Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

VIZINHA CARENTE

Vizinha carente



Caros leitores, este é o meu primeito conto postado, espero que gostem pois, é um prazer poder compartilhar experiências tão marcantes com vocês. Realmente espero que tenham átimos momentos com esta leitura.

A histária é verídica, entretanto os nomes foram trocados por descrição.

Meu nome é Marcos, e estes acontecimentos ocorreram em 1995. Eu tinha 24 anos nesta época.

Fazia um ano que eu morava naquele condomínio, era cheio de pessoas idosas e crianças. Certo dia a minha vizinha de frente, Dona Marilda abriu a porta para uma loira alta e magra (estilo manequim), aparentemente com uns 30 e poucos anos (34anos como pude descobrir mais tarde), e com um casal de filhos pequenos. Era a filha dela, que estava em processo de separação e acabara de se mudar para a casa da mãe.

Eu estava sentado em minha sala, vendo TV e vi esta cena de chegada, pela minha janela, e pensei, "humm, bah esta loirinha bem que poderia me dar mole...", mas continuei com a minha vida sem mais pensar nisto.

Umas duas semanas depois eu e mais uns amigos estavamos em uma cervejaria da moda quando, lá pelas 3:30AM, quando todos já estavam mais estimulados pelo efeito das cervejas....

Tava rolando um pagodinho, e eu ainda estva sozinho na festa, aí resolvi partir para o ataque. Assim, me virei e fitei uma loira magra e alta, e fui falar com ela.

Chengando com aquele papinho de festa mesmo, ela olhou bem nos meus olhos e falou o meu nome e falou que sabia onde eu morava epeguntou se eu não a conhecia. Minhas pernas tremeram, mas aí ela com muita simpatia falou que se chamava Débora e que era a minha vizinha de frente, e ato continuo, falou:

- Vamos dançar então, garotão?

No que já me enlacei em sua cintura fina e fomos para o meio do salão curtir a dança. No que já senti seu corpo grudado no meu. Nás iamos dançando e ela se esfregando sutilmente em meu corpo, já me oferecendo sua boquinha para ser beijada...

Ficamos na festa até umas 4 e pouco da manhã, quando ela me falou que tinha que voltar para casa, pois ela tinha filhos e poderia ficar "falada" no condomio.

Eu como estava de carona com meus amigos e ela estava de carro, pedi uma carona pra casa, já que moravamos "bem pertinho".

No que ela falou, então vamos de uma vez, senão minha mãe fica preocupada. Pagamos a conta no bar, ela avisou as amigas que estava cansada e estava indo embora.

Ela pegou o carro e lá mesmo no estacionamento começar a nos sarrar.

ela estava com muito tesão, pois se debatia a cada toque nos seus seios e em cada passada de mão em sua xoxotinha ainda que por cima de sua saia... e sá me falava que tinha que ir embora...

Foi aí qeu eu falei,(me fazendo de irritado) então vamos embora !!!

e fomos, sá que no caminho de casa tem um drive-in !!! um pouco antes de chegarmos ali eu comecei a torturá-la, afastei sua calcinha, que já estava ensopada, e fiquei passando o dedo. Quase batemos... Falei, entra no drive-in ali na frente....

Ai nao, nao posso chegar de manhã cedo em casa, ainda mais acompanhada.

- ENTRA AGORA !!!

Ela entrou, e ligou pra mãe dela dizendo que iria largar uma amiga em casa e sá mais tarde iria para casa. Agora sim, o caminho estava limpo para liberarmos nossos instinhos....

Mal ela desligou o telefone, pulo para cima de mim, arrancando minhas calças e abocanhando meu pau que nessa altura estava duríssimo e querendo saltar das minhas calças....

Ela chupou, lambeu, esfregou na cara, estava com uma saudade de vara que sá vendo mesmo. Enfiava até o fundo da garganta e tirava, uma loucura, continuou assim por um tempo e quando falei que iria gozar ela sá fez um sinal de positivo com a cabeça e mandei ver !!!

Enchi sua boca gulosa de porra bem quente, e como gozei, ela enguliu tudinho. Aí a chupei, toda depilada, e a essa altura, toda melecada de gozo, chupei um pouco e ela acabou gozando feito uma louca, quase desmaianod no capô do carro.

Abri sua pernas e mandei tudo, bem no fundo daquela buceta sedenta por sexo, nem 19 estocadas e ela já estava gozando novamente. Incrível !!!

Ela ficou paralisada por alguns instantes e logo apás fomos embora para casa, antes de me largar um rua antes do condominio, ainda tomou mais um pouco de leite, não disperdiçando nenhuma gota.

Depois ela me falou que não transava com um homem já fazia 2 anos.

Era tudo isso que eu precisava, ela estava completamente ao meu dispor, falou também que depois da separação sá vinha mantendo relacionamentos sexuais com uma amiga...

Mas isto é uma outra histária......



Contatos: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


me cumera porque tava sem calcinha negros cotosContos eroticos minha tia anda pelada na casaCom sunga sempre fico de barraca armadameu tio me comeu meu cuas mais linda esguichada na punhetaContos filho namorado "pintinho"cache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html meus alunos rasgarao minha bucetinha contoscontos porno traição da senhorapadastro. com. a. filhaxvideo. bxxsexo com vizinha muito rabuda vigiadocontos/o cu da sogra era virgemContos eroticos cumi mi.ha cunhada carlaContos sexo coroas esposas de amigoscontos eróticos minha sogra armou meu chifrecontos eroticos novinha coroa ricocontos gays tio e sobrinhocontos no orfanato gaycontos eroticos gays bem recentes ocorridos no rio de janeirocontos porno os amigos de papai fuderam mamaecontos esposa rebolou para,amigopapai e seu amigo comeu meu cuzinhocontos eroticos na filacontos eroticos porrameu marido sempre tras tres amigos em casa conto erpticocontos eróticos - praia de nudismocontos eroticos fomos enganados e fodidosseduzindo o colega hétero parte 2Rex dando o cucontos eroticos a tia que mijoconto gemendo no pau do pone taradoconto erotico sentado no colo baicha saiaFodi a enteada a cunhada e sobrinha na praia de nudismo contoerooticoconto erotico de tanto eu insistir em engravidei a minha professora eu era um meninoContos eroticos putinhascontos erótico me rasgaram mo acampamentominha sobrinha eu vou sempre fuder ela no motel conto eroticoconto erótico eu e meus primos nu no lagocontos eróticos gay sendo putinha na minha casacontos na mesa com marido de frentecontos eroticos de sexo oralConto d esposa safadinha fico d pau duroconto erotico era pra ser brincadeira e virei cornoContos eróticos fui cavalgar com meu marido e o cavalo me comeu zoofiliaamelhor buseta de bashia do mundo gosanoreboladas da titia contos eróticoseu quero a mulher da b******* grande de fio dental na regata do c* da bundonaminha mae me iniciou em zoofiliaconto erotico com crenteprometeu dar o cuzinho virgem contos eroticosviadinho japones dei pro negao do caminhão contos eróticoseu quero a mulher da b******* grande de fio dental na regata do c* da bundonaassistir vídeo pornô travesti da rola Gabs cabeça de graçaler contos eroticos de bucetinhas virgenscoroa me rasgou contocontos erotico gay negro dando pra brancoporno tio roludo viaja dd onibus com sobrinhaorando outros peitões da bundona gostosawww.contos eroticos corona novinho.brConto erotico minha sogra so anda de roupas curtacontos eroticos fudendo minha bisavocontos eróticos chupando os peitos da minha sogra e f****** elaDei meu cuzinho- conto ii relatosdando banho na sobrinha e pondo nas coxinhas dela gratiscontos eróticos com bucetas grandessou uma mulher crente mas quero picamulher pede ao vizinho pra ser errabadapapai descobriu contos eroticosContos eroticos c imagens meus dois chefes me comeram por dinheirocontos eróticos mamãe meteu uma cenoura em minha bucetinhafodo meu sogro todo dia com meu pauzao contoporno desmarcada do funkcontos esposas na praiacdzinha cuzinho julinhoatolando pau grosso nas.vellinhascontos eróticos locador com comeu a inquilinac erotico metendo com a molecadalutinha mamilo conto gaycontos pornos irmas na pontecontos eroticos com enteadame fode jb. contosconto cine porno gay RecifeConto erotico de xana beiçudaContos Eróticos. De Dona Vera Me Chamou Na Sua Casacontos eroticos submissa meu dono cortou meu grelocontos casada fode com amigo do mundocontos eroticos amigo gay inicioucontos de crossdresserrose empregadinha contosconto erótico de tiazinha rabudaMeu primo que chupa no meu paucontos eroticos com coroa taradocontos eroticos mulher castiga o homem emagando o saco e dando soco no saco conto gay troquei cu por empregoninfeta chupa buceta e cospe a goza com nojo