Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

JOHNNY E CINTIA - PRIMEIRA VEZ

Primeiro dia.
Saíram do Rio na sexta a noitinha em três carros.No primeiro estavam o pai de Cintia dirigindo,a mãe ao seu lado e no banco de traz Johnny, Cintia e sua Irma Maria.Maria tinha 33 anos,era casada e sem filhos.Ruiva dos cabelos lisos e cumpridos e pele muito clara,usava um vestido estampado com a cintura bem marcada que deixava ver o corpo magro e muito bem torneado.Claro que uma beleza assim não passou despercebida pelo nosso herái.A viajem seguia tranquila com o silencio sendo quebrado vez por outra pelos comentários de transito do pai das garotas.Foi quando Cintia resolveu quebrar a monotonia.Usando a desculpa do frio causado pelo ar condicionado colocou uma manta sobre ela e o namorado e resolveu começar a ação.Sentado entre as duas garotas Johnny rapidamente percebeu o recado da namorada e discretamente,mas não sem propositalmente deixar Maria perceber,colocou o pau para fora da bermuda.Cintia recostou a cabeça no ombro do namorado e enquanto beijava seu pescoço deixou sua mão escorregar delicadamente por baixo da manta ate o mastro duro do namorado. Sentia aquele cacete duro preencher toda a sua mão e começou bem devagarzinho a punhetar o namorado tomando cuidado para que a Irma do outro lado não percebesse.Johnny por sua vez escorregou a mão pelas costas da namorada e com algum esforço rapidamente conseguiu chegar a sua bundinha .Enquanto sentia as mãozinhas finas da garota tentando envolver seu pau,as suas grandes apertavam firme a macia bunda de Cintia.Forçou um pouco mais a mão e chegou a bucetinha da garota.Era pequena e lisinha.Encaixou firme a mão como se quizesse levantar a garota.Cintia já estava molhada.e nesse momento já sentia as mãozinhas dela apertando mais forte seu cacete.O tesão já começava a lhe fugir ao controle mas antes disso percebeu Maria ao seu lado.Ela estava com a cabeça recostada no vidro e apesar do escuro da noite dentro do carro Johnny percebeu que estava acordada,na verdade fingia dormir.Abriu suas pernas de forma q pudesse encostar na de Maria e com um movimento discreto mas certeiro descobriu um pouco a manta,o suficiente para que Maria pudesse ver a sombra de seu belo cacetão engolindo a mão de sua irmazinha.Maria num primeiro momento ao sentir a perna ao lado forçando sobre a sua teve o impulso de retrair mas não o fez..Johnny começou a forçar seu polegar no cuzinho de Cintia enquanto que o resto da mão acariciava sua pererequinha molhada.A garota agora estava já em êxtase com a boca percorrendo loucamente o pescoço e a orelha de Johnny.Pediu sussurrando para que não enfiasse o dedo no que não foi atendida. _ Não Johnny eu vou fazer barulho _suplicou com a língua dentro de sua orelha.Johnny olhou para Maria e viu que ela já consentia no sarro entre suas pernas.Esticou a perna de forma que podia colocar sua perna um pouco a baixo da dela e puxou a perna da cunhada para cima da dele, e antes que ela pudesse reagir deslizou sua mão pela perna dela chegando a sua calcinha.Com o movimento seu vestido levantou e a pesar da noite pode ver as pernas lindas e clarinhas da cunhadinha.Maria segurava com força tentando tirar a mão de Johnny do meio de suas pernas enquanto as apertava para que o garoto não chegasse ao seu objetivo.Para sorte ou azar de Maria as luzes da chegada da cidade começaram a clarear o carro e os três tiveram que se recompor rapidamente.
Logo na chegada Johnny pode perceber o quanto o sitio era grande e bonito e apesar da euforia da chegada dos três carros com todos da família o cansaço de fim de ano fez com que fossem direto para seus quartos descansar.Cada casal em seu quarto,apenas Maria ficou em um quarto sozinha pois o marido em viajem de negácios ao exterior não pode acompanha-la. Johnny e Cintia ficaram no quarto ao lado do de Maria.Mal entraram no quarto e a garota pulou nos braços de Johnny a fim de terminarem o que começaram no carro.Johnny jogou Cintia na cama e foi logo levantando sua blusa e chupando seus peitinhos.Alternava entre coloca-los inteiro na boca e passar a língua firme no seu biquinho.De uma sá vez tirou seu short e calcinha e se levantou do colo da namorada para admirar a visão que se oferecia.A garota era realmente linda,magrinha, moreninha a marquinha de biquíni,a bucetinha lisinha e gordinha,quase não se dava para ver os lábios.Abriu as pernas dela para poder apreciar melhor,era perfeita,rosada e muito pequena.Por um momento chegou a pensar se ela não iria aguentar .Começou a beijar sua barriguinha e rapidamente escorregou a língua para entre as suas pernas.Com os dedos abriu levemente aquela entradinha afim de achar seu clitáris.Era um pontinho vermelho,duro de tanto tesão.Johnny abocanhou de uma sá vez toda a bucetinha deixando que sua língua pressionasse o grelhinho da namorada.Foi suficiente para que Cintia gozasse a primeira vez.
_ Já – disse Johnny
Cintia sorriu.
_ Quero ver seu pau - disse.
Johnny se aproximou de joelhos da cabeça da garota e abriu os botões da bermuda.Cintia ainda deitada de costas puxou sua bermuda pra baixo fazendo com que o falo salta-se de uma sá vez.e de tão tesado fosse de encontro a seu umbigo.
_Nossa agora ta parecendo maior que no carro - disse dando um leve sorriso enquanto Johnny acariciava de leve o bico de seus peitinhos.
_ Quero que você faça de tudo comigo.
_ Tudo – perguntou ele já se inclinando com o pau em direção ao rosto dela.
_ Com carinho -respondeu já sentindo a glande do namorado esfregando bem de leve em seu rosto.Abriu a boca,estava louca para sentir seu gosto.Johnny passava o pau por todo seu rosto,levava na boca mas não colocava,descia e esfregava a cabeça nos peitinhos.
_O que você quer fazer
_ Você sabe
_Sei não, me fala
_Quero chupar seu cacete
Johnny então se deitou de costas puxando a namorada pra cima dele.A garota não perdeu tempo e segurando o pau com uma das mãos foi logo tratando de colocá-lo na boca.A visão de Johnny era maravilhosa ali deitado olhando sua linda moreninha de olhinhos fechados tentando colocar o maximo possível de seu pau na boca.Cintia então começou a chupar devagar,sá a cabeça,estava maravilhada.
_Vem aqui senão eu vou acabar gozando.
Johnny colocou a garota deitada de costas,pegou um travesseiro e colocou por baixo dos seus quadris.Era ate covardia,pensou.De joelhos começou a esfregar de leve seu pau na bucetinha de Cintia.Batia com ele no grelhinho e ameaçava colocar,Cintia se contorcia.Se inclinou em direção a ela e de uma sá vez,sem violência mas firme deixou que se pau penetrasse bem fundo na buceta da garota.Cintia gritou.Sentiu as unhas da namorada lhe cravando as costas e puxou sua cabeça de encontro ao peito tentando sufocar o barulho que a namorada aquela altura fazia.Metia devagar mas fundo.Sentia o pau percorrer todo aquele buraquinho apertado e muito molhado.Colocou toda a língua na boca da namorada que de pronto a chupava enquanto gemia ao mesmo tempo.Agora seus movimentos já não eram mais devagar.Estocava sem pena a garota.
_Vou gozar.Quero gozar no seu rosto.Quero gozar na sua boca - disse uma segunda vez sem obter resposta.
Cintia não respondia,não tinha forças aquela altura.Apenas gemia de prazer.Johnny pressentindo o gozo tirou o pau levando em direção a boca da garota.Nem deu tempo,o primeiro esguicho foi nos seios depois no rosto,cabelo e sá então conseguiu terminar todo o gozo na sua boquinha.Cintia engoliu,estava num misto de assustada e satisfeita.A bucetinha arrombada ainda sentia a dor da penetração,era como se ele ainda estivesse dentro dela.Ainda sentiu um ultimo tremor quando ele beijou seus seios.Ela dormiu.
Este conto e parte da coletania SEIS DIAS NA SERRA.
no Blog TARA DOS CONTOS

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


mulheres com a bunda grabnde e a buceta grandemenina de bicicleta contos eroticonão aguentei e chorei na dp anal contosmeu amigo me deu a sua esposa contoscontos eroticos comi minha espetoracontos pornos filho tarado e mae carinhosacontos erotico maes cavalas d bikini n piscina .meu amigo cumeu minha mae e minha irma.historias eroticascontos suruba inesperada com a esposa e travestividro porno primo sente atração pelo outro primo homenscontos eroticos minha sogra franciscamulher enfiando chave de fenda no pênis do homem xvideosgorda sentada no sofa e cachorra lambendovizinha trai marido com cunhadinho contoscache:9sPphOOPSSEJ:https://idlestates.ru/m/conto_2200_corno-manso-e-viado.html conro erotico gay meu tio alopradoconto submissa ao paus negros e grandemulher gemeno danca de calcinha gemendoesfregando na irma caçula contosswing tio com sobrinhas flagrante historias contosConto erotico vizinha gravidacontos eròticos gay virou minha negacontos de encoxadas reais porto alegrecontus orgia reforma casa loiraeu gemendo de calcinha em cima da picona do meu macho contos gayscontos eróticos com irmão de santocontos selvagens arregacei o rabo da minha esposacontos erotico mendigoconto erotico tira a roupa revólverContos eróticos meu primo meu amor minha vida meteContos meu prefeito me comeu com fotosconto erotico piquinique em familia parte 2 incestoNovinha virgem da buceta lisinegra atola a rola e ela da pidocontos porno bunduda sograContos eroticos eu meu tio e minha mulherme disse que babava muito conto gaycontos erótico vovo me arrombandonocontos eróticos de pastor comendo um travestiMenina da pracinha, contocontos servente de pedreiroSodomizada no incesto contoscontos eroticos: fui comido pelo meu inimigo safadinhoaprimeira coroa que transei vou contar como aconteseuquad erotico a apostacontoseroticos comeu a namorada de calcinha fio dentaltesaozinho tenn dando o rabinhomamada gay contoContos eroticos Proposta a tresconto erotico estuprada de mini saiaJá botei ela para transar eu não vai botar o vídeo dela transando gemendo táela pegou no pinto dele na marra mais ele gozouarrombado; contos gaycontos eroticos dormindofnegao fode cu da cadela e gizacontos esposa no baralhoconto erotico de sobrinha nova e tio gostoso fodendo gostsocontos minha esposa grávida chupa paucontos eroticos mãe fazendaconto erotico com freiraf****** a b***** da vizinha gostosa de ladinhoninfetas lésbicas beijando o peitoral dos travestiscontos eróticos pagando com a filhahumm.. Mete mete filho esta gostosocontos eróticos putinha na madrugada na ruacontos de coroa com novinhocontos eróticos gays cu de bebado nao tem donoCasada atraido o novinho xvideocontos eróticos de bebados e drogados gayscontos eroticos gays negroscontos eroticos minha baba gostosa perdendo minha virgindadeconto erotico aposta com irmaGozei no pau do meu irmão contoscontos travesti e mulher casada juntas dando o cu pra homem e o cãoconto erotico mae se bronzeando a bunda pediu p filho passar bronseador no raboele era um lindo anjocontos fidi minha cunhadinha de onze anosfui roubada e comeram meu cuegua.ficou com a buceta meladacontos erotico me foderamesfregacao de rola contos amigos punheteirosdepiladora.casada.depilano.um.cara.di.jeba.gande.e.grossamarido chupa rola do ricardao apos sua mulher dar o. cu pornodoido.comcorno mijado contosquero ver no boa f*** de mulheres com shortinho todo enfiado no rabojoão cavalo quente contos eróticoscontos podolatria irmaconto erotico peguei as meninas do playgroundconto comenndo a tiacontos tava de vestido i fui comidacontos sogra olhando em direção ao meu pintocontos de casadas rabudas que adoram uma piroca preta enterrada no rabobucetas carnudas grandes beicos casadas cornosbuceta deespecialcontos eroticos minha amante nao queria no cuzinhocaralho meu empurra tudo nu meu cuzinhoconto erotico comi as duas sobrinhas da minha mulhersofrendo no boquete contos eroticoscontos eróticos cunhada