Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FOI ASSIM - PART 3

Continuando...

Fiquei olhando ele sentado na cadeira com um sorriso de satisfação, cansado e de pau mole, pus novamente a calcinha no lugar, abaixei-me até ajoelhar no chão, beijei o cacete que a pouco estava no meu cu, depois limpei com a boca, lambi cada dobra até deixar bem limpinho, dei um novo beijo e fui até o banheiro limpar a porra que espalhava em minha bunda, meu cu estava aberto, cabiam fácil três dedos, mas eu estava feliz, sorria feito bobo olhando espelho, até que meu homem me chamou, mandou que levasse um copo de água para ele, rapidamente levei, ele me mandou ficar perto dele, sentei no chão e abracei sua perna deitando com a cabeça bem práximo a seu cacete, ele pos a mão no cabelo e ficou alisando.

Então, gostou? Perguntou ele, assenti com cabeça. Fui realmente o primeiro? Respondi que sim e comecei a contar minha historia, enquanto falava de como me vestia de menina, de como fantasiava e dos consolos que fazia fiquei alisando seus pentelhos, brincando com seu saco e beijando seu cacete que começava a dar sinais de vida, contei também de como tinha ido até a loja comprar a calcinha, então ele me perguntou do consolo que tinha usado e me pediu para mostrar pra ele, fui até o banheiro e trouxe, ele olhou e me mandou virar de costas e me apoiar na mesa, assim fiz, ele baixou a calcinha e ficou brincando com meu cu esfregando o consolo até que enfiou tudo, eu gemi novamente, ele ficou fazendo movimentos de vai e vem por alguns instantes até que empurrou bem fundo e colocou novamente a calcinha deixando bem entrada na minha bunda, deu uns três tapas na minha bunda e voltou a sentar na cadeira. Eu voltei a sentar no chão abraçado as suas pernas e com o consolo enfia no cu.

Nesta posição perguntei a ele pq ele tinha me encoxado no dia anterior, ele respirou fundo, primeiro mandou-me chupar seu saco e depois falou que desde que me conhecera já havia notado meu jeito de viadinho e que por várias vezes tinha me pegado olhando para o seu pau, o que eu sabia ser verdade. Conversamos por algum tempo, enquanto ele falava eu chupava seu pau e suas bolas sá parando quando respondia alguma coisa ou falava algo. Ele me mandou levantar, levantei, ficar de costas, fiquei, dobrar o corpo, dobrei, ele baixou minha calcinha sem tirar, abriu minha bunda e tirou bem devagar o consolo, meu cu esta aberto, ele então enfio três dedos o Maximo que pode e ficou empurrando e tirando, comecei a sentir meu corpo quente novamente, pus a mão para traz e peguei seu pau, estava duro, oba iria ser comido novamente, ele me pegou pelos cabelos e me abaixou no chão, achei que queria outra chupada, mas não me pos de quatro até meu rosto encosta no chão e minha bunda ficar nem exposta, parou atrás de min e com os dedos do pé ficou bolinando meu cu abaixou-se e desferiu vários tapas em bunda, dos dois lados, tapas leves que faziam barulho mas não machucavam muito, sá deixaram minha bunda vermelha. Ele me mandou tirar a camiseta e encostar o rosto no chão, assim fiz, então enfiou o cacete de uma sá no cu, se dá, eu gritei um ai alto e fino e ele começou a socar com violência, minha bunda tremia a cada estocada que ele dava, o pau quase saia do meu cu e se alojava novamente no fundo em frações de segundo, meu homem metia com raiva, queria me fazer sofrer e eu delirava com aquele sofrimento, estava até babando no chão. Então ele tirou o cacete e me fez virar e chupar, socou uma quatro o cinco vezes na minha boca e voltou a me virar e enfiar no meu cu, sem dá alguma, assim fizemos várias vezes, ele sá dizia “chupa” e eu virava e chupava, ele dizia “volta” e eu voltava e levava no cu novamente, por vezes ele levantava o corpo ficando quase de pé mas com as pernas dobradas para enfiar mais fundo no meu cu. Ficamos assim por quase uma hora, meus joelhos doíam, meu cu ardia, minha boca estava dormente de tanto chupar mas eu estava adorando, foi quando ele mandou eu me masturbar, por incrível que possa parecer meu pinto babava de tanto tesão mas estava mole e bem pequeno escorrendo um pré-gozo, não demorou muito e gozei, molhei o chão com minha porra enquanto meu homem socava fundo meu cu, foi um dos melhores gozos de minha vida, mesmo socando e acho transtornado por tudo que acontecia, meu macho me mandou lamber meu práprio gozo e ele lambi quando ele tirou o pau do meu cu, me deitou no chão e gozou fartamente em cima do meu corpo, me lambuzou de porra, depois ajoelhou-se do meu lado e me fez limpar seu pau, levantou-se pos a roupa e sem me dizer nada foi embora me deixando deitado no chão, com o cu arreganhado e todo molhado de porra, mas feliz com um largo sorriso na boca, alem da porra é claro.



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


video de morena clara casada traindo com um bem dotado acima de 22 cmsonho demulher casada conto eroticocontos eróticos de bebados e drogados gaysconto gay meu empregado deu cucontos erótico me rasgaram mo acampamento Contos filha de 7 com papaicontos erotico.esfrequei minha pica ne outracontos sexo minha esposa amigacontos eróticos abusada peli médico dupla penetraçãoContos eroticos de esposas que traem com travestisfidendo uma nnda gigabte carnudacontos eróticos mãe no colhinhocontos sexo minha.filha.minha sobrinha queriam leiteenrabada pelo chefe contosporno éla dis méche que eu vou gozarcontos eroticos gay aprendi pra que serve minha bundaContos Eróticos Tentada pelo filhoconto erotico Filha curiosaconto banho com a namorada na academiaa gostosa d aobrinha pertubando o tio kovem no quarto cheio d teaaocontos eróticos ele me pegoucontos eróticos namorada perder a virgindade com outrocoroa.muito.gostosa.43.ano.cimasturbandozoofilia cadelagozouesposa vagabunda contoscontos eroticos gozei no onibusmorena dansandofank na b da picinacontos enrabadacontos eróticos de bebados e drogados gayscontos eróticos bem depravado de bem picantehttp://googleweblight.com/?lite_url=http://idlestates.ru/conto_20266_eu-vi-a-mulher-do-meu-tio-chupando-outro-homem-e-s.html&ei=tl_0qaCG&lc=pt-BR&s=1&m=256&host=www.google.com.br&ts=1500401465&sig=ALNZjWmrPJUN7nKOOzozG07QgJgIUnCVKQmachos arrombador de gay afeminadocontos pornô de incesto meu pai curou o trauma que eu tinha do meu corpinho sem graça, baixinha magrela e sem peitoscontos picante de casada sem calcinhacontos intimo de uma enteadaenrabada pelo negao contosconto erótico meu marido bobãoconto eróticos dei o cu novinhaconto erotico d menino dando a bj da por uma apostacontos eroticos fodir ater perde a vondeconto grelo duro xxx piercingcontos virando mulher por usar roupas femininascomo o cheiro da maça contosconto boy roludo da periferiaContos erotico de garotinha estupradas.morena dansandofank na b da picinabucetas no bairrofazendinhacoroa me rasgou contovídeo de pornô do metendo vendo a sua beleza ela me chamecontos eroticos depessoas normais reaiscontos eroticos meu sobrinho pauzudocontei para minha amiga que trai meu namorado e o namorado dela com seu amigos me comwramContos erotico zooo japonezaContos mulher estrupadas negrosconto mamo rolamulher do irmão acaricia pica de outroconto erótico de incesto de sobrinha e tio casa de conto meu tio morre de ciumes e amor por mimContos er minha bumda e do maridoSexo no aterro do flamengover dvd porno homems chupa bucetas de baicho da mesa tira calcinha do ladocontos.gozou na mendigacontos bi fui dormir com minha tia e meu tio me fudeucontos sobrinha veio cuidar da sograconto tia velha safadaxvidiofodendo entisdaconto erotico gay no nordestecontos eróticos velhinhavideospornosantaritaconto erotico negras escravas dos brancoscontos pornor cunhado picudobrejando minha comadre muito gostosaporno contos eroticos fui enrabada pelo meu irmaomulher na siririca na hora de gozar o caminho piscaconto enfiado tudo no rabinhoxxx conto Incesto+Minha mae saiu comigocontos eróticos faZer o que se comer titia é gostosoconto erotico paraense en salinas paramandou fotos nua e recebeu chantagemporno nao aguetei ver minha tia lavando lossaconto erotico minha mulher e uma gatinhaxvidio ta olha tia fudenovidio de mulier xupanoContos eroticos minha primeira vez foi quase um estupro e eu gosteicontos erotico eu minha mae e meu amigo e dona martaconto gay ajudei amigosContos eróticos cearáSou casada fui pra um acampamento com os colegas a amigas putasesfregando na mãe de shortinhoContos eroticos orgia forçadaconto erotico espiando mama no zoo