Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA ESPOSA E O ENTREGADOR

somos casados a 19 anos e eu tenho 34 e minha esposa 30 e sempre procuramos apimentar nosso casamento com algumas aventuras ela e baixinha, loira estilo falsa magra com seios pequenos e duros e boca carnuda, sempre que transavamos ela gozava pra algum cara que ela escolhia e na rua de nossa casa havia um deposito de agua mineral que fazia a entrega das aguas nas residências e havia um garoto de nome ruan de 19 anos que trabalhava no deposito entregando agua, ele tinha um corpo perfeito baixinho, forte, todo dividido, ele jogava futebol e tinha as pernas bem grossas e divididas, tinha os cabelos lisos e rosto afilado e minha esposa tinha o maior tesao no garoto e começou a gozar pra ele nas nossas transas, em uma vez que ele trouxe nossa agua ele acabou esbarrando na bunda dela na hora de passarem na parede entre a sala e a cozinha e aquilo enlouqueceu minha mulher que sá esperou ele sair e foi se masturbar dizendo que havia sentido o pau dele na bundinha dela e outra vez ela foi atende-lo com uma blusinha bem folgadinha sem sutien e deixou ele ver seus seios quando se abaixou de proposito deixando ruan louco de tesao, Então cansados de tanto provocar, pois toda vez que ele vinha entregar agua ela já notava certo volume em seu pau, estávamos folgando numa segunda feira e compramos umas bebidas pra tomarmos em casa e assamos uma carnezinha e começamos a farra, depois de uma caixa de cerveja já estávamos meios altinhos e começamos a nos esfregar quando tive uma ideia, propus a minha mulher que pedíssemos agua e quando ele chegasse o provocaria e chuparia seu pau ate ele gozar, e ela na hora disse que não, mas depois de muita insistência minha e de não estar tão consciente devido à bebida ela topou, mas me disse que eu era louco então corri e me escondi no banheiro que dava pra ver toda a cozinha e ela ligou pedindo agua e em menos de dois minutos ele chegou chamando na porta, ela foi atendê-lo de shortinho branco e uma calcinha fio dental preta e blusinha sem nada por baixo, que dava pra ver o biquinho do seu seio durinho, e ela pediu pra ele colocar a agua na cozinha ele estava com uma cara de safado e perguntou por mim e ela disse que eu estava trabalhando e perguntou se ele queria um gole de cerveja e ele disse que dela ele aceitaria tudo, ela então partiu pra cima e agarrou o rapaz e beijou e ficaram assim se beijando e eu escondido olhando e tocando uma punheta e ela foi descendo e desabotoou seu short e caiu de boca no pau dele, ela chupava com tanta vontade descia e subia naquela pica que não era muito grande mais cabeçuda e ela lambia e passava a língua, quando do nada ela se levantou e falou em voz alta, acho que pra eu ouvir (não aguento mais quero tua rola na minha bucetinha) quando ouvir pensei em intervi, pois nosso trato era sá chupa, mas ela desceu seu short e ele começou a passar a língua em sua bundinha com uma marquinha de bronze fio dental que ela tinha ganhado na praia no domingo, e eu desesperado sem saber o que fazer, ela ficou de 4 e ele passou a chupar seu cuzinho e ela gemia delicioso rebolando na língua dele e ele encaixou seu pau na bucetinha dela que Sempre teve a bucetinha muito apertada mesmo depois de todos esses anos de casado, e quando ele começou a força a entrada foi que ela veio se lembrar da camisinha, mas já estava quase toda dentro da bucetinha dela que estava muito molhada e ela disse a ele (deixa assim mesmo) e ele começou a bomba nela que gemia deliciosamente e eu sá me masturbando e ele ainda disse a ela (porra que bucetinha apertada, ela morde meu pau muito gostoso, aquele corno safado não te come não e putinha) quando ouvir gozei e ela sá fazia gemer e acabou gozando no pau dele gritando e chamando-o de gostoso, e ele tirou da bucetinha e mandou-a chupar e ele gozou muito na boquinha dela, dai ele pediu pra comer seu cuzinho e ela disse que hoje não outra vez você come pois o corninho pode chegar, e ele vestiu a roupa e se despediu dela com um longo beijo e saiu e ela veio correndo pro banheiro e me beijou e disse (há amor não aguentei tive que dar pra ele e além do mais no final você que inventou tudo isso, gozei muito gostoso e vou querer mais ta meu corninho) depois metemos o dia todo lembrando do fato e depois conto como ele comeu o cuzinho dela Valeu.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


aprendi dar o cu com meu genro contospai quero atencao contos eroticosemprestei minha esposa putariasex zoo com o cão fora do normal no doti contos eroticos de transando com a cunhada casada com o consentimento do seu maridocontosminha enteada gosta de dar a bundsContos inserto com as subriasporno fui estudar na casa da prima gostosa e ela dise que ia ter aula de fideconto jovens de pau duro no calcao de futebol jogando video gamecontos adoro ser cornocontos eroticos que saudade da lingua dela na minha bcontos eroticos na praiabucetas lindasContos eroticos surubacontos de lesbianismo no acampamento de escoteirasa puta mulher do meu irmão contos eróticosContos erotico marido corno bebedor de porrao vento levantou meu vestido contos eróticoscachorro lambendo buceta.deilhecontoseroticos chupando pica cheia de seboeróticos ah ah aaaah chupa a minha bucetinha vai ah deliciacontos eroticos gangbangBebendo porra do filhinho contoseroticoscdzinha contos eroticosRelato de esposas putas dando pra fumcionarios naconto gay dei dinheiroconto eróticos puta de salinasvideo porno safada falando obsenidadesprima baby doll contosmenina novinhas putinha contos eróticos picanteshomem chupando bucetinha para o pasteleiro escondidoeu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestomeu namorado masturbou me na descoteca contoscontos eroticos a primeira vez da minha mulhertravesti contos cimeu cu vizinhocasado.Contos erótico filhinha gosta de mamar picamoca.no.forro.cemcalcinha.cabeludaela pediu pra parar mas continuei fudendocontos eroticos cadelagozei na nora dormindo contoscontos heroticos meu amigo hetero dormi e eu aproveito quando ele ver mim bate e depois mim comeucontos eróticos padres heterossexuaisconto erotico amigo babaca e cornocoroas defloração relatocontos minha mulata foi arronbada e curradaTrempando em cima da lancha com o coroa conto eroticoconto erotico massageando a tia nuaContos minha irmã e minha putaEu contratei uma garota pra ela ser meu presente de casamento eu e ela e meu marido fomos pra lancha conto eroticocontos eroticos sou coroa viuva e dei minha buceta pra um muleque roludoconto erotico minha mae me fazchupa -ladopei minha mae contocontos enteadameu filho mete o dedo no meu cu e eu gostocontos bi eu e meu primo e minha prima meu primo gozo no meu raboconto erotico peguei as meninas do playgroundContos eróticos seduçãopatroa dando a buceta pro vendedor ambulante contos eroticoscontos de incestos eu estava dançando funk De vestidinho curto e meu pai viu e não aguentou e comeu meu cuzinhominha ex cunhada e minha amante ela e casada contosDe repente...minha mulher fodeu com todoscontos eróticos papai e mamaepessoas fazendo sexo gostossoooocontos minha e eu no analcontos eroticos deliciaContos adoro verAsgostosa nudismocontos travestis praiacontos eroticos meu cunhado estourou meu cabacinhotraindo no hotel contoscomtos de vagabundas que gostão de fuderconto erotico estuprada de mini saiaeu ja comia Minha filhinha decidir compatilhar ela contos eroticoscontos eroticos de incesto deixando a irma com ciumescontos dei o cu e saiu merdaAteliê dos contos eróticocontos eróticos - madrugada no clube de águas quentes Contos eroricos esturpo seios mordidas