Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

VERÍDICO. \"COMO MINHA ESPOSA PERDEU A VIRGINDADE\".

Olá, sou o Luis do casal Cláudia e Luis. Conheci a Cláudia no final de 2005, na época com 27 anos ela lutava para salvar um casamento a pique, relação de quatro anos de namoro e dois de casamento. O tempo foi passando e cada dia que passava ficávamos mais amigos e confidentes, cada gesto, cada olhar deixava claro que o contato físico era apenas uma questão de tempo. Passamos a almoçar juntos todos os dias até que num retorno de almoço ficamos abraçados no elevador sem soltar até chegar ao nosso andar. Ficamos nesse chove e não molha por mais uma semana até que rolou o esperado beijo, daí foi tudo acontecendo muito rápido. Namorávamos durante o dia e a noite ela ia pra casa de modo que eu ficava no MSN aguardando uma oportunidade para falar com ela. Certo dia o maridinho dela resolveu sair para beber com os amigos e nos ficamos conversando sem preocupação até que surgiu o assunto ?virgindade?, perguntei como ela como foi à primeira vez etc. O nível de intimidade nosso já naquela época era tamanho, que a seguir poderão ler a conversa via MSN, que apesar de resumida para que não ficasse extensa demais é totalmente verídica. Nos práximos relatos pretendo contar as aventuras sexuais de como que foi ela descobriu que ainda havia sentimento pelo ex namorado, como foi o dia que ela ligou para ele na minha frente e também a que ela mais gosta que é como me faz corno. rnSegue MSN que deu inicio a tudo, resumido, mas verídico:rnComo foi o dia em que tu perdeu a virgindade?rnJura q que saber? Com detalhes ou sem?rnIsso é uma coisa tão distante pra mim que vai ser legal relembrar...rnA mais ou menos 19 anos atrás... Eu namorava o Gustavo, ele tinha namorada, ... etc, etc...rnComo já te disse ele mais fazia q trabalhava do q trabalhava mesmo, ele tinha acho que 19 não tenho bem certeza! A ex namorada dele uma delas tinha 26 e a outra ex tinha 18, Então.. Nás ficávamos na casa dele de tarde, no prédio perto do Iguatemi. Um dia fomos pro quarto e começou a rolar uns abracinhos, beijinhos mais calorosos depois uma mãozinha aqui,outra ali... Então ele foi para abrir minha calça, quando ele tava conseguindo fazer isso, eu desisti! Ele não ficou nada feliz comigo! Então no outro dia tudo novamente... Eu lembro que era uma mistura de medo com ansiedade... Aí tudo começou novamente até que dessa vez eu o deixei tirar a minha calça... Aí naquela coisa, do abraça aqui, pega ali quando eu achei que ia ele se debruçou por cima de mim Tinha um tipo de balcão atrás da cama na cabeceira e tinha uma latinha ali que eu nunca tinha aberto aí ele pegou uma camisinha... Sabe que naquele momento isso me surpreendeu... De forma positiva aí ele abriu a camisinha, colocou e... Aí já imagina né? Ele começou a colocar bem devagarzinho... Eu estava incomodada com medo... Nervosa...Achando que ele soubesse que eu era virgem, lembro que doeu, machucou um pouco... Aí começou a sangrar um pouquinho... Acho que aí ele percebeu... Lembro que ele comentou alguma coisa a respeito, mas não vou lembrar o que, lembro que eu estava deitada e ele estava por cima... Sei que no dia seguinte transamos novamente... Para mim não era transa, era fazer amor...e lembro que foi muito ruim, tanto na primeira, quanto nas primeiras.. Mas não vou lembrar quanto tempo levei para gozar... Ele foi muito bruto comigo precisava ter um pouquinho mais de paciência... Na verdade não lembro a primeira vez... Mas nada do que fizesse ia me acalmar naquele dia! Acalmar não, mas relaxar Foi mais ou menos por novembro ou dezembro não sei se na primeira vez isso seria possível. Quer continuar com esse papo? Se tu quiser... Quer ou não? Sim... Tu queres? Quero! E como foi com o passar dos dias... vc foi se sentindo mais sensual, mais mulher, mais fêmea? Eu me senti o máximo! Brincadeirinha... Pode falar boba não me lembro muito bem das sensações... Lembro que foi ficando bom... Como você está? Agora estou muito relaxada... Essas lembranças estão longe, tem que pensar. Era muito engraçado, pois a Márcia irmã do Caio (ex marido), era a minha melhor amiga... Queria saber tudo, pois apesar de ser mais velha do que eu sempre foi uma topera... Acho que o primeiro beijo dela foi com 19 anos... Lembro que estudávamos na mesma escola e íamos e voltávamos juntas... A ex-namorada do Gustavo era colega de aula da Márcia... Quando chegava a tarde ele me pegava no colégio imagina, na frente da ex, algumas vezes com flor... Um micaço! Mas enfim íamos pra casa dele e aos poucos fomos nos conhecendo melhor e foi ficando muito bom! Ta com tesão? Claro! Essa foi fácil, vem com uma mais difícil... O que tu mais gostavas de fazer com ele? Gostava de transar com ele por cima! Sei que ele gostava de assistir jogo de futebol na sala de TV, a gente colocava um colchão no chão ou ficava no sofá, bem tapadinho... Jogo que era o objetivo não sei nem se tinha... Acho que ele gostava de transar por cima tbm, pois era o mais comum por isso acho que preferia, mas não tenho certeza. Sexo oral era raro... Ele até fazia, mas eu nunca gostei muito... Como foi a sua primeira experiência? Terrível... Lembro que achei muito esquisito acho q não estava preparada pra isso! Me senti muito vulgar... Acostumou-se depois? Se eu te disser, tu vai dizer q eu estou te subestimando, que eu estou te enrolando... Eu nunca me senti bem fazendo sexo oral... Sempre foi uma coisa de obrigação... Tipo um dia tem que fazer... Mas contigo é diferente... Não me sinto vulgar, nem com vergonha, ou qualquer outra coisa... Se não quiser acreditar tudo bem... Vou entender, mas é verdade... Tem mais coisa que tu vai pergunta que não vai acredita na resposta. Contigo, não é obrigação, é exatamente o que eu estou te dizendo... A diferença é exatamente essa... Faço porque gosto porque me sinto a vontade... Não! Quem vir fazer as perguntas aqui? Pra uma cama ser boa não pode ter compromisso nem pudor tem que rolar o que der na telha... Acho que eu gozava 2 ou 3 vezes numa tarde...Não fazíamos sexo a tarde inteira... Acho bom que "sinta" um pouco o que eu vivi de q forma! Depois desse monte de novidades me sinto um pouco mais segura. Se tiver q pensa numa parte, acho q na primeira vez como Gustavo, que foi muito ruim, mas a sensação de medo, angustia, do novo... Sei lá no inicio era entre 4 a 5 vezes na semana na verdade sempre q dava, depois eu comecei a estudar muito e trabalhar também. Precisava de tempo. Durante a semana eram mais eventuais no final de semana íamos todos pro sitio. Inclusive nás, eles iam à missa todos os sábados, desciam pra tirar leite das vacas, alimentarem os cachorros, caminhar... Sempre tinha uma forma, às vezes eles voltavam mais cedo do sitio e nos ficávamos, às vezes nos íamos antes. Uma vez a irmã dele quase nos pegou no apartamento, ela era esperta, sempre tocava a campainha antes de abrir a porta. Queria conseguir te contar com detalhes uma transa inteira... Vc gostaria de fazer isso? Sim, gostaria muito... Falta à coragem, aquela... Tem certeza que quer muito? Quero muito! Bom... A casa no sitio era grande, quando não tinha ninguém... Acabávamos transando no quarto dos pais dele, pq. tinha cama de casal e banheiro, normalmente estávamos na rua brincando com os bichos, ou na piscina, às vezes a brincadeira começava na água. No inicio era beijinho aqui, ali, ai pegava no colo, abraço, na verdade a coisadinha chegou a acontecer na água algumas vezes sabe como é... Biquíni estimula depende é diferente, bom. Não acho que seja ruim na água, tranca um pouquinho depois vai. Esse biquíni era azul de tirinha do lado. Ta te imaginando dentro da piscina? Cláudia diz: claro... Ele era gordinho hoje é muito gordo. Aí na água de frescura pega no colo, abraço, ate que ele me empurrou pra borda da piscina como se fosse uma parede, ai me abraçou e começamos os arretinhos. Como eu estava de frente pra ele me abraçou e começou a passar a mão em mim na barriga, nas costas na bunda e assim por diante. Começou a abraçar mais forte passando a mão por tudo... Cabeça, pescoço, peito, barriga, costas, bunda, perereca, perna tudo bem ai eu também comecei a abraçar, tocar, beijar então comecei a sentir que ele tava gostando da brincadeira, comecei a abraçar e pegar mais forte, e ele também com muito beijo e muita mão tava mais que bom. Sentia vontade de sentir ele de verdade vontade de transa com ele aos poucos ele foi me apertando mais contra a parede, ai eu sentia o tesão. Sentia q ele tava muito excitado contra o meu corpo até que chegou uma hora que não deu pra aguentar mais aí ele tirou a bermuda e puxou meu biquíni pro lado e foi penetrando bem devagarzinho, era muito bom acho q era do tamanho adequado, em movimentos pra frente, pra trás, rolavam muitos beijos, em algum momento abracei ele com as pernas pra poder ficar mais dentro da minha dela, então ele continuou beijando as vezes com uma mordidinhas intercalando os beijos por todo o corpo. O ritmo foi aumentando, a intensidade dos beijos e das pegadas também ate q derrepente não deu mais e gozamos juntos, a sensação era muito boa um prazer muito grande misturado com paz, vontade de fazer de novo, vontade de ficar quietinho, abraçado, tudo misturado depois ficamos na piscina mais um pouco abraçados... Subimos pra tomar banho o banho não podia ser muito demorado pq. Por ser água de poçoa caixa d água enchia a motor...e a água sempre acabava antes do banho por isso no banho não rolava muita coisa rolava no máximo uns abraçinhos e beijinhos nada de espetacular depois do banho ai sim acabava rolando de novo se tivéssemos sá nos no sitio ai era mais ou menos assim: Pra variar eu terminava o banho depois quando eu saia do banheiro ele já tava na cama esperando quando ele via q eu tava saindo ele já levantava e vinha na minha direção pra que eu não pudesse pensar em me vestir ai me abraçava e já começava a beijar de novo ate chegar na cama como se não pudesse me dar tempo para pensa ou sair dali, como se eu fosse fazer isso... Jura!!! ai ele vinha por cima Tua bucetinha molha e pisca quando lembra? Claro... Bom aí ele acabava vindo por cima, pq. queria me prender evitar q eu saísse assim começava a beijar meu pescoço, ombro, braço, o braço era pela parte de dentro q começava e fazia toda a extensão do braço, ai vinha pro peito começava pelo colo e vinha por toda a extensão enquanto isso as mãos passeavam por todo o corpo aos poucos ia descendo em direção a barriga, no umbigo ficava em tempão, depois descia mais um pouco e chegava na minha perereca beijando as vezes com umas mordidinhas intercalando os beijos, depois ia pra perna ate chegar na ponta do pé, então eu virava de costas e ele começava tudo novamente, mas agora dos pés para cima, começava na pontinha do dedo e vinha subindo com muita calma, aos pouquinhos ia intercalando beijinhos com mordidas e carinhos com as mãos pelo corpo então ia subindo pela panturrilha intercalando beijinhos, mordidas e lambidas parava um pouquinho atrás do joelho e continuava subindo mais um pouquinho em direção a bunda na parte da coxa, pegava bem por dentro e subia em direção a virilha fazia o contorno da bunda e subia em direção as costas ai sim ficava mais tempo beijando, mordendo e acariciando as costas ate chegar de volta ao pescoço ai é obvio que o tesão era absurdo as vezes eu virava de frente, as vezes ficava de costas se virasse de frente o normal ele vinha por cima ou algumas poucas vezes eu ia por cima mas se ficasse de costas, ele deitava por cima de mim, ele com as pernas abertas, ia colocando devagarzinho, ai ele colocava o pau dele devagar na minha perereca e ia mexendo começava devagarzinho aumentando um pouquinho, mais um pouquinho ate q chegava num ritmo muito bom....que era impossível de parar, era muito bom! Derrepente o ritmo ficava um pouco mais intenso ate que tinha uma gozada daquelas, ai o corpo todo respondia ficava tudo contraindo, as pernas braços tudo, ai ele deitava por cima de mim ate passar completamente essa sensação, às vezes se íamos à sexta cedo pra lá transávamos duas vezes na sexta, uma no sábado, talvez uma no horário da missa e talvez outra lá embaixo, no domingo como era roubado mais uma e se ficávamos para ir embora por último ai poderia rolar outra. Uma ou duas na sala de jogos e que o sitio é num tipo de morro a porteira é bem em cima a casa mais ou menos no meio a piscina um pouquinho abaixo, um pouco mais abaixo as cocheiras estábulo, cancha de bocha, canil, churrasqueira, e a sala de jogos mais em baixo ainda tinha a cascata ai acabava o sitio como a casa fica longe e é uma rampa pra chegar lá ficava fácil de saber quando vinha alguém, às vezes era de tardezinha as vezes na hora da cesta depende do dia e da vontade, não tinha uma regra. Na sala de jogos tinha uns sofás era bem tranquilo, tirando o olho sempre aberto pra ver se não vinha ninguém às vezes ele ficava no sofá e eu por cima às vezes deitado de costas sempre achei desconfortável transar sentada de costas, achava que poderia machucar, acho que tentamos umas duas vezes e não deu certo, uma vez foi na cama e a outra numa cadeira do apartamento. A sala de TV do sitio tinha dois ambientes a TV ficava numa parede e nos ficávamos geralmente no sofá mais práximo da TV que era de abrir tipo sofá cama, ficávamos ali deitados assistindo TV geralmente tapados de cobertor, ai rolava de ladinho discretamente pois às vezes tinha mais gente na sala rnObs. Caio é ex-marido:rnE com o Caio. como foi a primeira vez?rnUma piada!rnQuer saber?rnBom, já estávamos namorando, saindo juntos quase um mês.rnÍamos à casa dos amigos, barzinho, postinho, corona pra Faculdade...rnrnAí uma noite saímos, fomos para um motel. Com um papinho tipo assim... "Não te trouxe aqui pro q tu ta pensando... é sá pra gente conversar" Já escuto isso? Aí conversamos um pouco, com umas piadinhas muito sem graça... Eu não tava a vontade, embora nos conhecemos a muito tempo. (e não nos conhecemos até hoje) mas enfim... Aí beijinho pra lá conversinha pra cá... Sem muita histária ele começou com mãozinha aqui ali, não lembro a roupa que eu tava, mas provavelmente fosse de calça, provavelmente ele tenha aberto, não tenho convicção disso ai deitou por cima de mim e o resto tu já sabe... Qual a impressão que ficou da primeira transa com ele? Tu achas ou tem certeza? pq. Será que ficou essa impressão? Achei que tivesse sido daquela forma pq. Fosse a primeira, pq. tava tudo meio esquisito mas sei lá a verdade é q nunca foi bom No início era novidade, tinha expectativa mas nunca foi algo q pudesse dizer q foi legal Até pq. já te falei, q o gozar de forma normal não eras ou pelo menos era muito difícil! Na maioria das vezes ele gozava em cima de mim geralmente na barriga! Sexo oral era muito raro! Ele em mim raro eu nele quase nunca Acho que dá pra conta nos dedos... Havia sempre briga e discussão por causa disso. Transamos uma vez literalmente pra cumprir tabela, antes de dormir. No outro dia nada! A novela era sempre mais ou menos a mesma.. Assim... Vamos supor que eu fosse para a cama primeiro... Aí eu estava deitada quase dormindo ou me fazendo de costas pra ele pra não dá muito papo. Aí ele vinha e começava com uma mãozinha na perna, nas costas, até que eu me manifestasse... Aí claro q eu não tava muito afim não fazia uma cara muito boa aí ele perguntava... Poxa tu já tava dormindo de novo? Não tenho mulher pra nada? O que adianta ta casado assim... Toda a lenga lenga, Antes, pra evitar a discussão eu acabava cedendo e mesmo sem vontade, sem tesão, com sono... Sempre vinha nas discussões... Que eu tinha nojo dele, que eu não me esforçava.. Que eu não podia fazer nada que era bom pra ele esse tipo de coisa... As vezes era discutir por discutir, até fora da cama... Geralmente era quando ele tentava o anal e essa é a parte que acho que tu não vai acreditar... Mas nunca rolou! Simplesmente não rolava pq. eu não deixava e acho q essa é uma das frustrações da vida dele. No inicio eu gozava com ele não vou saber o numero de vezes, mas foram poucas. Entre uma discussão e outra, uma cobrança e outra, rolava uma tentativa de beijos, acho q por parte dos dois tentando entrar no clima... Mas era muito complicado na maioria das vezes ia assim mesmo tipo vamos acabar logo com isso... As vezes eu virava e ai ficava de barriga pra cima, e ele vinha por cima. Ele se martubava no chuveiro de porta aberta, parece que fazia para me provocar pois entrava para escovar os dentes e me deparava com aquela cena. Quem é mais bem dotado? O do Caio é bem maior e mais grosso também ta bom assim? deu pra entender que o do Gustavo é menor? ... ajhahahahaa sim, esse maior é a ponto de te machucar? Sim tbm não seria para o oral? Pensei q pudesse ser, mas conversei com o meu médico, e ele não acredita nessa teoria... Os indícios apontam pra falta de compatibilidade.rnrn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos sexo estorando cu virgemscontos cu dormindotravesti imgole pora de cavaloConto erotico na cama com a tia coroa puta.comgostosas de caixote apertadinhaapostando com mamãe contos eróticosGozei dentro da xereca peluda da minha vizinha coroa enxutacontos de traicao anal,postados no facebookcontos eroticos marido capachoContos eroticoa transei cm um aduto na infanciachupou o pau no karatê ele gozar na cara delaconto aquela mulher mexeu na minha buceta cu teenmulher acima d 90kg crente contoscache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html Contos eroticos de trans lindas e taradas.contos er senta devagarmeu amigo cumeu minha mae e minha irma.historias eroticasconto erótico de pai fazendo o filho gay patinhaContos Eróticos Tentada pelo filhovelha aqueles tempos do capô de fusca bem rapadinhagarotinho fodinho por adulto contosconto minha tia pelada no quintalHomem mais velho iniciando duas meninas novinhas as chupar pica contos eroticosContos falei parainha comadre que queria transar com ela s nossos maridosconto tirei do cu e comi a bucetacontos eróticos de bebados e drogados gaysConto mana onibuscon erotico comi lora greluda por 10 pilarelatos de comadre dando a buceta pro compAdrecontos dei minha buceta para o novinho pauzudo na pescariacontos eroticos peguei minha cunhada dormindosou uma mulher crente mas quero picachupando o vizinho conto erotico gayconto erotico priminhaNovinha e chantageada.contoscontos de mulheres q se masturbammeus amigos me comeram sem do gay contos eroticosDona Florinda chupando a rola de Seu Madrugahistoria porno de meninas com seu irmao tarado nocampestoria de cantos erotico minha tia sentou no meu colo e comi elaconto minha mulher gostosa da academia trepa com os personais e amigo,scontos armei estrupo para minha esposaminha mulier sentou no pinto grosoconto eroticocontos coroas as quetasme foderam muito cedo contoseroticosContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorcontos minha tia viuva sua amiguinhaConto erotico um travesti me algemouinspetora viu meu pau contosconto eróticos desejandoa mulherdomeu filhocontos eróticos fictício de ginecologista e grávidasem querer fraguei minha cunhada no banheirocontos eroticos Araguaina ToDeixando a novinha laceadavideo porno dano o cu ea buceta toda babentaconto irma dormindoContos eróticos de gay comi a bunda do meu tioContos eroticos de travestis tarados.me casei com um cornomeu cachorro meu machoContos eróticos chupadas e dedadas na buceta pelo chefinho gato e gostosoMães chupando filho contoseroticoscontos eróticos Cidinhagozadas na boca do menino contoscontossexo minha mulher negro pausudocontos meu filho dotado me acoxocontos eroticos de despedidas de solteiracontos de lambidas gostosacontos eróticos cadela e putona famíliascontos velho nojento pauzudowww.contos eroticos maes e filhosconto primeira peitinhoconto erotico praia esposa garotosmuitus contus estupro na favelacontos eroticos engravideilongos contos eroticos estupros dpcontos eroticos aluna e professorfui passear vestido de putinha e os noiados me fuderam o cu conto gayConto erotico mulher conformada vidaConto minha esposa dando pro policialeu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestocontos não resisti ao cacetaoconto erotico amiga crente da entiadacontos eróticos rasgando o cuzinho da cunhadinha safadacontos eróticos de novinha dando para garanhãocontos flagrei minha irmã e seu filhocontos masturbmagrinha com tatoo na bundaconto eu e minha colegaContos Eroticos fudi amiga da tia choronacontos eroticos ela foi banha e laou meu pintinhoconto desde pequena participo de orgias com minha familiacontos catinga de cúNo meu caso sou uma mulher madura, me chamo Paula, 43 anos, branca, alta com cabelos pretos, corpo violao,Sou magrinha e gosto de rolas enormes contos eróticosconto erotico arrombei o travesti do baile funkEu contratei uma garota pra ela ser meu presente de casamento eu e ela e meu marido fomos pra lancha conto erotico