Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CONTO REAL (O DIA QUE MINHA MULHER DEU Á UM ESTRAN

Era um domingio eu e minha mulher fomos viajar para a casa de sua mãe, moramos no Rio e a minhasogra em Belo Horizonte.O Ônibus saiu ás 22 horas e tinhamos oito horas de viagem, Sentamos nas duas últimas poltronas e começamos a conversar sobre coisas que á muito não faziamos,ou seja tranzar dentro de um ônibus, a viagem estava traquila, apenas uns trinta passageiros e atras sá eu e minha mulher.

Lá pela meia noite vi alguem se aproximando do banheiro,era um rapaz de uns 20anos quando ele fechou a porta comentei com minha gostosa que era a chance que estavamos esperando,ela foi para a poltrona do corredor e cruzou as pernas, estava com um vestido colante preto,acendeu as luzes e começou a ler um livro.Eu virei para o lado e fingi estar dormindo.

Ouvi o ruido da porta abrindo e senti que o rapaz não saiu do lugar.

A minha esposa pra puxar assunto perguntou em qual cidade estávamos passando,ele educadamente respondeu e começaram o papo,foi quando ele elogiou as pernas da mineirinha .Senti que naquele momento começava a realização de mais uma fantasia .

Perguntou se podia sentar ali por perto e não voltou mais,conversaram uns trinta minutos e vi que a minha esposa saiu do meu lado e foi sentar na outra poltrona ao lado do rapaz.

Ela acendeu as luzes do outro acento exatamente pra eu não perder nada e começaram um beijo longo recheado de car´´icias e afagos.

Ele levantou ovestido dela afastou aquela calcinha minuscula e começou a esfregar sua mão lentamente sobre seus grelos.

Abaixou a boca abrindo suas perna e mamava ardosamente aquela buceta sem pelos e deliciosamente cheirosa.

Ela não perdeu tempo abriu seu ziper e começou a mamar aquele caralho enorme e molhado batia uma punheta maravilhosa naquela pica com as mãos e com a boca,dez minutos depois estava sentada naquele cacete cavalgando como uma prostituta,ele ainda a colocou de quatro e ficou no corredor metendo sem parar naquele cuzinho delicioso,

Ouvi apenas os gemidos tímidos para não fazer barulho ela queria gritar mas continha para que não fosse percebido o que estava acontecendo ali.

De repente senti que ele gozou na bunda da minha mulher roçou sem parar aquela pica nas cochas dela deixando-a toda enxarcada,

Despediu-se e voltou para o meu lado.Orapaz que estava viajando com os pais voltou para o seu lugar.Já passava das duas da manhã quando ele saiu, ela sentou do meu lado e agradecida por eu permitir aquela foda maravilhosa com4eçou a me presentear com um boquete me masturbou com a mesma eficácia de sempre recebendo mais uma gozada na boca,e dessa vez uma gozada merecida,pois não via a hora de chegar em Bh e nos encontrarmos com um amigo que conhecemos aqui na internet.,mais esse encontro eu sá vou contar na proxima vez que nos encontrarmas aqui.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Gozando na boca incesto ContoMinha mulher viu o pau do menino - contosContos porno minha noiva bebadafofinha putaria goiania contosMinha mãe colocou silicone e ficou gostosa contocontos eróticos fui abusada pelo pirralhocalcinha usada da vizinha safada contoscontos eroticos minha filha de fio dentalcontos incesto filhonas conto eroticos garoto pede carona e e estupradoengravidaram minha mulher contos pornocontos/o dia em que esfolei a cona da minha filhamorro de tesão pela a minha madrasta/videosContos erotico filhinha 1contos massagem colegaconto comi a buceta da mae do meu amigovideo sexe etiado pauzudo emadrastawww.contos eroticos com fotos de comendo a madrastaconto erótico chantagem putinha pobre cu colocontos dona vava uma senhora negra com a buceta grande e depiladacontos novinhas gritando com pau no cuconto sobrinho evangelico veio morar com a tiacontos erótico proibido na net chatagiei a sobrinhamulhere muito gorda e negra cou cu eabuceta gosadoconto erotico eu meu marido e o entregadoconto enfiado tudo no rabinhocontos eróticos escrava é putonaconto minha visinha mando eu descabaça sua filhamulher enrabada no banheiro femiininoPorno maes pais iniciando suas ninfetinhas no incesto contoscontos eróticos gays a primeira vez com 24 anosvidio porno corno mulher da em cima do jsrdineiro e empregada ver e participaGoiânia conto local cu borracharia gayContos eroticos de trans lindas e taradas.contos eróticos incesto minha putinha dengosaconto mamae da buceta grande e cabeludacontos eroticos putinha famíliaContos eroticos selvagem com meu amigoconto erotico linda transex namorando sem se revelarconto erotico cachorro lambe paucontos negao na praia de nudismoGozaram na calcinha na cerca contocontos eroticos minha esposa sonhava em dar pra um cavalo e ela conceguiucontos sexo a ninfetinha tarada e virgemContos minha irmã e minha putacontos de incesto fui adotad a para ser escrava sexualmeu irmão me come desde pequenasadico estrupo prima contos reaischupando o patrão contos eróticoscontos de casa de swingcontos de loiras c****** trepando com negão estrangeiroContos eroticos fudendo o cu da casadacontos eroticos arrependidacunhada ariando a calçinha p mimContos eroticos de fortaleza - peguei minha esposa me traindocasa dos contos eroticos mae dando pro filho novinhoenrabado dormindo acordei gosteiminha irma envagelica encestocontos eroticos os pedreiros negao comeu minha mulhercom fotosconto erotico perdi o cabaço estacionamentoconto eroticos cheguei em casa com o cu cheio de porrae arrombadocontoseroticosesposapraiatirando o short da menina etrepandocasada gosta de se encoxada pelo vizinhoContoseroticos estuprando Vitóriameninas com bucetinhas piticas pornocontos sexo paraíso em famíliaporno gay contos erticos viajando com o meu padrasto caminhoneirocontos-vem foder sua putinhabuceta chupar elaelevideos de zoofilia cachorrinhos recem nascidos mamando na xoxota da mulherencoxada onibus apagado contosvou gozar na frente não contowww.contoseroticoscabacopenis entandromim mastrudo dia sou mulhe contoscontos eroticos mendigo gays orgia