Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ESTUPRADA NA MARRA!!!

Ola meu nome é Renata, tenho 27 anos de idade e moro em um condomínio fechado no recreio dos bandeirantes (Rio de Janeiro), No dia em q aconteceu-me o ocorrido, meu marido trabalhava e meu filho tinha acabado de ir pro colégio, era mais um dia normal de uma semana normal, a famosa rotina!! Dizem q pareço muuito com a Viviane Araújo (é claro q gosto da comparação, pois ela realmente tem o corpo liindo!! RS)

Lembro q estava chovendo muuito e o almoço já estava quase pronto, podia sentir o cheiro no meu quarto mais, como ainda estava com roupa íntima e assistindo um DVD ali fiquei. Der repente ouço um barulho muito forte na cozinha e tbm as panelas caindo (não me preocupei, pois nossa empregada sempre foi muito competente em tudo, e isso de vez em quando acontece) o q realmente assustou foi ver a porta do meu quarto sendo arrombada com uma pesada e dois caras armados invadindo rindo e comentando q tinham encontrado a madame. Meu coração quase saiu pela boca quando vi q perceberam q o filme q eu assistia era pornô, na mesma hora olharam os bicos dos meus seios, os mesmos estavam se destacando, mais duros q rocha e mais pontiagudos q alfinetes!! Sabia q algo fora do normal estava prestes a acontecer! Com a arma sempre apontada pra minha cabeça não foi difícil prever o q eles queriam além de nos roubar, queriam me comer!! Quando me dei por conta minha buceta já estava com a língua atochada e sendo esfregada em cima da minha cama, mesmo q quisesse não conseguia fechar as pernas, pois eles ja estavam a arreganhando de um jeito q nunca as abri, nunca ninguém me chupou com tanta força e sede, enquanto eu era obrigada a ser chupada por um ladrão, o outro safado me porrou na cara e antes q desse tempo de gritar, senti meu nariz apertado e sendo obrigada a respirar pela boca apenas quando ele tirava da minha garganta a cabeça do pau duro q me socava!! Onde estava minha empregada na hora em q eu mais precisava dela? Não tinha mais o q fazer a não ser deixar a lagrima escorrer e gemer, pois falar era impossível sendo obrigada a mamar sem parar!! Chorava pra dar-lhes a impressão q estava sendo comida a força mais minha vagina não parava de alimentar a boca do bandido escorrendo a todo tempo o meu leite, ele lambia como se fosse a ultima chereca do planeta. Ouvi um barulho subindo a escada e por um momento pensei q fosse meu marido voltando mais cedo sá q estava enganada, minha empregada estava com mais dois bandidinhos completamente amarrada das pernas aos braços e sendo obrigada a pagar boquete nas duas pirocas ao mesmo tempo em quanto eu estava sendo estuprada no meu quarto. Depois de tanto esporrarem na cara empregada, subiram com a coitada toda amarrada e a jogaram em cima da minha cama, na hora em q ela chegou vi sua cara negra toda branca melada, ela não acreditou q eles estavam me comendo com violência de quatro no cú e na xota e o pior, não acreditou na hora em q segurei sua cara e comecei a lamber todo o esperma q escorria!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Nessa hora não me reconhecia, sentava com a xota em uma piroca e pedia pra enfiar a outra até o talo dentro do cú, sabia q poderíamos ser comidas a vontade q ninguém iria chegar e não iria mudar nada na nossa vida (por mais q nunca nos esquecêssemos disso) Chupei a língua da empregada, pois estava com a cara d frente pra minha tbm sendo comida de quatro, a diferença é q eu estava com as pernas tão arreganhadas q era quase uma abertura zero (nunca fui fodida desse jeito) e ela estava com as pernas juntas e amarrada sendo comida apenas na bunda. Não paravam de nos porrar enquanto nos comiam, cada socada na nossa bunda era uma porrada q ganhávamos no rosto, percebi q tinha uma piroca sendo punhetada sozinha, cheia de veia nos olhando ser fodidas, nem pensei, na mesma hora segurei e soquei na garganta da negra, pois já estava num estagio em q queria descobrir quem aguentava mais piroca, a empregada ou a patroa??

Percebi q Adriana (minha emprega q lembra muito a Bombom) já não esperava o bandido socar o piru na garganta, pois ela mesma engolia até engasgar, nunca vi tanta baba escorrendo pelo tronco de uma piroca dura com um boquete, igual a q lambuzava minha cara, pois enquanto isso eu estava embaixo abocanhando o saco!!!!

Em um piscar de olhos todos já tinham gozado varias vezes em todos os buracos q nos cabiam, foi quando eu já exausta e satisfeita, toda melada de porra, fiz o q sempre tive vontade mais sá agora a oportunidade. Abri as pernas da Adriana e fiquei sá olhando!! Quanto leite tinha dentro e fora daquela buça negra, não resisti e chupei todo o esperma q ainda tinha pra escorrer daquela xota gostosa de um jeito q nem o bandidinho me chupou!!!! Noooooossaaaaa, sá fui perceber q ainda estavam me comendo quando minha empregada deu um tapa na minha cara e ordenou q eu a lambesse desde o olho do cú até a ponta de seu grelo como uma cadela com sede de osso, sem parar, ou ela iria contar pra todos q a patroa avançou na sua xota por livre e espontânea vontade! Chupei mesmo sem medo de me arrepender, quanto mais ela rebolava d pernas abertas mais eu chupava, lambi, boquei, chupei, lambi de novo até perceber q minha empregada se tremia toda, era o orgasmo q eu, a patroa, tirou daquele corpo sá botando minha boca! Gozei juntinho com ela, pois ainda estava sendo fodida por dois caralhos e ela não parava de boquetar tbm! No final das contas ficamos amarradas



MSN & Email - [email protected] - Se alguem tiver afim de algo real com um jovem e delicioso ksal??!!!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


gays chupando cu de macho caretacontos eróticos / desde menininhoso rendudo socando ni bundao enormedepois do anus e da vagina tem outraentrada pro penis entrar?vamos a mulher Helena chupando sua filha com mulher mulher mulher mulher mulher mulher com mulher chupaeu e minha sobrinha no cine pirno contocontos picantes seduzindo o cunhado sem quererContos eroticos de amigos q fuderam as amigascontos eróticos de pastor comendo um travesticontos eroticos tia feiaminhas duas prima foi dormi em casa cime fou a duasrelatos de comadre dando a buceta pro compAdrecontos enquanto dormiacontos eroticos tia brincandoO cara desmaior a mulher e.meteu o.pou no.cu pornoContos fudendo elacontos eróticos com idososconto erótico fui chantageada pelo meu primo Fernando que comeu a minha mulhercontos eroticos a filhinha da empregadaconto erotico com ninfetacontos eroticos exibindocontos eróticos meu comeu esposa dele e a minhaconto tio agarrou a moça e comeu elacomendo minha sogra ruiva de 52 anos coroa mais gostosa do brasilpeguei minha enteada contos eroticoscintos eróticos ! pra todos... meu nome é Carlos. vou contar como foi a minha priimeirameu pai me arregasou todacontos eróticos para ler a sograbaixinha bronzeada transando com homem fortaocontos eroticos gay infanciaconto erotico de faxineira casada safadalouco pela minha prima contocontos eróticos esposa queria descobrirmeu ex tem ficou duro eroticos contosconto erotico de subrim tarado querendo apostar o cu com seu titiotomou viagra e meteu na esposaTia gostosa de vestido curto decostas sobrinho agara ela pra comercontos porno pm mastruba minha mulher vemo espoza chupamo autro mo carmaval xxvidiocontos comi minha filha caçula dormindorossou em mim contosCu maislargo do mundo em fotoscontos incesto buceta rapadinha cheia de tezaoContos eroticos esposa novinha com marido e amigo pintudoContos como foi a primeira punhetinhacontos eróticos orgias bicontos gay com homens grandes e peludos terminadascontos eroticos amiguinhasquando novinho viciei em da meu cuzinhocontos eroticos no escuroempregada amamentando contos eroticosconto chantagem afilhadachupando coroa contovidios pornô com sogra e esposade uma ves so tudo doidofinalmente o telefone tocou conto erotico cornocantos eróticos d********* para o meu irmãoContos eroticos tia morado na minha casaele era cheirosinho conto gaycomo comecei a ser enrabada pelo meu cachorrocontosconto boy roludo da periferiaconto troquei de papel com a minha mulhercontos-contraindo o cuzinho no teu paucontos comi uma cabritinhaContos prima das coxas peludaconto minha cunhada e sua amigacontos gay estrada calcinhacontos eroticos putas brancas pretos piçudostive dar para um dotadocontos minha mulher deu na frente de casacontos baixinha casada morenaconto erótico viadinho de calcinha é enrabado na construçãofrancisca coroa ruiva contos eroticosde santinha a putinha e um pulo contos eroticosfiquei excitada e dei para um mendigocontos eroticos espertinha