Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

JAPONESINHO VIADO

Sou japonesinho e eu tinha 7 anos de idade, nada sabia a respeito de muitas coisas... Um dia eu estava sentado na calçada em frente de casa quando um cara de uns 19 se aproximou e perguntou se eu queria brincar no campinho. Respondi que sim. Ele me disse que se eu quisesse ele me levaria lá e seguimos rumo a um matagal. Ele me levou pra um campinho que tinha uma cabana.



Ele me falou para entrar e como não havia nada dentro perguntei do que ele costumava brincar lá. Ele me explicou que brincava de “vaquinha”. Ele foi dizendo que ia me mostrar a brincadeira, e eu deveria fazer tudo o que mandasse. Eu obedeci.



Aproveitando da minha inocência ele se aproximou, me mandou ficar de quatro e subiu em cima de mim, encoxando a minha bundinha. Fazia movimentos de vai-e-vem contra meu corpo, enquanto dizia baixinho no meu ouvido que nunca tinha visto uma vaquinha com uma bundinha tão gostosa e que estava gostando muito de brincar comigo. Fiquei todo contente com o elogio, embora não entendesse onde aquela esfregação nos levaria. Continuei ali agradando o tio.



Passado algum tempo daquela esfregação, ele tirou meu calção. Fiquei na posição de vaquinha e senti seu dedo lambuzando meu cuzinho com uma geléia. Depois de ter me melecado bem a bunda, lá estava eu de quatro, senti quando que ele encostou alguma coisa em mim e começou a empurrar.



Era seu dedo, que foi metendo até lacear, Depois enfiou outro. e depois outro. Eu tava deixando tudo, tava gostoso. Ele veio pra cima de mim e me beijou a boca. Senti a lingua invadindo minha boquinha, me beijando gostoso. Senti estranho, mas deixei.



Ele tirou a calça e botou o pinto na minha frente e mandou eu chupar que nem pirulito. A pica estava enorme e vermelha, ele mandou eu esconder os dentes e abrir bem a boca e eu obedeci. Senti o membro entrar em minha boquinha. era quente, duro e macio, e cheirava a mijo. ele segurou minha cabecinha e fudeu minha boca bem devagarinho. Sentia o au latejante ficar cada vez mais duro.



Ele tirou e me levantou, pegou minhas perninhas e abriu contra o corpo dele. Com as pernas abertas, senti os dedos no meu cu de novo. enfiou dois dedos de cada mão, alargando meu cuzinho. Apontou a cabeça do pau no meu cu.



Senti entrar a cabeçorra, uma dor gostosa e fiquei quietinho. Empurrou mais pouco o membro e perguntou se estava doendo. Eu menti e disse que não. Tampou minha boca com uma das mãos e com a outra me segurou forte pela cintura e meteu com tudo. Soltei um grito abafado e senti a pica me rasgando.



Aos poucos fui me acostumando com o membro dentro de mim e ele percebendo isso foi metendo cada vez mais forte. Gozou forte no meu cuzinho, senti a porra quente esguichando dentro de mim.



Mandou eu lamber tudo. Ficamos ali quietos um tempo. Eu gostei. Fiquei brincando com o pau mole dele. Chupei o pau e as bolas. Saímos de lá, o cara foi embora mandando eu não contar nada pra ninguém.

No caminho pra casa, encontrei meu amiguinho e contei pra ele a brincadeira. Ele tirou sarro de mim e me chamou de viado, e arriou as calças e mandou eu chupar ele. E obedeci e chupei a piquinha dele. Era tão pequena, que peguei as bolas e engoli junto. ele mandou eu ficar de quatro, e me comeu o cu. Falou que eu era mulherzinha e que agora ia me comer todo dia.



Depois desse dia, virei a alegria da molecada. Eu era bem bobinho, e fazia tudo que me mandavam. Dava o cu, chupava as pirocas. No recreio me arrastavam pro banheiro e faziam fila no meu cu até o sinal bater. Depois da escola, me levavam pro matagal e metiam até anoitecer. Meus pais trabalhavam até tarde e nada sabiam, nem desconfiavam.



Pouco tempo depois a gente mudou pra outra cidade. Acho que eu tinha jeito de viado mesmo, pois no primeiro dia, veio logo um moleque de uns 19 anos me encoxando no banheiro. Viu que eu gostei, e me levou pra privada e me comeu. E me disse que era pra dar sá pra ele. E que se alguem se metesse comigo, era pra eu chamar ele. Virou meu macho. Quando a molecada zoava comigo, ele ia lá e dava porrada nos moleques. Todo dia me levava em casa, e me comia no fundo do quintal.



Até hoje ele me come.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


papai enfia no meu cuzinhobotando caralho no cu do bebadoconto de esportista dotado que comeu cu de travesti conto estrupada dormindov¨ªdeo porno pai enfia o dedo na bucetinha?conto aproveitou a irma dormindo e sentou na pica do cunhadocontos eroticos fui bem fodida feito puta e chingada feito uma vadia pelo meu tiocontos eróticos de bebados e drogados gayscontos eroticos travesti gordaconto xota cu irmãzinhaContos eróticos de homens que tomam viagra e arrombam mulherfetiche mulher atola cueca no rabo do caracontos perdendo a virgindade dormindome exibindo meu pai contossocando muinto rapido ate ela gozar tezao monstruoso boa fodaeu e minha sogra coroa conto eroticogaroto.burrinha.zoofilia.contosexo contos eroticos titio e aninhacontos cheirando calcinhascontos de penis que custou para entrar na buceta da loirahttp://googleweblight.com/?lite_url=http://okinawa-ufa.ru/conto-categoria_2_114_gays.html&ei=e8yqT8MC&lc=pt-BR&s=1&m=564&host=www.google.com.ar&f=1&gl=ar&q=Contos+Fudendo+um+hetero+com+o+cu+sujo&ts=1485672497&sig=AF9Nedkia2TWDM2T0ozn41vBE5bkl1pQLAcontos erotucos escritos lesbicos transei com uma nerdconto erotico comendo a entiada na chantagemnegao preenchendo todo o espaço na nuca tá da novinhacontos de padrinhos com afilhadascontos reais punheta gozadasafeminados de praia grande contatosmulheres violadas contos eroticosContos eróticos tetas gigantesotitiu comendo a sobrinhaler contos eroticos de bucetinhas virgensIncesto com meu irmao casado eu confessoContos eroticos caralhooomenina sapeca danada enganou todos contos eroticoscontos erótico com viuvassem cadastro zoofilia sai mijando leitecomi o a cunhadinha na minha casa sozinhos contocontos erotico-de costas pra vocêcontos porno pm mastruba minha mulher contos-meu cuzinho contraindo no teu paucontos eroticos vizinho me pegou shortinhocadela piscando em uma metendo picaFui passear fui estupradoesposa safada de biquini na farracontos eroticoso passeio de barco eu meu marido e nosso peaoinocensia perdida contos suruba no piasinhocontos eroticos de encoxadascontos meu marido nem percebeuNovinha e chantageada.contosprovoquei o velho e fui fudidarelatos sexo eu e minha filha novinhacontos de mae na ciriricacontos eróticos punheta da primacontos eroticos aventura em resendefui roubada e comeram meu cuconto erotico negras escravas dos brancoscontos eróticos com esposa obedienteconto fuderao pregas meu marido  Marilia e Juliana estavam mais uma vez fr ente a frente para uma dolorosa batalha. Ambas traziam nos corpos as marcas feitas pela outra em combates violentos e sangrentos. Marilia vestia tão somente uma minúscula tanga branca fio dental. Juliana uma  doce nanda parte dois contos eroticosconto erotico meu cunhado fez meu cu sair sanguepapai me fudeu gostoso e eu gozei no cacete delcontos eu minha esposa e dois comedoresfoda louca na empregada até o orgasmofui dominado por uma mulher mais velha conto eroticocontos eróticos meu enteado deixou meu c* todo ardidocontos eróticos de bebados e drogados gayscontos safadezas com a tia casada inrrustidacontos eroticos tios gordinhos tirando o cabaço do cu do sobrinho novinhocontos eróticos evangelicascomendo ela de saia com vizita discretamentemaisexo peituda goza no oralcontos eroticos de afilhadas novinhas.contos eroticos tia tucaencaixei o cacete do amigo de meu marido q tava ao lado e nem percebeu contoscontos gays reais/a anaconda do meu primoContos gay perdi o cabaço com coroaconto erótico vestir roupa de menina sair na ruaso coloquei nas coxas da ninfetinha cachorraconto garoto humilhado peladoConto erotico orgis sogra veiacontos minha sobrinha sentou pelada no meu colocasada recebe proposta indecente contoscache:http://idlestates.ru/conto_5928_sou-julietana-van-levei-uma-surra-de-rola.htmlcontos eroticosproibidocomi o cu da enteada - contosContos eróticos mãeminha namorada perguntou se eu era gay contohomem sendo estrupado en oficinacontos erotico maes cavalas d bikini n piscina .Nossos filhos nos flagraram... mas gostamos! contos eróticosContos eroticos teen bicontos eroticos sou uma coroa casada e sou escrava de um novinhocasa dos contos putinha desde novinhacontos de calcinha furada no cuContos eroticos titio me chupando forte as tetas ate ficar vermelhinhascontos eróticos sobre siriricade:todos tipos com lugares loucos etccontos de sexo gay especial entre primoscontos vendo o meu cunhado a fode minha irma betinhacontos Recém casada traindo marido com dono da casa