Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA MELHOR AMIGA



Minha amiga se chama Kely tem 21 anos, cerca de 1,65 de altura, + ou – 50 kg, cabelos cacheados e castanhos, olhos verdes, seios médios, cintura fininha, e uma bunda bem redondinha, ela casou agora em maio deste ano (2009) e apesar dela esta morando aqui perto de casa a gente não estava se vendo, ate o dia em que eu estava na casa da mãe dela que é na rua abaixo da minha, como já relatei nos outros contos eu conheço a família já faz uns 19 anos.

Estávamos conversando ai o interfone toca e como eu estava perto fui abrir o portão quando eu vi quem era chega me assustei com a imagem que adentrou a casa, era a Kely. Ela estava muito linda, tinha cortado o cabelo que antes chegava perto da bunda e agora estava um pouco abaixo dos ombros, estava com um short pequeno e uma blusa colada deixando suas formas bem definidas, quando ela entrou já fui logo falando com ela:

- oi cortou o cabelo?

- cortei... você não sabia?

- claro que não....quanto tempo a gente não se vê.

- você ficou linda hein....

- obrigada

Conversa vai conversa vem, ela me falou que estava com dificuldade pra instalar um jogo la no notbook da casa dela, nem ela e nem o marido dela estava conseguindo ai eu expliquei que tinha que colocar o crack e ela disse que não deu conta ai me chamou pra ir La na casa dela pra tentar resolver o problema da instalação ai eu já perguntei do marido dela ai ela disse que ele estava no trabalho, na hora que estávamos saindo o pai dela iria no mercado comprar algumas coisas que estavam faltando pro almoço e ia sair com o carro então pegamos carona (2 ruas sá), como não conhecia a casa nova dela então fomos.

Chegando lá fui perguntando se a mãe do marido dela não iria encher o saco da gente ficar sozinhos la na casa e ela disse que ela tinha saído e sá deveria voltar a tarde (a casa da sogra dela é na parte da frente e a da Kely fica nos fundos do terreno). Qnd entramos ela me mostrou a casa o aquário novo que ela tinha comprado ai fomos pro quarto pegar o notbook chegando lá ela percebeu que o wesley (o marido dela) tinha levado o notbook para o serviço.

Como não ia rolar de instalar o jogo fui logo jogando verde pra ver se rolava algo já que estavamos sozinhos, e fui logo relembrando as nossa pegações e ela perguntou se eu estava com saudades e claro que falei que sim, então ela disse:

- não lembra do nosso trato de sempre a gente da uns peguinhas mesmo a gente casando ou namorando?

- lembro sim, mas estava com o pé atrás vai que você tivesse desistido do nosso trato depois do casário.

Ela foi chegando perto me abraçando e foi me dando um beijo muito gostoso, então já fui logo retribuindo e fomos indo em direção da cama que estava práxima, deitamos e ela começou a pegar no meu pau por cima da bermuda deixando ele mais duro do que ferro e eu fui logo passando a mão pelo corpo dela então ela tirou meu pau pra fora d bermuda e foi batendo uma punheta bem de vagar, foi descendo e logo colocou ele na boca e começou a fazer um boquete.

Depois de um tempo com ela me xupando eu disse que agora era a minha vez de sentir o gosto dela na minha boca ai ela se deitou e eu fui tirando o short dela afastei a calcinha dela pro lado e comecei a chupar aquela buceta melada, eu chupada com muita vontade e ela se contorcia toda na cama e foi tirando a blusa e ficando com os seios de fora, e eu ui subindo beijando a sua barriga e chengado perto dos seus seios e comecei a mamar bem gostoso, ela foi pegando o meu pau e colocando ma sua buceta.

-ai !!!!!!mete mais forte, mete com força, quero sentir esse pau todo dentro da minha buceta que estava morrendo de saudades dele.

Fui metendo cada vez mais forte e cada vez mais rápido que já estava com vontade de gosar ai tirei o meu pau da xana dela e a coloquei de quatro e fui colocando bem de vagar na xana dela e fui aumentando o ritimo aos poucos ai ela começou rebolar bem gostoso e pedir pra bater na bunda dela.

- bate na minha bunda bate, faz a sua cachorra gemer vai......

- vou bater do jeito que você gosta sua cachorra gostosa.

- quero comer esse seu cú arrobando também e vou gosar nele todo você vai querer minha putinha safada.

- quero sim....ele é arrombado porque foi você que comeu ele desde a primeira vez, mete essa pica no meu cu mete, quero sentir ela me arrobando e enchendo meu toba de gosa.

Então tirei meu pinto da xana dela e dei pra ela cuspir nele e deixá-lo bem molhado pra meter no cusinho dela, ele pegou ele babou bem muito e ficou de quatro de novo eu abri bem a bunda dela dei uma lambida no cusinho e depois fui metendo bem de vagar pra não machucar. Quando entrou a cabeça ela deu um grito abafado com o rosto colado em um travesseiro e foi rebolando bem de vagar pra poder acostumar o cu com a minha pica. Depois de um certo tempo comecei a bombar bem forte, ela pedindo pra encher o cu dela de porra e pediu pra que eu sentasse na cama que ela queria sentar no meu pau, e foi o que aconteceu ela sentou e posicionou o meu cacete na entrada do cusindo dela e foi descendo bem devagar e rebolando ate não ficar nem um centímetro de fora do seu cu ai ela começou a bombar bem rapi ate eu não aguentar mais e gosar no rabo dela.

Quando ela levantou começou a sair gosa de dentro do cu dela e ela passou a Mao e lambeu e disse que leite de pica é uma delicia que ela não pode ficar sem de jeito nenhum. Depois da foda nos vestimos demos mais alguns beijos e ela disse que queria sentir mais um pouco da minha rola ante de voltarmos pra casa da mãe dela, se ajoelou e pagou um boquete muito gostoso e ficou punhetando ate eu gosar e ela chupar tudo so depois voltamos pra casa da mãe dela como se nada estivesse acontecido.

Autor: uzumaki

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


virei putinhacontos erótico de incesto eu novinha ano ... meu tio com 26*6cm de rola me arrombou contos eroticos noivas.boqueterasContos prima das coxas peludacunhada com previlegios pornsconto minha mae rabuda e eu meu paicache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html Goiânia conto local cu borracharia gaycomi minha filha pensando que era a minha mulhercontos eroticos tios gordinhos tirando o cabaço do cu do sobrinho novinhoconto erotico baba bate sirica espiano patroes fudendocontos mandei um roludo foder minha maecoroas de buceta quadril e coxas enormes dando para cachorroContos eroticos menininhasminha mãe transando contosum pivete me engravidou contoscontos sou filho unico minha mae fez uma aposta e eu virei uma putinha  Marilia e Juliana estavam mais uma vez fr ente a frente para uma dolorosa batalha. Ambas traziam nos corpos as marcas feitas pela outra em combates violentos e sangrentos. Marilia vestia tão somente uma minúscula tanga branca fio dental. Juliana uma  meu marido sempre pedia pra eu me depilar yodinha contosdominador pé gostosocontos.casado curte travesticontos eroticos mulher carinhosabronzeamento com a amiga greluda contominha cunhada quis que eu a visse nuacontos eroticos comi a irmazinhaconto erotico tentei comer o cu delacontos eroticosdescobrindo o amora amiga resolve acordar a amiga com a mão na buceta delaminha tia mim viu de pau duro e mim deu sua buseta gostosa e boalésbicas castigando o rabo da parceriacorno viado esposa gostosa conto realcontos eróticos de famílias pela primeira vez participando da praia de nudismoAcordei com o pau dentro da minha bucetameu namorado masturbou me na descoteca contosConto erotico banho maeme somaram a maõ no cu e buceta contosboquete sem lavar baixarxvedeo porno cuadinha tava triste cuanhado animou fedendo elagabriel o hetero proibido conto eroticos gaycontos eroticos minha anjinhaconto erotico surpresa na siricacontos de coroa com novinhocontos eróticos bem depravado de bem picantefilha de diplomatas conto heroticolésbicas infia arma gelada na ppk até gozardando desde pequeno contos eroticos gayscoroas defloração relatoporno de tia cabelo cachaedo loira meia idade peluda com sobrinhomaisexo peituda goza no oralminha mulher com os garotos contosconto tomando banho em familiarodolfo era meu vizinho me chamo ana contos erótico conto erotico casal dominadoconto erótico novinha masturbando éguaver uma mulhervelha arreganhando a priquita com os dedosRenato shortinho coladinho fazendo na rolaconto de o tenente me chupou muito gaycontos chupei minha namorada a forçacontos eroticos minha baba dormindoconto me excito com a mao do meu marido dentro da minha bucetacontos de lesbianismo no acampamento de escoteirascontos gay gozando pela primeira vezcontos eroticos cornossequestrada e arrombada a força contoesposa taradadpconto no colinho sem calcinha sentada num jumento humanosamba porno zool conto de incestomandei a rola na minha enteadinha de seis anosquero ler conto erótico sogro f****** com a norasurprendida pela minha amiga lesbica contos eroticoscontos eróticos de bebados e drogados gayscontos eroticos.os velhos meterao gostoso em mim