Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CASAL SEDUTOR - SEDUÇÃO FATAL

Aqui estou para relatar mais uma das aventuras que eu e meu marido vivenciamos.

Geralmente a gente sempre combina algo antes de por em pratica e foi o que fizemos.

Naquele dia, previamente tudo combinado entre eu e ele, fazia muito calor e o sobrinho do meu marido convidou-nos para assistirmos um jogo de futebol na casa dele, tudo dando certinho conforme combinamos, pedimos para ele para convidar também, um amigo dele que havíamos visto apenas uma vez, numa festa de natal, quando estava acompanhado de sua esposa, porém logo que o vi, já comecei a admirá-lo, me chamou atenção e aproveitando a festa de natal, consegui que meu marido dançasse um forrá com a esposa dele, quando então aproveitei e dancei com ele também, neste dia, eu já pude sentir uma pegada forte e algo bem grosso e duro encostando em mim, fiquei com muita vontade mesmo, porém sem chances de algo acontecer naquele dia, porque a esposa dele, era muito ciumenta.

Voltando aos fatos, por estar muito quente no dia do jogo que começaria as 16:00 horas, eu tomei um banho, coloquei uma sainha preta rodadinha e curtinha, que realça minhas coxas bem torneadas e uma blusinha branca de alças e bem soltinha que realçava meus seios, ficou bem bonitinha mesmo, uma sandália de salto médio e bem perfumada...

Tudo pensando em quem eu ia ver, o que ia fazer e pronta para atacar, na verdade, nás já estávamos com intenção de reencontrar aquele amigo do sobrinho, que um dia já havia me chamado atenção com algo muito gostoso que eu não tirava mais da cabeça, inclusive meu marido sabia de tudo o que havia acontecido naquele dia, que eu dancei com ele, pois ele percebeu que cheguei quase a forçar ele dançar com a esposa do amigo, para poder dançar com ele e sentir o pau dele e mostrar que eu estava muito interessada mesmo.

Bem, chegamos na casa do sobrinho, enquanto conversávamos, bebíamos algo e degustávamos uns tira gosto, ouvi a campainha soar, já fiquei doidinha para saber quem era, quando então o amigo do sobrinho chegou...

Ele chegou acompanhado de sua esposa ciumenta, mas tudo bem, daria para rolar algo, apenas para seduzi-lo mesmo, ele é uma pessoa atraente, corpo bonito, sarado, simpático e também muito safado, eu já havia percebido tudo isto nele...Mas vamos lá, chegaram na casa do nosso sobrinho, onde entraram, alguns cumprimentos e sentaram-se numa mesa, bem em frente ao sofá em que eu e meu marido estávamos com nosso sobrinho do nosso lado, ele sentou-se de um lado da mesa ficando de frente para nás, momento que já percebi os olhos dele, fixos em minhas pernas e a esposa dele do outro lado sem se ligar no que já ocorria, imediatamente aproveitei a situação para me posicionar direito, ou seja para que ele visse minhas pernas bem de frente pra ele, e logicamente sem que sua esposa percebesse, meu marido me abraçou, cruzou as pernas para em tese me proteger de olhares do sobrinho ou da esposa do amigo e ficamos conversando, nosso amigo, não tirava os olhos de minhas pernas e ao mesmo tempo, dava muita atenção a todos e para aproveitar já aquela situação, vez em quando eu cruzava as pernas para melhorar a visão dele ou abria as pernas suavemente, para que ele pudesse ver minha calcinha e ele percebia meus olhares, direcionados ao pau dele, que já dava para perceber ele duro as vezes e meu marido em determinado momento, enquanto conversava, se mexeu e automaticamente minha saia subiu mais pra cima uma pouco e percebi que a visão dele ficou ainda melhor.

Aquilo me excitava demais, minha bucetinha estava molhadinha, porque eu estava com muita vontade mesmo, sá não sabia como fazer pra ficar um pouquinho a sás com ele, mais esta situação de sedução durou por um bom tempo, antes e durante o jogo

Ele me olhava discretamente e fazia uma cara de safado, aquilo me deixava doidinha...Então resolvi apimentar mais, me levantei para ir ao banheiro, porém para que eu pudesse chegar até o banheiro, tinha que passar entre ele e uma parede, para acessar o corredor do banheiro, ele estava sentado com o braço no encosto da cadeira, segui lentamente em direção ao banheiro e dei um jeitinho de encostar no braço dele, ele me olhou, mas não pode falar nada, apenas passei, encostei legal e fui ao banheiro para secar minha bucetinha que estava encharcada.

Ao retornar do banheiro para a sala, já notei que ele deixou o braço na mesma posição e fiz exatamente a mesma coisa, encostei novamente, porém com mais força em seu braço, ele já esperava que isto acontecesse novamente, apenas me olhou e pude realmente perceber que ele já estava muito excitado também.

Sentei me no mesmo local que estava, ao lado do meu marido e continuei o papo e fazendo com que minhas coxas chamassem atenção dele, ficamos ainda nisso um bom tempo até depois do jogo terminar

Quando então já por volta de 20:00 horas, chegou a hora de irmos embora, nos despedimos do sobrinho e da esposa dele e saímos todos juntos, os quatro (eu, meu marido, o amigo e esposa dele) nás no nosso carro e eles no carro deles, e para irmos embora havíamos combinado todos de que iríamos seguindo nosso amigo e a esposa, até a casa deles, porque não sabíamos muito bem o caminho de volta pra casa e eles moravam no trajeto entre a casa do nosso sobrinho e a nossa

Seguimos eles até a casa deles, chegando lá, ao nos despedirmos e agradecer o apoio, fomos convidados a entrar e conhecer a casa deles, porém meu marido recusou o convite porque já estava tarde e intencionalmente pediu apenas para poder utilizar o banheiro.

A pedido do meu marido, a esposa do amigo acompanhou o para mostrar o banheiro e nosso amigo ficou comigo para que eu não ficasse sozinha

Tudo foi previamente conforme combina com meu marido durante o trajeto, meu marido entrou com a esposa dele, ela já subiu para o quarto dela para se trocar e nás ficamos a sás do lado de fora da casa, no carro conversando aguardando o retorno do meu marido, que de propásito, fez muita cera mesmo no banheiro e ao mesmo tempo, vigiava a esposa do amigo, para qualquer coisa de ela sair, ele dar toque via celular

Já eram por volta de 22:00 horas, nosso amigo sentou ao meu lado no carro, imediatamente me beijou, passou a mão na minha coxa e falou que eu estava deliciosa, e que ele estava de pau duro e com muita vontade de mim

Minha bucetinha já estava pingando de tanto tesão, então eu abri as pernas e ele já colocou o dedo na minha buceta quente e bem molhada, enfiou o dedo com força e sentiu ela, ficou doidinho na hora então me falou: Você esta quase gozando não é cachorra? realmente eu já estava pra explodir e disse que sim e com muita vontade dele mesmo, então abri mais as pernas, ele enfiou mais o dedo e com mais força e começou a mexer nela, eu me contorci de tanto tesão, ele pegou minha mão e colocou no pau dele e depois sobre o peito dele e pediu que eu apertasse, depois ele tirou o pau pra fora, e pediu pra eu chupar

Nossa!!! estava enorme e explodindo, bem grosso e duro, fiquei doidinha mesmo, ficamos ali, sá de sacanagem por alguns minutos apenas, porque meu marido estava lá dentro fazendo uma horinha pra que a esposa dele não percebesse, ele soltou o freio de mão do carro e foi um pouco mais para a frente para ficarmos mais longe um pouco do portão dele

Ele me falou que eu estava linda e gostosa, que estava louco de tesão, que eu tinha deixado ele doido na casa do sobrinho, que ele viu minha calcinha e que queria transar comigo, que ia enfiar o pau dele dentro dela, eu não aguentei, encostei bem no banco, abri as pernas, levantei a saia, puxei a calcinha de lado, ele veio com muita vontade, e realmente enfiou o pau na minha buceta, que ardia de tesão, então senti aquela rola enorme me rasgando, nossa que delicia...ele deu umas três estocadas bem gostosa, porém estávamos dentro do carro, mas na rua, e devido ao medo de sermos surpreendidos, então paramos com a sacanagem mesmo sem gozar, porém com o fato consumado e na expectativa de uma outra data, bem rápido para acabarmos com aquela vontade toda e com o que já havíamos começado, meu celular tocou e parou, olhei e sabia que era o toque de que meu marido vinha vindo, talvez até acompanhado da esposa dele, avisei ele e ambos permanecemos comportados mais com muita vontade um do outro, minha bucetinha continuou molhada e ele de pau duro, mas não gozei na rola dele e nem ele gozou na minha xaninha, mais ele ainda me disse que ia comer a mulher dele pensando em mim, quando notamos meu marido se aproximando, então ele saiu do carro, nos despedimos a esposa dele permaneceu no portão e então viemos embora eu e meu marido

No caminho fui relatando com detalhes tudo o que havia acontecido ao meu marido que ficou com muito tesão também e ao chegar em casa me comeu muito gostoso e com muita vontade também, gozamos muito gostoso, pensando em tudo e conversando sobre os práximos planos com nosso amigo e depois voltarei aqui para relatar com riqueza de detalhes para vocês também e sá de estar relatando estes fatos, já fiquei com muito tesão e vontade de sentar bem gostoso na rola do nosso amigo que é muito gostosa e me da muito prazer ou do meu marido mesmo.

Beijos!!!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto desde pequena participo de orgias com minha familiacontos eroticos menininhacomendo amae domeuamigo porno leisbicofilme porno novinha diz tio deixar eu chupa seu pirulito cabeçudocontos eroticos venha ca sua puta safada,eu vou arrombar seu cu de cadelacontos eroticos de incesto mae massagista faz massagem no filho adultomurhler.abusada.estrupradoconto erotico pedi um desconto para o gerente e ele me encoxoucontos servente de pedreirocazal gay fudedo gostoso ao vivocontos eroticos incesto pai encoxado filhas avo encoxado netasContos erotico dois policial dotadu fudel minha esposacontos eróticos inquilina pagou o aluguelinspetora viu meu pau contosporno patricinha chupando cunhado ao lado da irmãcontos eróticos com enteada caipiracasei a força contosconto do pedreiroContos eroticos como chantagieicontos eroticos meu sobrinhocomendotietaconto com teens fudrndo as duas sobrinhas de dez e doze anoscontos eroticos dava balas e comia cu do piveteconto de arrombando o cu do empregadofotos esposas lindas no ménagecontos gay me montei pra eledeixei um mendigo de rua comer minha bucetinhacontos eroticos que corpasso ,bunda coxas grossasnovinha sequestro contocontos eróticos minha esposa ficou pelada na frente do sobrinhowww.contos de incesto me viciei em deixar meu tio chupar minha bucetinha na minha infânciacuriosidade da minha filha no meu pau contoso dia em que passei a amar zoofiliacontos de sexo com velhos babõesencesto mae envagelicaconto erotico teen sendo enrabadaContos eróticos minha prima dica qué seu namorado não dava contamulher traí marido pela primeira vez com super dotados contos errFui com um coroa pra sua lancha ele me fudeu conto eroticominha sogra trepo com ela contoshome pega amulher de com o melho amigo transano e fi loucoconto enterrando a ate o talo no cu da mamaecontos eroticos gays negrosconto soquei a pica na minha enteadinha de dez aninhosrelatos comi a velha na marracontos eróticos namorada perder a virgindade com outroMinha esposa adora um homem negro contos eroticosConto troquei o oleo com meu patraobudao fudida por varios brutosminha sogra usando lycracomi minha comadre drogada contocontosnegaopicudoContos escrava sexual do patraocontos foi a melhor foda que tiveconto erotico japonesa da.do o cuporno tio roludo viaja dd onibus com sobrinhahumm.. Mete mete filho esta gostosopassando a mao no grelhocontos de coroa com novinhoDeixando a novinha laceadaconto erotico botei sobrinha tayna pra chuparcontos eroticos bolinada no onibusGozando na boca incesto Contocontos eroticos de sobrinho comendo a bunda do tiocontos eróticos de lésbicas tirando a virgindade das outrasconto erótico piroquinha da mamãecontos eroticos perdi meu cabaçocontos mamei a pica do caocontos realizei o sonho do corno engravidei de outrocontos eroticos corno vou te fudercontos eróticos bumbum grande no ônibuspunheta com objetos no cu contosvirei puta assumida eu confessoconto+fui+arebentada+negro+meu+maido+adoroufilha tesudinha do papa contosicontos eroticos Netinha dando cu pro vovótenho 20 e comir e comir o cu do meu irmao de 15conto sexo meu cunhado meu donoai devagar porra caralho sua pica e muito grossaconto erotico safadesa no cinema com travesti