Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PRIMINHA LINDA

Não irei mencionar nomes veridicos, meu nome é Elloi tenho 19 anos, moro numa cidade razoavelmete grande de um estado no norte do país.



Sou branco, cabelos negros, olhos castanhos esverdeados, tenho 1,70m e 65kg.

O relato a seguir ocorreu a pouco mais de um mês.



Tinha acabado de entrar de férias na faculdade e arrumado um emprego novo, quando uma prima minha veio até a cidade em que eu moro para fazer uns exames. Junto com ela vieram seu marido, sua filha Paula de 19 anos e sua filha caçula.



Por causa do maior conforto eles resolveram ficar em minha casa, minha mãe hospedou-os muito bem.



No primeiro dia em que estavam em nossa casa eu pude perceber como minha prima Paula estava linda (a ultima vez em que a vi ela estava com uns 4 anos), ela havia se "desenvolvido" muito bem. Loira, cabelos nos ombros com uma franja sobre o rosto, seios médios e durinhos, bunda redondinha e muito "apetitosa".



Na primeira noite (18h) em minha casa, minha mãe juntamente com os pais dela e a irmã caçula, sairam para a consulta da mãe da Paula.



Comecei então a conversar com a minha priminha, perguntei sobre a vida dela, como estavam todos os parentes lá. Apás algum tempo de conversa já não aguentava mais de tanta tesão, falei meio na brincadeira que estava louco pra beijar a boca linda dela.



Ela ficou meio sem graça, e eu começei a investir para tentar beijá-la, mas ela resistia incansavelmente, apás várias tentativas frustradas "desisti" de beijá-la. Vendo o meu desanimo ela me perguntou veio até mim e falou que me beijaria, quando estavamos quase nos beijando o pai dela que havia saido com um tio meu chegou, continuamos no computador, ele foi para o quarto assistir TV.



Ele havia acabado de entrar no quarto eu fui com tudo pra cima dela e acabamos nos beijando, começamos a ficar naquela noite, mas por causa da casa estar cheia de gente não havia encontrado opurtunidade para comer minha priminha.



Tanto ela quanto eu queriamos essa oportunidade, que acabou chegando na noite seguinte. Estava ocorrendo em minha cidade a feira agropecuaria anual que movimentava a cidade. Minha mãe conseguiu com uns tios meus ingressos para irmos à feira, mas não o suficiente para todos, fomos entaum Paula e eu para marcar o bingo.



Na chegada eu já falei em seu ouvido que seria ali que nos transariamos, ela suspirou e não disse nada, fomos então para trás do palco onde não havia ninguém, começamos então a nos beijar, o clima foi esquentando e logo eu estava com a mão em sua bucetinha linda, meus dedos começaram a passar lentamente sobre os lábios molhados de sua xaninha.



Nesse momento ela já não falava mais nada, apenas gemia, comecei então a aumentar a velocidade dos movimentos dos meus dedos e ela se contorcia toda chupando meu pescoço.



Sua vagina estava toda molhadinha e ela pedia para eu penetrá-la, retirei meu pênis para fora da calça e encostando-a na parede comecei um delicioso movimento de vai-e-vem, ela gemia e pedia para eu apertar seus seios que estavam durinhos.



Preocupados com a possibilidade de sermos flagrados naquela situação, fomos para um bosque dentro do parque de exposições onde haviam alguns bancos, sentei-me em um deles e bem devagar comecei a tirar a calça dela, abaixei toda a calça, e ela sentou sobre meu pênis latejante, ela cavalgava lentamente, mas com alguns picos de velocidade, entaum levantei sua blusa e comecei a chupar seus seios, ela apenas gemia e contraia a xaninha em volta do meu pênis.



Troquei então de posição, deitando-a sobre o banco com as pernas abertas (frango assado), penetrei a vagina "encharcada pelo tesão" que ela sentia e comecei a "bombar" com "violência", ela gemia tão alto que eu comecei a ficar preocupado com a chegada de alguem no local, mas ao mesmo tempo com muito mais tesão ainda.



Como estava sem camisinha pouco antes de eu gozar retirei meu pênis de dentro dela e então minha prima começou uma deliciosa punheta, eu me segurava ao maximo para não gozar e aproveitar mais o momento, alguns minutos depois eu explodi num delicioso gozo, nos beijamos mais e voltamos para a festa.



Voltamos para a casa, ela ainda continuaria em minha casa com seus pais mais uma semana mais ou menos, então eu tinha que comer minha priminha denovo.



Passou-se dois dias, era de tarde os pais dela haviam saido e minha mãe estava dormindo em seu quarto.



Fomos então para o meu quarto, tirei a roupa dela e comecei uma siririca em sua xaninha cheirosa, não demorou muito e o sumo começou a escorrer pelos seus lábios vaginais, tirei meu dedo de sua vagina e chupei aquele liquido divino, ela então me beijou vorazmente, lambuzei mais uma vez meu dedo naquele liquido e coloquei em sua boca que sugou tudo, deitei-me então na cama e ela sentou sobre meu pênis, começou com movimentos leves enquanto estimulava mais o práprio clitáris.



Levantei-me e mudei de posição, virei-a de constas, ela se apoiou na cama e arrebitou a bunda abrindo mais a bucetinha, comecei a introduzir meu pênis em sua xaninha por tras, ela apenas gemia se controlando para não gritar, comecei a "bombar" com toda a minha força.



Pouco tempo depois eu gozei mais uma vez, então nos vestimos e voltamos para a sala, ela foi embora para a cidade dela, e nás estamos namorando agora.



Não vejo a hora de eu ir pra lá e comer mais minha priminha linda.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos de coroa com novinhoo cu da morena saio sague de tanto fura porno doidocontos eroticos dando pro jumentochantagiei minha sobrinha contoscomendo cunhada asm que minha mulher saimeu amigos me bateram e me fuderam conto gaygostosa de shorte mostrando as beiras da bucetacontos orgia com maecontos eróticos longos viagemcontos/ morena com rabo fogosocontos negras visinhas gostosascomi esposa do meu amigo de trabalho contos eróticosxvidio.esfregando o pau so no short vermelinhocontos eroticos meu sobrinho vei morar e casa do interior pra fazer facudadeconto erotico levei pro iate do meu paiBebendo porra do filhinho contoseroticosComtos mulher fodida pelo marido e o filhoContos encesto mae gostosa sapRelato de suruba com fila para fuder bebadacontos eroticos com cu ragadosconto de meu avô rasgou meu cuconto de chorei com a pica grande de um negao no meu cu virgemcontos meu espooso come minha buceta e outro come meu cuconto erotico video gameAdora mamadas contoseroticoscontos eroticos gozando no cu da coroade verdade o que injetam ou introduzem para aumenta bumbum e seiosAguentei a rola enorme do papai contos eróticosvelhos acabam com as tetas da vadia de tanto mamar contoscontos eróticos pastor taradotesudas contofui arrombado no cuzinhoencostou o cotuvelo no meu peito fiquei loca conto eroticocontos eróticos-meu pai me fez gozarcasa dos contos mamaram meus seios no meu tiocasada chantageada e submetida aos limites contos eroticoscontoseroticos primos e a sua primaConto erotico, tenho.50 anos e transei com minha vizinha casada de 60 anosconto viajando com minha esposaContos Gays Fui Assediado pelo marido Gostoso Da Minha Irmânegao preenchendo todo o espaço na nuca tá da novinhacontos eroticos sograporno oooooo vai vai aiii caralhogay surra chinelo putinhasantinho do pau na boca uma laranja viu pau na boca na bunda na sua boca a bocamãe não deixa filho fude.com ela.na.vuzinhacontos de incesto fui adotad a para ser escrava sexualconto erotico virei escravo de minha professora safadaconto de encesto sou filho unico meus pais viajarom e eu fui com elescontos eróticos de bebados e drogados gayscontos eroticos sou casada a segunda orgia para meu maridocontos eroticos zoofilia com a cachorra a noiteRelatos de casada bunduda dando para os amigos do corno bebadoanão transando com jamaismenina de menor fazendo filme pornô com minha Duduai devagar porra caralho sua pica e muito grossacontos eróticos eu comi minha irmãvidios dos bucetao mais carnudo e enchados nusesposa no motel com amigos contoa travesti me meteu a pica fiquei apacjpnadocontos eróticos primeira vez q peguei na buceta da minha namorada Contos historias xxx sexo história verdadeira que comeu a sobrinha virgem que não queria darCarnaval cerveja mezanino nada conto eróticocontos eroticos esposa coloca coleira no maridotravesti Juliana de primo metendoconto coroa n**** pediu gay namorocontos eroticos comeu meu cu no onibus e da cobradoraporno contos inserto massegemconto comi o cu da minhamaecontos eroticos baba violentadasconto erotico arrombei o travesti do baile funkconto de esportista dotado que comeu cu de travesti xvideoporno com er maosconto cdzinha