Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TROCANDO O OLEO II

Como descrevi no relato anterior, meu desafio profissional tornou-se uma experiência sexual marcante. As semanas apás a viagem de abertura da região (e de outras aberturas também) foram e muita excitação, pois lembrava muito do mecânico bem dotado que encontrei lá. Outra coisa que passava em minha cabeça era o fato de que inevitavelmente eu passaria na frente da mecânica todas as vezes que fosse para lá. Quando chegou o momento de viajar para lá novamente, preparei melhor o terreno. Comuniquei a minha empresa e ao meu noivo que precisaria pernoitar na região para fazer um melhor trabalho. Na manhã da viagem, minha excitação era grande. Vesti novamente uma saia e uma blusa de malha, parecidas com as que normalmente uso, mas o detalhe deixei para a calcinha e o sutiã. Fiz as minhas visitas normalmente durante o dia de forma que eu estivesse práximo a oficina no final de tarde. Quando eram 17:00h, respirei fundo e parei meu carro defronte a oficina. Entrei, estava com uma mistura de nervosismo e excitação. Para minha surpresa o mecânico não estava, mas somente seu ajudante, um negro da minha idade, um pouco barrigudo, que me informou que o chefe chegaria em instantes. Foi o que aconteceu uns dez minutos depois. Ele chegou junto com outro homem, e como tinha muita gente, pensei que não rolaria nada. Ele entrou pela oficina, me olhou nos olhos, sorriu e não disse nada. Com a mão espalmada, me indicou uma direção a seguir. Fui entrando na oficina e entramos em um quartinho pequeno onde ele tinha um escritário e uma cama de solteiro. Assim que eu entrei, ele me puxou pelo braço contra ele e me deu um beijo de língua que fizeram minhas pernas amolecerem. Ele então, tirou minha blusa e minha saia, me deixando somente de calcinha e sutiã. Me fez abaixar para chupar aquele caralho enorme. Mamei aquele pau com muito tesão por alguns minutos, quando ele então me levantou, me fez apoiar as mãos sobre a cama e ficar de bunda virada pra ele. Ele pegou em sua gaveta uma camisinha e colocou. Ele afastou minha calcinha e enfiou o caralho de uma sá vez já que minha buceta estava toda melada. Foi quando percebi que ele não havia fechado a porta do quartinho e o seu ajudante e o outro homem estavam na porta, com seus paus na mão a assistino nossa trepada. Ele disse para os dois que eu era muito fogosa e gostosa e que passou o mês lembrando da minha visita anterior. Os outros dois se aproximaram e começaram a passar as mãos em meu corpo. Percebi que a trepada seria grande naquele dia, peguei o caralho do ajudante na mão e o puxei até minha boca e o chupei. Era um caralho menor do que eu estava recebendo na buceta. O meu mecânico então, me virou contra ele, me segurou pelas ancas e me ergue do chão, para descer minha buceta em seu pau. Estava sendo fudida em pé, sendo erguida e descida para dentro daquele caralho enorme. O outro homem que tinha a mesma estatura do meu mecânico, se aproximou por trás de mim e começou a alisar minha bunda e meu cu. Foi quando percebi que receberia dois paus. Ele mirou seu pau no meu cuzinho esperou o movimento de descida para começar a enfiar. Ele foi forçando e a cada descida entrava um pouco mais. Comecei a urrar de dor e tesão. Fudemos assim por alguns minutos até ele gozar em meu cú. Quando então o ajudante dele, pegou um banquinho para compensar a diferença de estatura e também vei me fuder o cu. Entrou mais fácil pois eu estava toda arrombada. Logo em seguida ele também gozou. Eu também não aguentei mais e gozei, deixando todo o meu corpo cair nos braços do meu mecânico. Ele então me colocou de costas na cama, puxou minhas pernas para fora de forma que eu ficasse de quatro pra ele. Mirou no meu cu e me arrombou toda, que dei um grito. Logo em seguida ele gozou em mim. Ficamos até por volta das 23:00h, eu sendo trepada de todas as formas pelos três, quando então eles foram embora, mas eu passei a noite ali na oficina, pois não tinha forças para levantar, e minha buceta e meu cu estavas ardidos demais. Pela manhã, meu mecânico chegou e me encontrou ainda pelada sobre a a cama. Ele então aproveitou e me trepou mais um pouco. Por volta das 9:00h. me levantei e me arrumei para sair, foi quando ele pegou minha calcinha e guardou na gaveta com a outra que ele já tinha pego. Fui para um hotel, tomei banho e dormi o dia todo, para me restabelecer daquela trepada memorável, com três homems me fudendo tudo e de todas as maneiras.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Conto exibicionismo sem sutiãcontos eroticos pivetesContos namorada baixinha e bruta bundonarelatos erotico sogro na praiaContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadormalhadinha de cabelo vermelho malhadinha malhadaconto erotico rabuda cintura fina peituda casada visitacontos eroticos minha esposa pediu para enterrar nela um salameachei que era uma mulherao mas era um travecao que me enganou e socou no meu rabinhoconto eróticominha traiu meu pai mulher casada vira putacontos eroticos chorando com o pau enterrado no cu arrancando bostafui arrombado contos gaysChupa meu cacete com barreiraConto erotico vizinha bobinhacontos eroticos calcinhas usadas da mulher do amigocontos eróticos esposo.foi jogar futebolGozaram na calcinha na cerca contominha mae transando contosareela farraelaconto erotico meu filho me chapouhttp://conto erotico buceta peluda da primacontos safados inversão e dominaçãoquadrinhos pornos de patrao dominadorcontos eróticos, cuzinhoconto tirei do cu e comi a bucetamassagem nos pés amigo hetero contos eróticoselena senta na pica durasobrinho punheta contocontoscomsograsvideo porno dano o cu ea buceta toda babentaconto minha visinha mando eu descabaça sua filhaconto na festa aqui em casa meu primo comeu minha maearegasando a b da ncache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html contos eroticos curiosacontos vizinha feiafilme aconzinha pornconto de zoofilia de uma dona de casaHome poi mulhe prachora na picacontos eroticos porno de pirralhas inocentescontos porno de casadas violentadas por caminhoneiroContos eroticos caseiro entre irmaos na infanciacontos de tiosFodi minha sobrinhaincesto contos filho se separa e volta a morar com mae coroacontos eroticos sodomizadoconto erotico flagra filhacomtos de travesty petdedo o cabasso do cuzinhoadorei ser encoxada pelo meu filhovides gay dopando amigo pra chupa-lo e tranzarcontos coroas barrigudosminha mae me iniciou em zoofiliavideos de homens que dao palmadas fortes na buceta pelada da mulher sem dobeijador e pegador na buta gotosacontos eroticos o ventoloucuras do carnaval varias pessoas fudendo juntas no dalaomulher casada e evangelica dando o cu,contos sexcontos comendo mulher na despedida de solteira no carnavalvídeos de********* pornô da mulher morena que tem os peito grande para batata chupa a goza na cara melada cara tôMendigos se madturbando altocontos eroticos de coroas dos seios caidosconto eroco amor entre tia e sobrinhoescutou gemido da esposa sendo enrabada contocontos eroticos, dei para meus alunosvideos bichobruto cavalo comendo égua conto erotico dopei minha filinhacontos de sogra gravida transandocleide chupou ate gozarcontos eroticos morena gostosa malhadaeu sei que ele quer um pau, contosmulher gozando a um metro de distansia e mijandoconto erotico crente assanhadaesporra encorpada na bocahistorias pra gozar minha menima dd 19 aninhose delirarcontos eróticos de sequestrossou uma mulher crente mas quero picaconto erotico real sobrinho