Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CASADOS E SAFADOS... COMO TUDO COMEÇOU!

Casados e safados... Como tudo começou!



Tarde chuvosa, procurava um lugar para estacionar perto, pois a chuva estava forte naquele instante, meu coração estava saindo pela boca... Estava ansiosa e ao mesmo tempo não sabia o que pensar; aquele momento era o que mais esperava, parecia uma adolescente que sente as pernas tremer, o coração acelerar, não imaginava o que estava por vir. Estava vindo do serviço, horário de almoço, estava atrasada. Sá pensava naquele corpo perfeito, ele deve ter mais ou menos 1,80m, coxas duras, corpo escultural, nenhum pêlo no corpo, pelo menos que fosse visto, tinha jeito e cara de safado, se você desse uma brecha era cantada na certa, nunca soube ao certo, mesmo hoje conhecendo ele há muito tempo, o que é para ele a mulher perfeita, porque parecia que sá o fato de ter um corpo bonitinho, ele se derretia, mas pode acreditar que muitas também faziam o mesmo por ele e parecia que eu não era diferente, sou loira, linda, sexy, atraente, comerciante nata, estava caída por ele, tanto que havia marcado aquela “bendita” avaliação. Quando consegui chegar já havia passado do meu horário, 19 minutos, já nem sabia se seria atendida; fui avisada que já tinha chego e que podia ir à sala, como vinha do trabalho, estava toda de social, salto alto, cabelos esvoaçantes, bem, estava linda! Entrei na sala, ele se virou me cumprimentou secamente, sentia uma adrenalina, que se ele colocasse a mão no meu coração iria perceber, ele estava com um short grudado no corpo, uma baby Look que ainda o deixava ainda mais sexy, sá fez um comentário: - atrasada, hein? Senti-me péssima, mas mesmo assim, continuei firme, ele simplesmente pediu, por favor, tire toda a roupa, eu fiquei vermelha, como assim?!? Mas ficarei de quê? Logo pensei, aí comentei:- estou de calcinha e sutiã; ele sorriu e disse: - esqueci de avisar que é feito de biquíni; faltou-me chão, mas ele continuou:- mas pode ser de lingerie mesmo, vamos porque não poderei demorar; simplesmente tirei minha roupa, ainda bem que estava com uma lingerie super sexy, quando ele se virou para mim, com a prancheta na mão, senti que algo nele mudou, acho que consegui surpreendê-lo com “tudo” aquilo que seus olhos viam, pois não tirou os de mim; com a fita foi medindo cada parte do corpo, começou por baixo, panturrilha, coxas, que sensação mais deliciosa, aquela mão deslizava sobre minha pele, não sabia se ele estava aproveitando ou se estava somente fazendo seu serviço, mesmo estando chovendo, era nítido meus seios arrepiados! Começou por baixo, a panturrilha, as coxas e aí subiu, mediu o quadril, mas disse que teria que baixar um pouco a calcinha para poder pegar as medidas exatas, depois a cintura, sentia sua respiração perto de mim, ofegante, assim como a minha, meu corpo a cada toque dele se arrepiava, foi quando ele pediu para eu desabotoar o sutiã porque não tinha como tirar as metidas, porque ele segurava os meus seios, que por sinal são lindos, mesmo assim ri e perguntei se era brincadeira, nesse momento ele não se conteve, disse que não, me segurou com uma força imensa contra o corpo dele e me beijou, ele mesmo tirou o sutiã, beijou meus seios, desceu chupou minha barriga, me beijou entre as coxas, nessa hora já estava sentindo toda molhada de tesão, pegou meus pés e chupou meus dedos, não conseguia segurar os meus sussurros, abaixei e peguei seu rosto e começamos a nos beijar, incontrolavelmente, que delícia, senti seu pau crescer no meu corpo sem roupa, somente de calcinha, achei que iria transar ali mesmo com ele, mas de repente o celular dele toca, a secretária avisa que a outra cliente dele já o aguardava e que ele não podia atrasar; isto foi como se tivesse tomado toda aquela chuva, que caia lá fora, ele pediu muitas desculpas, disse que se pudesse não sairia daquela sala, mas como não podia segurá-lo, me troquei, ele guardou os pertences da sala, despedi com um beijo delicioso e sai daquela sala, sentindo tudo, tesão, raiva, vontade de ter metido com ele, pirada por fazer tudo aquilo, mas sorri, estava feliz!!

Este foi mais uma das minhas estárias com ele. Mas ainda têm muitas outras!!

Bjo.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos de bebados e drogados gaysnega do cu conta como deu o cu contoscontos eroticos zt i: blackmailcontos vizinha feiaFudi minha filha, contoscontos eroticos com velhoContos punheta na depilacaobucetinha inchada de minha esposa orgia contocomendo sogra e avo contodp swing buracopeituda nao resistiu em ser encoxada (contos).contos erotica de estrupamento de ninfetosxoxo-tas carnudas pedindo pica no rabo gordoconto erotico peguei meu pai fudendo a mamaeme encoxaram a noite bunduda,começando se transformar travesti .. encarando pau enormenois comendo mulher do amigo bebadofoi trabalha na casa da vizinha e acabou comendo a filha delacontos/ morena com rabo fogosoComi o cu da paulistinha contosconto erotico mae negra coroa dando cucasa dos contos de mae fudendo filho e filhaConto ertico. Minha adrasta. Bebianovinhas escoteiras abusadaseu quero ver anaconda chupando leite da mãedei na infacia e não me arrependo contos gaysOlá , meu nome é Tati sou morena , alta , magra , pois bem , vamos ao contoContos historias xxx sexo história verdadeira que comeu a sobrinha virgem que não queria darvídeo de mulher conto dar o cu ele micha de dorfotos cim zoom so de cacetes duros melado de porraContos eróticos comendo uma travestir lindacunhada na cadeia contoscontos eroticos casais falando putaria fantasiando outroperdendo o sele o selo do cucontos o pau do enteadoloira casada malho e adoro negao contoscontos eroticos envangelica marido e pai roubaram o chefecontos eroticos com sogro e sogracontos meu marido ajudou amigo dele me comercontos eroticos lesbicos mulatas casadas bicontos eroticos fomos enganados e fodidosconto erotico de interracial e virgemmulheres cavalas de quarenta de bucenta inxada e grelo inormeContos de cdzinha novinha de shortinho fino socadocontos comi minhas gemias zinhascasa dos contos de mae fudendo filho e filhatirou foto da prima e chantagiu ela xvideoslésbicas infia arma gelada na ppk até gozarconto erotico desconfiei de minha esposacontos eroticos traindo na Lua de Melvi meu sobrinho arrombar a sua namorada gostosa. conto eróticosozinhacom primo contos coroasmulher tranzndo com ponei realmarido demarleni ve ela transandoTo ferrada fiquei.arrombada contos eroticoscontos eroticos minha mulher me mandou pra farraContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorcontos eroticos estuprada e gemendo gostoso issooo vaiiii nao paraconto de arrebentando o meu cu com a pica grandecontos de sexo meu pai viuvo anoite primeiro meu encouxandocontos eróticos férias com porracontos eróticos incesto pai filhaconto de traveco no conventomarido falou p esposa nahora da transa q dar o cu era bomcontos erotico garota do interior peteu cabaçocontos erotikos coroa so leva no cu pois esta de chicoconto gay vendedormachos arrombador de gay afeminadomulher pelada e o cu melado de manteiga no corpo inteirocontos eroticos a gostosa da jussaracontos novinha e o velho roludoporrnodoido com anacontos zoo com cadelascontos eroticos com japonesabuceta de crente meu nome domitiliaassistir pornô mulheres libiscos com muito tesãocontos meu namoh me cmeucontos eroticos corno vou te fudercontos eroticos mulheres de 60 anos gostosas fudendo no estupro e gostando