Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

LEITE NO AÇOUGUE 02 ! ! !

LEITE NO AÇOUGUE 02 ! ! !

OLÁ PESSOAL, AQUI É O BETO NOVAMENTE, VOU CONTAR MEU QUARTO CONTO.

Depois da primeira experiência juntos, ficamos mais íntimos, e mais safados nas brincadeiras. Pois se passaram uns quatro meses mais ou menos, e Célio do açougue, me disse que estaria sozinho no dia seguinte, e que se eu quisesse passar lá depois das 19 horas, ele estaria a minha espera. Topei na hora, disse que iria sim, mais fui logo dizendo a ele que não era para ele gozar rápido.... ele riu, e disse que iria tentar se segurar. Fiz a mesma coisa que da primeira vez, entrei no açougue faltando uns 5 minutos para ele fechar. Fiquei lá dentro, e ele baixo a porta, e fomos para os fundos do estabelecimento, mais dessa vez, não fui direto no pau dele, sá passei a mão, fui mais abraçando e cheirando seu pescoço, pegando no bico do peito, alisando o cabelo, as costas, a bunda, ficamos no maior sarro, pau com pau, se esfregando mesmo feito dois animais no CIO, fui descendo minha boca, mordendo seus mamilos, sua barriga até chegar no seu pau, dessa vez já estava todo melado daquele líquido lubrificante, tive um pouco de nojo, mais não podia demonstrar, com a minha volúpia passei uma das mãos por cima da cabeça para tirar o excesso de baba, e meti a boca, ele ficou louco com os olhos fechados e com uma das mãos na minha cabeça, foi quando ele puxou uma cadeira e se sentou na borda com as pernas bem abertas, fiquei meio duvidoso no que ele realmente queria, continuei chupando seu pau, aí foi quando ele disse: chupa meus ovos, na hora pensei essa e minha oportunidade de chegar mais fácil no seu cú, ai eu disse apáia e abre suas pernas na pia, nossa,,,,,,, conseguia ver aquele cuzinho rosinha pela primeira vez,,, mais não podia espantar a presa,,,,, comecei a chupar seus ovos, mais com uma das mãos fui colocando no seu rego, subindo e descendo a mãos em sua bunda, ele não fez nenhuma objeção então fui cada vez mais atrevido procurando seu cú com meus dedos, quando achei a entrada de seu cú, eu pensei, vou acelerar a chupada e quando ele gozar eu coloco meu dedo no seu cú, dito e feito, quando notei que estava preste a gozar, coloquei o dedo de uma sá vez, aí ele falou não faz isso,,,, aí tirei a boca do seu pau, e disse goza logo, meu dedo já entrou mesmo, foi sá o tempo de eu terminar de falar ele explodiu em gozo, desta vez na prápria barriga. E mais uma vez uma quantidade enorme de porra, e nada de eu tirar meu dedo do seu cú, enquanto ele gozava rios de porra, fui pegar no meu pau, iniciar um punheta, mais também foi rapidinho que eu gozei, pois não queria perder a oportunidade de gozar com o meu dedão no cú dele. Perguntei e aí, tudo bem??? Ele disse: tudo. Falei para ele que eu queria dar a bunda para ele, ele disse: vamos para práxima que minha esposa viajar, eu disse: então tá combinado.



Categoria desse conto é: GAY.

Email: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos minha sogra franciscacontos minha namorada me fez corno com vizinho marrentosou casada loba contosinocensia perdida contos suruba no piasinhocontos eróticos professor japonêsbaraguay da buceta grande e carnudapm me comeu contocontos eroticos real matrasta eem tiando contos eróticos CidinhaContos internauta quer comer meu cuContos de ninfetas sem calcinhacontos eroticos de primos q ficaram com primascontos perdendo a virgindade com o pedreiro e encanadorpornô mobili com coroa e vamos até gozarcontos erótico de estupro em boatestranso com meu cachorro todos os diascontos eroticos colosogra come nora pono segipanocontos eroticos da minha tia amadorasconto ru e minhas filhasvou ponha ela no coichoumeu marido é um corno muito especialcontos betinha vendo a irma sendo fodidacontos eróticos ficando com a casadaAquela seria uma luta inédita e muito estava em jogo para Marilia. Há 3 meses ela havia descoberto que eu tinha uma ...cheirinho.gostoso da bucetinha contosporno contos inserto massegemporno estrupo do chefunho cnto eroticsPornodoido passistascontos eróticos realizando a fantasia da minha mulher no nosso aniversário de casamentobrincando de casinha conto eroporno nas baladas de contagem novinhasrapazes peladoes se exercitando na academiacontos eróticos insertos tiaconto estrupando o cu da menininha novinhacoroa casada depilada contoshome acordo de manha com uma bela chupada do paucomedo prima emquado os tios n taconto erotico com amiguinho do meu irmaoGoiás borracheiro conto gaycontos porno dei boa noite cinderela para meus pais e comi minha maecontos eróticos de bebados e drogados gayscontos eróticos bunda enorme.e os bandidosfui pega no flagra contos eroticoscontos eroticos comendo o rabinho da bebadawww.flogdesexo.compauloelizabethwww.contoseroticos eu e a minha vovócom.br/conto_4323_tudo-em-casa-real-mae-e-filho.htmlconto eróticos Acidente da casadaGoiás borracheiro endereço conto gay de calcinhaporno peguei mihna prima pelada no meio da casa varendofilho tadoendo tira docu contos eroticosCONTOS ESPOSA CORNO ANDREAcontos eroticos medicocontos eróticos professora com garotinhosconto erotico colegiais sexo entre familiacontos eroticos gozando dentro da novinhacontos de no dedinho do padrinhocompadre taradoananzinha cagona contos erotcoMinha namorada deu a bucetaa minha esposa foi a praia de fio dental e o punheteiro vez a festa. contos eróticoscontos apanhando do tutorcunhadomeu amante eu sou casada contos e videos reais caseiroscontos eróticos esposo.foi jogar futebolcontos aempregada nordestinacontos eroticos Itapetiningacontos de coroa com novinhopresenciei minha esposa me traindoCaiu de boca na xana contocontos eroticos amiga seduz sua amigaconto de arrombando o cu do empregadoConto de putinha para os tarados da cidadecontos eroticos de namorada fazendo sexo pelo celular com o namoradoПРОДАМ-БАЗУ-САЙТА-okinawa-ufa.rucontos eroticos jingridconto erotico trabalho sala reuniaoxxx conto mais babado do incesto