Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CHUPANDO UMA BUCETA ADULTA

amigos leitores, esse conto não é de minha autoria, mas como gostei muito, resolvi compartilhá-lo com vcs. Era verão e as crianças estavam no acampamento e Ralph, meu marido estava ausente em um symposium; e eu finalmente estava em casa para uma mudança nos máveis. e meus planos era fazer o menos possível, de repente o tempo melhorou.

Eu pus meu bikini mais cavado, me revesti com manteiga de cacau, e me dirigi para o quintal com uma novela trash para ler.

Alguns pássaros chilraram preguiçosos com o calor. A única outra coisa para quebrar o silêncio era o snip de tesouras de podar jardim, porque nosso vizinho, Sr. Raskin, cortava seus arbustos.

Agora era um bocado mau de mim pensar assim mas o Sr. Raskin tem sempre sido uma truta velha safado e rabugento, assim que eu comecei a fazer umas poses provocativas lá no quintal para sacaneá-lo. Eu fui surpreendida quando uma cabeça apareceu sobre o meu muro, e não era o Sr. Raskin. Era sua filha de 1x aninhos, Hilary, voltando da escola. Oh, hello, criança, Eu disse, demorou um tanto. Dizer por favor a sua mãe que eu estou para trazer seu tenis para voce usar na escola, e eu lhe darei ele em um dia mais ou menos assim.

A Mamãe e o papi estão nos alpes, Sra, Hilary ela disse. SeVocê puder me avisar quando eles voltarem.

Eu pensei por um momento. Hilary, Eu disse, você está com um olhar triste,eu estarei contente de compartilhar deste jarro agradável da limonada fresca se você passar para este lado do muro.

Hilary parou um pouquinho e pensou.. e disse -ok senhora.

Pulando o muro em seu ponto mais baixo,veio e se sentou a meu lado. arrancou algumas folhas da árvore e colocou no chão para se sentar perto de mim. Eu enchi meu copo e ofereci a ela.

Eu me estiquei, dobrando meu joelho e ficando nos dedos do pé, para fazer com que ela visse que ainda estava longe de mim.

É assim quente e doce, eu disse. Eu acho que a maneira mais fácil de refrigerar é com um chuveiro agradável, você não acha?

Sim, disse Hilary.

No fato eu devo me refrescar em um, e eu sugiro que você faça o mesmo, garotinha nova.

Eu sentei-me mais para cima e me estiquei, deixando meu alto do bikini levantar um pouco. Hilary ficou vermelha e bebeu rapidamente o suco que estava no seu copinho e depois entregou-me. Eu alcancei como se para aproveitar e olhar para a criança

É um verão quente, não é? eu imagino que os reservatários estão baixos, Eu disse. Não use o chuveiro por muito tempo.

Oh Não., disse Hilary.

Eu tenho uma idéia, siga-me.

Eu reenchi seu copo e a conduzi ao box no banheiro. Eu fechei o registro. E tranquei a porta. O quarto encheu-se com o vapor enquanto eu revelei meu corpo.

Um chuveiro usa menos água do que dois, você não concorda? Eu disse, olhando para ela.

Eu suponho, disse ela nervosa.

Hilary tirou seu shorts e o colocou no alto do tanque. Seu cabelo loirinho derramou para baixo sobre seus ombros, eram lisos e longos. Eu soube que eu teria que me mover rapidamente, Meu dedo enganchou em seus cabelinhos e eu puxei-a para mim. Eu dobrei-me ligeiramente para pôr meus labios sobre os dela. Ela Resistiu no início, mas eu pressionei meu corpo grande sobre o dela.

Oh, Sra. pa, par e!, p por favor

Mmm, relaxe apenas,docinhol.

Logo minha lingua estava em sua boca. Eu gemi enquanto nossas linguas se entrelaçavam. Sua respiração estava vindo rapidamente, e eu poderia sentir sua batida do coração. Seu coraçãozinho disparava enquanto eu apertei sua boquinha linda com meus labios e enchi sua garganta bonita com minha enorme lingua gorda. Minha mão livre delicadamente achou seu pubis ainda sem pelinho nenhum e começou a massagea-lo.

Ohh, deus, respirou. Isto não é direito& Seus ouvidos vibraram enquanto eu pressionei meus dedos em seu rego. Ela deu um Salto ligeiro, mas não me parou, estava petrificada de medo (adoro isso,adoro quando sentem medo, assim aceitam tudo) Nás continuamos esta maneira por um tempo até que eu me decidisse para uma mudança., Eu sentei-me no assento do toalete e liguei a água quente.

Então eu arrastei a menina pela mão e puxei-a para mim. Sua boca foi manchada com meu batom.

Eu gostaria que primeiro você me lavasse queridinha. Ela Não compreendeu no início. Porque eu empurrei seu pequenino braço para baixo, fazendo-a ficar de joelhos na minha frente. Eu puxei de lado meu bikini para revelar minha Buceta.

Lá, Minha Queridinha,. Eu penso que você sabe o que fazer.

A menina olhou com os olhinhos esbugalhados para a minha Enorme Buceta Adulta. Agitou sua cabeça momentaneamente dizendo que não, mas eu puxei sua cabeçinha para a frente com minhas duas mãos.

Lamba ela queridinha.Isso é tudo que eu quero.

Seus peitinhos penduraram livre no bordo da privada onde eu estava sentada, enquanto elazinha se dobrou para a frente. Depois que um beijo tímido e um choramingo, a menina colocou sua linguinha pra fora. e Lambeu ao longo do comprimento de meu Rego.

O Piruzinho, aquele é ele. Coma-o direitinho, Agora!.

Eu introduzi minha Buceta em sua cara enquanto ela começou a lamber mais duramente e mais rapidamente.

Ohhh Ahhh yeah, faça-me gozarr, sua cadelinha safada!. Isso é bom. Isssooo. Lambe e chupa meu big clit lá, oh! Aquele é ele, mmmmm&está enorme!. Eu girava meus quadris em sua cara enquanto meu melado começou a revestir sua cara inocente e doce. Chupava e lambia meu clit gordo e vermelho, seu nariz enterrado em meu cabelo pubico marrom avermelhado que ia de uma virilha a outra. Suas mãos pequenas empuravam minhas coxas tentando me empurrar enquanto eu segurava sua cabecinha com as duas mãos e começava um vai e vem gostoso em sua carinha fazendo-a me comer.

Oh, deus!

Eu vim,espremendo meus quadris em sua cara. Ela choramingava enquanto eu a apertava de encontro a meus sucos melequentos. Enquanto eu estava quase acabando o meu gozo farto, eu soube que este não era o fim. Para uma coisa eu sabia, elazinha tinha uma amiguinha muito bonita, muito nova que eu tinha visto uma vez entrar em sua casa. Estava sendo possível ter eu em outra hora ainda mais divertimento?

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto boy roludo da periferiacontos de travecos comedoresConto erotico levantaram minha microsaia e me comeram gostosofudeno cu da manu e ela gritando de dorContos eroticos quero ver essas tetasconto erotico olhando a bucetinha da minha irmazinha dormindocontos eroticos incesto a neném do papaicontos eróticos esposa negona coroa bisexCuzinho gostoso contosesposa deu o cu no camping contoscontos eróticos proposta indecente do cunhadocontos erotoco sogracontos erotikos menina de menor dando o cu a troco de balaconto eróticos c afilhadacontos gay gordinho calcinhahistorias eroticas de mulheris que tranzarao com emteadocontos eroticos brincando escondido infanciatocu de proposito pornodoudoconto dei sonifero pra minha mulher dormir e outro comer elazoofilia homens com super vergas enormes fodendo mulhetescontos de coroa com novinhoconto erótico eu e meus primos nu no lagocontos crossdresser o velho me comeu no matinhomconto erotico meu irmão me fez mulherconto erotico gay: transando com um amigo japonescontos eróticos esposo.foi jogar futebolmorena dano a boceta po caveleflagrei conto gaysempre fui safadinha contos Contos eroticos putinhascontos calcinhacontos eroticos gay meu tio de dezenove anos me enrabou dormindo quando eu tinha dez anoscontos eroticos tio comendo sobrinhasconto gay negro pediu o branquinho em namoroaprendi dar o cu com meu genro contoscontos e vidios de patroes sendo fodidos por empregadas tranxessualxvidio puta arreganha as perna p leva rola no.fundoMendigo chupou meus peitosconto coroa gordinhacontos sogra drogadade verdade o que injetam ou introduzem para aumenta bumbum e seioscontos currando humilhando a negrinhahistorias eroticas comendo a irmãconto eroticos fui obrigado a fuder minha irma num estuproArromba essa puta soca essa rola na minha buceta me fode contosCONTOS EROTICOS REAIS EM VITORIA ESquando eu peguei a minha priminhacontos erotico comi o hetero parte 19Minha prima viu-me a mastucontos erótico ele derrubou com a esposa juntoContos-esporrei na comida da cegaDeu o cu sem querer querendo contoconto erotico incesto sonifero filhaconto eroticos fui obrigado a fuder minha irma num estuprocontos eróticos meu sobrinho punheteirocontos-contraindo o cuzinho no teu pauencostou a bunda e pediu picacontos eróticos medindo com meu gordinhoas molhadinhad mas. gostozas com vidios porno com voz altacontos eroticos comendo a sobrinha no matop****** grandes e grossas f****** o c****** os apertados contos eróticos gaysCasada dificuldades financeiras e velhos dotados contos eroticosbrincando de cavalinho com papai contos incesto pai e filhacontos eróticos chupeiconto eróticos lábios românticosvi minha tia nua contosConto o pausudo quase me rasgou quando meteu tudo.Contos quanto o cu quentaconto de desmaiei com a pica grande no meu cuzinho apertandoconto ajudando meu filhopia se acha ser pausudoConto erotico banho maecontos eroticos meu marido me vendeu