Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COLEGA DE TRABALHO

O que vou relatar aqui aconteceu comigo em 2001. Trabalhava na época em um hospital no setor de exame de sangue, eram plantões 1236, ou seja trabalhava uma noite sim outra não, e neste setor era um funcionário por turno, eu trabalhava de 19:00 as 7:00 h da manhã e quando chegava ao serviço eu rendia a plantonista que se chama Flávia. Ela sempre estava com pressa e saía correndo quando me via pois dali ela iria para faculdade, se tratava de uma gata branca de mais ou menos 1,75m e seus 60 a 65 Kg, eu estava neste hospital apenas a 4 meses e nunca a tinha visto sem jaleco e ela nunca havia me despertado interesse algum.

Um belo dia, chego eu ao plantão e a Flavia estava irritada com uns procedimentos que não haviam dado certo e estava toda enrolada, neste dia ela não pôde sair correndo pois tinha que terminar seu serviço. Vendo seu estresse pus a mão em seu ombro apertei um pouco e disse-lhe que ficasse calma, tive essa atitude sem maldade alguma, mas nessa hora ela falou que sá uma massagem é que realmente a acalmaria e pediu que eu tornasse a apertar seu ombro pois aquilo era gostoso.

Comecei massear meio tímido e sem jeito já que não sou expert em massagem, fui acariciando seu ombro por cima do jaleco até que ela falou que seria melhor se tirasse o jaleco, quando tirou o jaleco que pude perceber pela primeira vez que ela era dona de um corpo maravilhoso. Me empolguei e logo estava de pau duro com ela sentada a minha frente em um banquinho com uma blusa de alçinha e de calça branca meio transparente, fui massageando os ombros e hora decia um pouco para as costas, fazia umas manobras para tentar passar a ponta do dedo no finalzinho dos seus seios, meu pau parecia ferro, quando já não aguentava mais resolvi ousar. Primeiro passo foi fazer com que a alça de sua blusa caísse do ombro, ela não se importou, ficando a blusa segura apenas pelos seios duro que ela tinha, depois de incrementar a massagem deslizando pelas suas costelas pescoço e quase nos seus seios, passei a encostar meu pau duro bem acintosamente em suas costas e seu braço.

Então cheguei ao meu ápice, pedi a ela que se deitasse em um colchão que tinhamos lá que faria uma massagem completa, para minha surpresa ela aceitou sem problemas, foi e então deitou de bruço quando vi aquilo fiquei doido, montei nela ficando com meu pau na direção de sua bunda, pedi que tirasse a blusa ela obedeçeu e ficou deitada de olhos fechados como se estivesse dormindo alisei suas costas e esfregava meu pau em sua bunda ela fingia dormir, então desmontei e arrisquei, começei arriar sua calça, ela continuava "dormindo" tirei a calça e me deparei com uma bunda maravilhosa q sá de lembrar fico de pau duro, começei alisar todo aquele corpo, passei a beijar também me concentrei na bunda, quando abri suas nádegas e vi aquele cuzinho fiquei doido passei a chupa-lo depois afastei suas pernas e passei chupar a xana e massagear o cu e ela fingia que nada acontecia, tirei minha calça e fui com o pau em direção a sua boca passei o pau na boquinha ela fingia dormir mas abriu a boca e pus todo meu pau na sua boca ela chupava com timidez, depois de um tempo voltei a chupar sua xana e então resolvi meter naquela buça, me posicionei e fui enfiando devagar ela dava gemidinha bem discreta e eu nada falava pois tinha medo de estragar o que estava acontecendo,fui dando várias estocadas em sua xoxota e ela sá gemia eu por minha vez metia em sua xota e enfiava meu dedo em seu cu não resisti por muito tempo e gozei como um louco em sua buceta. Tirei meu pau e ela continuou deitada de bruço como se estivesse dormindo, começei a brincar com seu cuzinho enfiando os dedos o máximo que podia, horas dois ou três, foi quando ouvi sua voz pela primeira vez durante aquela foda "PÕE SEU PAU NO MEU CU VAI"disse ela .

Caraca não dá pra descrever o prazer fiquei bem uma hora e meia fudendo seu cu . Essa foda foi o máximo e foi única pois o nosso dia -dia continuou sendo o rotiineiro de eu chegar e ela sair correndo pra faculdade.

Valeu galera um abraço a todos e espero que gostem, comentem !!!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


voyeur de esposa conto eroticocontos eroticos filhover contos erótico está na real primo com prima gordinha gostosacotos erotocos piscina casadahistorias eroticas com saúnas masculinasjaponesas babys fazendo zoofilahttps://idlestates.ru/conto_3484_desvirginando-minha-querida-irmazinha.htmlMoreno olhos verdes gay uberabaContos eroticos estorial, enfie o meu pau na buceta da minha irma ela dormindo e disperto eu dentroDei meu rabo e não me arreoendocache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html meu cachorro meu machoentregador de gas bem dotado e sexy dominadorconto erotico sequestro de patricinhaConto Erotico minha sogra tem uma bunda enormecontos eróticos com mulher carentecontos eróticos de mãe ajeitando a filha para o pai comer na frente delacontos fudendo com minha mulher e a minha cunhada peitudaxvidio negro do pau grande ofereci diero pra minha mulher troca sexocontos sexo minha esposa amigaconto de dei o cu para uma pica grande do meu patrão que me rasgouLora dismaiando no cu no anal em tres minutosMulheres flagradas transando com seu cao pirocudo em contosContos.eroticos.me.dava.banhoContoseroticoscomsogrocontos se caga na pica e gostacontos armei estrupo para minha esposaconto comi uma velha crentexvidio gay coroa 82Contos eroticos recem nascido (a)eu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestoconto erotico colegiais sexo entre familiaconto erotico teen sendo enrabadacontos Rabuda com cheiro de bundaporno doido em cabines chupando e dando a buceta por buracos de paredesconto de transa com o amigo do meu paiwild thermas conto eroticocontos esposa com velhoContos gay saindo de carro a noite vestido de mulhercontos erotico comi cu da tia no conventoMeninas novinhas de onze e doze perdendo a virgindadecontoscontos eroticos, alisei o piupiu do meu filhinhoela e virgem e so da o cu contossou magrinha casada e os amigos do meu filho me coreram e eu adoreihistoria comendo eguacontos erotico fis a filinha pequenininha adolecete do amigo meu chupo meu caceteconto erotico mulher peituda transando com cavaloconto gay "punheta pro seu macho"contos eroticos com sogro e sogracontos bi minha tia me pegou dando pra o meu tioconto erotico incesto no sitiocontos eroricos minha filhae enlouquececontos eróticos vou te fuder faveladaConto eu meu marido e nosso melhor amigocontos minha mulher pagou minha divida com a bundadoce nanda parte dois contos eroticosconto megao roludp fudeu. minnja mulherminha noiva com porra dos macho pra mim contostransei com casada que encontrei na pracinhafotos chapéu ao traveco até ele gozacontos eróticos eu putinha cavalaContos her¨¦ticos incesto comi minha m0Š0e contos minhamulher ea minha filha fudendo comigocontos erotico estrupo loira esculturalsubindo na escada de saia para ajuda pintor pornofui iniciada ainda pequena na zoofiliaxv inserto chupando a busetinha da novonha dorminocontos arrombei o cu dela no pique escondecontos eu e meu marido adoramos ir no cinema ver pornoconto erotico arregaçadahomens hetero bebado se engana e passa.a noite com travesti roludocontos eroticos dormindoWww.xoxotinhanovinha.comcontos eróticos fui Penha a força por doismae coroa mechama pra viaga com ela e durmo com ela insexto gostosa pornoContos ela deixou comer o cu delaminha prima chupou meu pau virgem contospai examina a xoxota da filha contosfui trepada com o meu afilhado caralhudo, mas ninguém nos viu, conto eróticos na hora do horgazmo gozandocontos eroticos de travecos gostosas e taradas tirando o cabaçi do garotihos.contos eroticos tia dando pro proprio subrinhoconto erotico comendo o cu da professora e sua filha juntadeu fui arrombadoconto erotico novinhos no semáforocontos heroticos gay meu primo de dezessete me comeu dormindo quando eu tinha oito anosxv inserto chupando a busetinha da novonha dorminoleitinho do titio contos inocentesconto gay sobrinho viro esposacontos eroticos gay meu pai de vinte e tres anos me comeu dormindo quando eu tinha oito anoscontos evangelicaLuizinho meninos novinhos um transando com outro pela primeira vez de dois primos transando com