Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MORENA GOSTOZA

Ola caros leitores me chamo Fernanda, moro em Brasilia-DF, sou morena clara, tenho um corpo bonito, pernas torneadas bumbum empinado, seios médios, tenho 25 anos sou casada a 6 anos com o Carlos, um homem maravilhoso, ele é mais velho que eu 19 anos, me casei muito nova por isso não tive muitas experiências sexuais, pra ser sincera, ates do meu marido eu sá havia conhecido um homem com quem perdi a virgindade apesar que sá fomos para a cama duas vezes, por isso me casei inexperiente sexualmente falando. Minha vida é maravilhosa em tudo, meu esposo é um homem muito carinhoso, sá que depois de 3 anos de casados percebi que havia esfriado um pouco, foi então que resolvemos variar, ele começou a locar filmes pornô e a comprar revistas pornográficas foi muito bom, nosso sexo melhorou muito, sá que também despertou em mim curiosidades e desejos que eu não tinha coragem de falar para meu marido, o que eu mais adorava era ver mulheres transando com dois homens ao mesmo tempo, para mim era o Maximo ver uma mulher de deliciando com duas varas... quando eu lia os contos eu também escolhia temas no mesmo estilo; isso foi se tornando um obsessão, meu marido metia um dedo em meu cuzinho e outro dedo em minha boca enquanto metia o pau em minha xoxotinha, eu ficava louca e vinha em minha cabeça todas aquelas cenas dos filmes,pena que o pau dele não era do tamanho daqueles dos filmes, era bem menor, um dia nos estávamos bêbados e fomos para a cama colocamos um filme e começamos a transar assistindo o filme, enquanto ele me comia enfiou um dedo em minha boca e outro no meu cuzinho, fiquei louca na hora, pedi a ele que metesse mais, ele então falou: você gosta de vara sua cachorra, gosta então imagina como seria se fosse você naquele filme, imagina você com dois paus a sua disposição olha, eu olhava para o filme e ficava louca, ouvindo aquelas palavras da boca do meu marido, e ele continuava a me atiçar, você gosta de vara sua caxorrinha, então imagina você com um pau na buceta outro no cu e outro na boca, eu fiquei mais louca de tesão ainda, quanto mais ele falava mais eu mexia no pau dele, mais eu chupava o dedo dele, ate gozarmos, foi o maior orgasmo que tivemos, a partir daquele dia nás repetíamos a sena toda vês que bebíamos, aquelas transas mexeram mais ainda com minha imaginação, quando eu ficava sá em casa eu folheava as revistas admirando aqueles paus enormes e imaginava como seria dois homens bem dotados me comendo pra valer e se eu daria conta, eu ate me masturbava pensando nisso, muitas vezes eu acordava de madrugada para me masturbar. Acho-me uma mulher atraente, se eu quisesse trair meu marido eu já teria feito a muito tempo, pois ate os amigos dele davam em cima de mim, mas eu não dava bola, pois amo o Carlos, mais eu queria ter novas aventuras conhecer homens diferentes sem sentimentos de culpa ou seja com o consentimento do meu marido, como o Carlos adora ler contos também, me veio uma idéia, e resolvi testar pra ver o que ele faria, saímos no sábado a noite e depois de algumas cervejas começamos a falar sobre sexo, quando o papo já estava bem quente lancei a pergunta: Carlos você tem fantasias sexuais? Pra minha surpresa ele sorriu e respondeu: mas é claro que sim, todo mundo tem, eu tenho você tem, é normal em todo ser humano!, não perdi tempo e falei, então me fala uma? E ele respondeu: é difícil falar, são apenas fantasias, mas se eu disser talvez você se ofenda, incisti e falei que não me ofenderia, ele então me respondeu com outra pergunta: me fala uma fantasia sua que falo uma minha? Gelei na hora, pra resumir nem eu falei nem ele, quando deu meia noite fomos embora já estávamos bem tomados, ao chegar em casa, tirei a roupa fiquei sá de camisola e sem calcinha, eu tava doida de tezão, quando ele se deitou sá de sunga, estávamos totalmente sob o efeito das cervejas que tomamos, fui no guarda roupas peguei duas revistas uma pra mim e outra pra ele, ele olhou pra mim e falou você tal mal intencionada, sorri e falei to mesmo; comecei a folhear uma e ele a outra, foi então que me veio na cabeça outra idéia, e falei com ele: já que nem você e nem eu tivemos a coragem de falar nossas fantasias, vamos fazer o seguinte, eu escolho um conto que tenha uma fantasia minha e você outro que tenha uma sua? Ele falou topo! Mais depois você lê o que eu escolhi e eu leio o seu? Topei na hora, escolhi um que a mulher dava para o marido e um amigo que eles tinham conhecido na internet, quando terminei de ler minha bucetinha já tava toda melada, trocamos de revista, e para minha surpresa o conto que ele tinha escolhido era parecido, era de um homem que adorava ver a mulher dando pra outros homens bem dotados, fiquei louca de tezão, ele olhou pra mim meio sem graça e perguntou: gostou do conto que eu escolhi? porque eu adorei o seu! Respondi com um longo beijo, e parti pra cima dele, fizemos um 69 alucinado e depois subi em cima dele, fazendo minha bucetinha engolir todo o cacete dele, nos fudiamos gostoso quando di repente ele colocou um dedo em meu cuzinho e perguntou: você tem vontade de dar para outros machos sua cachorra? Você quer sentir uma vara diferente nessa bucetinha deliciosa quer sua safadinha? Respondi na hora? Quero sim meu gostoso, to com muita vontade de dar pra outro macho na sua frente, você deixa? E ele falou deixo minha gostosa eu adoraria ver você mamando e sentando em outra vara sua cachorra safada, e eu falava, então arruma outro macho pra mim arruma, quero fazer de você um corninho manso, e ele então falava então me chama de corninho vai, eu o chamava de corno, falava que queria um pau grande e grosso na minha bucetinha, naquela noite, nás transamos feito loucos e na manha seguinte acordei com ele me futucando com o pau duro abri as pernas e falei mete em mim vai amor mete, você quer comer sua cachorrinha novamente é? E ele respondeu quero sim minha gostosa, ele meteu ate gozar dentro de mim, levantamos tomas um banho e fomos tomar café, ele me pediu desculpas e falou que talvez não devíamos ter feito o que fizemos, perguntei porque? E ele falou que tinha medo de perdermos o respeito de um pelo outro o beijei e falei, que eram apenas fantasias e que se um dia as realizássemos teria que ser com o consentimento dos dois... pra minha surpresa ele falou que a maioria dos homens casados tem a fantasia de ver a mulher com outros homens, mas não admitem... Ele me beijou e falou que me amava... depois daquele dia nossas noites se tornaram mais quentes, quando transavamos imaginávamos situações diferentes, um dia nás estávamos assistindo um filme em que uma mulher dava pra dois caras bem dotados, quando sentei no pau dele, ele perguntou: ta gostando sua cachorrinha, ta gostando de levar vara na bucetinha ta? E respondi que tava adorando, ele então me falou: então olha por filme olha, imagina você com dois homens com paus daquele tamanho te comendo imagina, eu falava, to imaginando meu gostoso to imaginando, e ele começou a perguntar: você aguenta um pau daquele tamanho aguenta? Eu respondi aquento aguento sim, arruma um pau daquele pra mim vai eu quero sentir um rola bem grande dentro de mim, ele começou a bombar com mais força e falou: vou arrumar sua cachorra, quero ver você dando pra outro homem; minha nossa nás gozavamos feito loucos usando todas aquelas imaginações... ate que um dia resolvemos por em pratica, falei pra ele que deixava por conta dele, que ele é quem ia escolher como e onde seriam realizadas nossas fantasias, pois teria que ser com muito sigilo e segurança, ele falou que tinha que ser com alguém desconhecido, de preferência de outra cidade, e que gostasse do mesmo tipo de fantasia, concordei...sá que tava demorando e toda vês que trasávamos eu perguntava quando seria, e ele falava que seria em breve, ate que um dia ele falou que tava teclando com um cara via internet e que o nome dele era Wesley, e que já estava agendando a ida nossa ate a cidade dele, e que ele mora em Goiânia-go... ele me mostrou as fotos de Wesley que ele tinha mandado via email, ele era lindo, um moreno de corpo definido, e pela foto tinha um pau de mais ou menos uns 22 centímetros e grosso... nás transavamos direto imaginando o Wesley me comendo...até que chegou o dia, sá que ao invés de nás irmos ate Goiânia, ele é quem viria ao nosso encontro, ficou tudo certo ele viria passar o fim de semana conosco... na sexta feira levantei cedo e comecei a me preparar para a noite, fui me depilar, comprei calcinhas novas e bem provocantes... quando deu sete e meia fomos para a rodoviária esperar o Wesley, eu estava usando um vestidinho branco que realçava as curvas do meu corpo, uma sandália de salto alto, para empinar ainda mais meu bumbum e uma minúscula calcinha vermelha, tudo escolhidos pelo Carlos... o ônibus chegou as 8:30 da noite, quando avistei o Wesley meu coração acelerou de tanto nervosismo, o Carlos pegou em minha mão e falou pra eu ficar calma que iria dar tudo certo, quando ele se aproximou, ele era mais lindo pessoalmente cumprimentou primeiro o Carlos e depois me deu um longo abraço e falou em meu ouvido que eu era mais bonita pessoalmente, fiquei com a bucetinha melada na hora... fomos para o carro colocamos as bagagens no porta malas e fomos em direção ao nosso apartamento, foi então que o Wesley falou que talvez seria melhor pararmos em algum barzinho para tomarmos alguma coisa, pois estávamos precisando relaxar um pouco, topamos na hora... fomos para um bar desconhecido sentamos e pedimos uma cerveja e dois wiscks... bebemos umas três rodadas, Wesley sempre atencioso comigo, ate que o Carlos falou que iria ao banheiro nos deixando a sás na mesa... ele me olhou fixamente e falou que não via a hora e estar comigo, de me sentir em seu braços, de me abraçar, me beijar, de chupar, me cheirar, me possuir, fiquei louca ouvindo aquelas palavras, e ele então disfarçadamente encostou a perna dele na minha, fiquei tremula na hora... tomamos mais uma rodada e fomos para o carro... o Carlos foi dirigindo e eu e Wesley no banco de traz... começamos a nos amassar ali mesmo, ele de dava cada beijo que me deixava sem fôlego, as mãos dele percorriam meu corpo todo, ele pegou a minha mão e pois em cima do pau delo por cima da calça, eu o apertava e pelo voluma era bem grande... quando chegamos na entrada no prédio paramos, e como não podíamos nos beijar por causa das câmeras dos elevadores... resistimos ate chegar dentro do apartamento...ao chegar o Carlos nos serviu com wisck e falou pro Wesley ficar a vontade... ele então caiu em cima de mim, minha nossa que homem quente e gostoso, eu não via a hora de cair de boca no pau dele, ele me beijava, as mãos dele percorriam meus seios minha bucetinha, eu tava cada vês mais louca de tesao, que ate esqueci do meu marido,o Wesley começou a tirar minha roupa e caiu de boca em meus seios, me chupou com vontade, foi descendo por minha barriga ate chegar em minha bucetinha, ele pôs a calcinha de lado e começou a me chupar, minha nossa que delicia sentir outra língua que não fosse a do meu marido me chupando, ele então tirou minha calcinha abriu minhas pernas mais ainda e começou a me chupar novamente, eu fiquei tão louca que comecei a pedir a ele que me chupasse mais e mais, foi então que ouvi um sussurro do meu marido, o convidei para vir participar da brincadeira também, ele já estava totalmente pelado e de pau duro, enquanto Wesley chupava minha bucetinha eu chupava o pau do meu marido... quando eu tava quase gozando, empurrei Wesley falei que queria chupar o pau dele, ele ficou em pe eu me ajoelhei na frente dele, quando desci a sunga foi que pude ver o tamanho daquela vara, dava quase duas da do meu marido, cai de boca eu mamava feito louca, ate que o Carlos encostou e falou pra eu chupar o pau dele também, eu mamava os dois, beijava lambia chupava, quando percebi que o Carlos tava querendo gozar parei e falei vem pro sofá os dois, mandei wesley se sentar, quando ele se sentou cai de boca novamente, fique com o rabo empinado, virei pro meu marido e falei, chupa minha bucetinha meu corninho que daqui a pouco ela vai levar essa vara deliciosa, daqui a pouco você vai ver ela levando essa vara enorme chupa, ele prontamente atendeu ele chupava enfiava o dedo, enquanto eu mamava aquela vara grande e grossa, depois me levante mandei o Carlos se afastar e ficar sá olhando, ele sentou no outro sofá, eu fui em direção de Wesley fiquei de frente pro meu marido e falei, agora você vai ver minha bucetinha engolindo esse pau grande, grosso e delicioso seu corninho, me sentei no colo de Wesley encaixei aquele pau enorme na entrada da minha xoxtinha e comecei a sentar nele, minha nossa que delicia sentir aquela cabesona me invadindo, fui sentado ate o pau entrar todo, eu nunca tinha sentido um pau daquele tamanho, comecei a cavalgar, era gostoso demais, Wesley me xingava de puta de piranha, falava que eu era gostosa, e eu cavalgava cada vês mais, eu olhava pro meu marido, dava pra ver nos olhos dele que ele tava gostando da sena, quando fiquei de pernas bambas, desengatei do pau do Wesley, o pau dele tava todo melado com o liquido da minha bucetinha, fiquei de quatro no sofá e falei vem gostoso mete essa vara enorme em minha bucetinha mete, minha nossa, foi ai que pude sentir o tamanho real daquele pau, eu gemia, rebolava naquela vara, olhei pro meu marido e chamei ele, ele encostou mandei ele sentar na minha frente, ele sentou e comecei a mamar a rola dele, minha nossa eu tava realizando minha fantasia, eu tava mamando uma vara enquanto tinha outra metendo minha xoxotinha, olhei pro meu marido, ele tava olhando pro pau do Wesley entrando e saindo de dentro de mim, foi então que perguntei pra ele, ta gostando seu corninho, ta gosta de ver sua mulherzinha dando pra outro homem ta, ele falou to sim minha cachorrinha, não vejo a hora de meter nessa bucetinha toda arregaçada, então olhei pra Wesley e falei, mete gostosão mete mais, arromba minha bucetinha, mostra pra meu corninho como você ta adorando me comer, e ele falou, to mesmo, sua bucetinha é deliciosa, quero comer ela sempre, ele aumentou os movimentos eu não resisti e comecei a gozar na vara dele, quando meu marido notou que eu tava tendo um orgasmo, começou a falar, goza sua cachorra, não era isso o que você queria, gozar em outro pau que não fosse o meu goza vai, gozei feito louca, fiquei de pernas bambas, pedi ao Wesley para tirar o pau de dentro, no pau dele chega tava escorrendo meu gozo de tão farto que foi, deitei no sofá e falei vem Wesley continua me comendo vem, e ele mais uma vês meteu aquela tora enorme dentro de mim, ate que ele anunciou o gozo, eu comecei a falar, goza gostoso goza, enche minha bucetinha com seu gozo enche, ate sentir aquele leite quente derramando dentro de mim, quando ele terminou de gozar tirou o pau de dentro, então chamei meu marido vem corninho vem comer sua bucetinha melada vem, ele então meteu, e começou a bombar com força, eu o provocava, come corninho come minha xoxotinha come, ta vendo como ela ta arrombada ta, você gostou de me ver dando pra outro homem pauzudo gostou, ele não aguentou e gozou dentro de mim também; depois fomos tomar banho exaustos, quando voltei cai de boca no pau de Wesley novamente, meu marido tava cansado, então meti com Wesley ate gozarmos novamente... no sábado nás transamos pela manhã, a tarde e a noite, no domingo, transamos umas quatro veses, fiquei com a buceta toda ardida, mais fiquei satisfeita... ate hoje Wesley em meu amante, quando ele não vem em Brasília, nás vamos a Goiania, as vezes vou sozinha, passo o sábado e o domingo dando pro Wesley, e sempre chego em casa toda ardida... depois dessa aventura meu relacionamento ficou mais gostoso, eu e o Carlos somos mais felizes, confiamos mais um no outro... o Carlos falou que no meu aniversario vai me dar dois homes de presente, não vejo a hora de chegar esse momento...

Espero que tenham gostado do meu conto... e pra vocês mulheres de plantão, lembrem se do que disse meu marido... a maioria dos homens tem vontade de ver suas esposas dando para outros homens, então aqui vai um conselho, se você tem essa fantasia e acha talves seu marido goste de variar, vá fundo crie oportnidades, mecha com as fantasias deles e gozem bastante...beijos...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


casadoscontos eroticos amiga escola chuvacontos exitantes eroticos deixando os velhos me chuparo sobrinho contosso coloquei nas coxas da ninfetinha cachorracontos arrombado no banheirocontos eroticos meu tio meu amante casa de vovoconto chupei a bucetinha da minha sobrinha de sete anos que ficava na minha casaconto cachorro tirou minha virgindadeTia chupou todinha de pernas abertasSonifero para os meus pais abusei de mamae contoporno com.negp mulher sobe eu sima deleContos fui castradocontos gays sendo o viadinhos dos adultos que me humilhavamConto erotico minha tia coroa s fazendeiracontos erotico gay punheta no cuzinho do netinho pequenowww.contos de incesto deixei meu tio chupar minha bucetinhaconto erotico comendo Minha Tiahistorias eroticas de onibus lotadosminha vizinha poliana muito gostosa contosContos eroticos iniciando as meninasmorena bronzeada na locadora pornôRejane gosando na siriricacontos eroticos batendo punheta olhando pro cuzinho do nemino Conto Erotico minha sogra tem uma bunda enormeminha irma envagelica encestocontos sexo minha tia queria leiteusando uma calcinha pequena e morrendo de tesaiquero ler conto erótico sogro f****** com a noraContos eróticos minha prima dica qué seu namorado não dava contacontos eroticos de homens que vestem as calcinhas das esposas e saem com travesticontos de filhos chera causinhascontos eroticos meu marido me vendeuconto porno mulher gosta pau 25cmmulher passa muita margarina no proprio cuvideos zoofilia cavalos gozando na bucta epenetrandocontos eróticos com esposa pedindo merda na bocacontos minha primeira vez a trescontos eroticos conquistsndo a tiacontos eróticos de gatinhas novinhas dando para super hiper dotadosesporra encorpada na bocacoroas peitos durinhos bicudo bundas gggcontos eróticos coroas boqueteirascontos eróticos de bebados e drogados gaysvídeo pornô mulher casada fica cheia de tesão com a venda em JarinuContos adoro verecotra coroa que.evie vido sexo avivocoroa safado fofndo uma novinha déliciosa pornocasada chantageada e submetida aos limites contos eroticosah e. mist traSado no chuveirorelato de corno que deu a esposa para o cunhadoContos porno minha noiva bebadaViciei a novinha no anal contoscachorro pinche lambe buceta e festaxvideos minha matrasdo nu meu quato sexocontos eroticos de comi minha. sograrelato eróticos violênciavoyeur de esposa conto eroticocontos negao limpando quintal da casadapai tio me fodendo contoscontos erótico com filhinhas das amigasesposa arrombada contos eroticoscontos erótico ele derrubou com a esposa juntomeu pai e o amigo dele comeram minha namorada contos eróticosxanimhacontos enrranbando o cu minha filhaContos sou casada mas colei o velcro com a vizinhacontos eroticos fuderam gostoso minha mulher no barcontos porno de incesto real pai filha e mae juntosminha sobrinha me chupou enquanto eu dormiacontos comi uma cabritinhame larga lençou bom diacontos sexo dividindo o casamento e a camaRelato de zoofilia dando o cabaço pro burroVer vidios porno de exetos e contos eroticos somente de pai chupando a bucetinha propria filha, pequenininha da filinha caçula que e pequena de tudo que nem tem penugem na bucetinha ele chupa na mara:) contos fudendo com painhosexo peladas meladas de margarina no corpo inteirocontos erotico irmao cafetao da irmacasada tarada por caninowww.tias.de.fio.dental.sobrinho.nao.resistepornodoido provando da minha melhor amiga continuaçãopai gosano dentro da eintiada. ela gritamete mete mete gostoso. contoscontos safados inversão e dominaçãoconto erotico lindinhadocontos sobrinho pega tiameu cachorro gostoso viril zoofilia histórias