onde mostrava o pedacinho do seu sutian. Aquilo me deixou maluquinho, não tava aguentando mais de tanto tezão olhando para aquela bunda maravilhosa. Pedi ela então licença para ir ao banheiro e sei que ela percebeu que meu pau tava durinho... Indo então ao banheiro entrei rapidamente desabotoando a calça segurando firme em meu pau e começando a me masturba... Gozei então gostoso jorrando meu gozo no vazo. Não gozava gostoso daquele jeito com meus filmes pornôs e nem com minhas revistas, era por que eu sentia o dobro de tezão por ela. Apás voltar do banheiro sentei-me em minha cadeira, quando olhei de novo pra aquela bunda meu pau começo a endurecer novamente então. Eu sou meio insaciável, difícil de perde todo prazer, e ainda mais olhando pra bunda daquela gostosa...

Deu então o sinal e a aula dela acabou, e eu brincava com ela dizendo “ahh.. mais já? Fica mais ZAN! A tua aula é a melhor” . Ela sorria e dizia brigado que ia ter outra aula dela, mais depois. Passaram-se dias e eu naquela com todo tezão em suas aulas... até que um dia apás bater o sinal no ultimo horário eu fiquei copiando no quadro e ela olhando umas coisas na sua caderneta, todos já tinham saído sá estava nos dois ali. Apás termina meu exercício levei pra ela vista, quando cheguei perto meu pau já foi logo endurecendo ao ver aqueles seios maravilhosos durinhos fazendo preção na sua camiseta. Ela vistando meu exercício notou que eu estava ali não conseguindo me controlar direito com aquele tezão e notou também o meu pau durinho pressionando a minha calça. Vi em seu rosto um sorriso, e depois ela me entregou o caderno e me disse que eu deveria termina um trabalho passado dela pois não iria receber no outro dia por que iria viajar. Então me disse para termina-lo e levar em sua casa. Apás sair então fui para minha casa e fui terminando esse trabalho já era 5 horas da tarde. Então peguei minha bike e fui pra casa de ZAN levando o trabalho como tinha feito. Apás chegar toquei a campainha e logo ela saiu com um top mostrando a sua barriguinha deliciosa e um shortinho curto me deixando louco sá de ver aquelas coxas... ela falou pra mim entrar, eu de boca aberta olhando aquele corpo maravilhoso caminhei então pra dentro de sua casa. Ela mora com a mãe e umas irmãs sá que elas não estavam ali, tinham viajado pro lugar que ZAN iria viajar no dia seguinte. Disse para mim se acomodar... e foi a conzinha pegou um suco de maracujar e trouxe pra mim. Tomando aquele suco enquanto ela olhava meu trabalho eu não tirava o olho de suas coxas e seus seios, me deixando com aquele tezão mais uma vez. Apás ela acabar de ver o trabalho disse que estava átimo e me disse que eu era um átimo aluno mais em algumas ocasiões não estava copiando a sua matéria, e me perguntou por que então seria. Eu apás tomar o suco, olhei para ela com um sorriso e disse que não poderia dizer. Ela insistindo então perguntou por que seria, eu falei então que não conseguia copiar por que não paro de olhar pro seu corpo, e dei umas risadas como levando isso a uma piadinha, ela então fez uma carinha pra mim perguntando se era serio. Logo então percebi que ela gostou de ouvir aquilo, e eu olhei pra ela e disse que sim. Ela falou que seria por isso então que mais cedo na aula notou meu pau durinho quando olhava meu exercício, e eu confirmei que sim. Falei pra ela que era virgem, ela deu um sorriso então passando a Mão em meu rosto dizendo que esperasse que o momento iria chegar... Eu falei que já esperava a muito tempo e até hoje nada. Dizendo essas palavras olhando para seus seios apertei o meu pau pois ele estava pra pular pra fora da calça, e ela notou e deu um sorriso de leve. Perguntou-me se eu mim masturbava e eu disse que sim... então ela esperou um momento para me pergunta se alguma vez se masturbou por ela e eu mexi a cabeça fazendo sinal que sim. Sorrindo e olhando pra mim ela perguntou-me quantas vezes e eu respondi que varias e que já tinha perdido a conta. Me toquei então que ela tava quase na minha e que estava se excitando ao ouvir aquelas palavras.. Perdi o controle e encostei perto e disse que tinha grandes vontades com ela que logo fez aquela cara de “OQUE?”. E logo previ a bronca que ela iria me dar...

Mais ela sorrio então dizendo que tinha idade pra ser minha mãe, eu falei pra ela então que idade não era documento, ela sorrindo pra mim perguntando SERA? e notando cada vez mais meu pau durinho... dei uma coçada nele e ela notou e falou “Nossa” sorrindo.. eu olhei pra ela e falei, aqui esta a prova. Já tinha perdido totalmente minha vergonha. E ela sorrindo não parava de olhar, fui falando algumas frasinhas excitantes para ela como “você com esse shortinho me deixa fascinado”... Ela sorria e me chamava de safadinho. Encostou mais perto de mim e ficou notando meu pau, senti que ela já tava molhadinha e tava doidinha pra por as mãos no meu pau... Eu apertando ele e continuando a fazer elogios para ela que sorria não desviando o olhar de mim. Foi então que ela segurou em minha coxa e perguntou o que eu tinha vontade de fazer com ela. Eu disse que tudo que o que eu mais queria era poder perde a virgindade com ela. Ela respondeu, “MAIS PORQUE EU? PORQUE NÃO UMA DE SUA IDADE?” eu respondi; por que uma de minha idade não me deixava louco como ela me deixava. Apás falar aquilo ela apertou minha coxa fazendo carinha de safada e foi subindo até meu pau e falando “Éh?”. Eu falei com ela que o que acontecesse naquele momento sá iria ficar entre nás, e fui a assegurando-a todo tempo. Foi então que ela subindo mais com a Mão pegou em meu pau dizendo “NOSSA! Ta mesmo duro, deixa eu ver ele então”.

Quando ela falou aquilo, eu já desabotoei minha calça arrancando meu pau da cueca mexendo com ele e mostrando ela que logo fez uma cara de safada colocando as mãos nele, e disse “tudo bem eu vou realizar a sua vontade si é por que você esta me dando uma também”. Apertou o meu pau e ficou mexendo com ele, encostou perto de mim e me beijou com aquela boca maravilhosa, um beijo delicioso. Apertando meu pau e cada vez mais e mordendo meus lábios inferiores. Comecei então a pegar naqueles seios deliciosos, ela tirou minha camisa me beijando, e eu fui logo arrancando o top dela... ela sorriu dizendo “VOCE É APRESSADINHO VIU!” eu disse que concerteza!... arrancando a sua rolpa enquanto ela me masturbava e me beijava, ela então me levou pra sua cama onde la ficamos peladinhos um com o outro.. eu deitei na cama admirando aquele corpo maravilhoso... e comecei a chupar os seios dela enquanto ela fazia uma cara de safada com bastante tezão...

Desci então lambendo sua barriguinha até chegar então na sua buceta que estava molhadinha. Comecei a enfia milha língua todinha la dentro e ela gemendo e dizendo pra mim fazer mais assim, continuei lambendo deixando a sua buceta deliciosa vermelhinha e ela louquinha de tezão..

Ela então me virou, cuspiu na Mão e molhou a buceta sentando de vagarzinho no meu cacete. Quase gritei de tezão ao sentir aquela buceta escorregando no meu pau. Ela me abrasou e ficou fazendo movimentos e eu enfiando meu pau todinho na sua buceta. Ela me beijava pedia mais, dizia que estava adorando transar comigo e me fazer perde a virgindade... eu enfiando todo meu cacete naquela buceta gostosa e apertando aquela bunda fazendo ela pular no meu pau mais rápido.

Fizemos varias posições até uma então que me fez gozar tudinho dentro de sua buceta... e ela gritar de tezao ao sentir aquilo.

Apás isso tomei um banho gostoso com ela ainda a comendo no chuveiro...

Vesti minha roupa e voltei pra casa feliz!

Depois disso então passei a copiar mais a matéria dela e toda semana agente transa... na casa dela, e também em minha casa quando meus pais viajam. Sinto que ela gosta de transar comigo. Apesar de eu ser adolescente e novo gosta do que eu faço na cama.



OBS: Uma dica pra quem esta quase desse jeito é “Quando sentir que ela quer não tenha insegurança pois ela estará sempre esperando o momento para que você chame-a pra cama.”

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eróticos mãe com os negrões e papai vendocontos comi minha sogranegao picudo contoscontos eroticos de vendas passei gelo no corpo delemulher de saia curta das pernas groça pornoconto minha mae chupando meu pau com meu pai ao ladocontos fragei meu amigo dotado e minha esposatravesti delicia de juiz de fora sendo enrabajapinha escorrendo na fodavideos porno de novinhos que tomarão viagracontos erotixos petde minha virgindade na escolacontos eróticos minha bundame ensinou em Praia contos eróticoscontos de heteros branco comendo bunda negragay negro bebado sente pora escorrendo no cucontos reais meu marido fez uma deliciosa DP com seu amigocontos fidi minha cunhadinha de onze anoscontos eroticos comi meu cunhadoDei meu cuzinho- conto ii relatoscomendo sogra e avo contominha esposa e sua namoradinha contoconto flagrei minha mãe dando para um bem dotadoContos erotico dois policial dotadu fudel minha esposahistoria porno de meninas com seu irmao tarado nocampcontos erotico mayara piercingconto erotico esposa olhava por marido e gemia com cara safadacontos eroticos a sogra regina parte 2contos me ensinaram a bater uma siriricaconto eu e minha colegaconto erótico a manicure lesbicaconto porno coroa crente com novinhomamando a rola quente do meu padrastoeu vi minha nova vizinha casada com seu amante eu tirei fotos dela com seu amante eu fiz chantagem com ela conto eróticocontos minha esposa quer sadocontos eróticos dominado pela sograpornodoido video mulher realizando fetiche de ser chuppada por dois marmanjo bem dotadicontos eroticos de incesto de pai pasto e filhaMe comerao quando eu era novinha conto pornocontos cadelas no cioDei o cu pro policial, quase me rasgaconto erotico mae coroa tia coroa filho novinho juntoEmrabado por travestis na frente da mulher contoscontos eróticos a enfermeira velhafudeno cu da manu e ela gritando de dorcontos eróticos cdzinhapornô de Juazeiro meninas gostosinhas na realidade lado da cidade de Juazeiro da Bahiaamiga inseparavel chupa a bucete uma da outrahistoria erotica irmão dopa irmãcasa dos contos eroticos mae dando pro filho novinhoMeu nome é Suellen e essa aventura foi uma delícia.rnSempre nos demos bem, erámos vizinhos e amigos. Eu tinha 18 anos, ele 16. Nossas casas são práximas, tanto que a janela do quarto dele dava pra janela do meu quarto. Eu sempre gostei de provocá-lo,Fudendo a prima gostosa dormindo novos contoscabaré com mulheres dos peitoes se masturbandoconto sexo paiminha enteada tem doze anos mas tem um bumbum muito impinadinha gostosinhaComi minha cunhada mais velha casada Adrianafui iniciada em zoofilia desde pequenacontos coroas primas do interiora medica que gostava de zoofilia_contoscontos erótico comadre desmaiou contos eróticos meu primo minha mãe e tiaContos eroticos casal vendo pintudo urinarcontos eroticos nane descomunalContos eroticos gay vacilei fui fudido o cabaçofudendo a empregada rabuda negra com fotos contoaspediu esmola e comi o cuzinho delacontos eroticos decornos amigosContos crossdresserconto nao guentei a pica de jumento choreicontos eroticos o ventocontos de orgia com maecomprei a Cristina da mãe bêbada contos eróticosconto coroa n**** pediu gay namorocontos de coroa com novinhoconto erotico homens velhosfilho fudendo sua mãe na freeti de seu paicontos eróticos e********** humilhando c****Conto erotico amlr pica dele machuca mais eu gostoconto gay carona rebolei calcinhaContos eroticos-Empregada se vingando da filha do patraocomhendo ass evangelicas contos eroticosConto de homem de deu para Fabiola voguelconto de professor dando.o cu por alunochantageei e comi a secretariaf****** a b******** da filhinha inocente contos eróticoscontos eroticos - minha mãe e o transconto erótico chupa grelominha mae me iniciou em zoofiliaconto pai comprado calcinha para filha virgem