Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ESPOSA EXIBICIONISTA III

ESPOSA EXIBICIONISTA III Primeiramente gostaria de agradecer aos elogios dos leitores e agora amigos dos nossos contos esposa exibicionista I e II. Atendento aos pedidos desses amigos narro agora mais uma de nossas peripécias, nossas no modo de dizer, pois, foi muito mais dela. Chegando em casa já tarde apás o trabalho, ela esta me esperando com uma blusinha que abre na frente, tipo um topzinho e de sainha jeans, sainha é modo de dizer, na verdade uma micro saia que eu ainda não conhecia. Me serve uma latinha de cerveja e diz que queria tomar mais umas, sá que acabaram as geladas, se não podíamos ir comprar mais. Pronto, o recado estava completo, toda pronta e afim de sair, eu simplesmente sorri e falei....vai de sandália baixa?..Ela já de pronto respondeu...claro que não, já estou indo por meu tamanco bem alto. Como agora estamos morando em Campinas que além de ser grande ninguém nos conhece, fica mais fácil fazer nossas loucuras. Fomos a um Supermercado do outro lado da cidade, no caminho ela já me mostrou que estava sem calcinha e pronta pra atacar, já fomos brincando, passando práximo a caminhões e ônibus de maneira que sem querer os mais espertos a vissem. Chegando no mercado foi uma festa, como já era tarde, tinha poucos clientes, mas o pessoal da reposição estava lá fazendo seu trabalho e ela pronta pra atrapalhar. Ela se abaixava sem dobrar as pernas, deixando aparecer a bundinha pra quem estivesse atrás, abaixava dobrando os joelhos deixando os rapazes que estavam a frente, malucos. Foi uma delícia de compra. Pegamos as cervejas e saímos sem rumo, ela falou que ficou afim de atiçar mais caminhoneiros, como estávamos fazendo, sá que na rua não ficava legal, era muito rápido. Entendendo o recado perguntei se queria ir até Jundiaí, estrada boa, perto, e pista dupla, da pra rodar um tempão ao lado do caminhão. Lá fomos nos, ela começou como sempre faz, deixava as pernas abertas a blusa desabotoada e eu rodando ao lado com a luz interna acesa. Ela começou a ficar mais ousada, estava cheia de tesão, tirou a blusa e virava para os caminhoneiros, alguns acho que com medo de assalto, faziam que não viam, outros buzinavam....falavam besteiras, e ela se empolgando. Tirou a saia também e ficou peladinha, estavamos já práximos de Jundiaí, quando passando por uma carreta ela se animou, falou que o carinha era um gatinho e que ele estava pedindo pra parar, pra encostar. Ela me pediu...para paixão...deixa ele me ver direitinho...ele falou que quer tocar uma punheta pra mim.....para vai...olha como to molhadinha...Falei que tudo bem, mas ela não poderia descer do carro, podia deixar ele olhar, mas nada de tocar, dei seta avisando que ia parar e parei mais na frente. Ele parou bem atrás de nos e veio como doido pelo lado dela. Quando viu que quem dirigia era um homem, ficou com medo, falou que se fosse assalto que o deixassemos vivo. Minha esposa riu e falou pra ele ficar calmo, era sá uma brincadeira nossa e que ele teve a sorte de ser o escolhido. Ela abriu a porta e falou.....vc. não me mostrou que queria tocar uma punheta.....estou esperando.....o rapaz refeito do susto olhou pro meu lado e tomou outro susto, pois, eu já estava de pau na mão me deliciando com a cena dela nuinha na estrada na frente de um caminhoneiro. Ele fez que ia toca-la e ela falou que não...sá pode me olhar e bater a sua punhetinha gostosa. Ele tirou o cacete pra fora e começou a trabalhar...ela ficou entusiasmada com o rapaz....bonito e do pinto grande. Ela ficava de quatro no banco pra ele ver bem seu cuzinho, deitava com as pernas abertas e pra fora de frente pra ele...e ele ali punhetando e chamando ela de gostosa de tesão de safada. Ele batia lentamente, com certeza querendo prolongar o tempo ali, mas ela sacou e deu um jeito. Falou...paixão se eu não ajudar ele vai demorar a gozar..posso ajudar?....fiz que sim com a cabeça, ela então mandou o rapaz ficar mais perto dela, pegou o cacete dele e começou ela a bater pra ele. O olho dela virava de tesão e o do rapaz acho que também, eu sá via ela e o cacete na mão dela que ia e voltava cada vez mais rápido, até ele gozar e muito. Ela limpou a mão na calça dele enquanto ele estava de pernas bambas. Agradeceu a gozada gostosa e fomos embora. Na volta ainda ela deu mais uns showzinhos para outros caminhoneiros. Chegando em casa trepamos como doidos, mas sei que ela ficou foi doidinha com o cacete daquele caminhoneiro. Marido [email protected]



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


mulher. safada. botado o leite do peito para foracontos de incesto por chantagem do filho com a maecontos erotico estrupo loira esculturalmaisexo contos no.meio das coxascus rijos bom analamanda meu marido.é corno mesmo contosContos eroticos velha cavalacontos eroticos moleque e mulhercontos.veridicos erabando uma,.pretinhaconto erotico a primeira vez com.pirocudo. gay.gozei nas coxas da filha contosConto erotico o cu da minha enteadacontos eroticos mostrei o pau pras mulheres no parquea minha prima rabuda me deu seu cu conto eróticostanguinhas usadas contosmulher trai marido pela primeira vez e perdi o cabaço do cu com super dotados contos eróticoscontos eróticos esposas traduzidas na minha frentevidos. anamara. cupanu. bucetaPornofamiliacontosContos erotico loira casada filho do jardineiro negroiniciando um cuzinho virgem contoszoofilias inicando baby.comMenina Má tava dormindo sem calcinha eu penetrei meu pau na b***** delana viajem de trabalho a mulher transa com o chefe e gostou contogays chupando cu de macho caretaConto erotico papai alopradocontos eroticos travesti sendo estrupadacontos eroticos timidas coroascontos eróticos ai fode ai fode porracontos de calcinha furada no cumeu tio safado gosta de mim ver de vestidinho curto pornocontos/ morena com rabo fogosobrinco com tio levou no cuzinhocontos eriticos de pai e amigos fodendo a força seu filho gayxxx conto mais babado do incestocontos eroticos - comeu a sograele domindo eu calvagando no pau deli contoo p****** do metrô mulher relata conto eróticoconvidei o Celso para enrabar minha esposaconto transei com meu pai na despedida de solteiraconto ele me comeu pelo buraco da paredeconto gay titio gaycontos.putinhas do papai.d.oito.anosconto filmaram minha esposaporno desmarcada do funkContos minha irma e meu cunhado vieram passar uns dias conoscoconto porno com vizinhoconto elotico pai xfilhacontos eroticos familia bi passivacontos meire me dominacontos eroticos homem casado dando para o primomulher enfia dedo no cu epoe no nariz da amigaporno contos picantes de corno submissocontos picante de casada sem calcinhaacabei comendo minha tia contosConto erotico esposa baixinhacomendo minha sogra ruiva de 52 anos coroa mais gostosa do brasilContos comi o garotinhocontos tia de 57 anosconto erotico mulher fodendo escondido no pomarler relatos d casalzinhos q os padrinhos d pauzaô comeu o cuzinhos delescontos eróticos;abusaram dd mim na festa da faculdadevou começar com Vanessa bucetaContos eroticos c imagens meus dois chefes me comeram por dinheirocontos porno de comeram minha namoradahistorias eroticas de mulheris que tranzarao com emteadocontos/ morena com rabo fogosoporno patricinha chupando cunhado ao lado da irmãCamila minha enteada com a b********contos eróticos parentesme chamou de arrombado dotado conto gay