Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA PRIMA DAIANE 1

Tenho 1.70 de altura 71 kg, olhos e cabelos castanhos e agora tenho 37 anos, mas aparento bem menos e sempre fui louco por menininha nova. Tenho uma prima de 19 anos chamada Daiane e muito gostosinha por sinal, bom eu sempre fui louco pra comer a Daiane, mas nunca deu certo, ela nunca me deu uma brecha, até que eu comecei a arquitetar um plano pra come-la. Então um dia pedi pra ela ir à minha casa, pois eu precisava falar urgente com ela já que eu sempre a ajudei e quebrei muitos galhos pra ela. Ela foi, ai eu disse que precisava que ela se passasse por minha namorada numa festa, pois tinha uma garota que eu já havia comido que estava no meu pé e eu tinha dito a ela que namorava uma garota de 19 anos e agente transava muito e que se amava demais, tudo isso foi uma estária que inventei pra ela na hora e ela topou, ai eu quase agarro ela, fiz muita força pra me conter.

Pedi a ela que no dia ela fosse de mini saia e uma blusinha que deixasse bem realçados seus seios e de preferência que não usasse soutien nesse dia. Chegou o dia marcado, combinei com ela onde eu a pegaria, para ninguém perceber nada e pedi pra ela guardar segredo, foi o que ela fez, então fui ao local marcado e logo parei o carro ela entrou. Fomos pra um lugar muito legal que tem aqui na minha cidade, atrás de um bosque, e pra ela não desconfiar de nada eu disse que a menina estava nos seguindo, entrei na rua atrás desse bosque, parei o carro e passamos para o banco de trás e ficamos abraçados e eu dizendo pra ela que a menina parou o carro numa esquina ali perto e estava nos observando e que era pra ela caprichar. Ela disse que tudo bem e começamos a nos beijar, quando toquei seus lábios meu pau endureceu na hora, chegou a doer de tão duro, reflexo do tesão enorme que eu sentia por ela e tão logo começamos a nos beijar eu disse a ela que a menina estava atrás do carro nos observando e que essa menina havida dito que era mentira minha, que eu não namorava nenhuma menina e minha prima embarcou nessa conversa, eu disse a ela que teríamos que esquentar um pouco mais as coisas ela pensou um pouco e disse que tudo bem, ai eu fui às nuvens, comecei a passar as mãos nos seus seios e que delicia e quentinhos eles são, ela logo começou a ficar com a respiração ofegante e eu beijando e passando a mão naqueles seios maravilhosos, até que fui levantando a blusinha dela e comecei a chupar seus seios e ela começou a gemer baixinho, ai eu já senti que ela estava entregue, eu mais que depressa comecei a descer minhas mãos enquanto chupava seus seios e comecei a passar a mão na sua xaninha por cima da calcinha, pois ela estava de mini saia como pedi. Ela nessa hora gemeu mais alto e abriu as pernas de vez ai enfiei minha mão por dentro da calcinha e comecei a bolinar seu grelinho que a deixou maluca em segundos. Ela pegou no meu pau por cima do short que eu estava, enfiou sua mão por dentro do meu short e começou a bater uma pra mim enquanto eu chupava seus seios e bolinava sua xaninha deliciosa e já toda molhadinha e sem eu pedir ela foi tirando meu short e caiu de boca...fiquei maluco...minha cabeça viajava a mil mas deixei a situação... ela enfiava minha rola todinha na boca e depois tirava, levava ate a garganta e tirava bem devagar, puxei sua calcinha de lado, ela estava molhada ao extremo... Ela não disse nada sá gemia... Peguei mais do que depressa e tirei sua calcinha branquinha e toda molhada com o suco da sua xana deliciosa nisso ela já tinha tirado meu short e a partir daí nem pensei mais onde estava...A condição...E ela disse pra mim para chupar sua xaninha e na verdade nem precisava mandar porque eu ia fazer de qualquer jeito, mais do que depressa ela levantou a mini saia e ofereceu aquela xana rosadinha para mim, que coisa mais linda, ela tinha poucos pelos e um cheiro gostoso, meti a boca sem medo nenhum, naquele momento eu não queria mais saber de nada...Sá em transar com minha priminha gostosa, chupei, chupei com tanta vontade que em minutos ela começou a gozar na minha boca e a dar gritinhos como uma gatinha manhosa, ela apertava minha cabeça contra a xaninha gostosa dela parecendo querer enfiar minha cabeça lá dentro, mais que depressa deitou no banco e abriu totalmente as pernas pra mim, comecei a passar a cabeça do meu pau bem na entradinha da xaninha dela, eu esfregava pra cima e para baixo e ela já maluquinha, rebolava com aquela xana na cabeça do meu pau, ai eu não aquentei mais e fui colocando bem devagarzinho, fui à loucura fui sentindo meu pau sumir todinho dentro dela e olha que tenho 20 cm de pau, senti quando toquei lá no fundo dela e ela gemendo bem baixinho...E falando ai ta muito bom, me come toda, fáde gostoso, me arromba com essa caralhão, sou toda sua agora, me come sempre, fode... Ela dizia estar muito bom, eu comecei um vai e vem lento que ia até o fundo e quase tirava o pau, foi incrível ela começou a me apertar pra cima dela, começou a gemer alto, a remexer com o quadril e a gozar de forma tão intensa que eu gozei junto com ela, coisa que ela adorou, gozei tanto que vazava muito, mas meu pau não amoleceu e ela percebendo isso queria mais e me fez sentar e sentou em cima da minha rola com minha porra ainda escorrendo por suas coxas gostosas, entrelaçando suas pernas na minha cintura e começou a subir e descer na minha rolona que ficava todo enterrada na xaninha dela e depois saia quase toda e ela gemendo alto e eu maluquinho, pois meu pau não amoleceu e o tesão que ela me despertou era muito intenso, enquanto eu comia sua xaninha linda eu chupava seus peitinhos deliciosos o que fazia ela gemer mais. Tirei-a daquela posição e coloquei-a de quatro no banco e ela empinou aquela bundinha gostosa toda pra mim e sem nem pensar meia vez meti todo o meu caralhão na sua xaninha gostosa e ela gemeu alto e comecei a bombar de uma maneira tão rápida que ela gozou em segundos e eu fui levado pelo mesmo frenesi e quando eu disse que ia gozar ela tirou rápido meu pau da sua xaninha gostosa e colocou ele todo na sua boca e gozei muito novamente e dessa vez na sua boquinha quentinha e ela bebeu tudo e limpou meu pau chupando ele até amolecer. Estávamos suados e o que ainda restava de roupa nos nossos corpos estavam molhadas de tanto suor. Ela olhou pra mim e disse que nunca imaginava que pudéssemos um dia transar e mal sabia ela que eu a deseja há tempos. Ficamos conversando durante uns cinco minutos e ela já estava querendo mais e eu idem, foi então que ela ficou de quatro novamente e me pediu pra enfiar tudo no seu cuzinho, pois ela sempre teve vontade de sentir uma rola no cuzinho, mas não via ninguém que pudesse confiar e nessas o meu pau já estava duraço novamente, mal sabia ela que sou 99 por cento insaciável, mas voltando, ela arrebitou aquele bumbumzinho lindo pra mim, comecei a esfregar a cabeça na entradinha do seu cuzinho e ela foi relaxando e cada vez que eu esfregava mais ela ia forçando contra meu pau e derrepente ele entrou todinho naquele cuzinho apertadinho, ela gemeu...Jogou tudo pra trás e disse pra eu come-la bem gostoso, pois ela queria gozar muito novamente e comecei um vai e vem lento, suave e ela gemendo, parece que ela não estava nadinha cansada, e rebolava no meu pau, gemia, empurrava de encontro a ele e eu socando tudo dentro daquele cuzinho quentinho e apertadinho, mas como tudo nessa vida é imprevisto, me deu um tesão repentino, mas muito forte e comecei a meter com força e rápido, ela começou a gemer alto quase gritando e pedindo pra eu enterrar mais, ela dizia: _ VAI...METE...ME COME...ME ARROMBA...ME ESTUPRA, ME ARROMBA, FODE MEU CÚ... Eu mais que depressa obedecia, meti com tanta força que ela gozou sem parar umas três vezes seguidas e quando senti que eu ia gozar também, ela percebeu e me puxou de encontro a ela, enterrando tudo de vez no seu cuzinho e gozei muito novamente, gozei tanto que quase desmaiei, caímos exaustos no banco, ela por baixo e eu em cima dela com minha rola ainda enterrada no seu cuzinho e ficamos assim uns dez minutos, até que meu pau amoleceu e foi saindo sozinho do seu cuzinho agora todo aberto. Nos sentamos, peguei minha camiseta e comecei a enxuga-la, ela ainda mole, mas me dizia que queria que fizéssemos isso toda semana, pois não imaginava que eu era tão sacaninha a ponto de seduzi-la, mas que ela tinha gostado muito. Sentou no banco novamente com as pernas bem abertas, escancaradas na verdade e pediu pra eu chupar sua xana novamente o que fiz sem demora e ela começou a gemer e a se contorcer novamente e a empurrar minha cara de encontro a sua xana deliciosa e começou a gemer alto e a se contorcer mais e gozou aquele mel delicioso na minha boca o que absorvi com muito gosto deixando sua xaninha limpinha. Eu sempre adorei transar com menininha nova, não gosto de bagunçar a menina não, gosto de dar e sentir prazer, manter sigilo, pra não atrapalhar a vida da garota e digo mais, as menininhas novinhas são muito mais gostosas e carinhosas, se você é assim e ta a fim de conhecer um cara legal, cheio de energia, carinhoso, romântico e super sigiloso, me escreve você vai gostar, mesmo que não tenha experiência. Eu e minha prima já combinamos outra pra logo ai eu escrevo contando novamente ta? Meu e-mail é [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


dei o cuzinho é fiquei arrombandocontos eróticos com mulher vizinhaCoroas casadas trepando com novinhos contosconto eroticos lesbicas machinhosconto gay macho arrogantecomi o cuzinho do vizinho novinho contos heroicosgostosao aguenta doi pipinos no cúcontos eroticos de de me tinhas conquistando os avós incestoconto porno no coloContos eroticos violento seioscontos janaina safadinhaminha filha e uma cadela conto eroticoConto enteada nao aguentou tudocontos eroticos comi toda a familiaCONTOS EROTICOS REAIS EM VITORIA EScontos eroticos minha esposa pediu para enterrar nela um salamemulher dando a buceta no salao da foliaConto Erótico Primas putascomendo a japonesa contos eroticoscontos eroticos mulher casada se evXvidio carona estrada desertacontos erótico comi minha amiga qusndo fui estudarContos eroticos poraocontos eróticos apostei minha mulher d perdicontoseroticos anal brital no acampamentoDesvirginando a sobrinha de 18 anoscontos eróticos incesto minha putinha dengosacontos eroticos com velhoxanimhacontos eroticos putas brancas pretos piçudosincesto familia unida contoconto erótico duas rolar na velhax vídeo mulher da cu virgema outro antes de da marido conto eróticosmenina brinca e mostra a calcinha toda enfiada brincando com Gabinao tira papai deixa que eu vo gozardomindo sentir o dedo do meu tio na minha bucetaconto erotico gay colo tiovideo porno enxergando uma buceta na outra ate gozar e mela todinhameninas não percebem de shortinho com a x******** parecendo ladocontos eroticos advogadaconto erotico fui pra fazer um teste pra trabalhar e voltei pra casa cm a buceta ardendo de tanto darContos eroticos amo dar pra cavalosquero ouvir as empregadas s****** fazendo faxina de shortinho de sainha curta s***** mostrando a b******** e bebavideos porno minha mulher me satisfazendo na cama presente de aniversáriochupou tio i phoneconto mingau. de porracontos eróticos enormes nadegasContos eroticos eu paguei pra fuder a minha sobrinha casadacontos eróticos na rua de vitória escontos eroticos o empregado me bolinou e gosteisai com um casal contoswww.contos comendo a tia de sainha curtacontos de cherado decalsinhainfância;contos eróticos;enrabadocontos de incesto de maes treprando com filhoscontos er peitinhos em formaçaomeu marido quis q eu derse pra ele e seu irmão conto erótico incestoconto erotico chantageado namorada do meu amigocontos meu marido dxou o amigo dele me massagiarcontos eroticos crente coroa peidando no pauContos eroticos menininhasXvideo nao sabia que aguentaria aquele monstro no meu cuzinho vou contar como foicontos eclxado a tia de sainhaContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadormulher escanxa no cachorro e goza gostosovidro porno primo sente atração pelo outro primo homenscontos eroticos gays no futebolcom fotosContos gay coroaeu vou te arregaçar inteira me perdoa amor, desculpacontos eróticos de minininhas que adorava ser abusada dormindosenti o pau dele duro quando chamei de cornoconto erotico lambie buceta da minha afilhadaContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorCadê acabou comendo cunhado cadê aquela vezeu vi minha nova vizinha casada com seu amante eu tirei fotos dela com seu amante eu fiz chantagem com ela conto eróticocache:TjHC3uy6Jc0J:idlestates.ru/conto_5450_comi-xota-e-cu-da-maninha-e-o-cu-do-irmaozinho.html CONTOS EROTICOS MAMAE METEU COMIGOfoda gostoza mulher caszada tro cano omaridoa crente e a zoofilia_contoshistoria erotica meu enteado novinho e bem dotado me arregaçou todaconto erotico de velha gorda sem dentaduracontos com injeçãocontos eroticos bissexual casado fui na chácara e transei com o caseiro do vizinhocache:FPfKk_mm7mAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_9_9_zoofilia.html Quando a mulher goza a vagina fica babenta?contos eroticos coroa carentewww.contopadrinho.comaravando as pregas do cu virgem fa espozaguado o cavalo tramza a rola dele fica detro da eguadepois de eu ter me mastrupado depois de um tenpo comesei a goza isso e normaleu arreganga minha buceta pra ele