Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A DESCOBERTA DE DAYANE



Num sábado à tarde, estava em casa tomando cerveja sozinha, um baita calor, e tocando violão, ouvi Dayane me chamando no portão, pedi pra ela subir, e segurei meu cachorro, ele não morde, mas pula em todo mundo que entra em casa...

Ofereci um copo pra ela enquanto ela se acomodava no sofá da sala, com regata e mini saia, aquelas coxas a mostra sempre me chamavam a atenção, mulata, do jeito que gosto, nariz fininho, olhos claros, cabelos longos e cheirosos, super gata. Como sempre não deixo mostrar meu interesse, afinal, minhas amizades com hétero sempre foram preservadas com cautela...

Ela estava meio chateada, pois acabava de descobrir que o namorado tinha traído ela, e me pediu para gravar um mp3 pra ela, pois o que eu tinha gravado estava na casa dele, ela resolveu não buscar, era folga dela, e ela queria ficar em casa na fossa.

Disse: fique aqui, a gente toma umas cervejas, e fica conversando e ouvindo música, você se distrai na sua casa você vai ficar chorando...

Resolveu ficar, e conversando sobre as aulas de estágio que ela estava dando, do nada, me pergunta: o que eu tenho de errado?

Respondi: ter escolhido um canalha pra namorar, por que de resto, você é perfeita...

Ela me encarou por um instante, deu um gole na cerveja e veio em minha direção, me encarando com um olhar triste e meio tímido, me abraçou alisando minhas costas, e eu fiquei imável naquele momento, sentindo o toque suave de mão macia deslizando sobre mim.

Sentindo aquele cheio bom que saia dos cabelos dela bem de pertinho, fiquei excitadíssima, meu grelinho pulsava de tesão, mas fiquei com receio e deixei ela continuar a acariciar, e foi descendo a mão apalpando minhas nádegas, percebi que era a deixa para avançar o sinal, e coloquei meu nariz no pescoço dela e cheirei aquela pele macia e adocicada de creme de chocolate, dei um beijo de leve, e apertei o abraço que recebia, o copo dela caiu no chão, levei um susto, esperando um tapa ela pediu desculpa por ter deixado cair, balancei a cabeça como quem diz, não foi nada, e ela veio em minha direção de novo me olhou outra vez e me beijou, quase me engolindo viva me empurrou no sofá, subindo em cima de mim continuou me beijando, ficamos nos amassos, e senti a mão dela procurando o feche de meu sutiã com um sorriso meio tímido no rosto mas decidida em seguir em frente, parei um instante e perguntei a ela: Tem certeza? É isso mesmo?

Ela responde: é o que eu mais quero nesse momento!

Levantei a blusa dela a procura de seus seios e comecei a devo ralos com um tesão louco, enfiei a mão entre as pernas dela e senti sua calcinha pequena toda umedecia, fiquei louca, e por cima da calcinha alisava suavemente à deixando mais excitada, me debrucei sobre ela, chupando os seios, puxei a calcinha de lado, coloquei meu dedo no grelinho dela e senti seu sexo extremamente encharcado, e acariciei bem de leve em movimentos circulares, ela gemia e apertava suas unhas em minhas costas com força, eu nem percebia mais nada, sá a empolgação dela, e desci até o grelinho, puxei ela um pouco pra frente, ela ficou meio sentada no sofá e me ajoelhei bem de frente daquela delícia, abri as pernas dela, puxei a calcinha de lado, e de um lambida bem de vagarzinho na sua bucetinha, ela gemeu, e eu me deliciando meti minha boca no grelinho dela chupando como um beijo e respirando pela boca pra ela sentir o hábito quente da minha boca, ela se contorcia no sofá, e eu não parava de chupar,ela segurava meus cabelos com força e empurrava minha cabeça para seu sexo com muita fome, eu não parava, e aumentei a velocidade, no instante em que penetrei meu dedo em sua bucetinha ela solta um grito estrondoso, até levei outro susto, mas não parei, e ela puxa meu cabelo com tanta força que rançou um tufo. Olhei pra ela, sem entender ela me pergunta...

O que aconteceu?

Eu disse: você acabou de gozar meu amor...





VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


cotos heroticos gay me comeu no riocontos que gozada ela deuflagrei minha maé com socio de meu pai contoscontos heroticos - brincando de pique escondenossa minha mae bu comer xvcontos Recém casada traindo marido com dono da casaconto minha mulher tomando sol peladacontos de coroa com novinhocontos erotico na balada com a irmacontos eróticos de incesto a forçaComtos casadas fodidas em cima da mesa por desconhecidosconto tia gostosa de microcalcinhaconto eroticos com EntregadoContos eróticos comendo a esposa de motoContos eroticos cegomenino malcriado contos erotico"achei estranho" "deixei rolar" contos eróticoscontos eróticos sarro no ombrocontos eroticos sinistrostirou foto da prima e chantagiu ela xvideoscontos erotico gay negro dando pra brancocontos eróticos de incesto acordei e meu irmão estava em cima de mimcontos sexo minhas meninas do sitiohistória verdadeira de sexo entre homens bi sexual no banheiro metrô trem ônibusminha irma pediu pa coloca bem devagarconto erotico bi com atendente de hotelum romance com minha maninha-contos:eroticosconto erotico bucetas folozadacontos adorei a lingua no meu cuzinhodei com muito amor conto separacaoconto erotico colo do amigo do meu paisou casada mas sou fissurada em pauConto erotico meu filho adotivoContos erotico gay carrodando o cu contosgravida de gemeos fodendo a bucetaou porn contos mãe traindo com um negrocontos eroticos a sogra regina parte 2dei o cu po meu pone contos eroticos pornoesposa santinha liberando o cuzinho para o sogrocontos eroticos namorada casa de praiacontos provocandoacabei comendo meu amigoConto tomando no cuzinhoContos eroticos comendo a mae e a tiacus rijos bom analcontos cuzinho karinaconto erotico enganei a bobinhacontos eroticos de incesto mae ver o pau duro do filho fica excitada e grande filhovovozinhas esfreca buceta com buceta uma na outramenino malcriado contos eroticocontos gay 3 mendigoscontos weroticos comi minha sobrinha novinha de calcinha de rendacaravda pica imenca rasgando bucetameu vizinho deicho o filho pra mim cuida fudi o rabinhoesbarrando na bunda da tia e rola sexocontos eróticos me bater castigomulher de saia curta das pernas groça pornoconto erótico meu filho pediu uma espanholaencoxada em coroa em Jundiai conto realConto erótico gay camisa social de sedacontos prima batendo uma pro primoprofessor cacetudo comendo o cuzinho do menino afeminado no banheiroconto gay meu sobrinho virou amanteContos comi a mulher de amigo bebadacontos Minha esposa rabuda provocando de shortinho contos swingconto erotico mulher infiel e marido atentomeu marido e o amigo dele porno contoContos eroticos novinho cu sendo rasgado pau dotadotransando com meu brotherwww.meti na minha filha a forçacontos mulher desmaia na pica de borracha da amigameu aluno bate punheta olhando minha bundaContos eroticoshospitalporno doido costureiro medindo os seios