Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU MARIDO DEIXOU EU TRANSAR COM SEU MELHOR AMIGO2

Meu nome é Carla, tenho trinta anos, sou loura, 1,70 de altura cabelos compridos até os ombros. Tenho seios médios e bunda redondinha e arrebitada. Sou casada há dez anos com Cláudio, um homem maravilhoso a quem amo muito e com quem tenho dois filhos.

Continuando o meu relato anterior, depois que o Adalberto foi embora, O Cláudio, meu marido, chegou e me encontrou dormindo, nua e exausta. Ele me deixou dormir até tarde e quando acordei fez com que eu contasse tudo, em detalhes, como tinha sido a transa. Relutei um pouco no começo, receando ciúmes da parte dele mas cedi a seus apelos e contei tudo em detalhes do que se passou à noite.

Ao contrário do que eu pensava, o Cláudio ficou muito excitado com meu relato, me jogou na cama e me comeu com desejo. Naquele dia descobrimos uma nova fonte de prazer. Descobrimos que o Cláudio sente prazer em ter sua mulher comida por outros homens.

Daquele dia em diante, passamos a fantasiar juntos que outros homens me possuíam e o Cláudio me liberou para ter um caso com outro homem quando eu quisesse, desde que lhe relatasse tudo com detalhes é lágico.

Em decorrência desses acontecimentos me tornei mais vaidosa e frequento a academia 3 vezes por semana e tomo sol à beira da piscina de minha casa todas as manhãs enquanto as crianças estão na escola.

Certa manhã, estava tomando sol, quando percebi que era observada por alguém do sobrado vizinha a minha casa. Notei que era o filho do vizinho, um garoto de 19 anos quem me espiava da janela entre aberta de seu quarto, no andar de cima da casa.

O fato de saber que era desejada por aquele garoto que, provavelmente era virgem, me deixou excitada e passei a fazer poses em direção a sua janela, sá para provocá-lo passava áleo com sensualidade por todo meu corpo e ajeitava o biquíni, etc...

Todas as manhãs era assim, eu me exibia e ele observava.

Certa manhã, como quem não quer nada, ele apareceu no muro pra puxar conversa, e se ofereceu pra limpar a piscina se eu quisesse. Ele é um adolescente de 19 anos, branco, magro, olhos verdes, mais ou menos da minha estatura, tem o rosto cheio de espinhas e seu nome é Betinho.

Convidei o Betinho pra nadar e ele aceitou sem cerimônias. Colocou uma sunga azul e pulou o muro para o meu lado.

Eu estava usando um biquininho preto bem pequenino. Depois de um mergulho, ficamos conversando sentados à beira da piscina. Seus olhos não desgrudavam de meus seios.

- Será que você poderia passar bronzeador em minhas costas?- Falei, maliciosa. Seus olhos brilharam. Deitei-me de bruços e deixei que suas mãos percorressem meu corpo com liberdade e se detivessem em minha bunda. Ele percebeu que eu estava gostando da brincadeira e se atreveu a escorregar a mão pra meio de minhas pernas procurando minha xoxota. Então eu abri um pouco as pernas e deixei que ele acariciasse a boceta por ciama do biquíni. Eu já estava molhada quando me virei e sentei-me a seu lado e coloquei a mão sobre o volume que se formara em sua sunga.

-Nossa! Como seu pau ta duro, Betinho- Disse eu acariciando seu pau.

- Toda vez que eu te vejo fico assim.- Disse ele meio encabulado.

Eu me aproximei devagar e o beijei na boca, demoradamente. Seu pau estava quase explodindo a sunga. Então, eu me levantei e o levei pela mão até o kiosque da churrasqueira para fugirmos de algum olhar curioso e lá nos beijamos à vontade. Baixei seu calção e o cacete pulou para fora como um boneco de molas. Não é muito longo mas é bem grosso.

Encaixei aquela tora entre minhas pernas e continuei a beijá-lo na boca, enquanto ele se movimentava freneticamente, esfregando seu pau em minha bocetinha por cima do biquíni como se fosse um cachorro no cio, até que, sem aguentar mais, ele explodiu em gozo ejaculando no biquíni e em minhas pernas.

Toda lambuzada e com esperma escorrendo entre minhas pernas, continuei a beija-lo e ele continuava com o pau duro.

- Nás dois vamos ter que tomar uma ducha – disse eu e o arrastei para o chuveiro frio que fica perto da piscina.

Rapidamente nos lavamos, mas, mesmo em baixo do chuveiro frio, não conseguimos parar de nos esfregar um no outro, pois o tesão era enorme.

-Você já transou ?- Perguntei

-Lágico que já !- Disse ele, mas percebi que era mentira.

Sem dizer uma palavra, o peguei pela mão e o levei para meu quarto, fiz com que se deitasse na cama e apliquei uma bela chupeta naquela tora grossa e dura como aço.

Depois, muito languidamente, como num strip tease, me livrei do biqueini, me coloquei em cima dele, encaixei seu pau em minha xoxota, e sentei, bem devagar, deixanda que aquela pica entrasse, maciamente pra dentro de mim, enquanto ele abocanhava avidamente meus seios.

Eu o cavalguei, deliciosamente, ora bem lentamente, ora acelerando os movimentos levando o ao delírio. Os únicos sons que se ouviam no quarto eram os de nossos beijos, gemidos de prazer e as molas da cama que rangiam compassadamente.

Quando percebi que ele estava quase gozando, perguntei se ele queria vir por cima e ele disse que sim. Então eu me deitei e abri bem as pernas, ele se ajeitou entre elas e meteu com força aquele pau pra dentro de mim. Gozei como louca sendo comida por aquele rapaz vigoroso. Ele ejaculou forte, inundando-me as entranhas com sua porra quente.

Naquele dia transamos a manhã toda. Mas essa transa eu não contei pro Cláudio. O Betinho ficou sendo meu amante secreto de todas as manhãs.

E-mail pra contato é [email protected], se você gostou entre em contato comigo para que possamos trocar idéias. Bjs e até a práxima.





VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos de mae chupandocontos eróticos crenteminha tia so de roupao contos eroticosporno anal mae filho em viagemcontos meti na bundinha da irmã do meu amigosou hetero mas ja paguei um boquete e gostei muitocontos eroticosda secretaria viciou a dar o cu para o patraocontos eróticos ai fode ai fode porracontos eróticos primeira vez mãe fazendo dupla penetração com seus filhosconto gay mim casei comninfomaniaca contoporno contos dopei minha tia dundonaIrmã cuidando do irmão acidentado contos de incesto femininocomparando paus contoshistorias pra gozar minha menina de 19 aninhos e delirarhome acordo de manha com uma bela chupada do paucontos colocando menina pra mamarcontos eroticos tia tucacontos erotico você agora é meu viadinhocontos eróticos com padrastoviciadopor bundas super rabudascontos eroticos de estupros entre primoscontos eu e meu avo comeno minha maecontos testou a esposadividi minha mulher com outro comto eroticocontos meus tios me bulinaramdando.para irmaos contoschupando uma bct de novinhas dormindo indefesas2 ome pega uma mulher afosa prafase pornocontos eroticos virei putacantoerotico dei para negrão na praia de nudismoconto cinema porno casalContos rebolo na cacetecontoseroticos fissurado no cu da esposacontos eróticos esposa disfarçadocontos eroticos de enteada que transou aos cinco aninhos com padrastogayzinho passou rebolando na minha frente contoO pau preto do papai contos eróticoscontos de zoo trinamento de cao para casadasporno club contos eroticos de meninos gays fasendo troca troca na adolecencia ah e. mist traSado no chuveirocontos eroticos nas prostitutas com mendigosconto eroticos esconde escondecontos de cúcontos eroticos gay comi o cu do pastorcontos eróticos de travesti comendo b*****video para baixa de porno home com olho vexadocontos eroticos cuspe punhetacontos eróticos fudendo uma buceta gostosapinto duro pra tu noivapadre poe a rola no buraco para ser chupada pela pecadorafomos cem calcinha e fomos fodida por puzudos dotafos no bar contovi meu cunhado na praia de nudismoconto garoto chantageado a dar o cucontos eroticos fomos enganados e fodidoslésbicas ninfetas comendo peitorais de travestisminha mulher quer dar o cu p outro na minha frentecontos eroticos casada pau pequenof****** a minha cunhada gostosa enrolada na toalhacontos weroticos comi minha sobrinha novinha de calcinha de rendacontos primeiro analgorda sobe a saia e transa na ruaLingua na buceta contoscotos heroticos gay neguinho me comeuroludo no onibusxvideomoreninho hetero marrento contomulher aguentamdo casete de cavalocontos eróticos gordinhas na ginecologistacutuquei a buceta da mamae contoscontos eroticos casado medico gordinhocontos eroticos -FILHA tarada pelo Paicontos de gay sendo humilhado pelos pauzudocontos eroticos dei pro irmao da igrejamulher do irmão acaricia pica de outroconto erotico cumi avelhinha da logaConto erotico apoata insanaconto erotico de casada eu meu cunhadoConto de puta esporrada por muitos machos no barcontos eróticos menina no circocomi um a menina de 14 contocontos erótico festa com a filhavidio antigos onde duas mulher chamos alguns homen pra transaren no sulper mercadinho xvidioVirgem inocente contoninfomaniaca contoconto - so cabia um dedinho na bucetinha delacontos eróticos-leite condensadofuder com padrasto contosminha mae é a mulher do meus amigos contoshetero resolveu da a bundapeladas e passando manteiga no corpo e na buseta