Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CUIDADO CÃO BRAVO

Quando tinha 19 anos eu era o que o pessoal chama de maloqueiro (tá certo que nem todo mundo que mora em maloca é assim mas eu aprontava mesmo).

Certo dia eu descobri que uma família que morava proximo ia viajar no final de semana e eu malandro já vi a oportunidade da casa vazia para tentar afanar algo. Fiquei observando quando a familia saiu e no final da tarde tomei coragem e pulei no quintal. A casa tinha muros altos não dava pra ver nada do lado de fora, andei um pouco pelo quintal e não tinha nada, alias tinha sá que era um cachorro, quando vi aquele bicho preto já estava correndo em minha direção, corri para o muro mas ele pulou e me agarrou pelo shorts e me jogou no chão.

Ficamos num cabo de guerra ate que meu shorts rasgou e fiquei pelado pois não usava cuecas, me arrastei sentado ate o muro. O cachorro continuou a morder meu shorts chacoalhando a cabeça e eu sá vendo o momento que ele ia me atacar fiquei em choque, parado que nem uma pedra. O Cachorro veio em minha direção fechei os olhos sá esperando o pior, não sei bem como aconteceu mas o cachorro começou a me cheirar e começou a lamber meu pau, abri os olhos e o cachorro lá calmo me lambendo, deixei ele fazer o que estava fazendo pois alem de me excitar tambem tava acalmando a fera.

Meu cacete fico duro como pedra ele dava lambidas fortes com a lingua aspera, gostava de lamber perto da pele que cobre a cabeca dando as vezes umas mordinhas que me assustavam mas que me deixaram louco e acabei gozando.

O cachorro se acalmou e eu me levantei ele não estava mais bravo mas eu estava nu e não tinha como sair de la assim e fui procurar minhas calcas e as encontrei embaixo de um banco que estava encostado ao muro, meio distraido com tudo aquilo me abaixei e coloquei a cabeca em baixo do banco para pegar a minha calça quando senti o cachorro pular nas minhas costas, tentei me levantar e bati a cabeca no banco que era pesado e na minha frente o muro. O cachorro era forte e não conseguia sair daquela situação, até que o cachorro acertou em cheio, e me penetrou o cu. A dor foi grande e o cachooro estava impiedoso comecou a estocar forte e rapido, doia muito.

Com o tempo a dor passou e comecei a gostar, o cachorro me dominava eu nem fazia questao de tentar escapar e empinei a bunda aponhando a cabeça no chão, ele me penetrava com violencia e eu gostava, totalmente subimisso aquele animal, meu cacete ficou duro novamente e a sensasao de impotencia, a força do animal me segurando com as patas e o vai e vem frenetico me fizeram gozar.

Ficamos engatados por um tempo, quando soltou não tinha forças para mais nada, deitei e adormeci. Apos um tempo acordei e olhei para meu shorts que estava todo rasgado e não tinha como usa-lo, vi que a janela da lavanderia estava aberta e coloquei a cara na janela para ver se conseguia alguma roupa.

Vi umas roupas e estavam longe entaum encostei na parede e me esticava para alcancar, nisso sinto o cachorro lambendo minha bunda, ele comecou a passar aquela lingua no meu cu e eu me arrepiei todo. alcancei um shorts mas não sai daquela posicao e o cachorro me lambia deliciosamente. Não resisti e me ajoelhei ficando de quatro, ele parou de me lamber e rapidamente montou em mim novamente me dominando e novamente me penetrou ferozmente mas agora sem dor.

Eu empinava a bunda e rebolava virei uma cadela, deixava o meu macho me comer como ele queria, ele babava em minhas costas e as patas machucavam de tao apertadas que seguravam minha cintura, mas eu estava adorando, dessa vez foi mais rapido mas muito prazeiroso, não sei porque mas não ficamos engatados.

Me sentei no banco e descancei um pouco vesti o shorts que achei e pulei o muro para o lado de fora. Indo em direção para minha casa tentando entender o que tinha acontecido. Meu cu era virgem e nunca tinha imaginado ou desejado uma situação dessa mas tinha adorado e cada vez que pensava me dava mais tesão e vontade de voltar, mas estava tarde e fui para minha casa....(continua)

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos minha esposa grávida chupa paucontos eróticos mãe no colhinhoContos de incesto minha mae fugiu com outro e eu fiquei com o meu paicontos de negão advogado comendo loira clientecontos eroticos lesbicas cintaminha tia perguntou se eu tava de pau duro - contos eroticoscontos eróticos de sobrinhas com tiascontos eróticos minha tia me provocacontos eroticos submissa meu dono cortou meu grelocontos menage peitoes vaiconto erotico tira a roupa revólvercontos chantageando minha mae peituda no matoconto erotico teen sendo enrabadavideo porno gay o promo etero bota o primo gay na surubaTia de xana peluda e sobrinho metendo conto eroticolena beijando sua amga gostosonegra sendo humilhada e obrigada a engolir vomitocontos coroas de blusa sem sutiatroca x troca feito com amigo e dando o cu contosdois primosx vídeo mulher da cu virgema outro antes de da marido conto eróticoschaves sotinho ponocontos eroticos comi a irmazinhaBoqueternomeu marido quis q eu derse pra ele e seu irmão conto erótico incestocontos eroticas uma rapidinha e um goso gostosoiniciando a filhaComi minhas primas novinha e safadinha contocontos eróticos gay advogadocontos de mulheres viuvas sendo pelo penis grandecontos dando pra um sessentãocomi a melhor amiga da minha mae vai mete seu puto cotos eroticocontos eróticos-meu pai me fez gozarcontos eróticos vi ele com pau inchado falou que tinha machucado comi minha filhinha cedinho conto eroticoesposinha submissa apanhando na bundaf****** irmã mora nos peitos das gostosascontos eroticos/comeu novinha peludinhacontos eróticos gay com monstrosconto de estupro de colegiaisbuceta chupar elaelecasadoscontos eroticos amiga escola chuvacontos eroticos marido bebeu e eu encoxei a mulherDei o cu pro policial, quase me rasgachupei meu filho contos eroticoscontos eroticos casada de patos fode cm u corno sabecontos de velhas gordas tomando gozada na caramulhe chupa caserte do jeguehistoriasexcitantes dei pro chefe do meu namorado casa do conto màe rabuda da troco com filho incestoconto só uso fio dental sou gaúchagostosas de saiascurtinhas de perna pra cimaconto rebolo pau meu cunhadouma dp muita dor mais deliciosa conto.video de jovens travesti praticando incesto com padrastocontos eroticos gay meu vizinho negro de dezesseis anos me enrabou quando eu tinha oito anoscontos sexo meu irmao rasgou o meu cuarrombado; contos gayprimeira vez foi com papai aos11 aninhos conto insestoconto bebado fui fodidocontos eróticos em cima do carrowxvidio ver mulher gozando no cambio do carrodesenho porno dos flinstons cadamento.da pedreitacontos eroticos de travecos gostosas e taradas tirando o cabaçi do garotihos.Jamanta comeu meu cuzinho a forçacontos eroticos com tamanco salto altorealizei meu sonho transar com um cavalopornoc/japonesasetravestiscontos eroticos marido liberado a esposa e filha p patraocontos de incesto onde tio coloca sobrinha de nove anos no coloporno contos picantes de corno submissocontos heroticos gay meu primo de dezessete me comeu dormindo quando eu tinha oito anoscontos sogra biquini cornoNossos filhos nos flagraram... mas gostamos! contos eróticosconto erotico neide safadinhaprofessor de artes marciais me fudeu contos gayrelato conto: meu me incentiva a usar roupas provocantescontoseroticoscomendo a coroa loira e a filha delacontos eroticos chorando com o pau enterrado no cu e o macho arrancando bostaeu vou te arregaçar inteira me perdoa amor, desculpame fode com esse pintãoconto eróticos sadomasoquista meu dono me deixou amaaradaRex dando o cuflagrei meu pai deflorando minha namoradinha contoscontos eroticos de estrupamendodrixando a mulher do corno arregassadinhaconto eonico de sexo analcontos eroticos festa a fantasiaos contos de sexo maois filias safamdascontos eroticos esposa evangelica