Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ME VICIEI EM ROLA E PORRA IV

Depois dos dois últimos relatos recebi variso e-mails de caras querendo transar comigo. Todos queriam gozar e mijar na minha bunda. Não sabia q o pessoal tinha essa tara por mijar dentro de um rabo. No sábado dia 1801 acordei com vontade de dar. Meu cu piscava o tempo todo. Entrei na internet as 15:15 e depois de algumas buscas me encontrei com um cara no Flamengo e de lá fomos pro motel no carro dele. Mamei muito sua rola e ele gozou e mijou no meu rabo. Sai do motel e fui pra uma lan house. De lá continuei minhas buscas por cacete e de tanto ver foto de travestis, coisa q adoro, liguei pra Sara. Ela me disse q sá poderia me encontrar um pouco mais tarde pois estava no salão. Combinamos umas 21:00hs no apto dela. Resolvi ir pra casa e no caminho parei pra tomar um suco e vejo dois caras na loja. Começo uma paqueradinha básica e em pouco tempo já estamos conversando. Eles dizem q estão de bobeira e eu digo q agora não dava pra rolar nada pois teria um compromisso mais tarde. Aí eles perguntam se nem uma chupadinha rápida, eu digo se fosse rápida tudo bem. Eles estavam com o carro parado perto e entramos e fomos em direção do Mirante do Pasmado. Já estava anoitecendo e subimos a ladeira. Paramos o carro entre outros dois carros. Como o carro tinha o vidros bem escuros foi tranquilo. Pulamos pro banco de trás e afastamos pra frente os bancos do motorista e do carona. Ficando um espaço bom pra eu me ajoelhar e mamar as duas picas. Eles sentaram e eu comecei os trabalhos. Eram duas picas normais, nada de exageradas. Um estava muito excitado e pediu pra eu tirar a bermuda e a cueca q ele gozaria mais rápido se ficasse passando a mão na minha bunda. Achei q aquilo ia ficar perigoso mas pela insistência, tirei a roupa. Não demorou muito e aconteceu o inevitável, logo estava sendo enrabado pro um e chupando o outro. Logo o q me comia gozou e o outro queria gozar tb na minha bunda. Empinei o rabo e ele cravou. Peguei a camisinha do primeiro q havia gozado e derramei a porra dentro do meu cu, deixando o cara q me comia doidinho. Ele socou novamente e meu cu começou a espumar e ele disse q gozaria na minha boca. Dito e feito na hora de gozar tirou a camisinha e chupei até descer tudo garganta abaixo. Saímos dali e eles me deixaram em casa. Tomei um banho rápido e meu telefone tocou. Era Sara avisando q havia chegado em casa, que eu poderia ir. Me perguntou se teria problema se ela recebesse duas amigas travestis q haviam marcado uma visita, pois muito tempo não se viam. Falei q tudo bem e ainda perguntei se elas transariam comigo tb. A principio a Sara disse q não pois era uma visita e não uma festa da orgia. As duas amigas estavam na Europa e queriam se encontrar pra matar saudades.



Cheguei na casa da Sara e ela me disse q falaria pras amigas q eu era um casinho dela. Aproveitamos esse tempo sozinhos e começamos um 69. pena q no melhor da festa a campainha toca. As duas amigas haviam chegado. Quando elas entraram quase tive um troço. Eram duas bonecas lindas, tanto de rosto como de corpo. Uma mais morena, se chamava Roberta, um cabelão preto, estava de calça apertada e uma blusinha vermelha. A outra era a Milena, mais clara um pouco com cabelos ondulados, usava um vestido soltinho. Nos apresentamos e sentamos na sala. A conversa girava em torno da vida delas na Europa. Roberta morava na Itália e Milena na Espanha. Essa época era ruim pois era inverno, o bom era no meio do ano, quando o tempo esquentava e assim elas se mostravam mais nas ruas. Assim muitos homens passavam telefones e recadinhos nos restaurantes e mesmo através da internet. Diziam q os homens europeus tratavam melhor q os brasileiros, mas em matéria de sexo, os brasileiros eram os melhores. Mais quentes, safados. O papo foi esquentando e começou a rolar uma paquerinha entre eu e a Milena. Trocávamos olhares e como papo era sobre sexo, meu pau e meu cú davam sinais de vida. Até q a coisa ficou melhor quando elas disseram q tinham fotos das cidades q elas moravam e fomos pra internet. E a cena era a seguinte, Roberta sentou em frente ao computador, Milena sentou ao lado dela, Sara ficou entre as duas e eu um pouco mais atrás, em pé. As fotos de inicio eram das cidades, depois mostravam elas e depois os anúncios q elas tinham em um site de relacionamentos. Aí q eu fiquei doido mesmo. Sara me sacaneou e pediu pra eu ficar calmo, mas mostrei q não tinha como, pois estava de pau duro,vendo as duas amigas dela peladas. Elas riram e continuamos vendo as fotos. Pra minha alegria, Milena diz q vai ao banheiro e na passagem dá uma passada de mão na minha bunda, por trás de todo mundo, eu fico mais excitado ainda. De repente aparece uma foto da Roberta, que ela tirou na rua, quando um cara mamava sua rola. Sara olha pra mim e pra me sacanear pergunta pq todo homem gosta de mamar rola de travesti. Roberta de sacanagem olha pra ela e diz pra ela perguntar pra mim. Sara me pergunta: e aí, pq? Eu doido pra começar uma putaria, digo q não tem visão melhor do q abaixar chupar o pau da travesti e olhar pra cima e ver um corpo de mulher, mas com uma pica deliciosa. Nisso Milena chega e para do meu lado e diz q eu era bem safado e q Sara estava com sorte de ter arrumado um casinho como eu. Sara diz q eu tinha uma boca maravilhosa e mamava como poucos. Milena passa a mão na minha cintura e pergunta a Sara se tinha problema se eu mostrasse minha habilidades com a boca. Sara diz q não e já vai tirando a rola pra fora. Dou um beijo em Milena e já me ajoelho pra mamar seu caralho. Roberta sá assiste a tudo, Sara encosta a pica no meu braço. Mas eu queria era mamar a Milena e caprichei, ela ficou doidinha, segurou minha cabeça e fudia minha boca. Peguei a pica da Sara e ficava masturbando. Roberta se levantou e tirou a calça ficando sá de blusinha. Botei a pica da Sara na boca e punhetei as outras duas. Depois mamei a Roberta e punhetava as outras. Fiquei neste rodízio, mamava uma punhetava as outras duas. Tirei minha roupa e fomos pra cama. Sara começou a mamar a Roberta e eu me concentrei na Milena e logo depois estávamos num 69. estratégicamente fiquei por cima com meu rabo desprotegido. Sara como me conhecia e vendo aquela cena veio e começou a lamber meu cu, me dando um tesão danado. Roberta deu a volta e botou sua pica pra eu chupar. Chupei as duas picas juntas, da Roberta e da Milena. Estava muito bom. Sara aprontou mais uma vez e disse q eu adorava leite na boquinha. Roberta segurou minha cabeça e disse q me daria muito leitinho pra beber. Eu não falava nada sá mamava e rebolava na língua de Sara. Sara começou a passar o pau na minha bunda e Milena abriu meu cu, facilitando a penetração. Roberta vendo aquilo perguntou se Sara iria me comer sem camisinha, Sara socando o pau no meu cú, disse q aquele cu era velho conhecido dela e q não se preocupava. Milena saiu debaixo e botou a pica junto com a da Roberta pra eu chupar. Roberta estava louca pra gozar e punhetou seu pau até despejar tudo na minha boca. Bebi tudo e ainda chupei o resto q saia da cabeça da rola. Milena resolveu demorar mais e deixou eu mamar sua rola com calma, enquanto Sara derramava sua porra no meu rabo. Sara e Roberta estavam no banheiro e eu pedi pra Milena me comer. Ela olhou pra mim e disse q tinha medo de me comer sem camisinha. Eu falei q tudo bem q continuaria mamando até ela gozar na minha boca. Caprichei no boquete e em pouco tempo ela gozou, bebi tudo e deixei sua pica limpinha. Antes da Sara voltar pro quarto peguei o telefone da Milena e ela falou pra eu ligar pra ela, q ela teria o maior prazer em me comer, mas com camisinha, falei q tudo bem, daria pra ela do jeito q ela quisesse. As duas se foram e eu e Sara ainda demos mais uma trepada.





VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


lambida no onibusconto eroticoconto eroticodepilei meu filho contosconto erotico cunhadinha safadinhao pastor passou a noite com a lingua ná minha buceta e eu na mulher dele contoconto sobrinho evangelico veio morar com a tiaMulheres flagradas transando com seu cao pirocudo em contoscrente fudendo o cu contos eroticosesposa comvemceu maridu deixa. ela da para outro..comtos eroticosdominado e submisso contoscomendo a japonesa contos eroticosMeu nome é dado (apelidio),tenho 35 anos e minha esposa mara tem 32 anos.Somos simpaticos ,com caracteristicas bem Brasileira .conto erótico pepinoconto gay troquei cu por empregocontos fudendo minhas primas peitudasporno com primas branca de olhos verdes de cabelos ruivos bunda redonda e peito pequeno redondinho / anal/vidio porno gey aronbei meu primo no quarto enquanto ele estudavapau duro micaelaconto comi.uma coroaconto erótico me revelei na rola do travestiContos, casada mal comidacontos eroticos sou viciada na pica do meu filhovirei putinha do fedelho contocontos eroticos como meu irmao me comeu o meu cuguais sao as deusas da punhetaContos namorada baixinha e bruta bundonasem cadastro zoofilia sai mijando leitecontos e vidios de patroes sendo fodidos por empregadas tranxessualcontos velho tarado por bucetasnatalia do ceará chupando o paudei o cu bem gostosoGabi comendo a égua no ciocontos eroticos de mulheres tendo suas tetas mamadas por animais e eles metendo nelasContos eroticos gay arrombaram meu cu enquanto eu dormiamulher massagista escorregar o dedo na xota da clienteHistórias contos ficticios e reais de sexo com travestiscontos eróticos gays cavalgando no padrinhocontos amigo dorme em casa esposacontos eroticos esposa gozadacontos er safadocontos eróticos surpresa sou uma bonecahttps://idlestates.ru/conto_3484_desvirginando-minha-querida-irmazinha.htmlessa menina bem novinha Tina já transa essa novinha tímida bem novinha Grandeconto erotico comi uma cinquentonacontos pediu uma massagem e acabei comendoContos eróticos virgindadecontos eroticos gay femeaconto eróticos desejandoa mulherdomeu filhoCasadas com tio contosrelato erotico meu cachorro comia meu cuzinho quando meninamenininha e novinha sendo e******** contos eróticoscontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anoscontos eróticos procurei meu irmão si ele mastubavafodi amiga da minha mae vai mete vou gozar cotosminha tia com capo de fusca contoscontos eróticos dr meninacom homens e negros dotadoscoleguinha liberal gay contoscontos eróticos não sei que fizcontos eroticos potrancaVovó lambeu meu cu contos onlineconto erotico estuprada de mini saiacontos eroticos minha filha aguentou toda minha pica de jeguecontos de rasgando o cu da babacontos eroticos carona com pai e filhinhaxvideos preneditadover contos erótico mãe gordinha concebido gostosa s*****contos eróticos chupei meu padrastohistórias de sexo o meu padrasto cominnha a mãe ea enteadaler contos de sexo de mulheres sendo chantageada na estrada por dotadoseu confesso mijocontos eroticos de coroascontos eróticos de mulher encarando um pau gigante e não aguentaconto gay sou macho me encoxaramcontos eróticos consolo pau e plughomens hetero bebado se engana e passa.a noite com travesti roludocontos nao tinha camisinhameu marido pirocudo me arombou contosela gritou dizendo q seu cu tava doendo contossou puta do meu cachorrogozando no umbiguinho e escorrendo na bucetacontos minha sogra me vendeu seu cuzinhocontos crente casadascontos eroticos minha esposa e os amigos do condomínio