Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMI MINHA VIZINHA PEITUDA

[Atenção] >> Nomes Ficticios mais a Historia é real!



-------------



Meu nome é Gabriel e tenho 19 anos, moreno claro, cabelos castanhos, olhos castanhos, fisico normal com tanquinho. Era um sábado, estava em casa assistindo uma série que eu baixei e passei para DVD. Estava tudo vazio, meus pais sairam para visitar minha avá que estava doente e sá iam voltar no domingo de tarde e eu fiquei em casa com minha irmã. Era tarde e tinha acabado de chover, estava deitado no sofá e minha irmã tinha saido para o trabalho e sá voltaria a noite. Quando de repente ouço a campaia tocar, me levantei com um bermudão e sem camisa. Era minha vizinha, Jaci, 47 anos com um corpão lindo, pernas grossas, moreninha, bunduda e peituda. Eu sempre tinha tesão por ela e sempre que possivel olhava por uma janelinha que tem entre minha casa e a dela, via ela na cozinha e batia uma. Ela estava vestido uma camisola azul que colava nos peitões dela deixando os bicos eretos por causa do frio e suas coxonas nuas.



Ela pediu uma xicara de açucar, então eu fui até o portão peguei a xicara e fui para dentro pegar a chave. Então pedi para ela entrar e esperar, ela se sentou na cadeira e eu fui lá pegar. Voltei depressa, não parei de olhar para seus peitões. Ela falou:



-- Obrigada, ei para onde está olhando? (Falou cobrindo o decote que sobrava por cima da camisola.



-- Nada... Ué. (Falei sinicamente)



-- Hum... eu sei pra onde você tava olhando, eu to olhando pra um lugar também.



E com isso ela levantou a mão que não tava na xicara e tocou no meu pau que ficou como pedra. Ela perguntou se tinha alguem em casa, eu disse que não. Ela se levantou deixou a xicara no centro e me levou para dentro. Lá ela pegou minhas mãos e botou nos peitões, então eu peguei na sua cintura e puchei pra perto e taquei um beijão na sua bocona. Ela me olhou com uma cara safada, então ela subiu a camisola e a tirou jogando para o lado. Olhei seu corpo e me surpreendi, tava tudo em cima, peitões empinados e suados, sua calcinha deixava sua buceta sufocada com tanto que ela estava molhada. Puchei ela para o colchão onde eu tava deitado assistindo e ela foi logo tirando minha bermuda.



-- Nossa, é bem grande ein! (Olhou ela com espanto)

-- Que isso, a do seu marido deve ser maios, sou sá um adolescente. (Valei envergonhado e nervoso)



-- Não! A sua deve ter uns 20cm, isso vai entrar rasgando.



-- Você vai foder comigo? (Perguntei suando frio de tesão tocando em seus peitões e apertando seus bicos)



Ela riu e me tacou outro beijo, logo ela tirou a calcinha e pediu para que eu pegasse uma camisinha. Corri para o quarto e abri minha carteira, peguei e vesti lá mesmo. QUando chegeui ela estava se masturbando e pediu para que eu enfiasse nela.



Preparei meu pau que estava super duro e fui penetrando, a buceta dela fazia contraçoes que me levava a loucura e quando mais eu botava mais ela gemia e fazia uma carinha de dor.



Meti nela, e não demorou ela gozou e meu gozo estava chegando. Ela pediu para que eu parasse, então eu tirei meu pau de sua buceta que tava toda lambuzada.



Ela tirou a camisinha e começou a chuvar, engolia tudo, eu sentia meu pau ir para sua garganta, logo ela deitou e me puchou para perto, botou meu pai nos seus peitões e fez uma espanhola + boquete.



Fui a loucura e gozei na sua cara, mais estava com muito tesão e me recuperei em 4 minutos. Vesti uma nova camisinha e voltei a mater nela de quatro, de surpresa eu tirei meu pau rapidamente e meti em seu cuzinho, doeu, mais valeu a pena, ela gritava muito e pedia para que eu parasse, depois de um tempo ela voltou a gozar e eu também. Nos nos beijamos e eu dei mais algumas chupadas dos peitos dela, nos limpamos e ela saiu se despedindo com um beijo.



Dai em frente, quando eu fico sá em casa ela vem na minha ou quando ela fica sá na loja dela ela tranca tudo e me chama.



Eu fodi minha vizinha!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos marido cornocontos eroticos caminhoneiro obriga meninajogadora de pau pau de borracha na bucetinha da noravidio porno gostossa de vestido curto poe casalina carro frentista vercontos de coroa com novinhoprofessora novinha e senha resolvi dar o c******conto punhetinha gostosacontoseroticos chupando pica cheia de seboconto erotico viado foi no pagode na favela e deu o cu pro travesticontos cachorro lambendo penis de homemcontos eroticos de casal sendo forcado mulher virar puta e homem viado em festas sadomazoquismoContos eroticos comido por um caome amarro nos peitos delaconto pegei meu marido comendo cu do meu sobrinhocontos de corno em praia de nudismo.armando pra come a sogra contocontoerotico virgem pai 2filhascontos bi vi meu pri meter na prinha prima fiz ele comer meu cu e eu fudi eláContos eroticos tetas roxascontos esposa pai delamaravilha conto heteroSo uso fio dental enfiado no cu.conto erotico femininozofilia homem fodendo forte acadela ela chora sentido dorconto gay bebado fui fodidocontos eroticos com a vovó€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€muleres sendo chupadad e godando pelos homes com gritoscontos vizinha novinha mas ja bem.desenvolvidagaroto malandro pega tia dormindo e meti nelaconto erotico fui no banheiro da estrada mijar e me assustei com o tamanho do pauzao do negaoprimeira vez foi com papai aos11 aninhos conto insestocontos eroticos de empregada evangélicaloira casada e novinho conto eroticowww.contoerotico.pai e flha na chacaracontos eróticos minha mãe fumou baseado e comi elaContos noiva vireia a putinha do vizinhopeoes de rodeio batendo punheta escondidoporno só com baby boneca ecesto pai gozando na boca filhadormindoFernanda jeitim nuatia de calcinha contoela pediu pra parar mas continuei fudendomalhando bundundaconto erotico com prima de nove anoporno mamei tanto o peitinho q inchouvídeos e contos eróticos de gays novinhos bonitos afeminados perdendo a virgindadecontos eroticos lesbicas cintacontos de padrinhos com afilhadasContos eróticos de gay Comi o filho do meu patrãocarla doida por roludos contoscontos eróticos de gordacomo se comportar na primeira transa com colega de trabalho contos eroticos surubascontos eroticos.os velhos meterao gostoso em mimMostre minha rola cabeçuda para o cone e falei que ia comer sua mulher quando eróticoscontos de i****** aprendemos a fazer sexo em casacontos erotico chantagem por engano mae e filhodormindo com a cunhada contoscontos de coroa com novinhocontos a minha prima Caçulatia travesti contoscontos eróticos da casa dos contos com histórias traição as fazendeira casada safadavidio porno mulher enloquede ao ve um pau grossoContos, casada mal comidaCasa dos contos zoofilia o cao que gostava de ser cadelaconto trepei filinha amiguinha 11aninhoscontos eroticos de incesto entadas de calcinhanamorada eu pegou namorado traindo ela aramou ele sim vigou coroas videos pornorelatos de traicao com negros picudosvídeos porno novinha chora pq ela fala qui toi muitoprimeiraveznabundinhacontos eróticos mulher bundudavamos lá tem uma loira chupando a b***** da outra na boa f***Contos eróticos de gay Comi o filho do meu patrãonão acredito que dei o cu contos eróticosconto erotico pai come nora e o filha veninguém subiu para o meu primo escondido ele gozou na minha bocacontos chupando buceta cabeludacontos de sexo com novinhas trepando com advogadoscontos eroticos prima 32nosConto erotivo estupro veridicocontos eróticos gay meu primo me rachoconto gay sou mulherzinha do sogrominha namorada apertando meu pau com a sua bucetacontos eroticos sou viuva tenho um sobrinho novinhomeu padrasto me fudeo todACornos by contosarregangou as pernaso garoto me fode sempre conto gayvoyeur de esposa conto eroticoporno doido em cabines chupando e dando a buceta por buracos de paredescontos meu espooso come minha buceta e outro come meu cuflagrei minha irmã na ciririca contosporno contos eroticos fui enrabada pelo meu irmaocontos eróticos narrados sogro comendo a noracontos masturbandcontos gay chupei o pau do borracheiro