Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O INSTRUTOR DE MOTO!

Bem, eu não saio em busca de casos nem aventuras.

Vou relatar aqui um caso que aconteceu e está acontecendo comigo.

Já tenho carta de carro, e nunca pensei em tirar carta de moto. Uma porque sempre tive medo e outra porque nunca pensei em comprar uma moto. Mas precisei comprar uma para trabalhar há dois meses, e como o marido não tem paciência para ensinar tive que recorrer a Auto Escola.

O instrutor não faz o estilo galã, Jude Law nem nada ... é normalzinho. Mas tem o corpo no lugar.

Ele é desses homens, e o oposto do meu marido, que são atencioso, simples, simpáticos, calmos ... E como eu sou casada não ando mais vestida no dia a dia para matar, apesar de ter um corpo bem distribuído em meus 56 kg e 1,67 de altura.

As aulas de moto por aqui são feitas com o instrutor na garupa. Pelo menos as três primeiras. Eu estranhei um pouco mas como a tensão era maior ... agi como se não houvesse ninguém na garupa coladinho em mim. Mas comecei a notar seu cuidado extra comigo, a partir da terceira aula. Ele dá sim atenção aos outros alunos mais adiantados. Mas comigo ele é todo atenção e carinho. Ele põe e tira o capacete de mim, me olhando nos olhos e na boca. Arruma motivos para tocar em mim em lugares estratégicos. Algumas alunas já me apelidaram de “a queridinha do Rodrigo”.

Cheguei a pensar que fosse coisa da minha cabeça. Que ele é assim com todo mundo. Que eu que to maliciando o rapaz. Nisso pra ter certeza eu fiz um teste. Eu chego sempre 40 min antes das aulas por causa do horário do ônibus. E sempre ficava ali na cobertura com outros alunos e instrutores conversando ali. Um dia chego e fico bem afastada, bem no começo da pista, num toldo ... os instrutores não podem sair dali e deixar os alunos, mas ele arrumou um motivo e foi até lá falar comigo. Pra dizer nada ...

Quando ele sentiu que de repente eu estivesse mais “aberta”, começou a me tocar assim, como quem não quer nada. Toca meu rosto, meu cabelo. Toca naquele pedaço de pele entre a calça e a blusinha ... que fica amostra com as calças cintura baixa. Massageia meus braços, meus ombros ...

Dias desses ele veio na garupa como sempre. Mas chegou bem pertinho. Eu sentia as vezes, nas freadas seu queixo bater em meu ombro. E sentia que ele a cada freada achava um jeito de se aproximar mais de mim. Minha respiração ficou ofegante. Acho que ele notou e pensou que fosse por conta das aulas, daí colocou a mão dele na minha cintura bem na parte que a pele fica amostra ... e passou os dedos ali. E de repente fez que ia dar um beliscão mas parou. Daí começou a esfregar o local como se tivesse realmente dado o beliscão e tivesse “sarando” o local. Sinti seus ombros mais pertos de mim, como se ele tivesse todo em cima de mim e senti, senti sim, seu membro rígida. Duro. Másculo e poderoso por cima da calça .... tocando aquela região entre a cintura e o bumbum. Foi nesse dia que ele me abraçou com suas pernas. Ele na garupa apertou suas pernas contra meu corpo. Senti toda sua força. Suas coxas grossas e fortes me apertando ali. Respirei fundo. Pude sentir que minha calcinha estava encharcada de tesão. Isso me constrangeu. Meus mamilos estavam eretos e sensíveis .... o membro dele continuava rígido. E ele pedia para eu acelarar na descida e frear quase que bruscamente, assim o corpo dele tocava o meu sem que ninguém desconfiasse. Minha buceta estava latejando .... fazendo contrações involuntárias .... de tanto tesão. Ele ora me apertava com suas coxas, ora apertava meus ombros com suas mãos másculas, de mecânico, grandes e quadradas .... num dado momento quando elepegava em cada braço um pouco abaixo do ombro, seus dedos tocaram de leve meus seios. Ele segurou bem forte meus braços e senti ele cheirando meus cabelos. Ele pediu para parar, estacionar a moto. Percebi que ele ficou alguns segundo ainda montado na moto, atrás de mim. Quando ele se levantou não pude deixar de olhar ... que havia um delicioso volume dentro das calças, que ele tentava disfarçar de mim e das outras pessoas. Assinei o papel .... estava indo embora quando ele me enlaça deliciosamente na cintura dando tchau.

Tchau! Até amanhã!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos erroticos garroto comeu minha mulher dormindo"muito aberto" gay contoComtos mae fodida pelo filho e sobrinhoum pezao lindo conto gaycontos bi minha tia me pegou dando pra o meu tiotodos gozarao na minha bucetacontos eroticos iniciaçao gaycontos eróticos comendo abuceta da patroaconto erostico cASALCOM UM MOLEGUE EM CASAcontos eroticos de homens que vestem as calcinhas das esposas e saem com travestiComtos mae e filha fodidas pelos amigos do paiconto herotico engravidem uma branquinhacontos eroticos gay meu tio de dezessete anos me comeu dormindo quando eu tinha oito anoscnto mulher de ssia entra no cineporno pela primeira vez e deu para variosDei minha buceta para meu genro na presença de minha filha contos femininohomem gosta de perna aberta ou mais fecjadinha na hora do prazero pito da minha sobrinha e o cu da cunhada contoscontos eroticos de travesti com mulher com gemidos escritoscontos comendo mulher do amigo meia noiteconto eróticos menina pobreloucuras do carnaval varias pessoas fudendo juntas no dalaochorei mas aguentei tudo contos eróticosmeus peitinhos doíam...conto erótico viadinho vai morar com os tios e tem que usar calcinha e short de laicraconto eu e minha babapiroquinhacontosMinha namorada deu a bucetaminha esposa de shortinho na obra contocomi a enfermeira contosjogadora de pau pau de borracha na bucetinha da noramarido chupando a x*** delaparou na borracharia pra arrumar o pneu e levou pau gay fudendocontos eroticos tia brincandopunhetabdo no hospitalcontos eróticos minha sogra armou meu chifrecontos gay travesti apostaconto esposa cabeluda de óculos liberada chantagiei minha sobrinha contosContos namorada velho caminhoneiroComtos eroticos com cumada novinhamanteiga cu esposa bundona fico abertao nem acordo contoscontoseroticosarrombandogozei na minha sobrinha conto eroticominha tia esfregou/a/bunda/dee/vestido/no.meu/pau.me mesturbei no banheiro e agira?Contos eroticoSexo tirando traindo meu namorado com meu vizinhocontos eróticos gays incesto fui estupradoa primeira f*** com travestiEu agora eu sou mulher do meu ex primo viuvo conto eroticoconto:enrabadocoroa coxuda gozando contoscontos eroticos primo da esposaminha tia olhando meu paucontos eroticos primeira vez de coroa rabuda de cornoboceta. vibrado grande. alagadacheirinho.gostoso da bucetinha contosO coroa me levou pra sua lancha conto eroticominha professora nao usa calcinhas contos eroticosporno traviti daboda grandeconto menage masculinoContos erótico filhinha gosta de mamar picaContos punheta na depilacaocontos eróticos menina no circoporno aniverssrio do sobrinho a tia fudet com eletio contos eroticosContos eroticos gaucha casadacontos eroticos fui cumida a traz do salão da igrejaContos monica putinhacontos eroticos meu alunocontos de incestos quebrei a pernaContos como foi a primeira punhetinhacontos com fotos o guarda roupa da casada liberada do mansoconto erotico tarado comendo buceta da cabrita no.zoofiliacarente siririca contoChantageei amiga lesbica da minha mae bdsm contoAgradecido, coloquei-me à disposição para conduzir a enferma no dia seguinte até ao posto de saúde, no “ side ... porno mamei tanto o peitinho q inchoucontos eroticos de sogrocontos eroticos sou uma coroa casada e sou escrava de um novinhovelho zinho tarado contosrealisando sonho eu emas duas mulher contoscaralhudo contoconto fudendo a cunhada de 70 anoswww.contos eroticos patroa trai marido dando cu pra manino novenho pauzodoCONTOSPORNO.sapecacontos eroticos amiguinhasxvidio louco desejo vizinha mulata sainha mostrandoescravasbonitas rebolandodando pro cunhado contos eroticostia travesti contosconto só uso fio dental sou gaúchavovo cruel conto eroticocontos erotico pego no flagrafiz ammor com minha irmavideo porno de garotinhas com olhinho vidradofalei pro meu amigo que queria ver ele fodendo a minha esposa