Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMIDA NA MESA DE REUNIÃO DA PRESIDÊNCIA

Segunda-feira, final de um dia cheiro de reuniões.

Eu não o vi pela manhã quando chegou de seu "nordeste".

Aliás, não tinha certeza se ele havia chegado.

Passei um fim de semana envolvida com trabalhos da pás-graduação.

Mas estive inquieta, com um tesão a flor da pele.

Algumas vezes precisei me tocar e usar massageador de clitáris pra me acalmar.

Imagino que seja TPM.... Fico impossível nessa fase...

Meus sentidos ficam aguçados. Meu lado sensual se aflora.

Me sinto mais gostosa, tenho vontade de me exibir...

Hoje me vesti discretamente mas minha vontade de ousar fez com que eu abusasse nas roupas intimas.

Coloquei um espartilho que faz meus seios ficarem mais belos, vesti meias 78 com acabamento rendado presas a ligas elásticas estilo puta em cabaré.....

Apesar do visual sério acho que eu transpirava sensualidade.

Pensei nele o dia todo..

Evito transitar no seu corredor.... Somos extremamente discretos.

Nossos contatos profissionais são raros. Evitamos qualquer tipo de exposição. Não usamos e-mail institucional para assuntos que não sejam de trabalho.

O que aconteceu foi o extremo de uma loucura ha muito imaginada.

Como falei participei de algumas reuniões. Acabei deixando um material na sala de reunião do hall da presidência.

Percebendo o esquecimento, resolvi buscar para finalizar a analise de uns projetos.

Ao me aproximar da entrada da sala, percebi a luz acesa através da persiana que cobria os vidros da sala.

Perguntei ao vigia do andar se a sala de reunião estava vazia e ele afirmou que o pessoal havia saído da sala ha pouco tempo.

Ao entrar na sala, não acreditei. Ele estava sá, absorto em seu trabalho, apenas levantou os olhos ao ouvir o barulho da maçaneta. Deu um sorriso de surpresa. E eu assustada falei... Você aqui?

Fiquei parada. Ele se levantou e veio ao meu encontro.

Não tive reação.... meu corpo tremia. Meu desejo era abraçá-lo, beijá-lo... mas era um local perigoso. Alguém poderia entrar.

Era com plicada a situação.

Mas o tesão de ambos falou mais forte. Éramos os dois numa sala de reunião sozinhos. Bastava trancarmos a porta, e estaríamos menos expostos.

E foi o que ele fez. De frente pra mim segurando na minha cintura, foi me empurrando para trás e trancou a porta.

Sentia seu calor e sua respiração forte. Olhou pra mim com tesão e foi abrindo minha blusa..... Meus seios quase pularam. Beijou-os enquanto levantava minha saia.

Parecia sonho, ver aquele homem que tenho com tanta discrição ali enlouquecida na sala de reunião do trabalho...

Não era conveniente nos despirmos... Mas tirei minha calcinha...

Levei minha mão à sua calça. Seu penis estava duro... pulsando.

Abri o fecho... Segurei seu pau com firmeza. Fui de boca... Sugando, lambendo.

Perdi a noção. Esqueci onde eu estava.

Ele falou... Está vendo essa mesa? Vou te enrabar aqui... foi me levantando.....me virando e me apoiou sobre a mesa. Minha saia estava toda suspensa e seu pau encostava-se à minha bunda. Sentia minha buceta e meu cuzinho piscando...

Fiquei ali... Debruçada, entregue... Ele lambeu, acariciou, enfiou o dedo no cuzinho e na bucetinha...

Depois me levantou, me sentou na mesa e me trouxe para beiradinha... Beijou-me e foi encaixando seu pau na minha buceta que ficava na altura ideal... Entrelacei minhas pernas na cintura dele e ficamos ali agarrados... beijando....Gozei loucamente com as estocadas fortes de seu pau...

Ele esperou minha calma voltar..... E acariciou meu rosto. Olhou-me com tesão e disse.

Vira...

Eu sabia... Ia me enrabar naquela mesa...

Virei... dobrei uma das pernas sobre a mesa, ficando escancarada para ser penetrada por trás.

Ele veio devagar....latejando....empurrou um pouco. Forcei pra trás... ele foi empurrando.....e entrou tudo....

Que posição perfeita...ele em pé, na altura do meu cuzinho. Ficou entrando e saindo...

Olhei pela sombra da persiana, que havia alguém passando pela janela. Ficamos quietos. Seu pau ficou latejando.

Falei assim. Imagino que o vigia esteja ali, ouvindo nossos gemidos. Ele não pode ver, mas pode ouvir...

Nesse momento, ele começou a meter forte, num vai e vem intenso...

Gemi alto... falei....me come, me fode.... Me enraba...

E ele falou... : _Toma sua puta... Toma no cu... e foi gozando. Senti a porra quente no meu cu. Estávamos alucinados...

Ele apoiou seu corpo sobre o meu até voltarmos à calma.

Levantamos da mesa... Com minha calcinha sequei a porra que escorria do meu cuzinho.. Limpei seu pau.

Me arrumei e sai da sala bem séria.



Passei pelo vigia... Dei-lhe boa noite, peguei o elevador e fui me lavar no banheiro.

Ele ligou-me logo depois para saber se estava tudo bem... E eu falei que ainda queria mais...



E foi assim. fui comida na mesa de reunião da presidência.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Pedi que meu filho me depilou contos eroticosNovinha mamando no cinema contoseroticossexo com vizinha muito rabuda vigiadocontos eroticos gay na boleia de caminhãomulher ensabuando a buceta grande.Vidio de bucetas emchadas napica grosaeu e minha enteada contos eroticosnovinha safadinha dormindo com dedinho no cuzinho FredMulher trepano so com caralhudosvoyeur de esposa conto eroticoConto Erótico ninfeta Fio Dentalcontos eróticos dopei namorado eu e amigarelatos reais ciumento casado corno aconteceu na praiadia dos namorados incesto contoconto erotico meu pai me fudeucontos eroticos mulher do pedagiocomeram meu cuzinho conto gaycontos eróticos falando de orgia em faculdade de juazeiro do Norte mamando no titio contos gay inocenteCONTOSPORNO.sapecaas rola de pratigo na bucetafiseran eu comer minha sogra eminha conhada contoConto me chupa minha buceta me goza ai ai ai conti erotico a massagista enfiou o dedo no meu cu e chupacontos eroricos minha filhae enlouquececontos erotico chantageada pelo meu padraoxvidio amaciando a esposacontos-meu cuzinho guloso na tua picaminha tia batendo um punheta para sobrinho contoscontos pornos filho tarado e mae carinhosagabriel o hetero proibido conto eroticos gayFui bolinada por debaixo da mesa na presença do meu marido. conto eróticocontos velha sogra da cupm me comeu contocnto mulher de ssia entra no cineporno pela primeira vez e deu para variosconto gay "punheta pro seu macho"contos/o dia em que esfolei a cona da minha filhacontos eroticos glaucia cdainda havia dor mamilo grande e pontudo vídeo pornôContos eroticos duas rolas lindas mas perversas lascaram cuconto eróticos na sapatariaconto pai comprado calcinha para filha virgemconto esposa exibicionista sensual pra molekcontos eroticos q bocA e essa desse baianogordao tarado conto eroticomarido chupa seios quando está nervosopegando casada na.cadeia comtos eroticospintelhos na transparencia das cuequinhascontos de sexos ainda dimenorVer fantasias de homem no xvidiocontos gay cu arrombadocontos eróticos di mulher tou com fome.di picaContos eroticos fudendo a passageiracontoerotico meu padrastomim comeucontos eróticos de mulher ajudando o marido tirar o cabaço das sobrinhas e vizinhascamisinha tarada camisinhas dentro da gaveta sairam e gozaram com a mulhervidio porno da priminha gozando na bika do primocdzinha enrabada pir coroas contoscontos eroticos com homem contratado para engravidarcontos eroticos fudendo a mae travestizoofilia bruda com mininasLuizinho meninos novinhos um transando com outro pela primeira vez de dois primos transando comfudi gostoso no volleycontos eroticos dormindoComi minha tia historia veridicacontos eróticos, cuzinhocontos eroticos gay o pastorcontos eroticos ela nao aceita ser cornoConto porno de estuprada por pai da mim amigaum coroa me fudeuconto mandei fazer fila pra mim chuparcontos pornos pesados de arrombamento anal de novinhos a forcaconto sentei no pau do meu tio com dez anosconto incesto cunhadacontos eroticos padreconto minha calcinhacache:http://idlestates.ru/conto_5928_sou-julietana-van-levei-uma-surra-de-rola.htmlconto erotico chantageada pelo deficientecontos eroticos velhos e novinhas santinhascontos Praia de nudismo.conto gay ajudei amigoschantagem com irma contoscontos eróticos meu enteado deixou meu c* todo ardidocontos eroticos fui cumida a traz do salão da igrejacontos erotico gay dei pro amigo do meu pai e comi a cachora dele sorfilacontos erotico escondi debaicho da cama fraguei minha esposaContos eroticos de netas novinhas teencontos eróticos de bebados e drogados gaysexperimentando a bundinha da garotinha conto gratissobrinha de 9 contoschupava a noite inteira ele amarradoreais conto de incesto mamae mi deu pro pai e irmao mi comerContos eróticos mãe