Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A BRINCADEIRA INOCENTE

Ola vamos me chamar de Tailo (ficticio) tenho hoje 25 anos e isso aconteceu quando tinha 19 anos, na epoca morava com meus irmaos, mae e padrasto. Nessa epoca meu padrasto vivia com minha mae, mas era casado tinha filhos, porem nao convivia mais com a mae deles. Havia dois bem danados a Gina (ficticio) 9 anos e o Kael (ficticio) 7 anos, este era bem danado, tirava o sossego de todos em casa por ser bem arredio e cheio de vontades.

Meu padrasto era dono de uma lanchonete, passava o dia todo na rua e minha mae nao podia sair de casa, os meus irmaos estudavam no horario e a filha dele tambem.

Ficavamos eu, o Kael e minha mae; por vezes eu ficava na rua com ele pra minha mae descansar, iamos brincar num terreno proximo de casa e ficar rodando pela rua.

Num certo dia comecei a olhar ele diferente, era baixinho gordinho e tinha uma bunda de menina...Levava algumas brincadeiras de modo a pega-lo no braco e ficar "pegando" nele, quando um dia resolvi fazer a brincadeira da magica de sumir o palitinho (algo pequeno) escondia no bolso e pedia pra ele "achar" onde estava e ele o fazia achava varias vezes so que numa dessas enganei ele e nao "pus o palito dentro do bolso, mas pedi que ele procurasse e procurava num bolso e no outro, insistiu e de repente disse: - O que é isso?

E respondi: - Voce gosta?

Ele: - Sim.



- Entao segure firme e aperte com a mao.

Comecei a ver "estrelas" de tanto tesao e o garotinho pedindo pra procurar mais e ate ja tinha esquecido o palitinho e so queria "procurar" minha BENGA, pegava com firmesa parecia uma vadia pegando...

Eu achei que ja estava longe de mais e resolvi parar por aquele dia, disse que depois brincavamos, mas que ele nao contasse pora ninguem. Ele entendeu o recado e ficou quietinho, ficamos muito amigos e sempre iamos pro fundo de casa pra "brincar" dele achar "coisas" no meu bolso.

Um dia resolvi sair ate um sitio bem distante de minha casa onde havia uma casa abandonada com o pretexto de pegar palha de coqueiro pra fazer carrinhos, levei ele. La voltei com a brincadeira e desta vez nao estava de cueca e o tecido do bolso era fininho.

Quando ele "achou" meu PAU agarrou e ficou segurando. Perguntei se ele queria ver o que tinha achado, respondeu que sim.

abaixei o short e pedi pra ele continuar segurando e ensinei a tocar uma punheta pra mim...Ai!!! Parecia que ele ja tinha feito aquilo era demais depois pedi pra ele por na boca e novamente ensinei mais coisas, disse que era como chupar picole, ele entendeu o funcionamento e chupou meu pau bem gostoso.

Meu PAu ja bem grandinho mal cabia em sua boca, babava muito no meu caralho mas tava muito bom...

Gosei fora de sua boca e fomos pra casa e novamente pedi segredo.



La chegando minha mae pediu que eu desse banho nele e fui para os fundos de casa tirei sua roupa e comecei, ensaboei e quando cheguei na bunda tive maior atencao, uma hora pedi que abrisse as pernas e enfinhei o dedo, e o interessante é que ele nem reclamou. Perguntou so o que eu tava fazendo. Eu disse estou lavando seu bumbum bem direitinho. Terminei o enchuguei e logo fui tomar banho e "tocar uma" pensando naquela tarde.



Uma semana se passou nossa brincandeira nos fundos de casa...Mas tinha vontade de leva-lo na casa abandonada de novo.



E numa segunda feira em que meu padrasto chegava mais tarde e todos tinham saido so ficamos eu e ele em casa ate o fim da tarde aproveitei pra me saciar... Chamei ele ate meu quarto e comecei a pedir que "brincassemos" de varias coisas ate que pedi que ele tirasse a roupa pois iamos brincar de mecanico, que ele era o carro e eu o mecanico.

Pus ele no colchao deitado e comecei a "brincadeira" enquanto ele "abastecia" com minha "magueira" (meu pau) na boca eu ia mechendo no "motor" (seu cu) apesar de novinho como era gosrdinho facilitou muito parecia que ja tava pronto pra receber vara.entao disse a ele que era melhor por a "mangueira" direto no motor ele quietinho disse que sim, comecei bem devagarinho ele fazia muita careta e pediu pra parar eu disse que era so enquanto tava comecando, cuspi na mao e continuei, foi entrando e ficou a metade do pau, fiquei indo e vindo naquela bundinha gostosa e ele ja tava ate rindo disse que era quentinho e que tava bom.

Empinei sua bunda e vi que seu cu tava bem lacerado (nem me toquei que alguem podia ver o cu dele daquele jeito e procurar saber o que era) mas continuei e de repente gozei no seu cuzinho dizendo que era a "gazolina" ele gemia bem baixinho.

Depois dei um banho nele e pus muita agua geladinha pra relaxar. KKK

Mas desse dia em diante fodi muito ele de modo meio desajeitado pra nao deixar o guri "lascado" de vez. Ele sempre gostava das brincadeiras inclusive depois comecamos a brincar de marido e mulher, que numa proxima eu conto.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


dei o cu po meu pone contos eroticos pornocomi esposa do meu amigo de trabalho contos eróticosmãe e amigo contos eróticosTia chupou todinha de pernas abertascontos de orgia com maerelatos comi a gorda na marraCarnaval cerveja mezanino nada conto eróticocontos eroticos mulher castiga o homem emagando o saco e dando soco no saco punheta para sogra contosfoto travesti deitada na cama de pau duro e sua amiga casada mamando no seu cassetecuzinho doido por pica cdzinha contofizemos sexo bi com um estranho contoContos eroticos fui corno na festacontos eroticos cunhadinhosConto erotico bebendo porra do pedreiro e seus ajudantesComtos erotico meu entiadocontos de pegando um cuzinho laceadoai devagar porra caralho sua pica e muito grossacontos eroticos mendiga negraMulheres flagradas transando com seu cao pirocudo em contosconto erotico comviadinhocontos eróticos namorada outraconto erotico mulher gravida e marido com a sogda veia juntascontos eroticos tive que dar pro homem da funerariaraparam minha buceta a força contos.mulhe chupa caserte do jeguegostosas de caixote apertadinhacontos. chupou pela primeira vez um machoContos gay de professor de musculação dando o cu para dois alunos dotadoscontos eroticos sou adotadacontos gays amigos heteros bebadosO que e aclauzabundagaypassivarelatos de ninfetas q foram arrombadas no carnavalcontos eróticos com vizinhausando uma calcinha pequena e morrendo de tesaicontos eroticos menininhaconto gay gozei na janelaContoerotico meninas japonesas incestoa maninha me chomo pra tomar banho com ela minha primeira vezComtos namorada fodida para pagar dividas do namoradocontos nao tinha camisinhacontos eroticos afilhadogordo xupador de bct conto eroticosmeu irmão mim fudeu sem camisinha e eu fiquei gravidabodes trwpando com cabramamãe chupava minha xotachupando mamilos com sofreguidaobucetadasaleteadoro usar as calcinhas da minha esposaxvideos pai mete lolcamente em filha pagina1casadas safadas me deu a calcinha usadas contos eroticoscadela tarada contos zoofiliaconto dei sonifero pra minha mulher dormir e outro comer elacontos eroticos fudi minha irma enquanto ela dormiaminha prima me seduziucontos mulher espreita homem a masturbar-secavalo mangalar goza na boca da coroa resen separadameninas piranhas de calcinha fio dentalContos eroticos novinha desmaia de tanto gosacontos eu e minha nora vomos enrabadas na praiaDesvirginando a sobrinha de 18 anoscontos heroticos de rapazes que foram comidos e descobriram que eram gaysminha esposa me contou suas aventuras sexuaislambendo meu cu contos exibicionismobisexual contoscontos eroticos fui comprar cerveja e.comeram minha esposavideo porno cu virgem pau grande grosso aiiiii tira ta doendo sai paraconto de delegado que comeu cu de homem casadocontos eroticos casal dpois da chuvavoyeur de esposa conto eroticoMulher transano de quatro com um homen xe pau grandefui enrabada na frente do meu marido/contosCavalo discabasando uma jumrenta