Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A MAMADA DA EMPREGADA LUZIA

Olá, meu nome é André, hoje vou relatar neste conto a minha tara por bundas (de mulher). Morava no bairro de Realengo quando certo dia veio trabalhar em minha casa uma paraibana chamada Luizia, bonita, coxas grossas, quadril largo e uma bunda deliciosa. Depois de um certo tempo trabalhando em minha casa eu e Luzia pegamos intimidade e começamos a falar nossas preferências, notei que quanto mais intimidade nás tinhamos, Luzia vinha trabalhar sempre com roupas mais provocantes. Luzia tinha as chaves do portão e da porta de minha residência e um certo dia eu resolvi ver qual era a dela e quando fui dormir deixei a porta aberta. Quase sempre durmo pelado, mas nesse dia fiz questão de acordar mais cedo pra quando ela chegasse visse a minha piroca envernizada e eu é claro fingindo dormir. Assim fiz e pra minha surpresa, Luzia chegou e foi direto pro meu quarto, assim que viu minha piroca pro alto e envernizada fez alguns barulhos pra se certificar de que eu estava dormindo. Eu continuei fingindo dormir, então não satisfeita ela resolveu tentar me acordar, eu fingi que estava em um sono de pedrta, daqueles bem pesados. Luzia saiu e foi pra sala, trancou a porta e voltou, novamente tentou me acordar e eu fingi dormir. Então ela me balançou mais forte e eu peguei a camisa que estava segurando ja premeditadamente e joguei no rosto como se quisesse tampar a claridade. Então para a minha surpresa Luzia ficou em silêncio, tirou o sapato, foi até a porta do meu quarto e encostou para que o quarto ficasse escuro e pra minha felicidade, voltou e ajoelhou na minha cama, derrepente eu sinto aquela coisa gostosa na cabeça do meu pau e quando puxei a camisa de leve, Luzia estava passando a língua bem de leve na cabeça da minha piroca. Eu fingindo estar dormindo, as vezes dava uma roncada de leve pra não dar na pista. Derrepente ela começa a ficar com muito tezão e passa a engolir minha piroca até o talo, sem medo e eu delirando de tezão, a piroca pulsava na boca de Luizia quando derrepente veio aquela vontade de gozar ... Luzia parecia sentir por que a piroca pulsava na boca dela como um coração, derrepente eu começo a gozar e Luzia muito esperiente começa a engolir cada gotunha do meu esperma, eu não me contive e dei uma gemida bem baixinho e Luzia muito esperta chupou com muita vontade, a medida que eu gozava, ela sugava com força minha piroca, parecia que ia arrancar a cabeça de t]ao forte a sugada. Depois que eu gozei tudo ela ainda continuou chupando até a piroca amolecer de vez, quando ja estava mole ela disse: Se fizer isso novamente eu chupo sua piroca denovo .... to avisando, se deixar a porta aberta e o pau pra cima vai ter que me dar leitinho tá ... e eu como um bom rapaz fiz várias e várias vezes.



No práximo conto eu revelo como foi a nossa foda de elite.



Somente MULHERES que quiserem me add fiquem a vontade.



Meu MSN é: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Casa dos contos: Virgem na baladacontos de coroa com novinhoconto erotico amiga crente da entiadacontos eróticos minha esposa a bicicleta e o sobrinhobudao fudida por varios brutosMeu colhado comeu u cu do meu maridocurtos relatos eróticos de estupro fortipono vitgen nãoa aguentiu epediu p paramPega minha xerequinha tio contos eroticoscontos fetiche de mulher casadacontos eroticos fui estupradaconto gay dando ao estranhoeu minha mulher minha cunhada minha sogra contos eroticosconto erótico de padrasto tiracontos comi a irma gravida gostosa rabuda peludanovinha com peso na barriga usando churrasco de vídeo pornôminha enteada um tesaozinhosou putinha mesmoTravessa gostosa lavando a b***** em casa com cama escondidameu padrasto meu donoMamando piroca do filhinho contoseroticosContos porno minha noiva bebadaconto erótico comi minha mãe peituda gostosacontos coroas casadas sexocontos eroticos casada e o farmaceitico negaomeu patrão me pegou mastubando e chantageia conto eróticocortos eroticos curmir minha empregadaconto comeu meu cu gostosoComtos namorado ve namorada ser fodida pelo irmao delacontos eroticos masturbando na praia gozei na areiacontos eroticos gay mentalcontos eroticos fiz megane com meu maridoTia de xana peluda e sobrinho metendo conto eroticovideos putas chupando e achado q a pica e poucaai que lambida contoslingua passeando xoxotaarranquei o cabacinho de 11 aninhos contoscontos eroticos estourando a bucetinha minusculadepiladas muas na sauna contosme insinuei contos eróticosDei calmante para a mulher gorda dormi e meti tudo contocomo perdi o meu analconto erotico aposta com irmaContos eroticos A reforma Viciada em sexocontos eroticos enganocontos eróticos do tio malvadocontos eróticos encoxada no ônibusContos eroticos minha primeira vez foi quase um estupro e eu gosteicontos eroticos mulher do pedagiofotos de fodas de buceta gostosa do precinpio ao fim todas as coloca?.senti aquele pauzao derramando varios jatos no fundo da minha bucetavoyeur de esposa conto eroticoFudi minha filha, contoscontos gays - sou escravo doconto erotico pedi e minha mulher fez massagem emminha bundaler contos pornô de i****** pistola gostosa do meu filhocondos erodicos contos gays inicio da puberdade.eu confesso incestohistorias zoofilia de muhleres com cavaloscontos eroticos de escrava de madameContos eróticos linguada safadomulheres peladas com muita manteigaConto sexo em grupo quatro caralhoscontos de sexo com novinhas trepando com advogadostransei com meu tio contoscasa dos contos mae e filha xupação de bucetacontos eróticos de infânciaContos eroticos picantes flagrasf****** e chupando pela primeira vez seu namorado na estrada desertacomo supa a boceta ligada tonadotravesti gemendo a ponta da pistolacontos muito grosso e grande sofricontos eroticos masturbando na praia gozei na areiacontos eróticos de bebados e drogados gayscontos toda a família da minha mulher aguentaram meus 30cmcontos eroticos sexo com minha empregada de vestido curtinhocomendo a boca da prima contoconto incesto minhas irmãs gritaram no meu paucontos erótico com viuvasconto erotico;eu e a professora de artesachei que era uma mulherao mas era um travecao que me enganou e socou no meu rabinhoconto gang bang com crentecontos erotico o assalto meu marido participoucontos eróticos de bebados e drogados gaysdona florinda putacontos gays sendo o viadinhos dos adultos que me humilhavam