Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMENDO A MULHER DO AMIGO

Meu nome é Alexandre, sou moreno claro 25 anos, 1,75m, 90kg, o que passo a relatar é veridico e aconteceu há uns dois anos, Cláudio é um colega de trabalho e pelo fato de gostarmos muito de carros tunados nos tornamos amigos, ele é casado com Renata, 28 anos, morena, olhos verdes, 1,70m, cabelo curto (no queixo), pernas grossas, bunda grande e empinada (o que adoro, sou realmente tarado por bundas), bom, vamos ao fato, certa vez Cláudio me convidou pro aniversário de Renata em sua casa, seria algo simples, para poucas pessoas, mas muita cerveja, ao fim da festa so restavam quatro pessoas, além do casal, eu e um amigo deles, Cláudio estava dando atenção ao amigo e eu conversando com Renata assuntos em geral, lá pelas tantas surge o assunto sexo, notei que Renata ja estava um pouco alta, comigo e com os outros não era diferente, ela me confidênciou que ja tinha transado com mulheres, isso me deixou de pau duro na hora, disse que ja tinha inclusive namorado uma mulher, fiquei louco com aquele relato e meu pau latejava dentro da calça, o amigo do casal foi embora, e Cláudio acabou dormindo, ficamos eu e Renata conversando enquanto ela lavava alguns pratos, fiquei numa bringa interna se tentava algo ou não, ela percebeu e perguntou:

-O que você ta pensando em fazer? foi quando agarrei ela por trás, ela me empurrou e disse que isso não tava certo, que o Cláudio gostava muito de mim e não merecia isso, falei pra ela que tava com muito tesão e que tava louco pra comer sua buceta, ela ficou pensativa mas resistiu, então fui dormir, no outro dia acordo com uma puta ressaca moral, e a chamo pra conversar, peço a ela que me prometa nunca falar pro Cláudio, e que ela também tinha culpa pelo fato de me falar intimidades suas, tudo resolvido. Depois de alguns semanas nos reencontramos para um churrasco da empresa, no fim da festa Cláudio ja estava bem embriagado e dorme no banco de trás, Renata que estava um pouco alcolizada me puxa e diz: - Se você quiser, hoje também quero. Fiquei louco, pensei: a culpa ja não é minha, mas nesse dia me controlei, falamos por telefone, eu tocando uma bronha ela tocando uma siririca do outro lado da linha, gozamos gostoso e falamos que não ia passar disso, doce engano, no outro encontro em um forrá bebemos e fomos para minha casa, Cláudio como sempre exagera e cai bebado na minha cama, dormiriamos os três no meu quarto, ja que moro com meus pais e a casa é pequena, Renata deita e tenta dormir, coloco um filme pornô no dvd e começo a acariciar suas coxas e bunda, ela se mostra excitada mas pede pra que eu pare, eu falo: -tudo bem. Mas saco meu pau pra fora da calça e começo a me masturbar, ela so observa mordendo os lábios, e diz: -Por favor, para. Continuo o vai vem gostoso, ela não resiste e segura meu pau com as duas mãos, e passa a lingua na cabeça, vou ao delirio, a sensação do perigo pelo marido dela estar ao lado dormindo so aumenta nosso tesão, ela chupa com gosto, lambe o saco, e me punheta de vez em quando olhando para trás para ver se o marido dormia, não podiamos tirar a roupa porque era arriscado, mas ela usava um vestido o que facilitou bastante, falo pra ela: - agora é minha vez de provar essa xoxota gostosa, - simmmm, chupa minha bucetinha vai. Meti dois dedos em sua xana enquanto chupava seu grelinho, ela ia a loucura, pedi pra que ela ficasse de quatro, ela obedeceu e meti em sua buceta que ja pingava de molhada, ela começa a gemer e eu coloco a mão em sua boca, pois podia acordar não sá o Cláudio mas também meus pais, ela pede: -deixa eu sentar nesse cacete. Posiciono meu pau e ela encaixa sua xana, começa cavalgando lentamente, mas depois aumenta a velocidade, fala no meu ouvido baixinho que ta gozando, ja não aguentando mais falo que vou gozar, ela imediatamente sai de cima e me masturba mirando o jato em sua boca, lanço uns três jatos de porra em sua boca, ela faz uma carinha de safada e engole tudo. Depois disso, resolvemos não nos arriscar mais dessa forma, e sempre que podemos vamos a um motel.

Vocês mulheres que quiserem trocar experiências é so me escrever ou adicionar no msn: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos enteadas e padastrosminha cunhada quis que eu a visse nuacontos heroticos de rapazes que foram comidos e descobriram que eram gayscontos gay novinho namorando o padrastoevy kethyn istinto ativorelato conto: meu me incentiva a usar roupas provocantescontos eróticos, esposa na praia de nudismo , bronzeadormete mete mete gostoso. contoscomeu mae e enteada contoscontos tia de 57 anosconto erotico mulherzinha gaycontos eróticos fictício de ginecologista e grávidaconto viadinho dadeiroTia de xana peluda e sobrinho metendo conto eroticoconto eroticosde meninas q vai no baile funk sem calcinhae de vestidinhoconto eroticos comendo a irma de perna quebradacontos esposa bundacontos eróticos filhinha bobinhacontos de mae na ciriricaTia de xana peluda e sobrinho metendo conto eroticoXvidio carona estrada desertaHomem mais velho iniciando duas meninas novinhas as chupar pica contos eroticostetudaCaidafui estuprado e adorei dar o c******contos-começo a rebolar no teu paucontos eróticos cantada na rua não resisti e traícontos eróticos casamentofui trepada pelo jegue di meu sogro. conto eróticocontos de corno enrabadocontos eróticos da secretária cadela de coleira do patrãocontos eroticos de negros em hospitaisContos eroticos o comedor da familia do soniferoconto peguei meu marido estrupando a vizinhacontos eroticos minha mulher virou amante doscontos eróticos quando eu tinha catorze um coroa bem dotado deeu mesmo arrumbo meu cu contos eroticosconto primeiro boquetecurtos relatos eróticos de estupro forticonto chantagem afilhadaconto chantagem enteadaconto erotico gay magrinho calcinha e coroaconto erótico virei fêmeaContos de sexo en onibusconto meu tio encheu a b********travesti delicia de juiz de fora sendo enrabacontos eroticosgosto de mulher mais velhapai tio me fodendo contoscontos eróticos​, praia de nudismopunhetabdo no hospitalcontos eróticos vendadacontos eroticos de infância mijei na bocacontos eroticos envergonhadoconto erotico travesti na padariamulher tarada Senta no pau do boneco no Fláviocontos porno de incesto, interior da bahia com o irmao acidentado de moto, contos pornomulheres que estejam dispostas a fazer zoofilia que mora no Rio Grande do Sulcontos erotico escondi debaicho da cama fraguei minha esposacontos eróticos menininhapastor eu desejei em tranzaconto erótico de corno chupador de arrombadauma travesti usou camisinha colocou na boca da mulher no filme pornôConto de putinha objeto de prazer para todos os machoscontos de coroa com novinhocontos eróticos comi minha tiacontos cunhada mora nos fundo de casacontos não aguentei o pau do meu pai inteiro dentro de mimcontos eroticos trai meu marido com meu chefeesfregando contoeu punhetei um estranhofome de pica.contos de incestocontos eróticos caderamte analsexo peladas meladas de margarina no corpo inteiroflagrei o garotinho lanbuzado de porraFiquei louca quandoChupou bico do meu peito contoswww.contos eroticos de tias soteironas com sobrinhos.comconto:enrabadovirei amante do meu pai contos veridicosmão amiga trêm metrô onibus show contos eróticosmenina novinhas putinha contos eróticos picanteselena senta na pica dura