Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CU DE BEBADO NÃO TEM DONO

Quem ja leu algum conto meu, sabe que tenho um irmão 6 anos mais velho do que eu e muito safado. Ele comia tudo que era garoto e garota que desse sopa e varias vezes tentou me comer. Nos moravamos numa casa grande de dois andares e cada um tinha seu quarto no segundo andar da casa, enquanto nossos pais tinham seu quarto no primeiro andar. Ate eu fazer dezesseis anos, meu irmão tentava me comer. Varias vezes eu acordava de madrugada com alguem passando a mão no meu rabo e era o safado. Uma vez, acordei com dor na bunda pois ele tinha enfiado o dedo no meu cu. E assim por diante. Teve uma vez, eu devia ter uns 19 ou 19 anos, tinha acabado de tomar uma chuveirada e vinha pro meu quarto enrolado na toalha, e o safado saiu do quarto dele, pelado e me arrastou pro seu quarto. - Para, eu falava. Ele arrancou a minha toalha e esfregava seu pau no meu rabo tentando me comer. Minha sorte esse dia foi que escutamos o cachorro latir e era minha mãe que tava chegando das compras. Ele me largou, eu falei uma porrada de palavrões pra ele e fui pro meu quarto. Quando eu fiz 19 anos ele parou de me azarar e tb saiu de casa pois foi morar com uma garota que ele transava. Quando fiz 19 anos resolvi dar uma festa. Meus pais concordaram, convidei a molecada da rua, muitos colegas e garotas. So que, antes, meus pais fizeram um almoço pra familia e meu irmão tb apareceu. Ele tinha largado a mulherzinha e tava de volta pra casa. Muitos drinques, muitos parabens, etc. Lembro-me que ainda no almoço meu irmão ja tava meio alto. Eu me segurei pois tinha a festinha a noite. Foi muito bom e devia ser umas 2 da matina e minha mãe pediu que chamasse uns amigos para levar meu irmão pro quarto dele pois ele tava bebum e apagadão. Eu e mais dois colegas levamos ele e o largamos na cama.. La pelas 3 da matina a festinha acabou e todos foram embora. Levei meu ultimo amigo ao portão e entrei. Meus pais ja dormiam. Subi as escadas e instintivamente, antes de entrar no meu quarto fui no quarto do meu irmão pra ver se tava tudo bem. Ele parecia um morto na cama. De bermudão, sem camisa e ainda de tenis. Resolvi tirar o tenis dele. Ele roncava e muito. Ele era bem maior que eu. Devia ter 180, uns 80 quilos, branco, corpo bem feito sem ser malhado. Nunca senti tesão por ele, mesmo porque eu nunca tinha comido alguem mais velho do que eu. Ele tava com seus 23, quase 24 anos e naum me dava tesão. Porem, eu tinha uma certa bronca dele porque ele nunca livrou minha cara e so não me enrabou porque não teve oportunidade, senão, meu cu ja estaria mais do que arrombado. Ele tava de bermudas, e eu via uma cueca branca por baixo. Desamarrei sua bermuda e a puxei. Ele tava de bruços, com a cara enterrada no travesseiro roncando. Quando tirei sua bermuda, fiquei olhando seu rabo. Ele tinha uma bunda tipo musculosa, acho que de malhar em academia, não tinha muitos pelos nas pernas, quase igual a mim. Puxei sua cueca, olhei seu rabao e resolvi comer aquele cu que tava ali a minha disposição. Sei que se fosse o contrario, ele tb não livraria minha cara e por isso eu resolvi não livrar a cara dele.Eu tinha um creme no meu quarto que eu usava muito pra comer os cuzinhos da molecada. Fui ate meu quarto, tirei minha roupa, peguei o creme e voltei pro quarto do meu irmão. Ele continuava na mesma posição. De bunda pra cima com a bermuda e cuecas arriada ate o joelho. Sentei na cama, completamente pelado e tasquei creme em seu rabo. Comecei a espalhar em volta do seu buraco. Nenhum movimento, nenhum gemido, nada. Enfiei o dedo medo medio no cu dele ate o maximo possivel. O cu do maninho tava apertadinho. Ele guardou aquelas pregas todas pra mim. Fudi ele com um dedo e depois dois dedos. Passei um pouco de creme no meu pau, deitei em cima dele e comecei a procurar seu cuzinho. Apos algumas derrapadas, meu pau finalmente achou a entrada e deslizou pra dentro daquele buraco. Que delecia. Sentia meu cacete rasgando aquelas pragas, entrando devagarzinho. Foram segundos detesão extrema. Agora eu tava todo dentro daquele safado. Ele continuava morto. Nenhum gemido, nada. Comecei a fuder o cu dele. Acho que por causa da bebida que tomei, eu demorei muito a gosar. Acho que fiquei fudendo o cu dele uns 20 minutos direto. As vezes eu tirava o pau toddo do cu dele e numa estocada so eu enfiava de uma vez. Senti o goso vindo e gosei muito dentro do rabo dele. Meu pau amoleceu, eu sai, arreganhei sua bunda e vi que tinha feito um bom estrago. Seu rabo vazava porra. Acho que gosei um meio litro. Saií do quarto satisfeito. Peguei papel higienico, dei uma limpada no rabo dele, mas quase não adiantava pois a porra continuava a sair. Tomei um banho e fui dormir. Queria ver a cara dele no dia seguinte ao saber que seu irmãozinho comeu seu cuzinho no dia do aniversario. Eu ate ja sabia o que ia dizer pra ele. - Que o cuzinho foi meu presente de aniversario.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos bv e virgindadecomi minha afilhadinha contosfiz meu marido de meu corno e meu cumplicetenho maior tesão pela minha tia velha contos eróticosmeirinha chupando dentro do carrogarota da buceta grande cetado nado negãoFilinha chupa pau do papaiaConto erotico siririca bem humida meladinhacontos eroticos primos relatado por mulherescontos de mulheres pegano carona indo no colovirei putinha do fedelho contoConto de vadia de quatro no bar metendo com muitos machosconto de sogra dando para genroContos eroticos gays o consolo de borracha no cu do meu paicontos eroticos linguada no cucontos eroticos minha maefez um boquete em mimcuzinho guloso contoconto erotico. amigo do meu filho comeu minha mae a forsa3conto ru e minhas filhasContos eroticos iniciando as meninascontos eróticos casal Passei a noite no autorama no Ibirapueramarido pega mulher f****** com sogrão contos eróticosconto erotico a filha curiosaconto eróticos pai pauzudo e filha baixinhapeitinhu durinho pornoconto erotico esposa hotelcontos eróticos peguei minha mulher com outro na camacconto erotico de netinho decinco anoscontos eroticos aposentadas cavalasconto erotico encesto.meu pequeno entiado mim comendo enquanto eu dormiavizinha teen contoContos de putas safadastrasano com entregado coroacontos eroticos papai me vendeu para um homem me fodereu entrei no banheiro e não sabia que a minha madrastra estava la e come. a xota delacontos eroticos coroas velhas com novinhos tia neuzacontos eroticos namorado e amigo mesma camaso de salto alto dando p dois contos gayscontos eróticos satisfazendo as fantasias do maridocontos de sexo meu pai viuvo anoite primeiro meu encouxandopagou pra cunhada,sobrinha,enteada,pra chupar caseirobisexual contosmeu padrinho me comeu quando eu era menina aindao cu da minha esposa e meu contoconto real de pai de 50 anos sarado fazendo sexo com seu filho novinhodrixando a mulher do corno arregassadinhacontos eroticos comendo o cachorro da ruaContos erótico,comi a minha ex mulhercomtos d primos d 30 cumemdo cusinho d priminhas d 15contos eroticos minha esposa pediu para enterrar nela um salameai que lambida contosconto erótico peguie minha mãe no flacra tocando siririca lésbicasurso tiozao roludo conto gayticos em bunda de mulhweminha cunhada casada me esnobou contosporno puxo o cabelo dela de quatro e arregaço sem dodeu sonífero para comela prnocontos de i****** aprendemos a fazer sexo em casacontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anosPorno contos familias incestuosas orgias tradicionaisvideo dei o rabo padrastocontos eróticos funcionáriaContos eróticos te amo tiocontos eróticos com mulher alemoacontos minha mae gravida de baby doll me chupandoQuero transa com minha prima que estar gravidacontos comendo a mae e a avóA Tia super gostosa com uma bunda maravilhosafilhinhas safadinhas contosme seguraram e um jegue me arregaçou contos eróticosme depilei pro carnaval contoscontos lesbcos primeira vez co minha primaGozei no pau do meu irmão dormindo contoscontos coxudas de saiacontos eróticos com mulher q usa vestido coladoContos esposinha santaele me enrabocontos eróticos esposa estuprada e desmoralizadacontos eroticos meu cunhado estourou meu cabacinhoConto de puta metendo com todos no posto de gasolinacontos eroticos de negros na praia de nudismoesposa e amigos na cervejada em casa contocontos eroticos gays adoro ser humilhado por um coroa dominadorcontoseroticos meninicecontos muito grosso e grande sofricomi a minha filha contos eroticoscontos eróticos é hoje que vou te fuder todacoloquei minha sobrinha de quatro virgemcontos eróticos engatada e arrastada pelo cachorrocontos eroticos calcinha desaparecendocontos fui acampa e virei cornoRespira fundo e relaxa que vai entrar no seu cu