Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A DESCOBERTA DE DAYANE



Num sábado à tarde, estava em casa tomando cerveja sozinha, um baita calor, e tocando violão, ouvi Dayane me chamando no portão, pedi pra ela subir, e segurei meu cachorro, ele não morde, mas pula em todo mundo que entra em casa...

Ofereci um copo pra ela enquanto ela se acomodava no sofá da sala, com regata e mini saia, aquelas coxas a mostra sempre me chamavam a atenção, mulata, do jeito que gosto, nariz fininho, olhos claros, cabelos longos e cheirosos, super gata. Como sempre não deixo mostrar meu interesse, afinal, minhas amizades com hétero sempre foram preservadas com cautela...

Ela estava meio chateada, pois acabava de descobrir que o namorado tinha traído ela, e me pediu para gravar um mp3 pra ela, pois o que eu tinha gravado estava na casa dele, ela resolveu não buscar, era folga dela, e ela queria ficar em casa na fossa.

Disse: fique aqui, a gente toma umas cervejas, e fica conversando e ouvindo música, você se distrai na sua casa você vai ficar chorando...

Resolveu ficar, e conversando sobre as aulas de estágio que ela estava dando, do nada, me pergunta: o que eu tenho de errado?

Respondi: ter escolhido um canalha pra namorar, por que de resto, você é perfeita...

Ela me encarou por um instante, deu um gole na cerveja e veio em minha direção, me encarando com um olhar triste e meio tímido, me abraçou alisando minhas costas, e eu fiquei imável naquele momento, sentindo o toque suave de mão macia deslizando sobre mim.

Sentindo aquele cheio bom que saia dos cabelos dela bem de pertinho, fiquei excitadíssima, meu grelinho pulsava de tesão, mas fiquei com receio e deixei ela continuar a acariciar, e foi descendo a mão apalpando minhas nádegas, percebi que era a deixa para avançar o sinal, e coloquei meu nariz no pescoço dela e cheirei aquela pele macia e adocicada de creme de chocolate, dei um beijo de leve, e apertei o abraço que recebia, o copo dela caiu no chão, levei um susto, esperando um tapa ela pediu desculpa por ter deixado cair, balancei a cabeça como quem diz, não foi nada, e ela veio em minha direção de novo me olhou outra vez e me beijou, quase me engolindo viva me empurrou no sofá, subindo em cima de mim continuou me beijando, ficamos nos amassos, e senti a mão dela procurando o feche de meu sutiã com um sorriso meio tímido no rosto mas decidida em seguir em frente, parei um instante e perguntei a ela: Tem certeza? É isso mesmo?

Ela responde: é o que eu mais quero nesse momento!

Levantei a blusa dela a procura de seus seios e comecei a devo ralos com um tesão louco, enfiei a mão entre as pernas dela e senti sua calcinha pequena toda umedecia, fiquei louca, e por cima da calcinha alisava suavemente à deixando mais excitada, me debrucei sobre ela, chupando os seios, puxei a calcinha de lado, coloquei meu dedo no grelinho dela e senti seu sexo extremamente encharcado, e acariciei bem de leve em movimentos circulares, ela gemia e apertava suas unhas em minhas costas com força, eu nem percebia mais nada, sá a empolgação dela, e desci até o grelinho, puxei ela um pouco pra frente, ela ficou meio sentada no sofá e me ajoelhei bem de frente daquela delícia, abri as pernas dela, puxei a calcinha de lado, e de um lambida bem de vagarzinho na sua bucetinha, ela gemeu, e eu me deliciando meti minha boca no grelinho dela chupando como um beijo e respirando pela boca pra ela sentir o hábito quente da minha boca, ela se contorcia no sofá, e eu não parava de chupar,ela segurava meus cabelos com força e empurrava minha cabeça para seu sexo com muita fome, eu não parava, e aumentei a velocidade, no instante em que penetrei meu dedo em sua bucetinha ela solta um grito estrondoso, até levei outro susto, mas não parei, e ela puxa meu cabelo com tanta força que rançou um tufo. Olhei pra ela, sem entender ela me pergunta...

O que aconteceu?

Eu disse: você acabou de gozar meu amor...





VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


buceta praia toninhas contoseroticoscabacinhomulher do meu amigo fudeno comigo na casa deleo lésbicas castigando o rabo da parceriaConto gay vide o gamefilha esposa de papai pintudo contoscontoseroticosarrombandoContos eroticos fudendo baixinhacontos gays tomando banho com o primoesposafoi.encoxadacontos o amigo do filho me errabou no tanque lavando roupacontos eroticos sou tarado na sua bundonacontos eroticos bia fabriciocontos de coroa com novinhoconto travesti com menina virgemcontos fui adotadacontos de sogro subjugando a nora e filhocontos de sexo gay especial entre primosrealizei a minha maior fantasia transei com um jovem loiro do pau grande e meu marido assistindoamigao raspando a os pelos da buceta da minha mulher conto e videoconto garoto esperimentei da cufeira conto heterocontos/ morena com rabo fogosobucetao arombada de adivogada conto eroticoContos eróticos com anal jovem inocente gostei gostoso ela chorouconto viajando com a maninhacomo perdi o meu analcontos eroticos fui comida feito puta e chingada de vadiacantos eroticos so casado mais o negao arrombou meu cuTravesti fode duas coroas safadas na idade de 55 anosminha iniciação gay contoscontos eróticos gays cavalgando no padrinhoporno travesti comendo mulheriu dandomulher andando na rua ectada doida pra foderminha tia so de roupao contos eroticosContos eróticos gay meu amigo da bumda grande sempre deu o cuContos minha nora enfiou o vibrador no meu cuContos namorada baixinha e bruta bundonacontos eróticos de bebados e drogados gaysincesto furapornopornoc/japonesasetravestisconto estrupada dormindodei a b***** para o meu genroBucetas virgemdas das adolecentes doidocontos eroticos dei meu cu pra todosconto Morro de tesão por meu amigoconto eroticoo implora q doucache:BEpQkv0OPJUJ:idlestates.ru/conto_4507_eu-o-namorado-corno-e-sua-namorada.html contos eróticos dona putonacontos erotico-meu cuzinho acostuma no teu pauNo meu caso sou uma mulher madura, me chamo Paula, 43 anos, branca, alta com cabelos pretos, corpo violao,contos incesto troca de filhaswww.contos eroticos corona novinho.brcontos gays tio e sobrinhomão amiga trêm metrô onibus show contos eróticosminha tia perguntou se eu tava de pau duro - contos eroticosContos er minha bumda e do maridocontos eróticos Virei a b********* da Vilacontos esfrega buc gozada corninhominha cunhada tinha coriosidade sobre o meu pau se enprecionouvídeo de sexo de duas mulher gulosa beijo gosmentoconssegui um cabacinho pro meu cunha do tira contomarido da mae bolina menina contosContos espiando a sogra lesbicaLora dismaiando no cu no anal em tres minutosconto erotico de despedida de solteiro com orgiaContos eroticos incesto meu maridotica dani buceta gistosaContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorHomem mais velho iniciando duas meninas novinhas as chupar pica contos eroticoscontoseróticos chupei os peito da mamãelouco pela minha prima contohoje eu comir a bucetinha da ester de cinco aninhoscontos eróticos peguei ela se masturbando