Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DOMINADO NO ESCRITORIO DELE

Esse é meu terceiro conto. Como já falei nos contos anteriores tudo que escrevo é realmente verídico. Tenho 1,60 cm 60kg sou branco e tenho uma bunda empinadinha. Comecei a ter tesão em ser dominado já algum tempo lendo os contos eráticos desse site. Tive alguns experiências mas essa semana parece que encontrei um verdadeiro Dominador.

Foi através do bate-papo do UOL que conheci um cara submisso assim como eu. Minha intenção era saber como ser um bom submisso. Teclei com ele várias vezes. Ele então começou a me passar o MSN de caras dominadores que ele conhecia. Eu add alguns caras mas nada de conseguir muita coisa. Foi até que então um dos caras que ele me passou o e-mail entrou online e de cara me perguntou se eu era realmente submisso.

_ Vc é submisso?

_ Sim. Respondi

_ O quanto? Ele perguntou

_ Totalmente. Respondi-lhe

Ele ficou interessado e começamos a tc. Disse que estava procurando um escravo. Eu comecei a falar como gostava de ser dominado. Disse que gostava de ser amarrado, xingado, levar tapas (sem deixar marcas), beber mijo e se possível ser fistado.

Ele adorou tudo e disse que queria que eu vc seu escravo pra ele me usar junto com seus amigos. Nessa hora fiquei com um tesão maior ainda.

Perguntei a ele qual o tamanho do seu pau. Ele disse que devia ter uns 20 cm e que era muito grosso. Mais tarde pode confirmar que não mentiu. Foi aí que eu disse:

_ Nossa com um pau desses nem preciso ser fistado. Ele respondeu:

_ Fica tranquilo. Vc vai ser arrombado. Vc vai gritar e pedir para parar (e foi isso que aconteceu).

Eu estava sem tempo de marcar algo com ele. O único tempo disponível que eu tinha era naquele mesmo dia a tarde. Ele então me propôs de ir ate o escritário dele. Achei meu perigoso mas o tesão falou mais alto e fui. Ele disse que passaria toda a tarde sozinho e que daria tempo pra fazer muita coisa.

Eu combinei com ele a hora e o local. Fui até seu escritário no centro do Recife, perto da Unicap. Antes de ir ele me deu algumas ordens. Disse que era pra eu ir de calça Jens e sem cueca por baixo. Me queria bem putinha.

Quando cheguei na frente do escritário, uma pequena residência de primeiro andar, ele mandou eu subir ir até uma salinha na parte de cima. Subi pelas escadas e ele logo atrás. Parecia meu loucura estar ali com um desconhecido sozinho mais meu cu estava piscando de tesão.

Ao subir, ele ficou de frente pra mim e colocou a rola pra fora sem tirar a calça. Pôde ver que não mentiu era uma rola grande mesmo e muito grossa. Ordenou que eu ficasse de joelhos e chupasse seu pau. Obedeci na hora. Depois de dar umas boas chupadas naquela vara ele sentou em uma poltronazinha e mandou eu chupar mais sua rola. Foi aí que tive que levar muito tapa na cara pra aprender como meu Senhor e Dono gosta de ser chupado. Ele disse que gostava de ser chupado da seguinte forma: descendo a boca até o talo e depois subir lentamente se concentrando um pouco na cabeça da rola. Um rola linda branca, grossa e reta e com a cabeça rosada. Ele dizia:

_ Chupa direito puta. Quer apanhar viado ? e metia a mão na minha cara.

De vez enquanto eu parava de chupar e logo em seguida voltava mais tinha que pedir sua permissão caso contrario apanhava de novo.

_ Posso chupar sua rola senhor? Perguntava eu.

Cheguei a me sufocar varias vezes com aquela rola. Nunca tinha chupado uma rola tão profundamente assim apesar de já ter visto e levado rolas maiores.

Depois de longas chupadas e engasgadas ele mandou eu ficar em pé de costas pra ele, tirar a calça, abrir a bunda e mostrar meu cu pra ele avaliar. Ele olhou pro meu cu, enfiou um dedo, passou a mão na minha bunda e depois deu um enorme tapa. Vi estrelas nesta hora. Depois mandou eu ficar de quatro no sofá, colocou uma camisinha em seu pau e meteu tudo de uma sá vez em meu cu. Porra 20 cm de rola grossa toda de uma vez em meu cu foi uma dor insuportável. Começou a dar estocadas eu gritava e ele batia na minha bunda virava minha cara e sentava a mão na minha cara. Depois de uns minutos me fudendo com toda a força ele parou. Cai no chão não estava suportando. Ele começou a me chutar ali no chão. Depois ordenou:

_ Levanta a perna, vou te comer de frango assado.

Comigo no chão ele levantou o Maximo que pode minhas pernas e mandou eu segurar minhas pernas no alto. Voltou a meter tudo e com força muita força. Eu gritava e ele me dava tapas e me chamava de puto e viado.

Em seguida mandou eu chupar seu cu. Tive que enfiar a cara no seu cu e chupar por um longo tempo.

Ele comeu muito meu cu. Eu já não aguentava mais levar tanto rola. Ele então voltou pra seção de chupadas (que tinha que ser como ele gostava). Chupei seu pau por mais uns dez minutos. Depois ele mandou eu ficar de quatro com a cabeça no chão e não levantar a cabeça. Vestiu sua roupa, ficou em pé novamente na minha frente e mandou eu chupar mais. Depois mandou eu vestir a calça. Chupar mais uma vez sua rola de joelhos e depois colocar a camisa. Chupei mais uma vez sua rola. Depois mandou eu ficar em pé. Me deu um beijo na minha boca enfiando sua língua grossa toda na minha boca. Cuspiu na minha boca e me deu mais alguns tapas. Perguntou:

_ Gostou viado?

_ Sim senhor. Respondi.

_ Porque gostou?

Tinha que responder aquilo que ele queria mais fiquei com medo de errar. Ele então me deu outro tapa e disse o que eu deveria responder

_ Porque eu sou um puto, um viado e gosto de ser fudido, vai responde.

_ Porque eu sou um puto, um viado e gosto de ser fudido. Levei outro tapa.

_ Ta faltando o que seu merda?

Tinha esquecido de dizer senhor.

_ Porque eu sou um puto, um viado e gosto de ser fudido, Senhor.

Depois ele combinou comigo quando eu teria que voltar lá. Ele também me prometeu que eu seria fudido pelos amigos dele que tinha rolas tão grandes quanto de meu dono. Um deles, segundo o meu Dono, tem a rola de 23 cm. Deve ser uma delicia. Não vejo a hora de ser dominado mais uma vez pelo meu dono e seus amigos. Caso alguém queira entrar em contato comigo meu e-mail é [email protected] sou de recife.









VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


bêbado perdi as pregas contos eróticosrossou em mim contosvi meu filho na punhetaTravest comedo tra estcontos eroticos meu sobrinho pauzudobolinei minha cunhada por baicho da mesa videosainha olhava lesbicas contoslésbica meu cu foi arrombado contoContos eroticos titias caindo na rola grossa do sobrinhoandava só de cueca no carro. conto gay teencontos eróticos de novinha dando para garanhãovai me arrombarcomentário de. mulher que ja a buceta pro donzelocontos eróticos corno mansohomem nu de pau dueucontos calcinha da minha tia coroapau duro micaelacontos eroticos brincando escondido infanciacontos eróticos de bebados e drogados gaysvideos de novinhas que nao esperavao que o pinto entrasse no cuconto erotico teen gy saradinhowww.contos eroticos maes e filhosConto a tia vadiaComtos erotico chuponas.de.rola.conto erotico comi minha irma casada no ranchocontos erotico defrorado pelo irmão mas velhomeu filho me encoxaram a noite bunduda,conto ela apostou o cuzinho e perdeupau na boca da namorada dpcontos swinger fudendo sogra e sogro biconto chantagem afilhadaconto e foto da Branquinha casada e g*****Contos gay novinho que foi rasgado por varios homenscontos eróticos Paula vizinha casada gostosacontos eroticos a mulher do pastorSo uso fio dental enfiado no cu.conto erotico femininocontos bdsm erposas escrava submissasocontos eroticos de traicao com vizinha gostosahistoria e contos lesbica primeira vez com minha babacontos eroticosmulher r sogroamiguinha da minha filha me chupouquero uma menina cabelos longos escuros deitada na piscinacontos eroticos corno oferecendo namoradaxanimhacontos eroticos homem casado dando para o primocomendo e falando sacanageme gozando contostoda e Vânia chupando a bocaconto punhetinha gostosacontos eroticos de meninos gay o dia q dei o cuzinho pela primeira vez e virei menina da molecadaafeminados de praia grande contatoslésbicas chupando sopinhascontos eroticos feminino cunhadocoroas gostosas transando com meninos contos fatos reaiscontos/eu e minha mulher fomos assaltados e enrabadosconto erotico com amiguinho do meu irmaohttp://idlestates.ru/m/conto_16695_foi-pra-ser-chupado-e-o-negao-me-comeu.htmlf***** pelos peões da obra contos eróticos gayscasadas safadas me deu a calcinha usadas contos eroticoscontos eroticos pagando divida do filhoAdoro dar o cu para o papa contosconto mae e sua bundaconto mamae fode com filho aniversariantepulando casa do vizinho cherando calsinhaConto erotico contando minhas tranzas para meu pai e acabou me comendoporno grades com minha prima de rageriChantageada e comida contosquero cadastra meu email no canto erotico de casais com mais de quarenta anoscontos eroticos com cavalo zoofiliavideo de branquinho magrinho dando o rabinho a forçaContos eróticos molekas virgensConto gay com cantocontos eróticos virei marido da minha irmãcontos comi a amante do meu paicontos eróticos com padrastovideos e contos reais de mulheres engatada com dois cachorrosContos de casadas inrrustidasContos eróticos picantes-padrasto e sobrinhaConto eu e meu marido bebemos muita porra fresquinhaconto eróticos mana so de calcinhacontos eróticos por categoriamamãe chupava minha xotachantagem com casal. que pediu carona contos eroticominha tia olhando meu paucache:A_ULZ8FKkSgJ:okinawa-ufa.ru/home.php contos eroticos faxineiraFui vendida como escrava sexual para um negaoorando outros peitões da bundona gostosa"contos eroticos" duas cunhadascontos de sexo picantes filhas se acabando nas pirocas. groças. e grandes do papai taradaogenro se esconde no quarto da sogra gostosa de fio dentalfiquei com o marido de minha amiga com aprovação dela contos.eroticoscontos eróticos me fode caralho vaicontos por favor poe na minha bundinhaquero ver Márcia cama na buceta e gozando quero ver Márcia cama na buceta e gozando quero ver Márcia acabando a buceta e gozandoConto tia a massageava o pauconto erótico chantagem na mataso sadomasoquismo com maridos violentos contos eroticosencoxada no ombro contosconto entreguei os pés da minha mulher para um amigo