Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SAFADA EXIBIDA DISPERTANDO PARA O SEXO

Olá me chamo Ana, nesse primeiro conto eu vou falar de como, começou minha vida para o sexo, eu com 19 anos, na flor da idade e estava louca para perder a virgindade, mas na verdade eu não queria morrer virgem. A gente não sabe o dia de amanhã não é mesmo. Nessa época eu era magrinha, morena clara mas bronzeada do sol, tinha pernas torneadas e bronzeada por ficar horas conversando com as amigas no sol. Meus cabelos eram castanhos escuros e compridos pouco abaixo dos ombros. Meus seios ainda estava em formação mas já apontavam bem era pequenos e durinhos, e minha xoxotinha pela peludinha mas eu adorava dar aquela raspadinha em baixo e deixar peludinha na parte de cima.

E eu estava no auge do meu tesão, por ler revistas que falavam de sexo eu já sabia demais do assunto e sabia bem o que eu queria.

Tinha um vizinho na rua em que eu morava que começou a dar em cima de mim, mesmo ele noivo e com 8 anos a mais do que eu. E eu estava ficando doida por ele ele branco, loiro dos olhos verdes magro eu achava um gato.

Então quando eu me despedi de uma amiga que morava em frente a casa dele ele ficou me esperando na esquina de casa e puxou papo, mas como não poderíamos ficar conversando ali ele me disse para esperar ele em tal lugar e tal horário.

Cheguei em casa eufárica ansiosa pelo encontro que seria dali algumas coisas, tomei meu banho e fiquei bem cheirosa e perfumada. Coloquei um vestido que eu adorava de croché que era bem colado no corpo preto e uma calcinha branca de rendinha e um tamanco, soltei os cabelos arrumei e também passei um baton vermelho, eu estava me achando muito sexy e sensual e iria me encontrar pela primeira vez com um homem, bem mais velho que eu e isso me excitava mais me deixando loquinha de tesão.

Chegando no local marcado conversamos e vimos que tínhamos afinidade e fomos da um passeio de carro, paramos perto de um campo de futebol com o carro dele e lá demos nosso primeiro beijo, me lembro como se fosse hoje já tínhamos conversado bastante quando ele perguntou se eu não queria sentar no colo deles, me levantei do banco do passageiro e me sentei de lado no colo dele e nos abraçamos quando rolou nosso primeiro beijo, como era gostoso beijar aquela boca molhada nossas línguas entrelaçadas, hora eu chupava a língua dele hora ele chupava a minha língua numa pressa e dezespeiro de como se fosse acabar o mundo, nisso ele aproveitava e alisava minha bunda por cima do vestido eu colocava a mão dele mais pra cima quando quando ia ver denovo lá estava ele com a mão na minha bunda apertando enquanto nos beijávamos.

Depois desse tivemos outros encontros num deles novamente em seu carro no campo de futebol ele me colocou para dirigir em seu carro mas sentada no colo dele. Enquanto ele virava a direcção e seu carro fazia círculos no campo eu sentia seu pau duro por cima da calça com minha bundinha sentada em seu colo ele era muito sacana e se aproveitava da minha inocência, tudo bem que eu gostava sim, e foi assim que fui ficando cada dia mais safada.

Em mais um de nosso encontros ele me levou num Drivin chegando lá ele pediu latinha de cerveja para a gente depois de matarmos a saudades conversando ele vinha me abraçava e começávamos a nos beijar, nossas respirações ficavam ofegante, sua lingua molhada cada vez mais procurava minha boa e minha língua, já não me importava mais com a mãos safadas dele, agora eu aproveitava tudo e estava adorando meu dispertar para o sexo.

Ele alisava minha bunda, apalpava meus pequenos seios enquanto me beijava e colocava minha mãos por cima de sua calça geans no seu cacete rígido e duro.

Era delicioso sentir aquele pau duro em minha mão ficar alisando apertando enquanto ele já estava abaixando minha blusa e abocanhando meus seios, mamando os deliciosamente com aquela língua gelada em que tomava de vez em quando uns goles de cerveja. Ele mamava gostoso em meus peitinhos pequenos me fazendo gemer como uma putinha no cio, nossas respirações estava cada vez mais ofegantes forte, nisso ele abriu o botão e depois abaixou o ziper da calça tirando para fora seu pau duro e melado e novamente me fez colocar a mão naquele cacete rígido e gostoso, enquanto isso se deliciava com o outro peitinho. Por fim depois de mamar nos meus peitinhos segurou levemente na minha cabeça e pediu para que desse um beijo em seu cacete, eu que ainda não tinha experiência no começo recuei, meio com nosso, e sem saber como fazer. Mas ele dizia chupa amor, é como se tivesse chupando um pirulito, de tanto insistir, aos poucos sua mão encostada na minha cabeça me fazia abaixar mais a cabeça até sentir que estava com seu pau bem práximo a meus lábios e ele segurou seu caçete mostrando o tamanho que ele estava e não aguentei abri minha boca e começei a chupar aquele pau branco e gostoso. Ouvia ele gemer enquanto minha boca sugava seu cacete.

Eu achei delicioso estar mamando num pau duro, sempre foi meu sonho sentir o gosto de um cacete em minha boca e estava me sentindo a ninfeta mais putinha do mundo realizando minha fantasia de menina safada.

Ele começou a me xingar isso mama putinha safada, mama gostoso, isso não para com isso fui ficando mais safadinha e estava adorando aquilo minha boca quente fazia vai e vem no pau dele mamando, hora eu passava a língua por fora meio sem jeito e logo voltava a chupar.

Nisso ele colocou a camisinha e pediu para que sentasse no colo dele de frente para ele, novamente obedeci e sentei bem devagarinho no colo dele deixando que o cacete entrasse lentamente enquanto nos beijávamos, até que por fim senti o cacete todo dentro de mim e comecei a cavalgar, a pular no colo dele, ele gemia ai, ai, e dizia isso gostosa rebola vai...eu cavalgava meio sem jeito ele segurava minha bunda e ajudava a subir e descer em seu cacete, a gente estava suado do calor e do tesão que estávamos sentindo até que não aguentando mais ele disse vou gozar senti as estocadas quente por meio da camisinha em minha xoxotinha até ele ficar exausto e dar nosso ultimo beijo desse nosso primeiro encontro de sexo, no práximo contarei mais sobre nossas transas.





Se você está interessados, em receber meus Contos Eráticos reais em seu e-mail é sá pedir enviando uma mensagem para mim no e-mail abaixo.

Também tenho Fotos minhas e Vídeos caseiros afinal sou uma Exibida safada que adora se mostrar, o que é belo é para ser mostrado e apreciado como diz um amigo meu.

[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


sou puto e dei meu cucontos novinha dando pra doisgaroto.burrinha.zoofilia.contoquentes carentes cariocasfui me encontra com o cara ele tinha um pau deliciosocontos verdadeiro de filha de 10 aninhos dando o cuzinhookinawa-ufa.ru chantageadaeu minha esposa e sua mae contos pprnodona rita a crente tímida contos eróticosSeios enrrigecidos da minha esposacontos eroticos porteironovinhos fodeno apremira veizConto erotico de mototáxi com a picona e meninascontos eróticos-leite condensadohomens q gosta d ve sua mulher com uns roludos novos contosmeu avô rasgou minha bucetacontos eroticos o garoto perdidoesposa eu e o primo safado contocontos eróticos comendo abuceta da patroacontos eroticos de transando com a cunhada casada com o consentimento do seu maridoconto meu vizinho travesti comeu meu cucontos-gays fui arrombado por um bombeiro no motelconto banho com tia olhandoContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorconto erotico dopei minha espos e comi ela de todo geitoconto erotico eu peguei meu pai comendo cu da emprega na marracontos eroticos dupla penetraçãoconto sogra nudistaatrazcontoscontos eróticos de filho com sua mãecontos velha casada fudendoporno novinha pijama acorda com pinto na bocaescutou gemido da esposa sendo enrabada contocontoseroticos homemque gosta de cuspe,sebo de pau e mijovizinho tezudoContos.eroticos..de.incesto.no.dia.decasarquero ler contos eróticos lojista gostosacontos eróticos minha nora cuidando de mimconto erotico minha mulher se produziu para ir na despedida de solteira da amigacontos-gays sou gay e fui arrombado pelo pauzao grosso e grande do meu patraocontos eróticos de novinhas dando para garanhõescontos eroticos glaucia cdvendo namorada pau grande grosso traindo gozada porra contoscontos eroticos fodendo minha cunhada novinhaenfiando a perna da capeira na bucetacontos minha esposa eu e mais 2 travestistravesti jhuly hillsconto erotico comi a buceta da velha mudacoroa pede gisa pra mim safadocontos zoo mastiff taradoa matutinha do em terior vidio ponorcontos minha e eu no analPorno conto filha mama pai desde pequenaconto erotico buceta gostosa crente safadaconto erotico encesto.meu pequeno entiado mim comendo enquanto eu dormiacontos eroticos depessoas normais reaisgostosa se fataziando de mulher maravilhasozinha com meu sobrinho deixei ele me foder contos eroticos minha cona e cu gosta de piça ggconto erótico homem gordo nojentoConto erotico minha esposa e o pau enorme do nosso cachorroContos eróticos e rosecontos eroticos gay fiquei sozinho em casa meu vizinho veio mim comercontos incestuosos pai fudendo. a filhacasada e carentecontoseroticos cagando na boca do viadocontos eroticos - comeu a sogracont erot recem casada um velho meassistir filme pornô mãe então você tá grande meladabucetinha virgem bem pequenininho viscosaconto erotico patrao pauzudo do marido comeu eu e minha filhacontos de metendo em uma peluda ruivaamante da calcinha de presentecontos eróticos mulheres q chega em casa e o marido desconfia porque está arrombadaconto gazada farta na boca da exmelhores contos gays descobri a putinha que havia em mimcontos com teen fodida aos onze anos por tres roludoscontos erótico pai ficou muito bravo ao saber que seu filho é gayMalandras e boasudas incestos contoscontos dei para meu neto pauzudopica nu cu e bucetacontocontos picantes se masturbando com pepinopapai furioso contod eroticosConto gay o pastorcontoss incesfos em fazendasContos eriticos cadelinha do sogrocontos eróticos amiga novinhaconto erotico meu tio minha bundinhadopei minha mae conto