Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU SOBRINHO TARADO

Jorginho, o sobrinho da minha mulher, de 19 anos, veio passar uns dias conosco no nosso sítio. Levei o menino pra pescar comigo no lago. Ele tava sá de shortinho e eu fiquei admirado com a beleza do corpo dele, alto e forte para a idade, especialmente as nádegas, muito desenvolvidas. Pela primeira vez senti tesão por um menino. E ele sacou.



"Tá de pau duro, tio?"



"É deve ser esse calor que tá fazendo".



"Então vamo tirar a roupa".



Ele ficou nuzinho e meu queixo caiu quando eu vi aquela bunda tão branquinha, lisa e redonda, me chamando. Tirei o calção e meu pau saltou, enorme e durão.



"Nossa tio, que gigante! Nunca vi um pirocão tão grande... Posso pegar?"



"Pode mas promete que não vai contar nada pra tua tia".



"Prometo".



Vi logo que o Jorginho não era novato. Foi logo caindo de boca e abocanhou a trolha de primeira, abrindo bem os lábios. Como é que um menino tão novo já sabia mamar tão bem uma pica grossa como a minha?



"Tu chupa gostoso, neném, como foi que tu aprendeu?"



Jorginho desengoliu o cacete pra responder.



"Foi no colégio, meu professor de educação física me ensina tudo".



"Bom professor, tu mama legal, engole mais um pouquinho, anda".



Com muito esforço e técnica, o menino conseguiu enfiar meus 32 cm de pica grossa pela goela adentro. Que delícia, aquela gargantinha apertada mamando a minha vara...



Jorginho desengoliu rapidinho pra pedir:



"Goza na minha boca, tio, goza".



Não precisava pdir, eu senti que a porra já tava fervendo nos culhões. Foi sá ele chupar de novo pra ganhar um jato quente lá no fundo da garganta. Ele voltou a desengolir, pra enchar a boca de porra e depois melar toda aquela carinha linda, os olhinhos verdes e o cabelo louro ficaram todos melados.



"Nossa tio, você continua durão! Temos que dar um jeito nisso. Deixa eu sentar no seu colo, e meter esse caralhão na minha bundinha, aproveitando que já tá todo melado".



"Ô Jorginho você é tarado mesmo hein?"



"Você também, tio, você gosta de comer garoto, seu taradão".



"Tu é o primeiro, Jorginho, nunca fiz isso com menino antes".



"Então eu é que vou tirar o seu cabaço?"



"Anda, senta logo aqui que eu tô louco de tesão por você".



O menino esfregou as nádegas rechonchudas, macias e durinhas, no cabeção lambuzado, até encaixar a chapeleta no cuzinho que piscava furiosamente. Que técnica!



Meu sobrinho tarado se empalou na minha pica com vontade e foi descendo, devagar, curtindo a invasão do ânus pelo meu cacete gigante.



"Ai como é grosso, é demais!"



"Tá doendo? Quer que tire?"



"Não, não! Dái sá um pouquinho, tá bom demais, eu nunca tive um caralho tão grosso dentro de mim, titio, ai fode o teu sobrinho tarado, fode".



"Taradinho gostoso, que cuzinho apertadinho e tão quente, que bundinha gostosa. Pula cabritinho, salta na vara do titio, salta".



"Ai tio, eu tô gozando, tô gozando sá de dar o rabo pra você, esse caralhão maravilhoso tá me fazendo gozar!"



"Eu também vou gozar, cabritinho, pula, pula no colo do titio, mama meu cacete com a tua xoxotinha de menino safado, mama, ah, tô gozando, tô enchendo o teu cu de porra, neném lindinho, tu tá fazendo o titio gozar muito, que delícia".



E assim a gente saía pra pescar toda manhã e passava o dia todo no lago, fodendo. Minha mulher achava estranho a gente nunca voltar com peixe. Ainda mais que o sobrinho dela sempre contava que tinha visto uma truta gigante, que tinha passado o dia todo lutando com a truta, e ia pescar no dia seguinte pra tentar pegar a truta de novo. Coitada, nem desconfiava que eu tava comendo o Jorginho com a minha truta.



De noite eu dava um remédio pra ela cair num sono profundo e ia para a cama do Jorginho meter naquela bunda maravilhosa. Foi uma temporada inesquecível a que eu passei com o meu sobrinho tarado.





VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


minha esposa e o porteirocontos eroticos negao so comeu o cu da minha mulhermulher de vertido con as pern.a reganhdaconto madrasta fudida a forçaconto esposa se transforma na casa de swingcontos eroticos outro pou de presente para minha mulhercontos de primas dando pro cachorrohome dar cu usano calcianhacontos eroticos incesto bate com a pica/na cara/da cunhafacontos erotico ela trai o maridocontos arrombado por cdcontos tirei sua ropa bem de vagar pra ela nao se acordacontos de esposa arrombada dormindocontos eróticos patroa da mãe"gozei tudo na boca"estoria de cantos erotico minha tia sentou no meu colo e comi elacontos minha enteada minha amantecontos de marido bem dotado querendo ver a mulher com duas picas no cu e bucetacontos de coroa com novinhoconto o jovem roludo comeuu a.buceta de esposaContos de deu o cu por drogascontos eroticos bem novinha dei o cuzinho pro vizinhoconto minha esposa com seu primoContos eroticos submisso amarrado engravideiContos comi o garotinhopunhetabdo no hospitalContos dormindo com juninhoConto enteada nao aguentou tudoPornodoido passistasconto erotico loira de mini saianega do cu conta como deu o cu contoscontos minha mulata foi arronbada e curradacontos depois de velha fui arrombadaconto pernas fechadascontos vendo o meu cunhado a fode minha irma betinhacomi a melhor amiga da minha mae vai mete seu puto cotos eroticoContos eroticos meninas x gorilascontos da minha mulher tomando banhoconto erodico de entiada evangelicacontos eróticos gordinhasMe lasquei numa rola grande conto eróticosconto erotico real sobrinhoporno policia agelma ou marido fode amulhercontos anal coroa putinha com variosconto erótico mini saia e fio dentalcontos pornos passando gel aquece na bucetacavalo e pônei cheio de tesão tentando dar em cima da mulhersou viciada em chupar piroca contosfetiche mulher atola cueca no rabo do caramulherzinhas e seus corninhoscontos de coroa com novinhoconto erotico cumi avelhinha da logaminha cunhadinha virgemSempre que entrava no banheiro viabo chuveirinho e lembrava de mimxv leke dormindo .com madrstabuceta de crente meu nome domitiliaver contos de lesbicascontos exitantes de aline bebada com varioscontos eroticos sou crente mas tenho um fogo no cughupa ghupi porn"contos eroticos" duas cunhadascontos eróticos gay me vesti de colegialContos meninas d doze anos perdendo o cabaço com papaI ddotadosai com um casal contoscontos eróticos de un gordo virgemconto peidei no pau do negaocontos minha filha novinha deitou com eu e a sua mae...e a pica comeucontos eroticos sou casada mas adoro pica de cavalosContos eroticos chamo vitoria dei pro meu cumhadometeno grandes obigetos redondo na buçetacontos de casadas quer menagecontos porno eu e minha mulher curradoseu e a tia evangelica casada da minha esposa conto eroticocache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html contos amigo dorme em casa esposacontos eroticos lesbica chineladascontodeputamoleque no ônibus contos eróticos gaymorena cor janbro deixan goza dentrofotos esposas lindas no ménagecontos eróticos levando na piscina