Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

UMA CACHOEIRA NAS DUNAS

UMA CACHOEIRA NAS DUNAS





Era uma terça-feira à tarde e estávamos em Natal.Resolvemos passear nas dunas de Genipabu e nos preparamos para tal.Você ainda branquinha resolveu ir de saia logo acima dos joelhos e camiseta branca com um soutien bem comportado também branco.

Caminhávamos nas dunas e íamos devagar acabando por ficarmos sozinhos, com o sol se pondo e você brigando com o vento que volta e meia queria levantar sua saia.

Brincávamos como crianças e vez por outra um corria atrás do outro e numa dessas vezes o vento levantou totalmente sua saia deixando ver sua bunda linda, grande, absolutamente branca com uma calcinha minúscula toda dentro dando uma idéia de enormidade ainda maior a sua magnífica bunda.Despertou meu desejo já enorme por ti e logo adiante vimos uma mata para qual seguimos, nela uma cachoeira linda brotava entre as montanhas com os raios de luz do sol multiplicando a beleza do lugar.

Já estávamos cúmplices e enfim fizeste um dos meus muitos desejos e tirando o soutien e a saia ficasse sá de calcinha e camiseta branca e assim foste para as águas que caiam na cachoeira deixando a roupa toda molhada mostrando completamente seus belíssimos e agora grandes seios com bicos claros e durinhos de uma beleza que jamais eu virá.

Entrei na cachoeira sá de cueca tipo box branca que me presenteaste com a pica querendo saltar e te abracei por trás sentindo toda a textura de sua bundona no meu corpo e embaixo dÂ’água nos beijamos como os nossos beijos que serão de sabor eterno para por fim nos despirmos de tudo e enlouquecidos de tesão e prazer falarmos um no ouvido do outro coisas que sá nás dois sabemos e desejamos.A textura macia da sua enorme bunda o calor das sua xoxotona linda me roçando a perna e buscando engolir minha rola e os beijos demorados nos deixaram eternamente ligados, longe de tudo, de todos, do tempo ;Apoiado em pedras nos amamos, de várias formas, por muito tempo e nos permitimos amar o nosso amor eterno que é imensamente grande ainda que não pareça.Nos admiramos na nossa nudez e nos amamos nos nossos corações, nos olhos, nas mentes e na nossa cumplicidade.

Seremos eternamente nossos ainda que tudo possa ser contrário.

Te amo profundo e sinceramente.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto eroticos a buceta da minha esposa so cheirava porracontos erotic quarto empregadacontos eróticos soco sacocontos de rasgando o cuzinho apertado do novinho que chora de dorcasada se vendendo pro caminhoneiro-contosContos e relatos de incesto entere maes e filhoscontos erotico defrorado pelo irmão mas velhocontos eroticos categoria estrupada por mas de umconto erotico incesto sonifero filhacoroas defloração relatoconto eroticosde meninas q vai no baile funk sem calcinhae de vestidinhobem novinha virgem chorando najeba gigante contostransparente e coladinha bucetinhacontos de rabos sendo dilaceradosComi minha amiga bebada contosO primo enterrou o pauzão de uma vez so tirou o cabacinhofilme porno com gay aguentado dois punho no cu de uma vez mais grinta de dorConto de gang bang no posto de gasolinaContos gay coroaescravizando minha funcionaria conto eroticocontos feminino vacilei e me entregueiadoro ser estuprada contosdei tanto minhA buceta no carnaVaL q to toda ardidaconto gay camisolinhaconto fudendo uma senhorachupei minha netinha contos eróticosDei o cu pro policial, quase me rasgameu irmão me viciou em chupar pau conto gaymarido mostra esposa rabuda de fio pra amigos contos gang bangcontos eróticos n***************** e g******voyeur de esposa conto eroticoContos eroticos eu rabuda putaContos eroticos esposa dando sem saberfodacommeucunhadocoontos coroa xereca piscou quando vi pica cachorrocontos como dopar maridotempo minha filha gostosa e g************* do c* dela contos eróticosviajei e transei no onibus marido corno assumidocontos eroticos estrupei minha namorada virgem autor caiquecontos eroticos tenho 23 cmcontos porno com vigilantes mulhermulher emsabuando bucetacontoseroticos as 2 filhas daminha visinha vierao brincar com minha filhinha wuen brincou foi eutransando com a interna contosGozei no pau do meu irmão dormindo contoscontos eroticos de homens casadosconto erótico boquete da funcionáriominha cunhada abre as pernas e me mostra a calcinhaas.gostosas.cimasturbando.duas.vesescontos porno pm mastruba minha mulher namoradalesbicaContos eroticos meteu o cu no pau do irmao que tava dormindocomi a mulher estrupada do traficante contos eroticoouvido no quarto a irmã transandocont erot recem casada um velho meEliana vai almoçar com Maísa fode fode vai fode fode fode meu c*só um pouquinho contos Contos erotico loira casada filho do jardineiro negrocontos eroticos seios grandes de leiteminha professora me deu carona e pegou mo meu cacetetravesti coroa enroladinho Pretocontos eróticos gays a primeira vez com 24 anosdomindo sentir o dedo do meu tio na minha bucetameu filho meteu no meu cu ardeu muitocontos picantes tarado no onibusContos.encesto.mae.de.lutadousando uma calcinha pequena e morrendo de tesaidei o cu no campig homoxesuaissexo com a irmãzinha contos eróticosContos eroticos gordinha gostosaestoria porno o sonho do meu marido e cornocontos eroticos homem barbudo e peludo fudendo bucetaContos primeira chupadaf***** pelos peões da obra contos eróticos gayspagando conta cartonsex familia