Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PUNHETA E TRANSA COM MEU BROTHER

Era uma noite como as outras, havíamos lido uns contos e naquele dia eu tinha separado e dentre eles o de uma suruba onde o cara depois de comer a mulher comia o sobrinho este sentando no pau do cara. Percebi que ele leu este conto umas duas vezes mas não disse nada. Batemos uma punheta (cada um na sua cama) e fomos dormir. Eu tinha comentado sobre como comi um amigo depois de uma noite de bebedeira. No meio da noite acordei com o barulho da porta abrindo quando olhei vi que o Ângelo estava nu e na verdade estava fechando a porta ele estava de costas para mim e a visão daquela bunda me deixou de pau duro. Ele percebeu que acordei e perguntou se eu estava com sono, respondi que não ele disse que o quarto estava muito claro e pediu para que eu fechasse a janela; fechei e pus um lençol o que deixou o quarto bem escuro. Ele deitou na cama e pediu para que contasse novamente como comi o meu amigo na praia; estranhei visto que ele nunca se interessava por minhas aventuras homo, mas contei e citei o fato de que o enrrabei porque ele dormiu. Sentei na minha cama enquanto o Angelo estava deitado na dele. E ele pediu para que eu contasse mais estorias entao eu contava umas e ele outras, de repente ele parou e parecia estar adormencendo, foi quando lhe disse que ele não dormisse pois o outro havia se ferrado por isso. Ele continuou quieto e eu disse que ele poderia se ferrar. Como não houve reação e eu sabia que ele estava acordado pois o cacete estava duro e não tinha dado tempo de dormir, entendi o recado, criei coragem e pequei no pau dele. Ele continuou quieto mas a respiração ofegante o denunciava. Sá para amansar mais cai de boca e dei uma boa chupada no cacete, subi na cama dele e continuei chupando então fui abrindo as pernas dele e lambendo o saco e passei o dedo no cuzinho dele como não houve reação adversa, levantei as pernas dele e lambi o cu mais gostoso que havia experimentado. O pau dele estava latejando e quando o cu estava bem lubrificado encostei meu cacete na entrada e podia ver em seu rosto a expressão de prazer dele. Quando comecei a empurrar ele gemeu e se contorceu. O cú era realmente apertado. Eu estava tirando o cabaço. Ele que até então estava “dormindo” falou para que eu parasse pois estava doendo. E pediu para irmos para a outra cama visto que era maior. Entao ele começou a dar as ordens e eu de bom grado obedeci. Mandou que eu sentasse na cama e ele veio com aquela bunda maravilhosa sentando no meu cacete. Eu mal acreditava no que estava acontecendo. Ele sentou e gemendo fez com que aquele cuzinho engolisse meu cacete. Ele rebolava e dizia que estava gostoso. Agora era eu que estava inerte. Ele levantou-se e se colocou de quatro na cama eu meti e ele rebolava e dizia: empurra mais, tá gostoso, mete esta porra em mim, me fode! a pouca luz que entrava no quarto me dava uma linda visao daquela bunda gostosa levando ferro. Enquanto metia nele lhe batia uma punheta. Depois ele sentou de novo no meu caralho e gozou com meu pau no seu rabo. Senti o seu cu gozando no meu pau. Gozei junto com ele. Depois que gozamos não falamos nada e como se nada tivesse acontecido ele foi para a sua cama e eu fiquei ali deitado, ainda sem acreditar que era real.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


urso tiozao roludo conto gaycontos porno 28cmcontos o amigo do filho me errabou no tanque lavando roupacontos zoofilia cadela apaixonadacontos eróticos bem depravado de bem picantehistorias pra gozar minha menina de 19 aninhos e delirarTreinamento de cachorros para zoofiliacontos eroticos com menina de 07anos na praiacontos gay sentou no colocontos meu pai e minha esposafraguei meu garotinho de seis anos mamando o pau do vizinho contos eróticos gayvi outro gozar na boca de minha mulher contoscomendo a empregada contocontos eroticos de incesto inversão com mãe e filhinhonunca falei eu falei contos eróticoscontos eroticos nanysurubarse eu deixar no seu sobrinho como é lá dentro da piscina e gozar na sua caralena beijando sua amga gostosoContos to gravida de um travesti meu marido arrumouComi minha cunhada mais velha casada Adrianacontos chera calcinha de transmarido come a loira em silencio na cosinha e mulher espia boa foda sexocontos eróticos marido cornocontos a devassa do analcontos eroticos tirei a virgindade da minha tia gordinhaconto erotico fiquei com o cuzinho bem arrombado e cheio de porracontos eróticos virei marido da minha irmãvideo come meu cu e me batepor favorcontos erotico maridos camaradacontos herodico de vadia sendo arromba por um cachorrogorda sentada no sofa e cachorra lambendoContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorcontos à canzanarelatos erotico marido queria ser cornominha esposa fazendo caridade no amigoadoro dar para o nosso cachorro contos eróticoscontos tirar leite eróticoscontos eroticos, o bispo me comeu gostosoesporra encorpada na bocacontos eróticos de bebados e drogados gaysContos eróticos estreiando á xaninhafiquei olhando o travesti encoxando meu marido no onibusconto erótico mulher é domada e faz marido assistir ela traindomaravilha conto heterocontos eróticos gay taxista Santarém ParáContos minha sogra quis medir meu paucontos erotticos gay fui passear naa casa de minha madrinha e comi o cu de um meninnoocontos eroticos sou puta os preto me comeram no matoesfrega conto heroticouso saia pra ser encoxada no onibuscontos de fudendo coroas dos seio bicudo de maisminha irma casada conto eroticozoofilia garota de programa asustada com pauza do cavalo boneiContos Eroticos fudi amiga da tia choronacontos erotico viciadinha em chupa picaConto eu meu marido e nosso melhor amigoeu meu primo e minha mulher contoscontos eróticos coni minha filha e seu amigo gayconto erótico greludinha amiga chupa chupa flagraconto - so cabia um dedinho na bucetinha delaconto erotico minha esposa no jogo de baralhocomi minha mae no caminhão do meu pai contos incestoscumi minha intuadamoreninho hetero marrento contocontos eroticos perdendo avirgindade encesto compadreconto erotico fui cagar e o cachorro me comeu nao resisti e dei pro cavalo tambem zoofiliaconto de moçinhas inocentesporno com tio acorda subrimha pra fufet com eleconto eroticos aguentei mais d vinte e dois sentimetro d rola d meu sogroContos cm o vizinhoO cara desmaior a mulher e.meteu o.pou no.cu pornofiquei bem machucada por fuder com cachorro enorme contos de zoofiliafui trabalhar e meu marido usou minha calcinha fio dental contoscontos vi pai xupando pauas rola de pratigo na bucetaConto erotico dei pro meu papai e tioContos erótico pombinha inchadaConto eroticos zoofilia gays meu cao me traçou no meu quinta