Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DANDO GOSTOSO NO CARNAVAL

Olha nás aqui novamente, ou melhor, eu, porque Franco, meu namorado, sá participa mesmo da execução de cada loucura. Agora, dividir com vocês cabe a mim. Por sinal, ele nem sonha que conto para vocês essas histárias, o que me dá ainda mais vontade de fazer cada loucura, sá pra chegar aqui e deixar todos doidinhos, como eu já fiquei inúmeras noites lendo alguns contos publicados.

Então, como relatei no conto anterior, nosso carnaval começou muito, mas muito bem. Conhecemos a Camila, que fez da nossa primeira noite naquela cidade uma das melhores que já tivemos, mas, como mencionei, foi sá o começo.

Ao amanhecer, depois de nos divertimos de todas as maneiras, foi que nos demos conta do que havia acontecido. Talvez um misto de vergonha com tesão se misturou a todos, mas olhamos um para a cara do outro e começamos a rir. Camila, bem mais experiente nessas historias que a gente, tirou de letra e logo nos convidou pra conhecer o restante da turma dela.

Ela, como nás, havia alugado uma casa na cidade com alguns amigos. Saímos da lancha, passamos em nossa casa para tomar um banho e, logo em seguida, iríamos levar Camila. Chegando em casa, para nossa surpresa e prazer, não havia ninguém. Então convidamos Camila para tomar um banho conosco.

Nossa! Começamos tudo outra vez. Agora, todos bem mais conscientes do que estava acontecendo, mas nem por isso o tesão deixava de ser imenso. Camila, com suas malzinhas e sua boquinha habilidosa, veio logo tirando minha roupa e me dando aquele beijinho safado, e Franco, sentando na cama, se deliciando com tudo e aproveitando pra registrar esse momento lindo com seu equipamento fotográfico. Mal entramos no banho e ela já veio com aquela boquinha na minha bucetinha. Ajoelhou-se aos meus pés e me deu aquela chupada... Nossa!!! Foi uma gozada louca! Que boca aquela mulher tem! Franco, claro...rsrs, todo animado, quis entrar na festa também e logo trocou o equipamento que segurava por outro bem mais interessante.: MEUS PEITINHOS, que ele adora chupar. Fui à loucura novamente: uma loirinha chupando minha bucetinha e o gostoso do meu namorado sugando, como nunca, meus peitinhos... Ela ora chupava... ora enfiava o dedinho em minha bucetinha... e ele, todo saliente, não contente em estar chupando meus peitinhos, veio com a mão toda assanhada enfiar o dedinho no meu cuzinho, mostrando que logo iria comê-lo bem gostoso... rsrs, o que não demorou muito. Logo depois deu gozar novamente com essas bocas maravilhosas, lá vem ele com toda vontade enfiar seu pau no meu cuzinho... NOSSA!!! Não sei se gritava mais de dor ou de prazer. Camila ria ao me ver sendo arrombada por aquela pica gostosa...rsrs. Hummm... mas logo a dor passou e comecei a rebolar gostoso naquele cacete.. Hummm... Nossa! Ela entrou na minha frente, fazendo seu corpo de parede... rs e me deu um beijo cheio de tesão... Disse que queria me ver gozando com aquele cacete no meu cuzinho... Não deixei por menos, logo dei uma arrebitadinha paro o cacete entrar ainda mais...rs e, com isso, minha boca foi de encontro aos peitinhos da Camila... Que delicia!!! Enquanto chupava aqueles peitinhos, enfiei o dedinho gostoso naquela bucetinha, acariciando o grelinho dela... Nossa! Ela rebolava na minha mão como se estivesse sentada em um cacete... Que peitinhos! Que bucetinha! Loucas de tesão, explodimos as duas em um gozo quase simultâneo...rsrs. Franco, vendo tudo, não se aguenta de tesão e goza gostoso no meu cuzinho, enchendo ele todinho...

Depois dessa brincadeirinha gostosa, terminamos o banho e fomos levar Camila em casa. E, ao chegarmos, um casal de amigos dela nos recebe...rs. Nás, super sem graça, os cumprimentamos e praticamente nos despedimos ao mesmo tempo...rsrs, mas eles, com um sorriso safado, olham para a gente e perguntam:

- Camila foi uma boa menina?.

Cintia, amiga dela, olha pra mim e já entra com outra pergunta...rsrs: - Ela cuidou bem de você, Manu?

Olha, acho que nessa hora a vergonha sá aumentou...rsrs. Com o rosto meio rosado, repondo:

- Muito bem! Melhor sá se ela passasse mais tempo com a gente”.

Kkkkkkkkkkk Caímos todos na gargalhada, fazendo com isso que o clima tenso fosse quebrado. Cintia nos convida pra entrar, diz que estão preparando uns aperitivos e que logo os outros amigos irão voltar. Ainda um pouco sem graça, aceitamos o convite.

Logo ao entrar, Cintia e seu namorado, Diogo, nos oferecem uma cerveja. Apesar de ainda ser cedo e, pra ser sincera, até aquele momento mal havíamos tomado café, para não sermos indelicados, aceitamos. Camila, toda animada, conta que nos conheceu no bar, que fomos passear de lancha, que ficamos conversando e, quando demos conta, o dia já havia amanhecido. E nás, claro, confirmamos tudo, apesar que todos faziam bem idéia do que havia acontecido.

Cintia, como Camila, era uma mulher muito bonita. Uma morena de cabelos médios, magra, com uma gracinha de bundinha e uns peitinhos lindinhos... Seu namorado não ficava atrás: moreno, um pouco mais alto que ela, um corpo bonito, nada de se jogar fora...rsrs e, sá pelo volume do short, parecia ser bem interessante..kkkkk... Franco, vendo que eu não parava de olhar para os dois, deu um sorriso safado pra mim... Eu, claro, me fiz de desentendida...rsrs...

Logo a bebida começa a fazer efeito. Cintia coloca uma música animada e chama a gente para dançar...rsrs, falando que ali, com ela, ninguém fica parado, não. Já bem animadinhos por causa da bebida, entramos na onda dela e caímos na dança... rsrs. Diogo, não demora muito e vem da cozinha com a Camila se juntar a nás, trazendo ainda mais bebida e umas coisinhas pra beliscar.

Nessa descontração, começo a conversar com Diogo e ele me pergunta se eu e meu namorado gostamos da noite com a Camila... Como já estava muito alegre a essa altura, começo a falar tudo...kkkkk... que adorei cada chupada que ela me deu, cada beijinho...rsrs. Ele dá um sorriso sacana e voltamos a dançar... Agora Camila coloca uma música mais lenta, e Cintia, sem demora, puxa Franco para dançar...kkkkk. Diz que com Diogo dança sempre... Meu namorado, todo animadinho vai sem a menor vergonha e, claro, Diogo, para não ficar atrás, logo me dá um puxão, me apertando contra seu corpo...rs Posso perceber todo o volume que realmente ele tem, a essa altura super excitado com tudo que revelei da minha noite com Camila...rsrs, que, toda faceira, chega perto da gente e sussurra no ouvido dele, mas a ponto que eu pudesse ouvir...rsrs:

- Ela é muito gostosa! Do jeitinho que você gosta! Bem safadinha!”.

Nossa! Acho que, devido a todo aquele clima, nem ligo e finjo que não ouvi nada. Ele logo me aperta ainda mais, me fazendo sentir todo o volume daquele pau, latejando de tesão. E acho que não fui sá eu quem escutou o que ela disse...rsrs. Franco, todo assanhado com a situação, chega perto da gente e fala:

- Ela realmente é muito gostosa!”.

E começamos a sorrir. Camila, percebendo a travessura que tinha feito, chega perto da gente e empurra Diogo e fala:

- Olha como ela é gostosinha mesmo.

Dá um beijinho gostoso na minha boca e, depois de tantas cervejinhas e de tanto tesão, nem me importo com quem está olhando e retribuo aquele beijo gostoso... Franco olha pra mim como se já soubesse o que estava por vir e como que a dizer: “Vá em frente”. Camila mal se afasta e já sinto Diogo bem perto de mim, alisando minha bundinha e falando:

- Nossa, ela é gostosinha mesmo!

Cintia e Franco começam a sorrir, vendo que fiquei sem graça. Depois de perceber a aprovação do meu namorado, entro na onda de Diogo e, sem a menor vergonha, seguro o pau dele com força e falo:

- Deixa eu ver se você também é gostosinho.

Nossa, que delícia! A essa altura já estava bem duro, dava pra sentir que fazia um volume bem gostoso.

- Está bom para você?, diz Diogo.

Dou um sorriso safado como resposta.

A essa altura, Cintia já está pendurada no meu pescoço de Franco, quase agarrando ele... rsrs. Começa a tocar uma música bem sensual e Cintia aproveita e me diz:

- Quero ver se você desce gostoso até o chão.

Sem o menor pudor, começo a rebolar até o chão, passando minha boca pelo corpo do Diogo. E, claro, faço uma paradinha estratégica e dou uma mordidinha de leve no pau dele, fazendo-o suspirar de tanto tesão.

- Provocou, agora continua”, geme Diogo.

Abro o zíper do short dele, tiro aquele pau todinho e começo a brincar... Todos adoram o que veem. Tiro ele rapidinho da boca, olho pra Cintia e falo que agora é a vez dela...rs...

- Sá quero ver quem chupa mais gostoso esses paus, e Camila terá que entrar na brincadeira também. Desafia Cintia

Nossa, nunca vi Franco com uma carinha tão safada e satisfeita. Cintia, sem perder tempo, logo abaixa o short dele e começa a chupar aquele pau gostoso, que eu já chupei por inúmeras vezes e adoro chupar. Nossa, que tesão toda essa loucura me deu! Enfiava ainda mais o cacete do Diogo na minha boca. Apesar de ser grosso, não era tão grande e ia entrando todinho na minha boca. Camila, louca pra entrar na brincadeira, chega por trás de mim e pede pra eu ficar de quatro, falando que está louca pra chupar minha bucetinha... rs. Eu, claro, como uma moça educada, peço para Diogo sentar no sofá e começo a chupá-lo de quatro, ficando com a bucetinha prontinha pra ser chupada por aquela boca deliciosa. Ela, com toda a vontade, começa a chupar minha bucetinha, ora passando a língua na entradinha do meu cuzinho, me fazendo arrepiar toda... Franco, delirando com tudo isso: uma gatinha chupando o pau dele, enquanto eu chupava outro cacete, e uma boquinha me fazia gozar... Que gozo gostoso!!! Cintia olha para ela, falando que quer gozar gostoso na boquinha dela também... rs. Camila dá um sorriso e fala:

- Calma, calma, tem Camila para todas e para todos.

Nossa, quase mordo o pau do Diogo de tanto tesão e chupo ele ainda com mais vontade.

- Isso putinha, mostra pro seu macho o quanto você chupa gostoso outro pau. Fala Diogo, ainda mais excitado.

Nessa hora, Cintia já está alucinando com a Camila chupando sua bucetinha, quase gozando naquela boquinha... Franco, segurando os cabelos de Cintia, enfia ainda mais o pau em sua boca. Diogo não tem a mesma resistência que ele e logo goza na minha boquinha, enchendo ela todinha de porra.

- Olha a boquinha da sua namorada, que delicia! Aliás, que boquinha ela tem! Olha como ela engole porra com gosto, igual uma putinha!, brada Diogo.

Cintia, a essa hora, não se aguenta de tanto tesão e goza na boquinha dessa loirinha safada, levando meu namorado ainda mais ao delírio, vendo o quanto a gente goza gostoso. Ele segura firme a cabeça da Cintia, explodindo em um gozo alucinado, fazendo ela beber toda sua porra...

- Isso, engole tudo, amor! Mostra o quanto você é putinha!, fala Diogo.

Depois de todo esse aquecimento, começamos uma maratona alucinada. Camila, toda excitada, louca para gozar, disse que agora era a vez dela... rs. Eu e Cintia, bem obedientes, caímos de boca naquela bucetinha...rsrs..Hummmm, que bucetinha mais gostosa! Duas boquinhas chupando gostoso aquela bucetinha, ora passando a língua, ora dando mordidinhas do grelinho dela... Hummmm... ora chupando a língua de Cintia... rs. Nossas mãos iam de encontro aos peitinhos de Camila, apertando bem gostoso... Diodo, sem a menor vergonha, vira para meu namorado e fala:

- Quero ver se a bucetinha dela é tão gostosa quando aquela boquinha”.

- Não vai ser arrepender. E vai com força, que ela não gosta de alisamento, responde Franco.

Nossa! Ouvir isso e ver que Diogo estava preste a enfiar aquele pau na minha bucetinha me deixou louca de tesão, me fazendo chupar ainda com mais vontade aquela bucetinha branquinha. Nossa! Franco aproveita a idéia do Diogo e enfia gostoso na bucetinha da Cintia. AAAUUUU... Sinto o pau do Diogo de uma vez dentro de mim. Ele realmente enfiou sem dá... começa a meter bem forte, me fazendo urrar de dor e de prazer... Que loucura! Uma bucetinha e uma boquinha todinhas para minha boca e aquela pica na minha bucetinha...rs...Não me lembrava o que era ter outro pau na minha bucetinha. E ver meu namorado comendo a Cintia aumentava ainda mais meu tesão. Nossa... Camila se contorce na nossa boca e urra num gozo alucinado. Ainda não tinha visto ela gozar como agora... Que delicia, que melzinho gostoso! Eu e Cintia chupamos tudinho...rs, fazendo Camila levar uns choquinhos... rs. Diogo e Franco metem como se fosse as ultimas mulheres a comerem...

- Quero experimentar todos os seus buraquinhos, sussurra Diogo em meu ouvido.

- Logo, logo, respondo satisfeita.

Ele continua e meter bem forte, me fazendo amolecer em um gozo intenso. Me vendo alucinada, gozando em outro pau, Franco mete ainda mais forte na bucetinha da Cintia, fazendo-a gozar bem gostoso... Diogo não aguenta e logo explode num gozo ardente.

- Ainda aguenta mais um pau”???, desafia Franco.

- Claro, meu cuzinho está doidinho pra sentir seu pau dentro dele, respondo.

- Safada demais, você...rs, doida para ter um pau no cuzinho”, sentencia Cíntia.

Depois de fazer Cintia gozar gostoso, Franco me dá um beijo apaixonado e susurra no meu ouvido:

- Quero ver você aguentar dois.

Nossa, um frio chega percorre minha espinha. Já brincamos várias vezes com meu brinquedinho. Agora... ter dois paus pulsando na minha bucetinha... NOSSA... um arrepio de medo misturado com tesão. Ele deita no tapete e pede para eu sentar nele. Nisso todos me assistem dando um show, rebolando no pau de Franco... As meninas chegam pertinho e começam a chupar meus peitinhos, uma em cada lado, e começam a dar risada, falando:

- Quero ver essa putinha com dois paus nos buraquinhos! Quero vê-la aguentar esses dois cacetes!

Depois de gozar loucamente rebolando naquela pica gostosa, mal me dou conta do que está para acontecer: sinto algo invadindo meu cuzinho... era a língua de Cintia, melando meu cuzinho para facilitar a entrada do cacete de Diogo... Nossa! Me arrepio toda! Depois de levar aquela chupada gostosa no cuzinho, sinto Diogo tentando invadi-lo, mas, mesmo com o cuzinho todo meladinho ele não consegue enfiar nem a cabecinha. Começo a reclamar de dor, falando que aquela pica não vai entrar no meu cuzinho. Franco, vendo toda minha resistência, segura firme nos meus cabelos e me dá um tapa bem dado na cara. Olha para mim e fala com firmeza:

- Você não queria outro cacete... Agora aguenta tudinho, e sem reclamar, safada.

Na mesma hora, me puxa pelo cabelo e dá aquele beijo apaixonado. Logo em seguida vira para Diogo dizendo:

- Mete tudo sem dá, que essa vadia gosta de ser fudida com vontade!

Nossa, ouvir tudo isso me deu ainda mais tesão. Aí que empinei ainda mais a bundinha. Diogo com o pau ainda mais duro força novamente a entrada do meu cuzinho. As meninas, vendo o que está para acontecer, começam a chupar meus peitinhos, me deixando ainda mais excitada. AAAAAIIIIII... dou um grito fino de dor, meu namorado me dá outro tapa, falando para eu parar de reclamar. Diogo consegue passar a cabeça e, como meu namorado falou, enfia o restante sem a menor dá....UUUUOOOOUUUUU...outro tapa. Ai que tesão! Franco sabe como me enlouquecer... Nem acredito que tenho dois cacetes dentro de mim. Diogo começa a bombar forte e meu namorado segue o mesmo ritmo. Que alucinante, estou sendo comida por dois cacete, enquanto duas boquinhas lindas revezam mamando meus peitinhos...rs.. Começo a acostumar com esses dois paus dentro de mim e rebolo com uma putinha, e seguimos todos em um sá movimento... Hummm... Que delicia!!! Sem perceber, começo a gozar como uma louca, e nem me dou conta de quantas vezes. E, quanto mais eu gozo, mais eu quero. Percebendo isso, Franco começa a meter ainda mais forte, me fazendo sentir ainda mais seu cacete... NOSSA... Outro gozo! Que boquinhas!!! Que cacetes!!! Diogo não aguenta mais de tanto tesão e enche meu cuzinho todinho de porra, deixando ele todo arreganhado. Depois do Diogo sair de dentro do meu cuzinho, sentamos no sofá, e as duas gulosas logo se animam, vendo que minha bucetinha vai estar todinha para elas chuparem. Sento de uma vez no pau do meu namorado e começo e rebolar gostos. Que danadinhas! Elas não param: ora a língua vai na minha bucetinha, ora no pau do meu namorado, fazendo ele delirar com isso... Hummm... vou gozar de novo, e dessa vez Franco não aguenta e explode num gozo intenso. Propositadamente, deixa seu pau escapar de minha bucetinha, melando esses dois rostinho de porra... Elas, safadinhas como são, começam a se beijar, limpado a porra uma da outra..rs....

Com toda essa brincadeira, nem vimos a hora passar e, quando nos demos conta, percebemos que logo o restante da galera estava para chegar. Nos vestimos rápido e despedimos dos nosso novos amigos. Quem sabe no práximo carnaval não nos reencontremos...rsrsrs.....



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos de empregadasconto erotico fui cagar e o cachorro me comeu nao resisti e dei pro cavalo tambem zoofiliaminha sogra pediu pra ver meu pintocontos minha sobrinha sentou pelada no meu colocontos erotico gay na infância no banhoconto o Pastor me comeucontos eroticos mãe incentiva o filho novinho a da o cuzinho pro padrastoMinha filha se ensinuava pra mim gostosaa pra mim comtosporn linda sobrinha porreicontos velho nojento pauzudometendo na barba de shortinho atoladovideo porno de garotinhas com olhinho vidradocontos comi minhas gemias zinhascdzinha dando bundinha vestida de sainha rosa gosando gostoso sem tocar no pauHistória narrada de sexo- Trepando com a nifeta safada gostosa huummmNegras malhadinhas com muinta vantade de dar a bucetacontos eroticos tia no casamentoconto erótico na praia com a família da esposaConto de puta metendo com todos no posto de gasolinaconto gay bebado fiz troca trocaputona da pro chefe marido nem desconfiacasadas piranhudas e cornos submissoscontos eróticos comendo abuceta da patroaVelho fazendeiro sendo enrabado contos gayssera q meu marido ja ficou com travesti peguei ele vendo videochapuleta inchada no cuzinho conto erotico a sogra safada e crentecorno mijado contosver conto veridico minha baba abusado por minha babacontos eroticos feriado quitinete praiacomedo tudo que e tipo de putinhas e putinhossem explicação safadinha contosmeu padrasto me iniciou na zoofiliaconto erótico gay acordando com carinhosocontos por causa da chuva comi um cucontos erotcos de estrupo de virgemcontos eroticos de incesto: manha mae me ensino a Transar 2www.conto eu vi o pedreiro mijandocalcinhas fio contos gaycontos erotico mangueira na bucetamenino tarado contoscomtos arrobadacontos er gozando na boquinhacu delicioaoContos eróticos que rola grande no meu cu zinho apertadinhocontos eroticos a calcinha da patroacontos porno eu e meu amigo fudendo minha maecontos sexo paraíso em famíliavidio porno de marido trasando com a esposa em quanto ela faz ais coisas na continhamulher trai marido pela primeira vez e perdi o cabaço do cu com super dotados contos eróticosgozando vendo a tia lavando roupacontos agora ela so quer se for com duas picascontos eroticos de travesti com mulher com gemidos escritoscomendo na.chantagem contoshttps://idlestates.ru/mobile/conto_5492_sonho-de-menino-q-se-torna-realidade.htmlconssegui um cabacinho pro meu cunha do tira contoquero tua jeba rasgando meu cumasturbou pau dele pra trásContos eroticos A reforma Viciada em sexoContos flagrada fudendo outrocontos eroticos de meninas que deu sua buçetinha pro seu pai e trouçe sua amiginha bem novinha pra tira o cabaçinhocontos er passando em casacontos incestuosos - mãe e filho no forró terceira idadecontos u caras muito bemdotado arobou a buceta da mia mulhe na mia frete contosNo meu caso sou uma mulher madura, me chamo Paula, 43 anos, branca, alta com cabelos pretos, corpo violao,conto nudismo arombado mulherconto amante do manosenta no colo do seu irmao contospunheta pro sobrinho contos eróticosA chapeleta arronbou minha bucetinha contosengravidei conto eroticopapai furioso contod eroticosConto erótico com neg fotos de loiras com meia-calça arrastão dando o bundãosou uma mulher crente mas quero picaContos de sexo... A mini saia mal cobria a bunda delacontos eronticos tia levatou a saia de lado e setou em mimghupa ghupi porncontos filha foi pescar com pai e foi arrombada na barraca no escuroele era cheirosinho conto gaycontos eroticos de amigas na florestaConto eroticos das coroas 42 lindas e gostosas de 41 anos com teu afilhadoconto erotico minha mim deixado de castigocontos eroticos sonho americano 2contos eróticos fui Penha a força por doisminha mulher explorando meu cu contovendo mamãe transar no cine porno contos eroticosminha enteada tem doze anos mas tem um bumbum muito impinadinha gostosinhacontos d flanelinhas fudendo pesado com mulheresContos eroticos das periferiascontos eroticos de duas irmarregaçando, chorando e gozou contosme insinuei contos eróticoshome afuder mulher com penis mais grandetransei com meu tio contoscontos eroticos de cu fedido