Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EU ERA ENRABADO TODO DIA

bom, a historia que vou contar aconteceu de fato,no ano de l972 a 75,eu tinha 19 anos na epoca,e nao tinha ainda me envolvido com nenhum homem,naquela epoca o bairro que eu morava tinha poucas casas e um matagal muito extenso,tinha um colega nosso que todos chamavam de indio,ele cometeu uma infração certa epoca e acabou preso,ficou 3 anos na cadeia, e um advogado o colocou na rua,mas era boa pessoa,apenas começou sair com pessoas erradas e se ferrou,bom, o tempo passou ate que o Indio sai da cadeia,morava somente ele e a mae dele,todos nossos pais davam conselho pra gente nao sair com ele,porque tinha sido preso,aquelas coisas,alguns de nossos colegas ate rejeitaram ele,mas eu fui conversar com ele,mesmo porque as historias que ele contava de quando estava preso,excitavam a gente, e ele narrava com bastante enfase,detalhando passo a passo,como eles faziam pra se aliviar na cela,dizia que quando algum preso novato caia na cela deles,ele comiam o cara,mas disse ele,que nao usavam de violencia,senao mudavam o cara de cela e eles perdiam aquela bundinha,confesso que aquelas historias me deixavam de pau duro,e eu quando chegava em casa corrria pro banheiro pra bater punheta,e as vezes me pegava fantasiando com o indio,ate que certo dia,encontrei com ele sozinho na rua, e falei,preciso dar uma chegada naquela mata pra ver se tem palmito.vc quer ir comigo,ele falou,claro vamos,e fomos so eu e ele,chegando la ele foi dar uma mijada,e eu aproveitando fiquei olhando o pau dela,nisso que ele percebeu ele tirou mais pra fora ainda,e falou vc gosta de ver?eu disse nunca vi de perto,entao ele disse,pode ver bem de perto,se quizer pode pegar tbem,ninguem esta vendo,e vai ficar entre nos,falei ta bem, e comecei a pegar naquela rola,lisa e grossa,ele ta tao excitado que j começava a sai aquele liquido seminal da cabeça do pau dele,ele dizia que estava na seca,nao trepava fazia tempo,o ultimo cara que ficou preso nao deixaram ele comer o cara,entao eu falei,mas vc enfia tudo isso no cara,ele falou claro,mas ate aqui o talo,ele disse logico, e o cara aguenta eu perguntei,ele disse,gemendo mas aguenta,eu falei,nao sei se aguentaria tudo isso nao,ele disse,podemos experimentar,se doer vc me fala eu tiro,dai me colocou de quatro,cuspiu na cabeça do pau,melou meu reguinho,e enfiou so a cabecinha,eu falei ta doendo,ele disse, entao vou ficar so assim,a hora que vc falar ok eu enfio mais,mas ele tentou enfiar,dai eu travei as pernas,ele falou,relaxa se no nao entra,mas eu prendi a respiração,ele dizia,solta a respiração senao fica dificil,mas eu prendia,ele entao esperou e ficou brincando so com a cebecinha enfiado,ate que ele começo a me agarrar com força,começou a querer enfiar mais,mas eu nao deixava,travava mesmo, mas vi que ele ficava impaciente, e dizia po cara relaxa que estou quase gozando,so mais um pouquinho,deixa eu gozar,eu dizia,mas ta doendo,quando eu dei uma respirada boa ele aproveitou e foi enfiando a rola com tudo, pediu que eu virasse o rosto pra ele e foi me beijando na boca, chupava minha lingua,ficou igual um louco mesmo,senti o esperma dele ejacular dentro de mim,ficou grudado em mim uns 2 minutos,depois foi tirando a rola de dentro de mim,assim que saiu pude ver que pingava porra,ele disse,vai ali se agacha e expele o eperma que ficou dentro de vc,esperamos um pouco,saimos da mata,fomos pra casa,ninguem nos viu,mas quando foi mais a tarde ouvi alguem bater palma na minha porta,minha mae atendeu e disse,vc ta saindo com esse cara,ele acabou de siar da cadeia,eu disse, nao mae,mas e so um recado,eu sai avisei pra ele nao ir na minha porta,mas ele disse,eu nao aguentava mais com meu cacete duro pensando hoje de manha,vamos em algum lugar dar uma foda rapidinha,eu disse, mas estou com o cu ardendo ainda,entao ele disse,mas eu prometo que nao vou enfiar,quero que vc vire a bundunha pra mim,pra eu bater uma punheta,falei ok,mas nao vai meter a rola em mim nao ne,ele disse, fique tranquilo,sei que essa bundinha e so minha,e vc nao vai dividir ela com ninguem,daqui pra frente quero se seu macho,quero enrabar vc quase todos os dias,vc vai ser minha femea,depois de uns dias ele nao sei porque mudou se bairro,mas acabamos nos encontrando,dai falei pra minha mae que ia morar em outro lugar,queria arrumar um emprego,entao ela disse,vai morar em pensao,eu disse sim,mas na verdade eu fui morar com o indio,que ficou sendo meu marido por um bom tempo,acostumei com a rola dele,depois entrava tao facil que eu sentava em cima e ia ate o talo,ficndo somente as bolas do saco de fora,e tbem outra coisa que acontecia,ele enfiava a rola,e quando ele estava quase gozando,eu tbem gozava,mas nao colocava a mao no pau,foi bom por muito tem,ate que ele arrumou outro cara e me dispensou,hoje vivo de lembranças .

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Minha prima me falou que tem vontade de chupa no meu penisestuprada pela quadrilha conto eróticorelato erotico meu filho me secava doisestoria de cantos erotico minha tia sentou no meu colo e comi elacasadas que postam fotos de itanhaemhttp://googleweblight.com/?lite_url=http://idlestates.ru/conto-categoria-mais-lidos_7_3_sadomasoquismo.html&ei=a1K1--iF&lc=pt-BR&s=1&m=984&host=www.google.com.br&ts=1502208630&sig=ALNZjWluLDUwf3x3BVqvie4tmbrgYZhBOAMulheres se jutao para fazer xexo contosesposa perdeu a aposta contosmete até o talo tio contomanteiga cu froxo cunhada bunda g contosmulher mostrando partes intimas meladacontos vendo a irma sendo fodida betinhamorena bronzeada na locadora pornôcontos de sexo a chupada da minha maecontos dei pro mulequinho de ruavelhos peludos gay contosrola na madrinha/contoconto mamando na tiaViajado com meu filho trasei com ele no motel contovidios porno dona de casa carente gosa com seu cachorroMinha mãe colocou silicone e ficou gostosa contocontoseroticos fissurado no cu da esposaconto eRotico os piralhoS m comeraoCadê acabou comendo cunhado cadê aquela vezcontos sado marido violentosconto erotico lesbico chupa meu grelinho ai vou gozar isso não para ai ai ai to gozandoesposametenocomoutropornô compare com a comadre faz ela gozarminhasobrinhae sua amigacontosRelatos eroticos de professoras casadas brancas que foram usadas por alunos negroscontoseróticos dei mamarcontos de meninas safadinhaConto erotico novinha.pediu pra passar bromseadorcasa dos contos eroticos tia e primaConto erótico filhinha putinhaconto porno puta suja de estradacomo brexar a cunhada no banheiro contos eroticos prima 32noscontos eu dancando funk para o titioconto madrasta fudida a forçaConto erotico minha tia coroa s fazendeiraaiiao taradobebeu porra e viciounovinha viuva sem ver um pau por varios dias se assusta ao ver o do sobrinhocontos casal cinema pornocontos eróticos alunoconto erotico defia um diero comi ela pornoconto meu amor meu sobrinhomorro de tesão pela a minha madrasta/videoscomendo o primo e olhando pela janela contos eroticospais e filhas novinhasconto porno gay cinemacasetes longo machuca a xoxota da mulher pornosentei no colo do meu colega no onivus e ele ficou muito excitado contos de mulhercontos erotico com pintudo, fatos reaistia e sobrinho transando quandi ela esta malhandoConto eroticos das coroas 42 lindas e gostosas de 41 anos com teu afilhadocontos eroticos gay troca troca na infancia com primos mais novoscontos eroticos familia unidaConto erotico enteadacontos eróticos chupei a b***** da éguaContos eroticos pai q criou a filha sozinha trepando cm a filinha virgemContos Eróticos fui estupradacontos eróticos dois garotos em dupla com novinha conto porno mulher gosta pau 25cmconto erotico virei escravo de minha professora safadacomi o cuzinho do vizinho novinho contos heroicoscontos espiando a irmã no banhousando uma calcinha pequena e morrendo de tesaiContos eroticos novinha desmaia de tanto gosacontos de mulheres que tomaram ativador sexual