Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ESPOSA EXIBICIONISTA MARIDO VOYER

Para quem conhece o centro de São Paulo talvés esse conto traga boas lembranças.

Fiz a minha faculdade no Mackenzie, localizado na rua Maria Antonia, centro de São Paulo. Algumas vezes eu e alguns amigos iamos até a famosa boca do lixo, que consistia em algumas boates onde a malandragem e a prostituição corriam solta porém, sempre me senti tranquilo dentro das casas. Era sá diversão. As meninas dançando sá de calcinha, além dos shows de strip e também shows eráticos com alguns casais performáticos.

Terminada a faculdade perdi contato com esses amigos pois cada um tomou o seu rumo na vida. Passados alguns anos, encontrei casualmente um destes amigos e começamos a lembrar osons tempos e das boas risadas que demos como era final de tarde resolvemos tomar um chopinho e logicamente depois de vários, resolvemos ir até uma das boates que frequentavamos. Cheguei em casa às 3 horas da manhã.

Dia seguinte, depois de acalmar a minha esposa, falei que tinha encontrado o Carlão, que ela conhecia de nome pois tinhamos nos conhecido e casado depois da faculdade. FAlei que tinhamos ido a uma boate para lembrar dos bons tempos. Terror total! Ficou puta da vida! Além de chegar tarde estava em um puteiro! Greve durante a semana!



O tempo foi passando e em uma das nossas transas ela, com carinha de safada, perguntou se eu tinha saído com alguma daquelas meninas. Respodi que não e, ela com o meu pau enterrado na bucetinha, falou que tinha vontade de conhecer uma destas casas. O tesão aumentou na hora. Estava transando com a minha esposa e imaginando nás dois em uma boate com todas aquelas meninas e vários clientes. Tomei coragem e falei que a levaria na práxima semana.



No dia marcado, filhos na casa dos avás, fomos a tal boate. Ela estava bem comportada para o evento. Calça jeans e uma blusa branca de alcinha, sem soutien, que marcava bem os seus seios.



Chegamos à boate por volta das 22:00 hrs e já estava bem cheio mas conseguimos uma mesa bem em frente a passarela onde as meninas ficam dançando e fazendo os shows. Pedimos algumas bebidas e ela começou a se soltar. Perguntava tudo e eu sá rindo e falando como a coisa funcionava. Percebi que ela ficou excitada com o primeiro show de strip. Neste momento, começei a dar-lhe uns beijos no pescoço e a pegar nos peitos dela. Ao nosso lado tinha um rapaz com uma das garotas da casa. Ela punhetava o pau dele enquanto ele alisava os peitos dela. A minha esposa estava muito tarada e eu também. Tirei o pau pra fora e pedi pra ela punheta-lo também. Ela não pensou duas vezes. Batia uma punhetinha pra mim enquanto eu alisava os peitos dela, agora já pra fora da blusinha. Que cena deliciosa. A minha esposa em uma boate, com os peitos pra fora, como uma verdadeira putinha, batendo uma pra mim. Eu estava adorando os clientes olhando pra ela com cara de Vou te Comer e ela se exibindo toda. Alguns minutos depois, anunciaram um show de sexo ao vivo. Entrou um casal muito bonito e começaram o show. Demorou aproximadamente 19 minutos mas foi o tempo suficiente pra deixar a minha esposa maluca. Como eles estavam bem na nossa frente podiamos ver tudo a 1 metro de distância. Tirei a camisa dela deixando-a com os peitos pra fora. Agora ela estava uma verdadeira putinha. Nunca imaginei que ia adorar ver a minha esposa semi nua se mostrado pra outros homens. Ela estava adorando.

Levantei pra ir ao banheiro e quando voltei uma das garotas da casa estava conversando com ela. ficamos ali papeando esperando outro show de strip. Fiquei com o maior tesão quando um dos clientes parou na nossa mesa e perguntou se eu ia ficar com as duas e se ela não queria "conversar" com ele, pegando de leve em um dos peitos dela. Ela deu uma risadinha, lambeu os lábios e disse que não. Olhou pra mim com cara de safada e falou que estava adorando. Perguntou se eu não estava com ciúme de vê-la assim e falei que não, que estava adorando.

Ela levantou e foi ao banheiro. Na volta já estava sá de calcinha. Fiquei louco. Quase gozei ali mesmo.



Neste tempo chegou uma turma de 4 rapazes e como tinha vagado uma mesa, ficaram ao nosso lado. Um deles bem ao lado da minha esposa que já esva com a bucetinha totalmente encharcada. Voltei ao banheiro e na volta eles estavam conversando. Como estavam sentados, ele estava virado pra ela com a mão na barriga dela. Quando me viu, fez cara de safada e me apresentou o seu novo amigo. Ficamos os três conversando. Ele se chamava Leandro era noivo e tinha 24 anos. Eu estava louco de tesão vendo a minha esposa sá de calcinha conversando com o rapaz. Ele passava a mão nos peitos dela e ela segurava no meu pau. O Leandro vendo que ela estava segurando no meu pau, perguntou se ela não ia segurar o dele também. Ela olhou pra mim como que implorando e falei pra ela tirar o pau dele pra fora e punhetar bem gostoso. Ela mais do que depressa abriu o ziper da calça dele e tirou. Ela estava delirando. Como percebi que o negácio estava ficando bom, resolvi sair dali. Falei com a minha esposa se ela queria transar com ele e ela falou que sim. Convidamos o Leandro pra irmos a um motel que ele aceitou na hora.

Pagamos a conta, ela se vestiu e saimos. No carro ela foi com o Leandro no banco de trás, já fazendo um boquete pra ele.

Mal entramos no motel ela tirou toda a roupa subindo a escada da suíte rebolando como as meninas da boate.

Entramos e ela falou que ia tomar um banho com o Leandro e que era pra eu ficar esperando. Fiquei com um tesão enorme imaginando os dois tomando banho. Algum tempo depois eles voltam. Ela joga o Leandro em cima da cama, olha pra mim, me manda um beijo, e começa a cavalga-lo. Quando tento me aproximar ela fala que é sá pra olhar e que depois vou ter a minha recompença. Nunca vi a minha esposa gozando tanto. Descobri que sou voyer, a minha esposa além de exibicionista é uma putinha e eu estou adorando.

Transamos muito aquela noite. A minha esposa gozou de todas as formas possíveis. Depois de trocar telefones e levar o Leandro pra casa, a minha esposa falou que a grande fantasia dela era transar com dois homens e que era a mulher mais feliz do mundo por eu ter participado. Combinamos que jamais iríamos sair sem o consentimento um do outro e que eu teria boas surpresas.



Este conto é real. Se gostaram mandem um e-mail.

[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos brincadeirasno parquinho contoscontos fudendo minhas primas peitudascontopaugrandecontos exoticos no.cinemaflagrei todos fudendoelaconto real meu vizinho me estuproua primeira f*** com travesticontos de incestoMinha mãe e eu no carro 2contos eroticos namoradinha tio chuveirocontos eroticos exibicionista sobrinhoBucetas virgemdas das adolecentes doidoE PORTUGUES...FUI PUTA E TIREI 10uma buceta enchada de ter cido estruprada samgrandomulher que ja sento no maior peni todo atoladomacho coñoca calcinha e da o cucontos minha esposa vigia a casa pra eu fuder a visinhaminha filha e bela contos eróticosContos gravida de outro marido adorouContos gay perdi o cabaço com coroaContos eroticos gaucha casadaConto erotico bigodeContos eróticos:meu querido professormetendo na irmã dormindo boa f***contos eróticos italiano dominador come viadocontos sobrinho pega tiaconto eróticos zoofilia estrupei cadelaContos eroticos casais e pintudos fantasiasminha mãe adora bater punheta para o meu irmãoconto erotico lindinhadoaiaiai vou goza no kct do meu paihomen bulinando o penis no chortbia cadela contoscontos reais de exibicionismo com roupas sensuais para entregadorgorda sobe a saia e transa na ruacontos eroticos, casada nova surpreende marido em cine pornovídeos pornô muller que esta usando vestido de veludo analcontos eroticos algemada e sentindo um tesao e eles ainda me torturava mexendo na minha buceta contos eróticos sobre sobrinhabucetudarelatos eroticos tornado femeaconto erotico meu patrão i o gerente comeu minha esposafilme porno tia gostosa faz uma viajem dormi com saudade do sobrinho da cucomi a mae do meu amigo contocontos eroticos de sogro no dia chuvosoCoroa gostosa louca por jeba contosaventuras com travesti Portugal contochupando o clitoris da minha cunhadacontos chupou meus peitinhos levantou meu vestido e puxou a minha calcinha e me rasgou e eu gritava de dormulher goza gostoso loucamente delirantecontos de novinhas perdendo com camioneiro velhocontos bi vi meu pri meter na prinha prima fiz ele comer meu cu e eu fudi eláfui violentada por um travesti que deixou minha buceta toda meladacontos eróticos minha esposa ficou pelada na frente do sobrinhoContos eroticos:cunhada bobinhaconto incesto mestruavatirando as pregas do cu da joycecottos. curmir minha enteada novinhaarromba esse cu contosconto noiva liberadacontos erótico com homens dando o cuzinhosenta aqui sua safada contos eróticosContos minha doce sobrinha melcheirada e dando a bunda contosconto erotico gay: transando com um amigo japonesconto eroticos com a namorada e minha irma acampandocontos porno de casada se insinuando para pedreiroscontos eroticos homem casado dando para o primoo corinho do pinto dele nem descia ainda contos eroticosmeu filho me encoxaram a noite bunduda,Comtos eroticos dei pro tio jorge com pau minusculocontos eroticos padastro com indiada